Jump to content

Leaderboard

Popular Content

Showing content with the highest reputation on 03/10/2021 in all areas

  1. Eu diria que é suficiente a colocação da assinatura eletrónica qualificada e a existência de um contrato escrito de aceitação por parte do cliente e que mencione o email para onde são enviadas. Pelo menos, parece-me ser assim que "as grandes" estão a fazer, leia-se EDP, PT, VODAFONE, VIA VERDE, etc..., aceitas a fatura eletrónica e ela passa a chegar assinada por email. Por enquanto, pelo menos até ao fim do mês de Junho, os PDFs sem assinatura equivalem para todos os efeitos legais (fiscais) a faturas eletrónicas. Ver DESPACHO N.º 72/2021-XXII do SEAAF. Por mim, podia ser para sempre e, se tivessem dúvidas da veracidade, fossem consultar o e-Fatura. Por assinatura eletrónica qualificada, entende-se assinatura da empresa emissora que tem de ser comprada. Pode ainda ser usada a assinatura do Gerente com poderes e para o efeito, procura Serviço de Assinatura de Faturas Eletrónicas (SAFE) (autenticacao.gov.pt) que é gratuito para uma empresa durante 2 anos, mas pago 20 Euros cada 2anos para os anos seguintes ou se for para mais que uma empresa. Legalmente, a fatura sem papel (PDF sem assinatura), fora da atual situação de pandemia, só pode ser emitida a consumidores finais (não serve para colocar em despesas das empresas, deduzir IVA, etc.) e cada emitente tem de aderir no portal das finanças, no e-Balcão.
    2 points
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.