Jump to content

Leaderboard

  1. americob

    americob

    Member


    • Points

      40

    • Content Count

      665


  2. antseq

    antseq

    Member


    • Points

      35

    • Content Count

      173


  3. CFreitas

    CFreitas

    Member


    • Points

      17

    • Content Count

      112


  4. chesser

    chesser

    Member


    • Points

      15

    • Content Count

      283



Popular Content

Showing content with the highest reputation since 08/08/2019 in all areas

  1. 4 points
    Sim, temos que esperar. Já da última vez foi à última da hora! Submeti um pedido no e-Balcão e a resposta foi esta: Bom dia Uma vez que se aproxima a data de expiração do certificado "Chave Publica da AT" (23/07/2020), gostaria de saber se existe alguma previsão de disponibilização da mesma aos produtores de software, que têm que a disponibilizar aos seus clientes. Com os melhores cumprimentos 17-06-2020 10:29:51 AT A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) agradece o seu contacto. Bom dia, O processo de renovação do certificado de chave pública encontra-se em execução. Os produtores de softwre serão informados da disponibilização do Certificado no Portal das Fimanças e/ou por envio de mensagem de correio eletrónico. Com os melhores cumprimentos AT- Autoridade Tributária e Aduaneira
  2. 3 points
    Viva, Neste caso estou a falar dos certificados publicos nao dos que tem mutual authentication... pois pela analise que fiz no ambiente apenas mexeram no certificado pubilco. Contudo ja obtive resposta das finanças: Agora é aguardar...
  3. 2 points
    Independentemente da razão que possas ter, este tipo de interação com outros utilizadores do forum é muito mais grave do que qualquer dos problemas que apresentaste. Há formas adequadas de partilhar uma preocupação acerca da moderação num forum. Este não foi um bom exemplo. Com perguntas básicas ou não, este tópico nunca deixou de ser incrivelmente útil e valioso ao longo de muitos anos, por isso vamos ter calma na forma como criticamos os moderadores e os seus intervenientes, ou arriscas-te a deitar fora o bebé com a água do banho.
  4. 2 points
    We are excited to announce the open-sourcing of Microsoft GW-BASIC on GitHub! Yes, seriously Why? Since re-open-sourcing MS-DOS 1.25 & 2.0 on GitHub last year, we’ve received numerous requests to also open-source Microsoft BASIC. Well, here we are! [Continua...] In Devblogs Microsoft, 22 de Maio de 2020
  5. 2 points
    Bom Dia, antes de mais, desculpe-me pelos meus portugues. Em relação ao "schematron" do "CIUS-PT", para dizer que, após muitos testes, consegui validar um "XML CIUS-PT" contra o referido "schematron". O problema é que o "schematron" do "CIUS-PT" é desenvolvido com funcionalidade XSLT avançada que, na prática, exige que apenas a biblioteca "Saxon" possa ser usada (http://www.saxonica.com/download/) nas versões "PE" ou "EE", ou seja, nas versões pagas. A versão mais difundida desta biblioteca é "HE", do tipo "opensource", mas com esta versão não é possível usar o "schematron" do "CIUS-PT", como está programado agora. O problema são as validações do seguinte tipo que existem no "schematron" (existem 11 deste tipo): <xsl:variable name="cnt20_8" select="count(filter((ancestor::ubl:Invoice/cbc:Note | ancestor::cn:CreditNote/cbc:Note),function($a){matches($a,'^(#(DESCRIPTION@ATCERTIFIEDPROGRAM)#(.