Jump to content

Génio inglês prefere a universidade aos milhões da Yahoo


thoga31
 Share

Recommended Posts

Nick D'Aloisio, 18 anos, voltou a fazer títulos de jornal: desta vez, o génio da programação surpreendeu por preferir ir para a universidade a ganhar milhões de libras a trabalhar a tempo inteiro para Yahoo.

Yahoo ou Oxford? Nick D'Aloisio já escolheu – e é a antiga universidade inglesa a preferida.

Depois de ter surpreendido o mundo com o desenvolvimento de uma app que haveria de ser vendida à Yahoo por 20 milhões de dólares, o jovem prodígio inglês optou por dar primazia à carreira académica.

Continuar a ler em Exame Informática.

Knowledge is free!

Link to comment
Share on other sites

Ele já é rico... Como diz a notícia, ele criou uma app vendida à Yahoo por uma boa fatia de dinheiro.

Ele vai continuar a trabalhar na Yahoo, como tem feito em part-time.

Eu provavelmente faria a mesma opção. A Universidade dá o que conseguimos tirar dela e sinceramente creio que ele perderia mais em não ter essa experiência na vida dele.

include <ai se te avio>

Mãe () {

}

Link to comment
Share on other sites

Há sempre quem só saiba ver dinheiro e números à sua frente, esquecendo um facto que, pensava eu, é óbvio: ele acaba. Por outro lado, o conhecimento é algo que não se esgota, quanto muito só poderá aumentar, e ele será sempre uma ferramenta inquestionável de ganhar dinheiro (não obrigatoriamente no sentido de grande lucro, mas de conseguir ter o mínimo de condições de vida que vão além da sobrevivência).

Este rapaz soube pensar e escolher bem, a meu ver. Muitos no lugar dele iam ver só o dinheiro e deixar os estudos de lado - afinal, eles são "muito complicados".

Knowledge is free!

Link to comment
Share on other sites

Há sempre quem só saiba ver dinheiro e números à sua frente, esquecendo um facto que, pensava eu, é óbvio: ele acaba. Por outro lado, o conhecimento é algo que não se esgota, quanto muito só poderá aumentar, e ele será sempre uma ferramenta inquestionável de ganhar dinheiro (não obrigatoriamente no sentido de grande lucro, mas de conseguir ter o mínimo de condições de vida que vão além da sobrevivência).

Normalmente quem só vê números à frente esquece-se de ver um pouco mais além em coisas que são tão ou mais importantes.

Se até o Steve Jobs foi despedido da Apple, o que garantia que a Yahoo o manteria e a pagar bem?

Quem garante que a Yahoo sobrevive até à idade dele se reformar?

Quem é que sabe se isto é o que ele quer fazer para o resto da vida?

Tanto quanto sabemos ele pode ir estudar gestão... o que, aliado a um bom conhecimento técnico, lhe poderá valer muitíssimos mais milhões, experiências, etc, etc... numa empresa só dele.

Mais importantemente, a universidade dar-lhe-á ferramentas que os milhões da Yahoo poderão não dar para sobreviver e suceder.

O que é triste é, como o bioshock referiu, a notícia ser sobre ele ir para a Faculdade como se isso fosse algo de estúpido quando na realidade o contrário é que seria de noticiar.

De notar que isto não saiu, em jornais do Reino Unido, ou que eu me tenha apercebido, pelo menos.

  • Vote 1

include <ai se te avio>

Mãe () {

}

Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.