Jump to content

Leaderboard

  1. americob

    americob

    Member


    • Points

      4

    • Content Count

      644


  2. CrominhO

    CrominhO

    Member


    • Points

      1

    • Content Count

      1,355


  3. HappyHippyHippo

    HappyHippyHippo

    Member


    • Points

      1

    • Content Count

      14,808


  4. Cerzedelo

    Cerzedelo

    Member


    • Points

      1

    • Content Count

      199



Popular Content

Showing content with the highest reputation since 01/28/2020 in Posts

  1. 2 points
    Presumo que estivesse a falar da série para recolher faturas pelos duplicados, que tenham desaparecido do sistema ao fazer reposição da última cópia de segurança disponível, numa situação de perda total de dados.
  2. 1 point
    Não estás a executar o SQL
  3. 1 point
    Talvez se possa utilizar o SELECT Count(nome do coluna a contar). Depois é só comparar se a soma dos sim for maior que os do não , o resultado seria sim e vice-versa
  4. 1 point
    Talvez sim ou talvez não. Se uma fatura emitida manualmente num impresso em tipografia tem as contas mal feitas, se calhar o melhor seria anula-lo e emitir novamente um correto. Mas, se não for anulada, é válida tal como está. Pode até ser corrigida mais tarde por uma Nota de Débito ou Nota de crédito. Para todos os efeitos, mesmo depois de recolhida, o que fica válido é a fatura tipográfica, já que o sistema não deve deixar imprimir a fatura recolhida, ou se o fizer tem de dizer "cópia do documento original" e não terá qualquer valor fiscal.
  5. 1 point
    Estamos a certificar o software e a integração manual dos documentos é uma obrigatoriedade. O técnico da AT quer inclusive, que todos os campos do documento sejam manualmente editáveis pelo utilizador (no caso por exemplo, do utilizador cometer um erro de cálculo ou preenchimento na hora de fazer o documento manual). Ou seja, o software não pode fazer nenhum cálculo ou preenchimento automático dos campos do documento.
  6. 1 point
    Com a publicação do "Decreto-Lei n.º 28/2019", fica bem claro que os sujeitos passivos (empresa/cliente) em caso de inoperacionalidade tem de utilizar documentos pré-impressos em tipografias autorizadas e depois recuperar os mesmos no programa/software utilizado. No meu caso no ano passado e em outras certificações, não validaram esta funcionalidade, mas não deixa de ser um "problema" para a empresa/cliente que compra o software e não pode cumprir com esta regra (podem sempre optar por comprar outro... ou um dia que precisem da mesma, descobrem que o SW não permite e dizem logo como é possível um SW certificado não permitir esta funcionalidade...) cps,
  7. 1 point
    Na última certificação que fiz obrigaram a que o software tivesse essas funcionalidades mesmo que não fossem necessárias para o cliente.
  8. 1 point
    Retirado da pagina que não consegues ver. Parâmetros de invocação da aplicação: Opção Opção extendida Descrição Obrigatório Exemplo de utilização Validações -XMS - Define o tamanho inicial e mínimo de memória para iniciar a aplicação. É definido através de um inteiro seguido da unidade de memória que este representa. Os valores possíveis para a unidade de memória são: g|G|m|M|k|K. Este valor terá de ser indicado antes do parâmetro "-jar". Não -XMS64m - -XMX - Define o tamanho máximo de memória que a aplicação poderá utilizar. É definido através de um inteiro seguido da unidade de memória que este representa. Valores possíveis para a unidade de memória: g|G|m|M|k|K. Este valor terá de ser indicado antes do parâmetro "-jar". Não -XMX1024m - -jar - Define o ficheiro jar onde se encontra a aplicação de envio de ficheiro SAF_T (PT). Caso o caminho para o ficheiro jar contenha espaços este terá de ser delimitado por aspas. Sim -jar FACTEMICLI-[VERSAO]-cmdClient.jar - -n --nif Define o NIF do comerciante para o qual se pretende enviar o ficheiro SAFT-T (PT) e que será utilizado para autenticação no portal. Poderá ser definido o sub-utilizador, através da seguinte