{1,})#)$')}))"/> As funções "inline" ("function ($ a)") não são suportadas pela versão "HE". Gerar uma folha de estilo correta (XSLT) a partir do "schematron" do "CIUS-PT" também não foi fácil, eu só consegui fazê-lo usando o editor "Oxygen XML Developer". Se alguém precisar da folha de estilo "CIUS-PT" ou precisar iniciar um teste com as bibliotecas "Saxon", posso enviar um exemplo. Se alguém encorajar e substituir as validações do tipo "inline function", para que a planilha de tipos possa ser usada com a versão "open source" do "Saxon", todos gostaríamos disso, O esquema da versão da fatura "EN16931" pode ser validado com a persion "código aberto" de "Saxon" sem problemas
  6. 2 points
    Parece que o SEAF do novo governo que é o mesmo do anterior mudou de ideias em relação ao que tinha acordado com a OCC e reduziu 1 ano ao prazo. Triste é que estes Despachos não públicos. O novo governo tomou posse no sábado, este já é o nº 4, e não aparecem em lado nenhum.
  7. 2 points
    Já agora, saliento no final da página 9 do referido Oficio Circulado nº 30213: "23 - Durante o ano de 2019, a comunicação dos elementos das faturas pode ser efetuada até ao dia 15 do mês seguinte ao da emissão da fatura (conforme Despacho n.º 411/2019.XXI, de 24 de setembro, do Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, sobre a norma transitória prevista no artigo 43.º, n.º 8 do Decreto-Lei). A partir de 1 de janeiro de 2020, deve ser efetuada até ao dia 12 do mês seguinte ao da emissão da fatura (ver alteração ao n.º 2 do artigo 3.º do Decreto-Lei n.º 198/2012 introduzida pelo artigo 16.º da Lei n.º 119/2019, de 18 de setembro)."
  8. 1 point
    Eu recebi o manual de um cliente que fez o pedido de adesão à plataforma da FE-AP já há uns meses. Não entendo porque a eSpap não tem um canal de comunicação com quem desenvolve o software. Mas isso é daquelas coisas à moda dos organismos públicos portugueses. Não é para perceber. As empresas que vão comunicar documentos via solução FE-AP devem fazer o pedido de adesão conforme instruções aqui Manual_Onbording_Fornecedores. Não posso partilhar aqui publicamente o manual (acho eu) mas posso fornecê-lo a quem estiver interessado.
  9. 1 point
    Na lei está dito quais os campos a encriptar. Refere ainda que a responsabilidade de todo o processo é do produtor do software de contabilidade:
  10. 1 point
    Isso parece ser o servidor a interromper a ligação. Já vi casos em que isso acontecia por incompatibilidades no TLS (versão ou cifras suportadas), mas se funciona em testes, este não devia ser o problema (a menos que os ambientes de testes e produção suportem funcionalidades diferentes). Por esta razão, também acharia estranho ser um problema de actualização do Windows.
  11. 1 point
    Já apanhei esse erro há uns anos mas já nao me recordo porquê Américo. E apesar de conhecer o chilkat não trabalho com ele, não sei se utiliza alguma das definições das "opções de Internet", mas como o win7 recebeu recentemente o Edge pode ter alterado alguma coisa aí, se for o caso do chilkat usar isso.
  12. 1 point
