Jump to content

Search the Community

Showing results for tags 'saft'.

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Comunidade
    • Sugestões, Críticas ou Dúvidas relativas ao P@P
    • Acerca do P@P
  • Comunidade a Trabalhar
    • Apresentação de Projectos de Programação
    • Downloads
    • Revista PROGRAMAR
  • Desenvolvimento Geral
    • C
    • C++
    • Java
    • Pascal
    • Python
    • Bases de Dados
    • Dispositivos Móveis
    • Outras Linguagens
  • Desenvolvimento Orientado para Web
    • PHP
    • HTML
    • CSS
    • Javascript
    • Outras Linguagens de WebDevelopment
    • Desenvolvimento Web
  • Desenvolvimento .NET
    • C#
    • Visual Basic .NET
    • ASP.NET
    • WPF & SilverLight
  • Software e Sistemas Operativos
    • Software de Produtividade
    • Sistemas Operativos
    • Apresentação de Software
  • Informática
    • Interfaces Visuais
    • Computação Gráfica
    • Algoritmia e Lógica
    • Segurança e Redes
    • Hardware
    • Electrónica e Automação Industrial
    • Matemática
    • Software de Contabilidade e Finanças
    • Dúvidas e Discussão de Programação
  • Outras Áreas
    • Notícias de Tecnologia
    • Dúvidas Gerais
    • Discussão Geral
    • Eventos
    • Anúncios de Emprego
    • Tutoriais
    • Snippets / Armazém de Código
  • Arquivo Morto
    • Projectos Descontinuados
    • System Empires

Blogs

  • Blog dos Moderadores
  • Eventos
  • Notícias de Tecnologia
  • Blog do Staff
  • Revista PROGRAMAR
  • Projectos
  • Wiki

Categories

  • Revista PROGRAMAR
  • Tutoriais
  • Textos Académicos
  • Exercícios Académicos
    • Exercícios c/ Solução
    • Exercícios s/ Solução
  • Bibliotecas e Aplicações
  • Outros

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

  1. Bom dia Sou o Bernardo, sei que todo o software de gestão e contabilidade dev ser certificado pelas autoridades tributárias mas estou sem ideias de como exportar o saf-t dentro do meu sistema, alguém pode me dar uma luz ? uso php e framework codeigneiter
  2. carvalho.eneias

    SAFT-PT Hash.

    Bom dia. Alguem sabería me dizer o indicar se existe alguma function/class/component para Delphi relacionado com o SAFT-PT que realize o calculo de hash ?
  3. Bom dia. Trabalho para uma empresa espanhola, a empresa possui um cliente que realiza vendas para clientes em Portugal, essa empresa que está na Espanha, está obrigada a emitir o SAFT-PT. Semana passada entregamos o modelo 24 (para certificacao da aplicacao), hoje nos enviaram um email com uma convocatoria, até entao acreditavamos que o processo de homologacao seria simplemente isso de solicitar um numero de certificacao para a aplicacao, porem no documento que nos enviam indica que deve haver um agendamente para realizavao de teste de conformidade. Alguem poderia confirmar como funciona ? Devemos levar um notebook com a aplicacao instalada eles fazem os testes ? Se algúm teste por casualidade da errado, eles permitem que se corrija o programa na hora ? Outra pergunta que pode parecer um pouco mais estranha, porem o aplicativo tem de está traduzido para portugues ? Nosso cliente é espanhol, nao possui loja fisica em Portugal, porem possui NIF portugues, entao claro nao temos o aplicativo em portugues, alguem sabería me dizer dessa obrigatoriedade ? Alguem que tenha realizado o processo porem com software interno ? Se entendi bem se uma empresa usa software desenvolvido por ela mesmo, nao é necessario passar por esse processo de homologacao, alguem saberia me dizer o que deve ser feito nesse caso ? Como a empresa deve proceder ? Muito obrigado.
  4. sobre assinatura digital , chave privada e publica, estou gerando o hash utilizando a chave publica que crieu no OpenSSL, nao sei se o correto, alguem conhece as funcionalizada da bibloteca LockBox do Delphi?
  5. Olá pessoal, estou com dúvida em criar o ficheiro saft, estou desenvolvendo um software de faturação. porém já olhei um montão de exemplos sobre o mesmo, até agora não consegue entender, quais são os dados somente para faturação e como deve ser estruturado o arquivo XML. OBS: Sou Angolano, e não encontro nada relacionado ao nosso país
  6. Bom dia Pessoal!! Venho pedir ajuda à todos. Estou no Brasil e preciso fazer Especificação Funcional e Técnica, sobre as possíveis notas fiscais que Portugal utiliza em suas operações comerciais. Há algum site ... ou link... blog.... para que eu possa verificar quais notas existem em Portugal e suas regras de validação e emissão?? Implantação..?
  7. ossadas

