Jump to content
Manuel-xpto

Restaurar versão anterior ao update

Recommended Posts

Manuel-xpto

Boa maltinha,

é o seguinte:

tinha o Ubuntu 14.04 e como ele não consegui atualizar para a versão mais recente do Ruby. Decidi fazer update para a versão 16.04 (mas não ficou completa):

normalmente aparecia uma mensagem para fazer este upgrade mas depois cancelava, pois queixava-se de falta de espaço.

Daí tive a ver desistalar coisas do kernel , mas o problema estava no .local e no .cache e apaguei a maioria desse ficheiros.

Tirei isso, mas depois tive de fazer manualmente os update, pois a mensagem não estava aparecendo (depois como precisava do carregador para outro computador, tive de desliga-lo) mas os updates já estavam feitos era só necessário desliga-lo, da forma comum só que ele esta parado e não desligava e daí ter removido o carregador).

Fiz então isto no update:
https://askubuntu.com/questions/916370/how-to-enable-disabled-third-party-sources-from-command-line-after-upgrade corri estes comandos:

sudo apt-add-repository -y ppa:teejee2008/ppa
sudo apt-get update && apt-get upgrade

Como volto as coisas ao normal, ele aparece 14.04 em algumas parte e 16.04 noutras a barra superior esta intermitente com as letras da horas a mudar o formato (como uma máquina a piscar) e não aparece as ligações a placa de rede :/

O que será melhor fazer, a maneira de voltar ao sistema anterior ou corrigir o problema?

http://i65.tinypic.com/w1eib7.jpg
w1eib7.jpg

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
bsccara

Tive um problema parecido a actualizar do Kubuntu 16.04 para o 18.04. Tive de interromper a actualização porque um driver do VirtualBox não arrancava por causa do SecureBoot e pendurou tudo. Obviamente o sistema ficou todo lixado.

Estando neste ponto não há soluções milagrosas; se conseguires faz cópias de segurança de dados que precises pois no pior caso terás de reinstalar o SO.

Querendo tentar, será preferível passar para o 16.04 (o 14.04 é antiquissimo), tenta o seguinte:

- Verifica no ficheiro /etc/apt/sources.list se as fontes já foram todas mudadas para o 16.04; deves ter o nome 'xenial' em cada linha. Portanto onde estiver 'trusty' muda para 'xenial'.

- Tenta o comando 'sudo apt dist-upgrade' para ver se ele consegue limpar alguma da confusão; como irá remover pacotes em conflito pode piorar ainda mais.

- Usa o comando 'apt list --installed' para obter uma lista dos pacotes instalados e nela procura pacotes com 14.04 na versão ou que não tenham 'xenial' na linha. Tenta remover esses pacotes, um a um, com o comando 'sudo dpkg -r --force-depends <pacote>' e volta a instalá-los de seguida, para que sejam instalados os da versão 16.04.

- Quando não parecer teres mais pacotes do 14.04 tenta mais uma vez o 'dist-upgrade'. Se tiveres sorte o sistema deverá estar funcional. Podes notar a falta de alguns aplicativos, que terás de re-instalar manualmente.

  • Vote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Manuel-xpto

os ficheiros .list aparece-me com # isto são comentários?!

estou a substituir tudo que vem com trusty por replace automático no editor de texto por xenial.

no fim ao gravar todos os ficheiros eles pedem que mude a password, é normal?!
Obs.: são 33 ficheiros, mas se der para fazer óptimo  :)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Manuel-xpto
Em 28/07/2018 às 03:00, bsccara disse:

Tive um problema parecido a actualizar do Kubuntu 16.04 para o 18.04. Tive de interromper a actualização porque um driver do VirtualBox não arrancava por causa do SecureBoot e pendurou tudo. Obviamente o sistema ficou todo lixado.

Estando neste ponto não há soluções milagrosas; se conseguires faz cópias de segurança de dados que precises pois no pior caso terás de reinstalar o SO.

Querendo tentar, será preferível passar para o 16.04 (o 14.04 é antiquissimo), tenta o seguinte:

- Verifica no ficheiro /etc/apt/sources.list se as fontes já foram todas mudadas para o 16.04; deves ter o nome 'xenial' em cada linha. Portanto onde estiver 'trusty' muda para 'xenial'.

- Tenta o comando 'sudo apt dist-upgrade' para ver se ele consegue limpar alguma da confusão; como irá remover pacotes em conflito pode piorar ainda mais.

- Usa o comando 'apt list --installed' para obter uma lista dos pacotes instalados e nela procura pacotes com 14.04 na versão ou que não tenham 'xenial' na linha. Tenta remover esses pacotes, um a um, com o comando 'sudo dpkg -r --force-depends <pacote>' e volta a instalá-los de seguida, para que sejam instalados os da versão 16.04.

- Quando não parecer teres mais pacotes do 14.04 tenta mais uma vez o 'dist-upgrade'. Se tiveres sorte o sistema deverá estar funcional. Podes notar a falta de alguns aplicativos, que terás de re-instalar manualmente.

estou a ver se arranjo uma expressão regular que dê para desistalar todas as versões 14.04, 

ainda estou a estudar:
mas estou a inspirar aqui: https://elias.praciano.com/2014/04/como-remover-versoes-antigas-do-kernel/
https://regex101.com/

Share this post


Link to post
Share on other sites
bsccara

A julgar pela tua última foto, tens o sistema 'a meio da ponte'. O primeiro pacote 'libgirepository' é do 16.04 mas o 'libglib' de que depende é do 14.04; o pacote na linha seguinte está na situação oposta. Como o sistema parece arrancar até ao 'desktop' e se não tens muitas mais linhas com os mesmos problemas merece a pena insistir e ir desinstalando os pacotes antigos. Não podes é deixar retirar pacotes de que dependam senão pode levar-te o sistema todo atrás, principalmente com pacotes como o 'ubuntu-desktop'.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.