    Uma dúvida sobre a anulação de documentos: no nosso software consideramos que se o documento já foi entregue ao cliente não pode ser anulado. Aliás, se bem me recordo, esta questão da anulação foi tema bastante analisado na altura da certificação. Temos agora um cliente que quer anular uma factura de Junho (já foi entregue ao cliente e enviada à AT na comunicação do SAF-T de Junho). A nossa resposta foi a mesma de sempre: emita uma nota de crédito. O cliente recusa-se a fazer isso e insiste que o programa tem de permitir a anulação do documento. Nós insistimos que isso não é possível, já que já foi entregue ao cliente e comunicada à AT... mas o nosso cliente remeteu-nos para a FAQ 06-3646. Numa primeira análise disto, pensamos que isto apenas se referia a documentos anulados, depois de terem sido comunicados por web service. Mas a realidade é que na FAQ se fala em "um novo ficheiro", dando assim a entender que se trata de comunicação por SAF-T. O que o nosso cliente argumenta é que esta FAQ deixa claro que é possível anular documento mesmo depois de se comunicar o SAF-T do mês anterior. Isto vai contra aquilo que nós considerávamos certo... Afinal, é possível ou não anular facturas (ou outros documentos) depois de terem sido entregues ao cliente? Há alguma legislação que se refira claramente a isto? Há alguém que tenha certificado o programa recentemente que saiba explicar o que está a ser exigido/dito actualmente relativamente a este assunto? Obrigado.
  13. 1 point
    Depois de tantos anos, depois de tantos post para obter certificados depois de tanta tecla digitada sobre o assunto. ainda ha quem venha postar aqui coisas do genero "Estou com um problema em obter o ficheiro ChavePublicaAT2023.cer, será possível alguém me mandar o ficheiro." e como converter o o ficheiro ChavePublicaAT2023.cer para xxxx. O Administrador do site e muito convalescente ou então não liga nenhuma ao conteúdo postado neste site. que deveria ser proveitoso. 1º o certificado não se obtém "É enviado pela AT, para o email registado no site". 2º quem não sabe converter os certificados, há muitos sites que o explicam detalhadamente. no ggogle no lycos no sapo e so procurar. aqui so querem o trabalho feito. por favor mantenham o nível. Quem não sabe que vá estudar, que se aplique, e deixe de andar na mama dos outros. Ainda por cima aqui as boas almas fornecem tudo quase de bandeja até postaram os certificados convertidos e tudo, para os meninos não terem o trabalho de procurar uma solução. Administradores Respeitem-se a vos proprios aqui parece postes de brincar aos quadradinhos. mantenham o nível para serem uma fonte de informaçãp4o credível e proveitosa.
  14. 1 point
    Relativamente à comunicação dos dados relativos aos estabelecimentos (Artigos 34º do Decreto-Lei 28/2019), o Despacho n.º 239/2020 do SEAF diz o seguinte:
  15. 1 point
    A AT enviou 2 emails: 1 - No dia 30 de junho, com a nova chave pública de cifragem. É só substituir o ficheiro .cer antes do dia 23 de julho que é quando expira a antiga; 2 - No dia 3 de julho, com as chaves públicas do novo certificado digital SSL e as chaves públicas da cadeia de certificação. Se se validar a validade do certificado SSL nas conexões aos servers da AT, é necessário instalar/usar já.
  16. 1 point
    O encaminhamento da página a seguir, podes fazer via JS ou PHP validando o valor do input. Em PHP nas variáveis $_POST, em JS "document.getElementById("myText").value". JS var x = document.getElementById("myText").value; if(x==....){ window.location="https://stackoverflow.com"; } PHP $varx = $_POST['input1]; if($varx==....){ header('Location: https://stackoverflow.com'); }
  17. 1 point
    Um exemplo: Podes sempre fazer a tua função split def split(word): return [char for char in word] Depois com um iterador de 2 em 2 posições alteras da posição i com a posição i+1
  18. 1 point