    Alocação

    Boas, Windows 10. Se a extensão do validador da AT fosse em java eu resolvia o problema desta forma: java -Xmx2048m -jar validador_v1_04.jar mas o validador é exe e como consigo alocar mais memória quando invoca o jvm? Obrigado
  8. Caros. a legislaçao AT Angolana implementou a legislaçao semelhante a de Portugal sobre o lincenciamento de softweres de faturaçao Desenvolvi um softwere de faturaçao usando a linguagem Pascal ( Delphi 10.3), ha necesidades de licenciar o mesmo junto a AT, em contrapartida nunca tinha ouvido nada sobre a geraçao de ficheiro saft. alguem ja implementou isso no Delphi preciso de ajuda.
  9. Eu tenho um software para Tablet's e Smartphone e gostaria de o certificar para poder emitir documentos de transporte e faturas legais. A minha dúvida é como é começo este processo? Existe algum organismo para nos inscrevermos no processo? Alguém de me pode ajudar? Obrigado
  10. Bom dia a todos, Espero não estar a repetir perguntas, mas pela pesquisa que fiz não encontrei resposta. A minha pergunta é relativa à Autofaturação no contexto do SAF-T. Li algures que existe um SAF-T próprio para a autofaturação, mas na verdade a única informação oficial que encontrei no portal das finanças foi a seguinte: "O SAF-T (PT) não contempla informação relativa a “Documentos comerciais a fornecedores” pelo que, no SAF-T (PT) do adquirente dos bens ou serviços, esses documentos não devem constar. Contudo, terá de ser disponibilizado, por cada fornecedor com autofaturas emitidas, um ficheiro SAF-T (PT), com o campo “Sistema contabilístico” (TaxAccountingBasis) do tipo "S", sempre que estes o solicitem. O ficheiro de autofaturação possui a seguinte estrutura: Tabela Header • Identificação do fornecedor dos bens objeto de acordo de autofaturação (campos 1.2 a 1.8); • TaxAccountingBasis preenchido com o código “S”; • Identificação do software que produziu o SAF-T (PT) na posse do cliente (campos 1.14 a 1.17). Tabela Customer • Cliente autofaturador; • SelfBillingIndicator preenchido com “1”; Tabela SalesInvoices • InvoiceStatus preenchido com “S”; • SelfBillingIndicator preenchido com “1”. Desta forma garante-se que o cabeçalho identifica o sujeito passivo fornecedor dos bens ou que prestou os serviços - vide alínea g) do n.º 1 do Anexo I à Portaria n.º 302/2016, de 02 de dezembro." Podem-me confirmar se efetivamente estas são as únicas considerações a ter relativamente à criação do SAF-T autofaturação? Por acaso alguém tem um ficheiro de exemplo que possa facilitar? Obrigado. Tiago.
  11. alexis sanchez

