Jump to content
M6

John McAfee apresenta protótipo do “primeiro smartphone verdadeiramente privado”

Recommended Posts

M6

Foi através da sua conta do Twitter que John McAfee apresentou o primeiro protótipo daquele que o especialista considera ser o "primeiro smartphone verdadeiramente privado".

[Continua...]

In, Observador, 27 de Abril de 2017.


10 REM Generation 48K!
20 INPUT "URL:", A$
30 IF A$(1 TO 4) = "HTTP" THEN PRINT "400 Bad Request": GOTO 50
40 PRINT "404 Not Found"
50 PRINT "./M6 @ Portugal a Programar."

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
apocsantos

Boa tarde,

Bem, agora que parei de rir, vamos a coisas sérias...

Citação

"primeiro smartphone verdadeiramente privado"

Bem, pela imagem pode ser visto que o sistema é android, logo privado? Menos um pouco! Depois, o que faz dele o "primeiro" ? Já existem uns quantos que dizem ser "verdadeiramente privados"!

Cordiais cumprimentos,

Apocsantos


"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Share this post


Link to post
Share on other sites
M6

Eu acho que o truque é usar a estratégia usada no Windows: consumir todos os recursos de forma a que mais nada possa ser executado no dispositivo! :D

  • Vote 1

10 REM Generation 48K!
20 INPUT "URL:", A$
30 IF A$(1 TO 4) = "HTTP" THEN PRINT "400 Bad Request": GOTO 50
40 PRINT "404 Not Found"
50 PRINT "./M6 @ Portugal a Programar."

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.