    Viva, Não queres "literalmente" pesquisar um arquivo .txt; Pretendes pesquisar livros da tua biblioteca, portanto já tens o código praticamente (90%) feito na tua função "Listar" com algumas adaptações: void Pesquisar(char texto_a_pesquisar[1000]){ ... ... ... printf("\t\t\t\t\t\tPesquisando Livros por: %s ....\n\n", texto_a_pesquisar); while(!feof(arquivo)){ fscanf(arquivo,"%1000[^\n] %1000[^\n] %1000[^\n] %d %d %d\n", &titulo, &autor, &editora, &caixa, &ano, &ISBN); ... se 'titulo' contém texto_a_pesquisar ou se 'autor' contém texto_a_pesquisar ou se 'editora' contém texto_a_pesquisar ou se 'ISBN' contém texto_a_pesquisar => ENCONTRADO => printf("\nTitulo: %s\n \nAutor: %s\n \nEditora: %s\n \nCaixa: %d\n \nAno: %d\n \nISBN: %d\n\n", ..... } FecharArquivo(arquivo); }
  19. 1 point
    Eu já testei em produção e deu erro diz "Cifra publica invalida"
  20. 1 point
    O Validador da AT só funciona bem ( foi criado para isso ), quando enviamos o SAFT completo e não o simplificado. Se por alguma razão especial quiser validar um SAFT, sempre utilizo o site do E-Fatura: É só fazer tudo como se fosse enviar o SAFT, mas no momento de enviar faz VALIDAR e não enviar, passando ai está tudo bem. NOTA: Não precisa sequer de fazer esta validação da conta da empresa a quem se refere o SAFT, pode validar em qualquer conta da AT com acesso ao envio de SAFT
  21. 1 point
    Dos tempos em que programava em C/C++ acho que nunca li um ficheiro com "fscanf"... nomeadamente para estruturas (objectos) bem definidos usava um "struct" e um ficheiro binário... Em todo o caso, achei curioso o desafio de ficar em texto e dado que ficam 3 strings juntas, das duas uma, ou tinham de ficar num ficheiro com colunas de tamanho fixo ou tinham de ter algum caracter delimitador entre elas. Estive a experimentar com um delimitador ";" e parece funcionar ! Fica aqui o código, sem garantias, pode ser que alguém o consiga melhorar. Apenas modifiquei o fprintf e o fscanf: void CadastraRevista(char titulo[70],char editora[70], char autor[70], int caixa, int ano, int ISBN){ FILE *arquivo; arquivo = AbreArquivo('a', "mapa.txt"); fprintf(arquivo, "%s;%s;%s;%d %d %d\n", titulo, autor, editora, caixa, ano, ISBN); FecharArquivo(arquivo); } void Listar(){ FILE *arquivo; char titulo[70]; char autor[70]; char editora[70]; int caixa; int ano; int ISBN; arquivo = AbreArquivo('l',"mapa.txt"); while(6 == fscanf(arquivo,"%70[^;];%70[^;];%70[^;];%d %d %d\n", &titulo, &autor, &editora, &caixa, &ano, &ISBN)){ setbuf(stdin,NULL); printf("\nTitulo: %s - Autor: %s - Editora: %s - Caixa: %d - Ano: %d - ISBN: %d", titulo,editora ,autor , caixa, ano, ISBN); } FecharArquivo(arquivo); } int main() { //EXEMPLO CadastraRevista("Portugal a programar #1", "Editora 1", "Nome do Autor #1", 1, 2001, 9000001); CadastraRevista("Portugal a programar #2", "Editora 2", "Nome do Autor #2", 1, 2002, 9000002); CadastraRevista("Portugal a programar #3", "Editora 3", "Nome do Autor #3", 1, 2003, 9000003); Listar(); //OUTPUT //Titulo: Portugal a programar #1 - Autor: Editora 1 - Editora: Nome do Autor #1 - Caixa: 1 - Ano: 2001 - ISBN: 9000001 //Titulo: Portugal a programar #2 - Autor: Editora 2 - Editora: Nome do Autor #2 - Caixa: 1 - Ano: 2002 - ISBN: 9000002 //Titulo: Portugal a programar #3 - Autor: Editora 3 - Editora: Nome do Autor #3 - Caixa: 1 - Ano: 2003 - ISBN: 9000003 return 0; }
  22. 1 point
    Boa tarde, Os 2 Primeiros são certificados de raiz na cadeia de certificados. O 3 é um certificado que recebi da AT no inicio do ano quando renovei o certificado da empresa onde trabalho. Teoricamente estes certificados só são necessários em sistemas operativos que já não têm o windows Update, tipo windows XP, etc... Não sei explicar melhor Abraço.