    Ficheiro Saf-t

    Ola pessoal eu desenvolvi um sistema web em php... no entanto para a sua certificação é necessario que ela faça a exportacao do safa-t ... mas eu nunca tive contato com esse assunto , nem sei por onde comecar nem o que fazer. alguem aqui pode dar-me uma orientação, de como fazer ou ainda dar-me links de cursos do criação ficheiro em php etc... porfavor!
  12. boas, precisava de alguma ajuda/esclarecimento relativamente às séries de recuperação, seguindo a documentação oficial a info é que " Nestes casos, no campo 4.1.4.4 – Chave de controlo (HashControl) deve ser aposta a seguinte informação: 2.4.5.1. Número da versão da chave privada (1,2, etc.) e separado por um “-“ (hífen); 2.4.5.2. Registo sequencial dos seguintes elementos: a sigla constante do campo 4.1.4.7 correspondente ao respetivo tipo de documento, seguida da letra M; um espaço; a série do documento manual; o carater “/”; o número do documento manual. Exemplo: 1-FTM abc/00001." tomemos como exemplo : Preciso de recuperar uma fatura série XY2020/46 , crio a série RM2020, recrio o documento, não recrio o hashcontrol de um documento original, e coloco no Hashcontrol o equivalente à : Número da versão da chave privada (1,2, etc.) e separado por um “-“ (hífen); 2.4.5.2. Registo sequencial dos seguintes elementos: a sigla constante do campo 4.1.4.7 correspondente ao respetivo tipo de documento, seguida da letra M; um espaço; a série do documento manual; o carater “/”; o número do documento manual. neste caso será 1-FTD XY2020/46 (porque se trata de um duplicado… mas isso é irrelevante, M ou D) <Invoice> <InvoiceNo>FT RM2020/8</InvoiceNo> <ATCUD>0</ATCUD> <DocumentStatus> <InvoiceStatus>N</InvoiceStatus> <InvoiceStatusDate>2020-03-05T12:12:33</InvoiceStatusDate> <SourceID>0</SourceID> <SourceBilling>P</SourceBilling> </DocumentStatus> <Hash>(chave gerada normalmente…)</Hash> <HashControl>1-FTD XY2020/46</HashControl> <Period>1</Period> <InvoiceDate>2020-03-05</InvoiceDate> <InvoiceType>FT</InvoiceType>…. quando tento validar este ficheiro (validador offline do saft. 1.04) com este documento, apresenta-me o seguinte erro: SCHEMA_ERROR,566,51,cvc-pattern-valid: Value '1-FTD XY2020/46' is not facet-valid with respect to pattern '[0-9]+|[0-9]+[.][0-9]+|[0-9]+-[A-Z]{2}(M )([^ ]+[/][0-9]+)|[0-9]+-[A-Z]{2}(D )([^ ]+ [^/^ ]+[/][0-9]+)' for type 'SAFPTHashControl'. SCHEMA_ERROR,566,51,cvc-type.3.1.3: The value '1-FTD XY2020/46' of element 'HashControl' is not valid.
  13. Bom dia. Tenho uma dúvida relacionada com a migração de dados e os impactos a nível do SAF-T de contabilidade. Na empresa onde trabalho estamos a trabalhar com um cliente que eventualmente irá mudar de software durante este ano (a meio do ano fiscal). Tenho conhecimento através de outros clientes, que nas inspeções tributárias, a AT pede o SAF-T anual e faz uma série de validações. Ora, tendo em conta esta situação e sabendo que transferência de dados / migração de um ERP para outro nem sempre é perfeita, estou a tentar controlar o impacto de uma possível inspeção que possa acontecer no futuro, referente a este ano fiscal. Alguém que tenha experiência nestas matéria ou que me possa indicar algum tipo de legislação / nota informativa da AT referente a estas problemáticas? Obrigado.
  14. Joao Rosas

    Saf-t para seguradoras

    Ola a todos, foi necessário desenvolver um módulo de geração do documento XML SAF-T de facturação para uma companhia de seguros. Os salesInvoices, neste caso, são compostos por recibos-premio, recibos-estorno, ... A ferramenta de validação da AT faz a validação o documento com sucesso. No entanto, ainda permanecem algumas duvidas e a informação sobre geração de saf-t para seguros é escassa e difícil de obter. Se alguem tiver informação sobre saf-t para seguros, agradecia desde ja a partilha. Cumprimentos e obrigado. JR
  15. Caros, estou neste momento a certificar uma aplicação e estou com IMENSAS dificuldades em saber como vou fazer a criação do HASH em visualbasic alguém pode ajudar-me?
  16. Boa Tarde: Tenho estado a tentar perceber como enviar o ficheiro SAFT-PT (Faturas somente) de forma automática mas após alguma pesquisa, aqui, no Google e na documentação da AT não verifico nada que me diga como enviar o dito ficheiro. Presumo que seria para um WebServices mas o que conheço é só de faturas. Podem assim indicar-me por favor qual o método utilizado para o envio automático do SAFT-PT Obrigado Carlos Ribeiro
  17. kaio