formatação 123456789/1. Sim -i 123456789 -Terá de ser um NIF válido. -p --password Password do utilizador, no Portal das Finanças, para o qual se pretende realizar o envio de ficheiro SAF-T (PT). Sim -n xxxxxxxxx - Password terá de ser válida para o contribuinte em questão. -a --ano Ano a que se refere o ficheiro SAF-T(PT) a enviar. Sim -a 2013 - Terá de ser um valor numérico; - Dimensão igual a 4. -m --mes Mês a que se refere o ficheiro SAF-T(PT) a enviar. Sim -m 01 - Terá de ser um valor numérico; - Dimensão igual a 2. -op --operacao Indicação da operação que se pretende realizar, com um dos seguintes valores: - "validar": Valida o ficheiro SAF-T(PT) definido no parâmetro '-i'; - "enviar": Envia o ficheiro SAF-T(PT), definido no parâmetro '-i', para a AT. Sim -op enviar - O valor definido para a operação terá de ser um dos especificados. -i --input Indicação do caminho para o ficheiro SAF-T (PT) que pretende enviar/validar para a AT. Se o caminho contiver espaços este terá de ser delimitado por aspas. Sim -i "c:\Ficheiro saft-t (pt).xml" - Ficheiro tem de existir em disco. -v --version Indicação do formato de ficheiro a enviar, com um dos seguintes valores: - "R02": Portaria n.º 160/2013 (versão 1.02_01). - "R03": Portaria n.º 274/2013 (versão 1.03_01). - "R04": Portaria n.º 302/2016 (versão 1.04_01). Por omissão o formato de envio terá o valor "R04". O formato "R01" (Portaria n.º 1192/2009 (versão 1.01_01)) deixou de ser aceite a partir de 1 de Abril de 2014. Não -v R02 - O valor definido para o formato terá de ser um dos especificados. -o --output Indicação do caminho para o ficheiro onde será escrito o resultado do envio do ficheiro SAF-T (PT). Se o caminho contiver espaços este terá de ser delimitado por aspas. Por omissão escreve para a consola onde foi iniciado o envio. Não -o "c:\Ficheiro resultado.xml" -Pasta onde será colocado o ficheiro terá de existir em disco. -r --resumido Indicação do caminho para o ficheiro onde será escrito o ficheiro resumido. Se o caminho contiver espaços este terá de ser delimitado por aspas. Por omissão escreve o ficheiro na mesma directoria e nome, com sufixo 'resumido', do ficheiro definido no parâmetro '-i'. Não -r "c:\Ficheiro resumido.xml" - -t --testes Indicação de que se trata de um envio de testes, devendo o ficheiro ser ignorado para processamento. Não -t -h --help Imprime a listagem com todo os parâmetros existentes, bem como um exemplo de utilização. Não -h Exemplos de utilização: A configuração mínima para proceder ao envio do ficheiro SAF-T (PT) é a seguinte: java -jar FACTEMICLI-[VERSAO]-cmdClient.jar -n 123456789 -p xxxxxxxxx -a 2013 -m 01 -op enviar -i "C:\caminho para ficheiro\Nome_ficheiro.xml" Caso seja pretendido é possível indicar um ficheiro de saída para onde será escrito o resultado do processamento ou alterar a quantidade de memoria utilizada: java -Xms:256m -Xmx:1024m -jar FACTEMICLI-[VERSAO]-cmdClient.jar -n 123456789/14 -p xxxxxxxxx -a 2013 -m 01 -op enviar -i "C:\caminho para ficheiro\Nome_ficheiro.xml" -o "C:\caminho para ficheiro\Nome_ficheiro_saida.xml" Estrutura de resposta (XML) Nesta secção descreve-se a estrutura e informação da resposta ao envio de ficheiro SAF-T (PT) através do aplicativo batch. A especificação XSD da resposta enviada pelo servidor é a seguinte: <?xml version="1.0"?> <xs:schema xmlns:xs="http://www.w3.org/2001/XMLSchema"> <xs:element name="response"> <xs:complexType> <xs:choice> <xs:element name="errors" type="errorType" minOccurs="1"/> <xs:sequence> <xs:element name="totalFaturas" type="xs:string" maxOccurs="1" minOccurs="1"></xs:element> <xs:element name="totalCreditos" type="xs:string" maxOccurs="1" minOccurs="1"></xs:element> <xs:element name="totalDebitos" type="xs:string" maxOccurs="1" minOccurs="1"></xs:element> <xs:element name="warning" type="xs:string" maxOccurs="1" minOccurs="0"></xs:element> <xs:element name="idFicheiro" type="xs:string" maxOccurs="1" minOccurs="0"></xs:element> <xs:element