  23. 1 point
    Na instalação dos certificados, ao escolher a store onde pretende instalá-los, creio que tem a opção de os instalar para o "computador".
  24. 1 point
    Tens de analisar o erro que estás a obter para saberes o que estás a fazer mal, mas assim de cabeça, pelo que me recordo, o stmp do gmail só funciona com autenticação.
  25. 1 point
    o valor de c = -0.5 .... e o "cast" para (int) transforma em 0 que é o resultado final. do que entendo, o "cast" para (int) dará sempre a parte inteira, sem qualquer aproximação (floor ou ceil) ou arredondamento (round): int main() { cout<<"(int) -0.9 = "<< (int) (-0.9f) << "\n"; cout<<"(int) -0.5 = "<< (int) (-0.5f) << "\n"; cout<<"(int) -0.3 = "<< (int) (-0.3f) << "\n"; cout<<"(int) +0.3 = "<< (int) (0.3f) << "\n"; cout<<"(int) +0.5 = "<< (int) (0.5f) << "\n"; cout<<"(int) +0.9 = "<< (int) (0.9f) << "\n"; cout<<"\n"; cout<<"(int) -1.9 = "<< (int) (-1.9f) << "\n"; cout<<"(int) -1.5 = "<< (int) (-1.5f) << "\n"; cout<<"(int) -1.3 = "<< (int) (-1.3f) << "\n"; cout<<"(int) +1.3 = "<< (int) (1.3f) << "\n"; cout<<"(int) +1.5 = "<< (int) (1.5f) << "\n"; cout<<"(int) +1.9 = "<< (int) (1.9f) << "\n"; return 0; } output: (int) -0.9 = 0 (int) -0.5 = 0 (int) -0.3 = 0 (int) +0.3 = 0 (int) +0.5 = 0 (int) +0.9 = 0 (int) -1.9 = -1 (int) -1.5 = -1 (int) -1.3 = -1 (int) +1.3 = 1 (int) +1.5 = 1 (int) +1.9 = 1
  26. 1 point
    Se quer que volte a fazer o algoritmo novamente, a instrução "i = 0;" tem de passar para dentro do primeiro "while" (de forma a fazer RESET do i=0), senão o "i" já terá uma valor maior/igual a 10 e não voltará a fazer/repetir o algoritmo para o novo valor lido. while (1){ i = 0; ... } * Este "while(1)" deixará o programa a repetir o algoritmo em loop "infinito" * Como o "algoritmo" parece ter um número de "passos" fixo (0..9) e pré-determinado, no segundo "while" poderia ter usado um "for(int i=0;i<10;i++)"
  27. 1 point
    Sim, vale. Pelo menos se for para desenvolver um app que tire partido de todas as funcionalidades oferecidas pelo SO. Já se for para desenvolver uma app desktop que é basicamente um wrapper da app web (e.g. Electron apps), a utilidade é mais duvidosa.
  28. 1 point
    import java.lang.*; import java.util.*; import java.util.Scanner; public class firstLast { public static void main(String[] args) { // TODO Auto-generated method stub Scanner teclado= new Scanner(System.in); String nome=teclado.next(); String[] nome2 = nome.split(" "); System.out.println(nome2); } } Boa noite. Pretendo escrever um nome e fazer split através do método da classe String.Só que o output do código é isto: imput -miguel paulo output -[Ljava.lang.String;@7d4991ad Alguém me pode dizer porque é que ele reage assim?
  29. 1 point
    necessitas de obter o identificador do registo que se pretende eliminar e adicionar essa condição ao SQL a executar. exemplo : DELETE FROM produtos WHERE id = 123
  30. 1 point
    Não sei se ajuda, mas fiz um cálculo rápido e o XOR da cadeia "9801785" dá "3ah" (hexadecimal) ou seja o caracter ":" Também confirmei o valor do site que indicaste. Experimenta enviar "9801785:"+CR+LF
  31. 1 point