    Alterações SAFT-PT 1.04 - PHP

    Bom dia. Estou a trabalhar em uma aplicação que tem a versão anterior do SAFT-PT , porém preciso fazer as alteração para a nova versão (1.04), quais tabelas, caso tenha alteração na programação. Estou a procurar no Forum também, mas não encontrei muita coisa para me ajudar. Desde já agradeço a atenção !
  18. Hello, all. First of all I want to apologize for this post in english. My portuguese is OK for reading but it's very bad for writing or speaking. I've been a longtime lurker of the forum, since I've had to support projects based in Portugal for a long time in my last two companies. I'd understand if you don't feel like answering in a different language and I'd also be OK if you can only help me with an answer in portuguese. I've tried solving this problem by going to many places, but portugal-specific forums are understandably not generally available in other languages 🙂 --- My question is related to billing system certification and PDF generation, in regards of generation of "originals" and "duplicados". I've seen lots of discussions on this subject in this forum but no clear guideline or confirmation from the AT of how exactly to procceed (also, a lot of the discussions are prior to changes in 2015, so I'm not sure how much they apply). As you probably know if you're reading this subject title, current VAT legislation requires invoices to be printed in duplicate, with an original sent/printed to the client and a duplicate stored for archiving. I can't find anywhere on the legislation that says these two copies should be labeled different and every person I ask tells me "how would you distinguish them otherwise?", but they can't explain why they should be distinguished. The legislation also isn't clear whether the rules apply to any time of invoice but it sounds like it's designed for printed invoices, since the requirement makes no sense for PDFs or Electronic Invoicing (EDI). (keep in mind I come from a country where invoices are only informative documents, can or not be printed, don't require any duplicates or print version tracking and PDFs have no requirements to be valid, since all data is handled electronically with the local AT, reported daily and flagged automatically if there're discrepancies). So, in my case I have a system that produces a single invoice PDF. This PDF is sent or printed to the customer and also stored for archiving. My tax person believes this can't work for certification, and we should be storing at least TWO different PDFs. One that says "original" and one that says "duplicado". To me this sounds wrong in all possible levels and is also incredibly complex to implement in the system we're trying to certify. I don't think it's technically justified but I understand it may be a requirement that made sense for printing in the past. In my experience with billing certification, I was able to certify a system that produced a single PDF which we sent and also stored, but it was right before the 2015 modifications (Portaria n.o 338/2015) which insists: A fatura, o recibo e a fatura-recibo são emitidos em duplicado, destinando-se o original ao cliente e o duplicado ao arquivo do titular do rendimento. (this reinforces the ambiguous note that's been present for over 30 years in the Codigo de IVA: 4 — Os documentos referidos nos números anteriores devem ser processados em duplicado, destinando-se o original ao cliente e a cópia ao arquivo do fornecedor. ) So, I ask for your help: Is there a definitive answer on whether specially labeled duplicados is really a requirement for the AT? If the answer is "YES" then is there a definitive answer on whether this is a requirement for invoices produced and stored in PDF? Do I need to produce two different PDFs and store one labeled "Duplicado"? If yes, can I just print the original for the customer and not print at the same time the duplicado, only store it as a PDF file? If yes, can I just store the original and produce the "Duplicado" on the fly if it's ever necessary by adding the label or does the PDF need to be generated at the same time? In all cases, we're talking about a SAFT-compliant billing system, with the SAFT digital signature properly generated and included in the invoice and records. The question is only about invoice design and PDF generation logic. I would want to avoid having to produce multiple, different PDF files, avoid printing and storing duplicados. Lastly: I'm talking about standard read-only PDFs. I don't know if any of the questions above change if the PDF is not digitally signed, but ours currently aren't. I deeply thank any of you that can answer and truly apologize if anyone feels offended or annoyed by this post in english. I've tried for a long time to avoid having to do this because I understand how inappropriate it is, but other alternatives have proven ambiguous or useless (especially consultants we've hired, who, frustratingly for us, have been unable to provide a clear answer).
  19. Boas, Foi publicada uma portaria Portaria 294/2017, aparentemente já em vigor, sobre este assunto. Vai haver uma reunião esta quinta-feira dia 20 de Outubro em Lisboa sobre este assunto promovida pela AT mas eu desconhecia totalmente este assunto até á passada sexta-feira, altura em que recebi um email do Nelson Lopes da Assoft sobre esta reunião. Alguém tem mais informações sobre este assunto? Alguém já tem ou pediu este "selo"? Aparentemente já é obrigatório desde o dia em que a portaria foi publicada. Só mesmo neste país...
  20. nunopicado

    testeSAFT.zip

    testeSAFT.zip Ver Ficheiro Ficheiros de teste do SAF-T PT 1.04_01 do @Vitor Pereira Submetido por nunopicado Submetido em 28-07-2017 Categoria Outros Licença Website Submetido pelo Autor? Não
  21. nunopicado

