Jump to content
desconfiado

Norma europeia de fatura eletrónica: eInvoicing - Diretiva 2014/55/EU

Recommended Posts

chesser

Recebi um email da ESPAP que diz o seguinte:

"Exmos.(as) Srs.(as), a fatura eletrónica chegou à Administração Pública.

 

A Diretiva Comunitária 2014/55/UE relativa à faturação eletrónica nos contratos públicos, publicada em 16 de abril de 2014, foi transposta para enquadramento jurídico nacional na alteração do Código dos Contratos Públicos (Decreto-Lei n.º 111-B/2017, de 31 de agosto, nos termos dos artigos 1.º, 9.º e 13.º e artigo 299.º-B do Anexo III) tornando obrigatória a emissão de faturas eletrónicas no âmbito da contratação pública.

 

A eSPap, Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. tem em curso um programa de implementação da Fatura Eletrónica na Administração Pública com o objetivo de prestar serviços partilhados de receção, validação, arquivo e processamento de faturas eletrónicas, para as entidades públicas. O programa foi concebido dentro dos princípios da diretiva comunitária e, como tal, garante a sustentabilidade e a interoperabilidade de soluções, bem como as economias de custos previstas.  

Atendendo ao interesse manifestado, convidamo-los a construir um projeto conjunto de adesão à fatura eletrónica. Neste sentido, agradecemos que consultem o site institucional da eSPap, nomeadamente a informação atualizada sobre a fatura eletrónica:

https://www.espap.gov.pt/spfin/Paginas/spfin.aspx#maintab5

A informação disponível no site institucional da eSPap será atualizada de acordo com a publicação da legislação regulamentar relacionada com a fatura eletrónica na contratação pública.

A eSPap está a trabalhar num roadmap, que será partilhado oportunamente, para garantir o alinhamento com as regras e normas definidas pela União Europeia e com a publicação da regulamentação complementar ao Decreto-Lei n.º 111-B/2017.

Na sequência da publicação da legislação, que se aguarda, e tendo já a vosso registo do interesse manifestado, solicitamos a identificação das entidades da administração pública para as quais pretendem enviar faturas eletrónicas. Com base na informação partilhada serão contactados pela eSPap para, em conjunto, planearmos os próximos passos.

Caso subsista alguma dúvida, não hesitem em nos contactar para o endereço de email: SPFin.B2AP@espap.pt

Com os nossos melhores cumprimentos,

B2AP | Business to AP"

 

-----

Deste email sobressai, quanto a mim, o tempo verbal: futuro.

Ou seja, temos coisas como "A informação disponível no site institucional da eSPap será atualizada de acordo com a publicação da legislação regulamentar relacionada com a fatura eletrónica na contratação pública."

"A eSPap está a trabalhar num roadmap, que será partilhado oportunamente, para garantir o alinhamento com as regras e normas definidas pela União Europeia e com a publicação da regulamentação complementar ao Decreto-Lei n.º 111-B/2017."

"Na sequência da publicação da legislação, que se aguarda, e tendo já a vosso registo do interesse manifestado, solicitamos a identificação das entidades da administração pública para as quais pretendem enviar faturas eletrónicas. Com base na informação partilhada serão contactados pela eSPap para, em conjunto, planearmos os próximos passos."

Quanto a este último parágrafo tenho ainda outro problema: eu não sei quais as entidades públicas com as quais os meus clientes trabalham ou poderão vir a trabalhar no futuro.

 

Dito isto, não acham que nos estamos a adiantar muito ao querer já implementar coisas quando a própria eSPap diz que ainda está a aguardar a publicação da legislação e que ainda está a trabalhar num roadmap para "garantir o alinhamento com as regras e normas definidas pela União Europeia"?

 

  • Vote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
CrominhO
1 hora atrás, chesser disse:

(...)Quanto a este último parágrafo tenho ainda outro problema: eu não sei quais as entidades públicas com as quais os meus clientes trabalham ou poderão vir a trabalhar no futuro.(...)

Dito isto, não acham que nos estamos a adiantar muito ao querer já implementar coisas quando a própria eSPap diz que ainda está a aguardar a publicação da legislação e que ainda está a trabalhar num roadmap para "garantir o alinhamento com as regras e normas definidas pela União Europeia"?

