Jump to content
Imperador_Alien

Programas profissionais de edição e design, Linux e empregadores

Recommended Posts

Imperador_Alien

Este é o último tópico que eu estou postando para saber sobre a razão de aprender usar determinadas tecnologias para conseguir emprego.

Eu ouvi falar que muitos programas profissionais de edição e design, padrões no mercado, não existem para Linux.

É verdade que muitos programas profissionais de edição e design, padrões no mercado, não existem para Linux?

Existe razão de aprender usar Inkscape e GIMP para conseguir emprego?

Se não, porque?

Qual é a opinião dos empregadores sobre Inkscape e GIMP?

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
M6

Esse tipo de software sai do âmbito da programação, e os profissionais do design serão os mais indicados para responder.

No entanto, pela minha experiência profissional, não conheço nenhum designer profissional que use o Inkscape ou o Gimp. Nessa área as ferramentas da Adobe são a referência e recolhem a preferência dos profissionais.


10 REM Generation 48K!
20 INPUT "URL:", A$
30 IF A$(1 TO 4) = "HTTP" THEN PRINT "400 Bad Request": GOTO 50
40 PRINT "404 Not Found"
50 PRINT "./M6 @ Portugal a Programar."

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
MacgyverPT

Dos profissionais que conheço de design, nenhum deles usa linux (é tudo Mac) e fogem a 7 pés de ferramentas open-source (no caso do Inkscape e Gimp) e todos me dizem que a suite da Adobe é rei e senhor neste sector.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.