    testeSAFT.zip

    Version 1.0.0

    327 downloads

    Ficheiros de teste do SAF-T PT 1.04_01 do @Vitor Pereira
  22. Jose Lindo

    Alterações do SAFT

    Alterações do SAFT Ver Ficheiro Autor: KPMG Na sequência da publicação da Portaria n.º 302/2016, de 2 de Dezembro, foi alterada a estrutura de dados do ficheiro SAF-T (PT). Destaca-se, designadamente, a criação de uma tabela de correspondência entre os planos de contas (SNC Base e Normas Internacionais de Contabilidade, SNS Microentidades) e uma taxonomia específica do SAF-T por forma a alcançar os seguintes objectivos: Imediata comparabilidade Validações automáticas por parte da Autoridade Tributária e Aduaneira (“AT”) Pré-preenchimento de alguns anexos da Informação Empresarial Simplificada (“IES”). Este documento pretende analisar os impactos relevantes decorrentes da publicação desta Portaria. Submetido por Jose Lindo Submetido em 13-12-2016 Categoria Outros Licença Website Submetido pelo Autor? Não
  23. Jose Lindo

    Alterações do SAFT

    Version 1.0.0

    494 downloads

    Autor: KPMG Na sequência da publicação da Portaria n.º 302/2016, de 2 de Dezembro, foi alterada a estrutura de dados do ficheiro SAF-T (PT). Destaca-se, designadamente, a criação de uma tabela de correspondência entre os planos de contas (SNC Base e Normas Internacionais de Contabilidade, SNS Microentidades) e uma taxonomia específica do SAF-T por forma a alcançar os seguintes objectivos: Imediata comparabilidade Validações automáticas por parte da Autoridade Tributária e Aduaneira (“AT”) Pré-preenchimento de alguns anexos da Informação Empresarial Simplificada (“IES”). Este documento pretende analisar os impactos relevantes decorrentes da publicação desta Portaria.
  24. zua

    SAFT FILE

    Bom dia a todos. Tenho um problema ao criar o ficheiro Saft, e espero que alguém ja tenho feito isto e me possa ajudar, pois não tenho experiência em XML. Estou a usar VB6 e consigo criar um ficheiro em XML, porém, não tenho a certeza de como adicionar o 'NameSpace' urn:OECD:StandardAuditFile-Tax:PT_1.03_01 ao fazer isto, o texto xmlns="" é automaticamente adicionado ao node <Header>. Aqui esta o código que uso, e o resultado. Set xmlDoc = New MSXML2.DOMDocument60 Dim pi As IXMLDOMProcessingInstruction Set pi = xmlDoc.createProcessingInstruction("xml", "version='1.0' encoding='Windows-1252'") 'encoding="UTF-8" xmlDoc.insertBefore pi, xmlDoc.documentElement Set xmlRootNode = xmlDoc.createElement("AuditFile") xmlDoc.appendChild xmlRootNode xmlDoc.documentElement.setAttribute "xmlns:xsi", "http://www.w3.org/2001/XMLSchema-instance" xmlDoc.documentElement.setAttribute "xsi:schemaLocation", "urn:OECD:StandardAuditFile-Tax:PT_1.03_01 SAF-T-PT.XSD" xmlDoc.documentElement.setAttribute "xmlns:doc", "urn:schemas-basda-org:schema-extensions:documentation" xmlDoc.documentElement.setAttribute "xmlns", "urn:OECD:StandardAuditFile-Tax:PT_1.03_01" //de seguida crio o node <header> Set xmlNodeLevel0 = xmlDoc.createElement("Header") xmlRootNode.appendChild xmlNodeLevel0 Resultado: <?xml version="1.0" encoding="Windows-1252"?> <AuditFile xmlns:xsi="http://www.w3.org/2001/XMLSchema-instance" xsi:schemaLocation="urn:OECD:StandardAuditFile-Tax:PT_1.03_01 SAF-T-PT.XSD" xmlns:doc="urn:schemas-basda-org:schema-extensions:documentation" xmlns="urn:OECD:StandardAuditFile-Tax:PT_1.03_01"><Header xmlns=""> Será que alguém com mais experiência se sabe explicar porque?
  25. Bom dia Embora já existe um forum com duvidas sobre o saft, a ideia deste forum é resumos, ou seja, apresentar já o codigo final que funcione: Assim o meu contributo: » Para quem pode executar no servidor linhas de comando # criacao do ficheiro formato - sha1 $comando="openssl dgst -sha1 -sign " . $hash_privada . " -out " . $ficheiro_assinado . " " . $ficheiro_temp; exec($comando); # criacao do ficheiro formato - base 64 $comando="openssl enc -base64 -in " . $ficheiro_assinado . " -out " . $ficheiro_encriptado . " -A"; exec($comando); Cumprimentos
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.