 

Esse ultimo paragrafo até me deixou de boca aberta lol :D ... Eu imaginei que tivesse de haver uma ligação directa entre Fornecedor (nosso cliente) e a eSPap, mas sempre pensei, que preparávamos os softwares para lerem o certificado entregue a cada fornecedor do estado e a partir daí eles entendiam-se :D ... E se calhar até é assim, eles eSPap é que não perceberam que estamos a falar de softwares horizontais... Caso nao seja, estou perdido lol, sei que alguns clientes dos meus clientes, são função Publica, mas não sei todos e não vou iniciar um processo de "conversação" com cada um deles :D ... até a esquadra ali da "esquina" compra coisas lol. 

 

O ultimo ponto que falas, concordo contigo, apesar do trabalho que já temos feito  supostamente continuar, uma vez que a estrutura da eSPap é do estado. Ainda assim merecia uma resposta a esse Email para dissipar a maior dúvida de todas, que era perguntar se entretanto revogam ou não o decreto que diz que entra a 1 de Janeiro de 2019 🙂 

 

EDIT: Já não tenho likes para todos os Posts com info aqui partilhados 🙂 

Edited by CrominhO

As mentes humanas são realmente um local estranho!

Share this post


Link to post
Share on other sites
marcolopes
9 hours ago, Vitor Pereira said:

 

Acabei de receber a resposta a ilink:

 

O seu pedido foi recebido e analisado atentamente.

   Ticket ID: 2018121788260
   Assunto: e-Invoicing

Boa tarde Exmo. Sr. Vítor Pereira,

Informamos que a integração com o nosso software iLink é gratuito.
Assim sendo, de forma a podermos disponibilizar a documentação e proceder à criação dos acessos, deverão ,apenas, indicar-nos o nome do Vosso ERP.

Por favor, não hesite em contactar-nos se necessitar de ajuda em mais alguma questão.

Filipa Câmara
ACIN iCloud Solutions Lda

WHAT?????????????????? 😲😲😲😲


The simplest explanation is usually the correct one

JAVA Utilities: https://github.com/marcolopes/dma

Share this post


Link to post
Share on other sites
marcolopes
4 hours ago, Vitor Pereira said:

 

Resposta da ilink:

 

Boa tarde,
Seguem os acessos e a documentação necessária da API para a integração com o iLINK:

O iLink dispõem de uma API que permite a integração com diferentes ERP's e softwares de faturação. A API tem métodos HTTP para enviar e/ou obter documentos de faturação do iLink. Os acessos, a documentação da API e o ambiente de testes do iLink, são os seguintes: 

Informação da API do iLINK:

URL API:                            https://ilink.acin.pt/ilinktests-api/api/
URL documentação API:  https://ilink.acin.pt/ilinktests-api/apidoc/
Authorization (Token):      7ZyvFkgw5URLnKW4kijDSYpkoUJdaBHOCQeSHH3M2YLSmvXFHIK586TZEr3P3NRjVHiDWqLNywAM2RJbmljypywEK5xH5VTlc02VzaW89v7VHsm5s76CyOtJ

Informação da entidade de testes:

Entity key:  vnM77KuciahPXTs7XEHsdS0Xy5wpJdRyDm5Pqrl55AEtOvX2BHYKKQjUz00Fhb1I2ibLnKHXvCDaqYY2
Entity NIF:  508448263

Informação da plataforma de testes do iLINK:
URL:              https://ilink.acin.pt/ilinktests/pt/#/main
Email:            userctg@teste.com
Password:    ilink2018

Segue-se em anexo o manual de funcionamento do iLink e um exemplo de integração entre o iLink e um software de faturacão.
 

NOTA IMPORTANTE: Todos os acessos disponibilizados anteriormente são de testes. Só serão facultados os acessos de produção mediante uma validação e aprovação por parte do nosso departamento de desenvolvimento de software. Após terminados os desenvolvimentos para a integração do vosso software com a plataforma iLink, e para que seja feita uma validação e aprovação, deverão ser disponibilizados acessos do vosso ambiente de testes.


Por favor, não hesite em contactar-nos se necessitar de ajuda em mais alguma questão.

Filipa Câmara
ACIN iCloud Solutions Lda

Meus amigos, EU não vou implementar serviços de FE-AP sobre NENHUM PORTAL que não seja o DO ESTADO!!!!

Podem vir 500 intermediários a implementar o serviço e fazer contactos milionários com empresas públicas...

Se isso for para a frente, e as empresas públicas não se ligarem ao Portal do Estado, haverá desenvolvimento VERTICAL para os seus clientes. Temos pena...

Se esses "portais" fizerem a integração directa de ERP conhecidos, também temos pena (ficam os outros todos prejudicados).