    Olá @Adriana, O código que tens está quase correcto, só te faltaram alguns pequenos pormenores. Por exemplo, se correres o seguinte código: new_time = Time(2, 30) early_time = Time(1, 30) print(early_time < new_time) Receberás o seguinte erro: Traceback (most recent call last): File "78079.py", line 43, in <module> print(early_time < new_time) File "78079.py", line 20, in __lt__ if self.convert_to_minutes < other.convert_to_minutes: TypeError: '<' not supported between instances of 'method' and 'method' Como diz no erro, estás a tentar comparar os métodos em vez do resultado dos métodos. Quer dizer que só te esqueceste de adicionar os parêntesis () aos teus métodos. Em relação ao método __add__, tens de ver que quando divides os minutos por 60, vais receber um float com o resultado total da divisão, mas o que tu queres é o resultado da divisão inteira. Python tem um operador precisamente para isso . Em relação ao resto que dizes estar incompleto, o que não conseguiste fazer e porquê? Tens alguma dúvida em concreto em como resolver o resto?
  32. 1 point
    Talvez sim ou talvez não. Se uma fatura emitida manualmente num impresso em tipografia tem as contas mal feitas, se calhar o melhor seria anula-lo e emitir novamente um correto. Mas, se não for anulada, é válida tal como está. Pode até ser corrigida mais tarde por uma Nota de Débito ou Nota de crédito. Para todos os efeitos, mesmo depois de recolhida, o que fica válido é a fatura tipográfica, já que o sistema não deve deixar imprimir a fatura recolhida, ou se o fizer tem de dizer "cópia do documento original" e não terá qualquer valor fiscal.
  33. 1 point
    @Zamalor, mais uma vez, não dás sequer oportunidade aos users de perceberem o que estão a fazer de errado. Chegas aqui e postas cóigo como se não houvesse amanhã. Não é esta a forma de ajudar os users que o forum defende. Aliás, não estás a ajudar em nada! Se queres simplesmente fazer código, monta um negócio e o pessoal paga para tu lhes fazeres código. Agora, quem quer aprender, não está a ser ajudado em nada por ti!
  34. 1 point
    Penso que o problema possa estar por estares a pesquisar num campo do tipo Memo. Experimenta com outro campo para veres se está tudo bem configurado.
  35. 1 point
    Olá Vitor ... nós aqui tb usamos o webservice para as guias e faturas (ft,fs,fr,nc,nd) e o que me está a confundir é essa questão que escreveste de "De acordo com o n.º 1 do art.º 3.º do Decreto-Lei n.º 198/2012, os documentos que devam constar da tabela 4.3 WorkingDocuments devem ser reportados mensalmente à AT." ... os documentos de faturação não estão no 4.3 WorkingDocumentos, estão no 4.1 se não me engano. Então quem comunica as faturas por webservice como faz depois para comunicar os outros documentos ?? se no fim do mês submeter o saft de faturação (que deve incluir os documentos de 4.3) vai duplicar as faturas que já comunicou .. ou estou a ver isto da forma errada ?
  36. 1 point
    As mensagens são quase auto-explicativas. 2 primeiras linhas: Percebes inglês ou é preciso eu traduzir? O resto logo se vê. E isto não são erros do DevC++. São erros do teu código.
  37. 1 point
    E estamos a falar de uma simples alteração a um ficheiro xsd que, em princípio, se faria com relativa facilidade e rapidez, certo. Sendo que essa portaria já foi publicada a 2 de Maio. Mas há outras coisas bem mais complicadas e cujo prazo está a terminar e que, até ver, não há nenhuma novidade: - Já alguém sabe como se vai fazer a tal comunicação relativa aos estabelecimentos, equipamentos, ..., prevista no artigo 34.