name="nomeFicheiro" type="xs:string" maxOccurs="1" minOccurs="1"></xs:element> <xs:element name="createdDate" type="xs:string" maxOccurs="1" minOccurs="1"></xs:element> </xs:sequence> </xs:choice> <xs:attribute name="code" type="xs:string" use="required"/> </xs:complexType> </xs:element> <xs:complexType name="errorType"> <xs:sequence> <xs:element name="error" type="xs:string" maxOccurs="unbounded" minOccurs="1"/> </xs:sequence> </xs:complexType> </xs:schema> Exemplo de resposta de sucesso no envio do ficheiro SAF-T (PT). No caso de o ficheiro ser aceite mas com alguma condicionante, será colocada uma mensagem de "warning". <?xml version="1.0" encoding="ISO-8859-1"?> <response code="200"> <totalFaturas>10</totalFaturas> <totalCreditos>1234.56</totalCreditos> <totalDebitos>12.34</totalDebitos> <warning>Devido a todas as faturas serem anteriores a 1/Jan/2013 o ficheiro não será considerado para processamento.</warning> <idFicheiro>123</idFicheiro> <nomeFicheiro>saft-pt.xml</nomeFicheiro> <createdDate>2013-02-01 15:17:54</createdDate> </response> Exemplo de resposta quando existe um erro no envio ou validação do ficheiro SAF-T (PT). <?xml version="1.0" encoding="ISO-8859-1"?> <response code="-3"> <errors> <error>NIF do comerciante ('123456789') é diferente do NIF declarado no ficheiro SAF-T PT ('987654321').</error> </errors> </response> Códigos de resposta existentes Código de Resposta Mensagem de erro Descrição do erro -1 Ocorreu um erro durante o envio do ficheiro. Erro genérico na comunicação entre cliente e servidor. -2 O ficheiro recebido não tem o mesmo tamanho que o ficheiro enviado. Tamanho do ficheiro declarado no header pelo programa cliente não corresponde ao tamanho real enviado -3 Mensagem específica da validação que não está a ser respeitada. A mensagem de resposta para este erro é variável, estando a sua mensagem de erro dependente da validação que não é respeitada -4 Ocorreu um erro durante o envio do ficheiro. Erro ao inserir o ficheiro na base de dados -5 O ficheiro selecionado já foi enviado para a AT. Cenário em um ficheiro idêntico foi previamente enviado para a AT. -6 Erro no processo de conversão. Este erro ocorre caso exista algum problema durante o processo de conversão. É apresentada mensagem complementar indicando a origem do erro. -7 O cliente de linha de comandos que está a utilizar não se encontra atualizado. Por favor aceda ao portal e-fatura e obtenha a nova versão. Caso o cliente linha de comando que se encontra a utilizar não seja a versão mais actual. -8 O ficheiro resumido não pode ser o mesmo que o ficheiro seleccionado para envio. Caso em que o ficheiro indicado no parâmetro -i (ficheiro SAF-T (PT) a enviar para a AT) é o mesmo que o indicado pelo parâmetro -r (localização do ficheiro resumido). -9 Para poder entregar o SAF-T na versão que indicou necessita de atualizar o cliente de linha de comandos. Para isso, por favor, aceda ao portal e-fatura e obtenha a nova versão. Caso o cliente linha de comando que se encontra a utilizar não seja a versão mais actual para o formato de SAF-T que está a entregar. -401 Login failed for user 123456789. ERROR CODE: <ERRO ANTENTICAÇÃO> Quando ocorre um erro na autenticação do servidor -666 Ocorreu um erro. Erro não categorizado durante o processo de envio. É apresentada uma mensagem descritiva do erro. 200 - Sucesso no envio do ficheiro
  9. 1 point
    normalmente só precisas de instalar a font e usa-la (vê o link) https://www.barcodesinc.com/free-barcode-font/
  10. 1 point
    Uma vez que o Cliente ja enviou o Saft e que o Software dele permite efectuar documentos Rectificativos sem estar associados a Faturas, é muito simples, basta fazer como antigamente, esse cliente faz uma Nota de Crédito referente à Nota de Débito que emitiu, para saldar a conta do IVA. E não tem problema ser em meses diferentes, o máximo que pode acontecer é se for no final do trimestre ter de receber ou pagar IVA, mas no trimestre seguinte a situação regulariza com a Nota de Crédito.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.