Agora... IMPLEMENTAR os serviços sobre N portais, cada um com as suas especificidades FORA DE QUESTÃO!!!!

Edited by marcolopes

The simplest explanation is usually the correct one

JAVA Utilities: https://github.com/marcolopes/dma

Share this post


Link to post
Share on other sites
marcolopes
2 hours ago, chesser said:

...

A eSPap está a trabalhar num roadmap, que será partilhado oportunamente, para garantir o alinhamento com as regras e normas definidas pela União Europeia e com a publicação da regulamentação complementar ao Decreto-Lei n.º 111-B/2017.

Na sequência da publicação da legislação, que se aguarda, e tendo já a vosso registo do interesse manifestado, solicitamos a identificação das entidades da administração pública para as quais pretendem enviar faturas eletrónicas. Com base na informação partilhada serão contactados pela eSPap para, em conjunto, planearmos os próximos passos.

Caso subsista alguma dúvida, não hesitem em nos contactar para o endereço de email: SPFin.B2AP@espap.pt

Com os nossos melhores cumprimentos,

B2AP | Business to AP"

-----

Deste email sobressai, quanto a mim, o tempo verbal: futuro.

Ou seja, temos coisas como "A informação disponível no site institucional da eSPap será atualizada de acordo com a publicação da legislação regulamentar relacionada com a fatura eletrónica na contratação pública."

"A eSPap está a trabalhar num roadmap, que será partilhado oportunamente, para garantir o alinhamento com as regras e normas definidas pela União Europeia e com a publicação da regulamentação complementar ao Decreto-Lei n.º 111-B/2017."

"Na sequência da publicação da legislação, que se aguarda, e tendo já a vosso registo do interesse manifestado, solicitamos a identificação das entidades da administração pública para as quais pretendem enviar faturas eletrónicas. Com base na informação partilhada serão contactados pela eSPap para, em conjunto, planearmos os próximos passos."

Quanto a este último parágrafo tenho ainda outro problema: eu não sei quais as entidades públicas com as quais os meus clientes trabalham ou poderão vir a trabalhar no futuro.

Dito isto, não acham que nos estamos a adiantar muito ao querer já implementar coisas quando a própria eSPap diz que ainda está a aguardar a publicação da legislação e que ainda está a trabalhar num roadmap para "garantir o alinhamento com as regras e normas definidas pela União Europeia"?

Concordo! "Apanhamos" a informação já publicada no portal, mas a ESPAP e a SAPHETY (contratada para implementar o Portal da Fatura Electrónica na Administração Pública – FE-AP) ainda estão em análise... de qualquer forma acho estranho já terem os documentos técnicos todos redigidos, e não estarem APTOS a prestar informações de acesso técnico por forma a podermos testar os serviços...


The simplest explanation is usually the correct one

JAVA Utilities: https://github.com/marcolopes/dma

Share this post


Link to post
Share on other sites
marcolopes
3 hours ago, Pedro Robalo said:

Excelente!

E obrigado pela partilha dos dados de acesso.

A Informação é bastante interessante.

Já tive a ver o portal e continuo na mesma.

Ainda não percebi o conceito.

Para que raio serve por os ficheiros na iLink ou em outro lado qualquer?

E ter um portal para ver os documentos, com gráficos e totais?

Servem para baralhar toda a gente! Porque se surgirem 100 empresas como esta a fazer o trabalho que deveria ser feito pelo Portal da Fatura Electrónica na Administração Pública – FE-AP da responsabilidade do ESPAP, então teremos 100 implementações de comunicação...

Estamos a falar da mesma coisa??? Essa info é relativa à FE-AP? Ou é apenas uma integração de facturação electrónica que as software houses implementam para se tornarem compatíveis com o EDI desse broker?

Volto a dizer... não vou ligar puto a essas empresas. Quero informação sobre o GATEWAY do ESTADO...

  • Vote 1

The simplest explanation is usually the correct one

JAVA Utilities: https://github.com/marcolopes/dma

Share this post


Link to post
Share on other sites
marcolopes
10 hours ago, chesser said:

Recebi um email da ESPAP que diz o seguinte:

"Exmos.(as) Srs.(as), a fatura eletrónica chegou à Administração Pública.