º do Decreto-Lei 28/2019? Inicialmente era obrigatório fazer a comunicação até 30 de Junho de 2019. Posteriormente, de acordo com o Despacho 254/2019 do SEAF, passou para 31 de Outubro. Ou seja, estamos a uma semana do prazo terminar. - Já há informação concreta quanto ao QR code a inserir nas facturas? E quanto ao código único do documento e à obrigatoriedade de comunicar as novas séries de documentos à AT? Tudo isto faz parte do Decreto-Lei 28/2019, publicado no dia 15 de Fevereiro, ou seja, há mais de 8 meses e ainda não há nada para trabalharmos. E como tem de estar a funcionar a partir de 1 de Janeiro, já só temos 1 semana e 1 mês para implementarmos isto (seja lá o que for e como for) em todos os nossos clientes. Entretanto, a AT publicou um Ofício Circulado a 1 de Outubro que nada acrescenta em concreto. Aliás, esse Ofício Circulado surge no dia 1 de Outubro, porque a AT tinha de publicar qualquer coisa até essa data (estava obrigada pelo ponto 3 do Despacho 254/2019 do SEAF).
  38. 1 point
    Se for um recibo no regime de caixa (ou do regime geral em que se opte por descriminar o IVA): CreditAmount=100, NetTotal=100, TaxPayable=23, GrossTotal = 123. No regime geral: CreditAmount=123, TaxPayable = 0, NetTotal=123, GrossTotal=123 Ver FAQ 58-2794 Os descontos nos recibos não influenciam o IVA (são sempre descontos financeiros). Assim, com um desconto de 3€ no recibo ficava esta coisa estranha: RC: CreditAmount=97, NetTotal=97, TaxPayable=23, GrossTotal=120, SettlementAmount=3 RG: CreditAmount=120, NetTotal=120, TaxPayable=0, GrossTotal=120, SettlementAmount=3 Ver FAQ 60-2796
  39. 1 point
    Também estive nessa formação. Deu para ver a divisão da AT em "quintinhas" e a aplicação da maxima "na minha quinta mando deu". Ou seja, o formador da AT disse algo do género: O código do IVA manda assim, se os programas não deixam fazer, deviam deixar. Quando o questionaram sobre os programas para serem certificados não podem deixar faturar a negativo, ele respondeu algo do género: Isso é com a secção de certificação de programas e eu sou da secção do IVA.
  40. 1 point
    Alguém me sabe dizer onde um produtor de software pode pedir para fazer testes com a eSPap? Já enviamos pedido de informação para lá mas até hoje ninguém respondeu. Eles têm lá um registo para fornecedores da AP mas nós não somos fornecedores da AP. É por ai que temos que ir? Nós iniciamos o processo de entrega de documentos com a Saphety mas esta tem custos para os clientes (não para nós) enquanto que aparentemente a eSPap não. Gostava de começar os trabalhos com o portal FE-AP mas não consigo encontrar informação para isso. Aparentemente o brunotoira já o fez. Podes-me dizer como o fizeste? E não me refiro á parte técnica mas sim quem contactaste e como?
  41. 1 point
    Na altura em que falamos a ordem ainda não se tinha pronunciado sobre isso, apenas lançou uma nota com 2 linhas :-\ em todo o caso, de facto eles dizem Mas é a interpretação da ordem. Como dizes e bem, na Lei diz que entra em vigor a 1 de Outubro e que a comunicação é referente ao mês seguinte. Até porque existem sistemas normalizados que têm de ser alterados. Parece-me um bocadinho em cima. Em todo o caso, não me parece que seja aplicada coima a quem em Outubro comunicar até dia 15 nem me parece difícil comunicar até ao dia 12 em vez de o dia 15 de Outubro :-) Acho que mais vale prevenir :-)
  42. 1 point
    Boa noite, Se é muito noob nestas coisas de faturação eu não te aconselho a usar um programa de faturação gratuito, ter suporte professional para mim é fundamental quando se trata de faturação. O melhor conselho que te posso dar é pede assistência ao produtor do software que estás a usar.