A Diretiva Comunitária 2014/55/UE relativa à faturação eletrónica nos contratos públicos, publicada em 16 de abril de 2014, foi transposta para enquadramento jurídico nacional na alteração do Código dos Contratos Públicos (Decreto-Lei n.º 111-B/2017, de 31 de agosto, nos termos dos artigos 1.º, 9.º e 13.º e artigo 299.º-B do Anexo III) tornando obrigatória a emissão de faturas eletrónicas no âmbito da contratação pública.

A eSPap, Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. tem em curso um programa de implementação da Fatura Eletrónica na Administração Pública com o objetivo de prestar serviços partilhados de receção, validação, arquivo e processamento de faturas eletrónicas, para as entidades públicas. O programa foi concebido dentro dos princípios da diretiva comunitária e, como tal, garante a sustentabilidade e a interoperabilidade de soluções, bem como as economias de custos previstas.  

Atendendo ao interesse manifestado, convidamo-los a construir um projeto conjunto de adesão à fatura eletrónica. Neste sentido, agradecemos que consultem o site institucional da eSPap, nomeadamente a informação atualizada sobre a fatura eletrónica:

https://www.espap.gov.pt/spfin/Paginas/spfin.aspx#maintab5

A informação disponível no site institucional da eSPap será atualizada de acordo com a publicação da legislação regulamentar relacionada com a fatura eletrónica na contratação pública.

A eSPap está a trabalhar num roadmap, que será partilhado oportunamente, para garantir o alinhamento com as regras e normas definidas pela União Europeia e com a publicação da regulamentação complementar ao Decreto-Lei n.º 111-B/2017.

Na sequência da publicação da legislação, que se aguarda, e tendo já a vosso registo do interesse manifestado, solicitamos a identificação das entidades da administração pública para as quais pretendem enviar faturas eletrónicas. Com base na informação partilhada serão contactados pela eSPap para, em conjunto, planearmos os próximos passos.

Caso subsista alguma dúvida, não hesitem em nos contactar para o endereço de email: SPFin.B2AP@espap.pt

Com os nossos melhores cumprimentos,

B2AP | Business to AP"

Engraçado... descobri hoje que ESSE EMAIL não é mais do que o COPY/PASTE de uma notícia que nem sequer está disponível no site do ESPAP: https://www.espap.gov.pt/noticias/Paginas/noticias.aspx

mas sim no site de um dos serviços da sua responsabilidade (GeRFIP): https://www.gerfip.gerall.pt/Paginas/News.aspx?nid=158&newsType=1

Quote

A fatura eletrónica chegou à Administração Pública

19-12-2018

A Diretiva Comunitária 2014/55/EU, de 16/04/2014, e a transposição para enquadramento jurídico nacional (alteração do Código dos Contratos Públicos, Decreto-Lei n.º 111-B/2017, de 31 de agosto) tornam obrigatórias a emissão e receção de faturas eletrónicas no âmbito da contratação pública.

Para acomodar esta alteração legislativa, a eSPap desenvolveu uma solução para implementação da Fatura Eletrónica na Administração Pública (FE-AP). O portal da FE-AP já está em funcionamento nas três entidades piloto utilizadoras da solução de Gestão de Recursos Financeiros em modo Partilhado (GeRFiP) no âmbito do macroprocesso de contas a pagar.

O portal da FE-AP constitui-se como a Gateway do Estado e permite rececionar faturas e documentos retificativos em formato eletrónico, garantindo o controlo e monitorização de todas as etapas do processo.

A solução para implementação da FE-AP está disponível para qualquer entidade pública cliente dos Serviços Partilhados de Finanças e permite uma integração direta com a solução GeRFiP. Para além da troca de documentos eletrónicos a solução tecnológica desmaterializa, também, o diálogo com os fornecedores passando o processo de conferência para um formato digital.

A eSPap está a trabalhar num roadmap, que será partilhado a partir de janeiro de 2019, para a disseminação da fatura eletrónica integrada no GeRFiP, garantindo o alinhamento com as regras e normas definidas pela União Europeia e com a publicação da regulamentação complementar ao Decreto-Lei n.º 111-B/2017.

A informação para as entidades públicas e para os fornecedores da Administração Pública poderem aderir à solução FE-AP, está disponível no siteinstitucional da eSPap e será atualizada de acordo com a publicação da legislação regulamentar relacionada com a fatura eletrónica na contratação pública.

Para mais informação sobre a FE-AP, consultar o site institucional da eSPap em Serviços Partilhados de Finanças – Fatura Eletrónica.

 


The simplest explanation is usually the correct one

JAVA Utilities: https://github.com/marcolopes/dma

Share this post


Link to post
Share on other sites
Pedro Robalo
10 horas atrás, marcolopes disse:

Servem para baralhar toda a gente! Porque se surgirem 100 empresas como esta a fazer o trabalho que deveria ser feito pelo Portal da Fatura Electrónica na Administração Pública – FE-AP da responsabilidade do ESPAP, então teremos 100 implementações de comunicação...

Estamos a falar da mesma coisa??? Essa info é relativa à FE-AP? Ou é apenas uma integração de facturação electrónica que as software houses implementam para se tornarem compatíveis com o EDI desse broker?

Volto a dizer... não vou ligar puto a essas empresas. Quero informação sobre o GATEWAY do ESTADO...

Começo a ser da mesma opinião.

Se esses portais ao fim ao cabo pelo que me parece vão enviar os ficheiros para as ditas entidades clientes por email (pelo menos ando com esta ideia, e que tem de ser uma conta de email que tem de ser monitorizada pelo cliente), porque raio não podemos enviar diretamente o ficheiro para esses email's, em vez de termos de fazer recursos dessas entidades.

No caso da iLink tentei importar o ficheiro de exemplo deles e nem esse consegui, visto dar diversos erros, vá la alguém perceber isto!?!?!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Pedro Robalo
2 horas atrás, marcolopes disse:

Engraçado... descobri hoje que ESSE EMAIL não é mais do que o COPY/PASTE de uma notícia que nem sequer está disponível no site do ESPAP: https://www.espap.gov.pt/noticias/Paginas/noticias.aspx

mas sim no site de um dos serviços da sua responsabilidade (GeRFIP): https://www.gerfip.gerall.pt/Paginas/News.aspx?nid=158&newsType=1

 

Já alguém conseguir entrar em contacto com estes senhores?!?

Alguém sabe como se faz o registo neste portal (GeRFIP) ? Deverá ser para aqui que temos de enviar os ditos ficheiros?

Share this post


Link to post
Share on other sites
marcolopes
36 minutes ago, Pedro Robalo said:

Já alguém conseguir entrar em contacto com estes senhores?!?

Alguém sabe como se faz o registo neste portal (GeRFIP) ? Deverá ser para aqui que temos de enviar os ditos ficheiros?

Acabei de fazer referência a um email de resposta obtido pelo @chesser

Há que ter calma! Entretanto aconselho que leiam e voltem a ler o que está escrito na página do ESPAP: https://www.espap.gov.pt/spfin/Paginas/spfin.aspx#maintab 

Vale a pena ler também o que está escrito no portal sobre outras áreas, pois a informação é interessante (existem muitas implementações e movimentações por parte do estado em matéria de recursos partilhados)


The simplest explanation is usually the correct one

JAVA Utilities: https://github.com/marcolopes/dma

Share this post


Link to post
Share on other sites
Pedro Robalo
1 minuto atrás, jrabasilio disse:

eu utilizei: 

http://13.80.11.48:8000/invoice/upload

 

Não sei se é o mais correcto.

 

Obrigado!

E fizeste o ficheiro UBL 2.1 normal ou o UBL 2.1 da eSPap.

Visto que do eSPap, acho que é um pouco diferente, pois algumas coisas que no normal são listas neste não. (O que acho estranho)

Eu tentei com o da eSPap e não gostei muito do resultado, pois acho que não valida este.

cvc-complex-type.2.4.a: Invalid content was found starting with element '{"urn:espap:names:specification:ubl:schema:xsd:AggregateComponents-2":InvoicePeriod}'.

Share this post


Link to post
Share on other sites
jrabasilio
11 minutos atrás, Pedro Robalo disse:

Obrigado!

E fizeste o ficheiro UBL 2.1 normal ou o UBL 2.1 da eSPap.

Visto que do eSPap, acho que é um pouco diferente, pois algumas coisas que no normal são listas neste não. (O que acho estranho)

Eu tentei com o da eSPap e não gostei muito do resultado, pois acho que não valida este.


cvc-complex-type.2.4.a: Invalid content was found starting with element '{"urn:espap:names:specification:ubl:schema:xsd:AggregateComponents-2":InvoicePeriod}'.

Ainda não tenho o do eSPap, fiz um ficheiro ubl 2.1 para cumprir com as validações do UBL 2.1 geral, depois quando a informação estiver mais consolidada, aí então faço as alterações.