  43. 1 point
    Ao ler o enunciado do problema, tenho uma leitura completamente diferente (provavelmente ainda o vai desenvolver), nomeadamente: - não vejo em lado algum que deve ignorar os espaços (para mim é um carácter normal) - diz caracteres distintos, portanto também não é para contar os outros (diferentes de espaços) mas sim os DISTINTOS Até fui procurar um calculo online, para demonstrar o que "leio" e encontrei este (https://www.somacon.com/p525.php) onde a string "Portugal a Programar" tem os seguintes caracteres DISTINTOS: Code: 32 0x20 ' ' Count: 2 Code: 80 0x50 'P' Count: 2 Code: 97 0x61 'a' Count: 4 Code: 103 0x67 'g' Count: 2 Code: 108 0x6C 'l' Count: 1 Code: 109 0x6D 'm' Count: 1 Code: 111 0x6F 'o' Count: 2 Code: 114 0x72 'r' Count: 4 Code: 116 0x74 't' Count: 1 Code: 117 0x75 'u' Count: 1 -----TOTAL CHARACTERS: 20 Não será uma aplicação com este tipo de resultado que deves desenvolver?
  44. 1 point
    Olá. Permite-me primeiro fazer alguns reparos ao código em si. É boa prática que os #defines sejam em letra maiúscula. Depois, é bom também utiliza-los coerentemente, ou seja, fgets(nome, N, stdin); em vez do valor hardcoded. Depois, for (i=0; i < strlen(nome) != '\0'; i++) { count++; } isto é redundante. Faz exatamente o mesmo do que o strlen(). " i < strlen(nome) != '\0' " Acho que devias rever isto. Não sei se percebes muito bem o que é que a função strlen() faz, e o significado do '\0'. No entanto, aproveitando esse teu pedaço de código, deixo uma dica para os espaços: for (i=0; i < strlen(nome) != '\0'; i++) { if (nome[i] != ' ') count++; } A tua solução está a dar um caracater a mais. Mas deixo isso para resolveres, que também é preciso estudar um bocadinho
  45. 1 point
    Ainda sobre a Factura Electrónica para a Administração Pública, ontem, 5 de Setembro, foi publicada a Portaria 289/2019.
  46. 1 point
    O que necessitas é: =IF(($D$1-D92)<=30;"0-30 Dias";IF(($D$1-D92)<=60;"31-60 Dias";IF(($D$1-D92)<=90;"61-90 Dias";"+ 90 Dias"))) Atenção, noto que utilizas como separador de parâmetro a vírgula. Não sei se é erro teu (mais provável) ou configuração. Não precisas de utilizar o AND. O resto é uma questão de ordenação e lógica. Cumprimentos
  47. 1 point
    Fonte: https://multun.net/obscure-c-features.html
  48. 1 point
    a variável v contem um ponteiro para uma região de memória da qual não podes alterar (a string "PaP Programar") quando vais tentar atribuir o caracter ch à posição v[i ], tens o problema que referes.
  49. 1 point
    A parte física há várias hipóteses, o normal é usar células de carga. Se usares células de carga, tens 2 hipóteses de a ligar ao PLC, diretamente, se o PLC tiver cartas especificas para isso ou com um controlador e uma entrada analógica do PLC A nível de PLC a programação de uma carta especifica para células de carga, ou uma entrada analógica (com o valor do peso) é completamente diferente
  50. 1 point
    Boas Não esperes que te dêem código já feito e testado. Infelizmente existem muitas pessoas que pensam que isto aqui é o freecode.offer Experimenta começar pelo principio. 1- Les o numero inserido pelo utilizador. 2- Ve se o numero inserido tem pelo menos 13 algarismos 3- Ve se o algoritmo de luhn está correcto dado o numero inserido e por aí fora. Subdividir o trabalho é meio caminho andado para que funcione Mais dúvidas, vai expondo que ajudamos sempre. Abraço
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.