O validador geral parece me bastante completo, e com bastantes validações, valores , tx iva, descontos, etc... Acho que se o ficheiro cumprir com os requisitos do ubl 2.1 tem de passar em todos os restante.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Pedro Robalo
10 minutos atrás, jrabasilio disse:

Ainda não tenho o do eSPap, fiz um ficheiro ubl 2.1 para cumprir com as validações do UBL 2.1 geral, depois quando a informação estiver mais consolidada, aí então faço as alterações.

O validador geral parece me bastante completo, e com bastantes validações, valores , tx iva, descontos, etc... Acho que se o ficheiro cumprir com os requisitos do ubl 2.1 tem de passar em todos os restante.

Em principio devia ser!

Mas como somos TUGAS, estenderam o UBL 2.1 em que  colocaram mais propriedades e tornaram outras tantas como obrigatórias que no normal não são e ainda transformaram coisas que eram listas em que neste passaram a deixar de ser.

Por isso este validador queixa-se de não conhecer certas coisas!

Share this post


Link to post
Share on other sites
jrabasilio
2 minutos atrás, Pedro Robalo disse:

Em principio devia ser!

Mas como somos TUGAS, estenderam o UBL 2.1 em que  colocaram mais propriedades e tornaram outras tantas como obrigatórias que no normal não são e ainda transformaram coisas que eram listas em que neste passaram a deixar de ser.

Por isso este validador queixa-se de não conhecer certas coisas!

Pois, pelos vistos a adaptação não será muito transparente, se ainda por cima os campos adicionais não forem em extensões, pior fica ..

Não explorei muito bem o da  eSPap , mas se o xsd da invoice e da nota de crédito for diferente do original ULB 2.1, mais trabalho vai dar, tenho de voltar a gerar as classes de novo e rezar.....

Share this post


Link to post
Share on other sites
cristina
33 minutos atrás, jrabasilio disse:

Ainda não tenho o do eSPap, fiz um ficheiro ubl 2.1 para cumprir com as validações do UBL 2.1 geral, depois quando a informação estiver mais consolidada, aí então faço as alterações.

O validador geral parece me bastante completo, e com bastantes validações, valores , tx iva, descontos, etc... Acho que se o ficheiro cumprir com os requisitos do ubl 2.1 tem de passar em todos os restante.

Não propriamente...a estrutura do xml para a espap torna obrigatórios campos que não o são no ubl 2.1 de base e não aceita campos que fazem parte dessa estrutura. Portanto, e eu já validei os ficheiros para as 2 situações, é de facto trabalho a dobrar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
jrabasilio
52 minutos atrás, cristina disse:

Não propriamente...a estrutura do xml para a espap torna obrigatórios campos que não o são no ubl 2.1 de base e não aceita campos que fazem parte dessa estrutura. Portanto, e eu já validei os ficheiros para as 2 situações, é de facto trabalho a dobrar.

 

Um ficheiro gerado para espap valida sem erros no validador UBL ? e um ficheiro UBL 2.1 valida no Validador da espap ?

Na minha opinião, como o espap parte de UBL, ambos os ficheiros deveriam dar validos nos validadores.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
cristina
55 minutos atrás, jrabasilio disse:

Um ficheiro gerado para espap valida sem erros no validador UBL ? e um ficheiro UBL 2.1 valida no Validador da espap ?

Na minha opinião, como o espap parte de UBL, ambos os ficheiros deveriam dar validos nos validadores.

Não... um ficheiro gerado para espap não passa no validador UBL. E um ficheiro UBL 2.1 não é validado pelo xsd da espap.

 

Essa também é a minha opinião mas de facto é isto que acontece

  • Vote 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Pedro Robalo
9 minutos atrás, cristina disse:

Não... um ficheiro gerado para espap não passa no validador UBL. E um ficheiro UBL 2.1 não é validado pelo xsd da espap.

 

Essa também é a minha opinião mas de facto é isto que acontece

Os nossos informáticos do estado no seu melhor!

Alguém que sabes onde fazer a validação do ficheiro da eSPap?

Edited by Pedro Robalo

Share this post


Link to post
Share on other sites
Pedro Robalo
10 minutos atrás, cristina disse:

Já alguém conseguiu utilizar o método ProcessMessage?

Eu já mas não tenho dados de acesso, por isso diz que não estou a enviar as credenciais.

Share this post


Link to post
Share on other sites
cristina
3 minutos atrás, Pedro Robalo disse:

Eu já mas não tenho dados de acesso, por isso diz que não estou a enviar as credenciais.

Pois, nomeadamente senderId e messageId...estou à espera de uma resposta da saphety mas até agora nada

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.