Jump to content

Especificações para trabalhar com o Eclipse


Masato
 Share

Recommended Posts

Olá pessoal.

Eu preciso urgentemente comprar um portatil ultra leve (e relativamente barato) para a saúde das minhas costas. Mas este portatil iria servir basicamente para programar ( java , sql, linguagem c em linux e mais umas coisinhas.

Sabem-me dizer se o Eclipse requer muitos recursos de um portatil ou se um relativamente barato dá conta do recado?

Link to comment
Share on other sites

Eu aconselhava a que tivesses 8GB de RAM na máquina. Sei que há muita gente que o usa numa máquina com 4GB, mas se arranjares com 8GB notas bastante a diferença se tiveres que realizar projectos relativamente complexos. Um SSD ajuda. O resto do hardware não me parece muito importante, mas deve haver uma página que te dará mais informação acerca disto.

“There are two ways of constructing a software design: One way is to make it so simple that there are obviously no deficiencies, and the other way is to make it so complicated that there are no obvious deficiencies. The first method is far more difficult.”

-- Tony Hoare

Link to comment
Share on other sites

"Mas este portatil iria servir basicamente para programar ( java , sql, linguagem c em linux e mais umas coisinhas."

Qualquer máquina que seja rápida a compilar texto para ficheiro java bytecode...

"Once your program successfully compiles into Java bytecodes, you can interpret and run applications on any Java VM, or interpret and run applets in any Web browser with a Java VM built in such as Netscape or Internet Explorer. Interpreting and running a Java program means invoking the Java VM byte code interpreter, which converts the Java byte codes to platform-dependent machine codes so your computer can understand and run the program."

e de C para assembler, serve...

Agora SQL... depende da quantidade de dados que vais tratar... aí sim, implica hardware adequado.

Qualquer SO com um editor de texto serve, não precisas do Eclipse.

Link to comment
Share on other sites

Apesar de não ter indicado, os dados que coloquei são considerando a utilização do Eclipse.

@taviroquai

Nenhum web browser tem uma JVM, é necessário esta estar instalada no sistema. Para além disso, hoje em dia, utilizar Java Applets é simplesmente ridículo.

Estares a dizer que para as linguagens X e Y qualquer coisa serve, mas para SQL, se forem muitos dados já precisas de hardware adequado é extremamente inconsistente da tua parte. Qualquer projecto pode chegar a dimensões que impliquem um limite mínimo de hardware para o conseguires desenvolver.

“There are two ways of constructing a software design: One way is to make it so simple that there are obviously no deficiencies, and the other way is to make it so complicated that there are no obvious deficiencies. The first method is far more difficult.”

-- Tony Hoare

Link to comment
Share on other sites

Trabalhei num projecto em que tinha um servidor local com uma base de dados, tudo a funcionar num Magalhães... say what?

“There are two ways of constructing a software design: One way is to make it so simple that there are obviously no deficiencies, and the other way is to make it so complicated that there are no obvious deficiencies. The first method is far more difficult.”

-- Tony Hoare

Link to comment
Share on other sites

Ambiente dev... Como disse, depende da quantidade de dados a processar.

Por acaso não disseste, mas eu disse. Mas essa quantidade de dados precisa de ser monstruosa para que uma base de dados se torne inviável numa máquina comum.

“There are two ways of constructing a software design: One way is to make it so simple that there are obviously no deficiencies, and the other way is to make it so complicated that there are no obvious deficiencies. The first method is far more difficult.”

-- Tony Hoare

Link to comment
Share on other sites

Por acaso não disseste, mas eu disse. Mas essa quantidade de dados precisa de ser monstruosa para que uma base de dados se torne inviável numa máquina comum.

Um eeepc ou um magalhães não considero como máquinas comuns: menos de 1Gb de ram e processadores de um só núcleo...

Vou lançar um cenário para o ar:

Experimenta colocar lá nessas "máquinas comuns" uma base de dados com cerca de 500 gb, com cerca de 20 transações concorrentes em que cada transação pode variar até 5 Megas...

Depois conta como foi 😉

Link to comment
Share on other sites

Uma base de dados de 500GB não é certamente para um computador comum. Também não é para nenhum computador portátil que eu conheça, até porque para suportar uma base de dados dessas, acredito que o ideal seria ter mais de 64GB de RAM disponíveis. E, claro que ninguém no seu perfeito juízo vai andar a desenvolver sobre uma base de dados de 500GB.

1GB já é uma quantidade monstruosa de dados para uma base de dados em desenvolvimento. Não era preciso apontares para os 500GB. E, sim, provavelmente não irias querer ter que trabalhar sobre uma base de dados de 1GB num Magalhães ou num eeepc, independentemente do número e carga das transacções.

  • Vote 1

“There are two ways of constructing a software design: One way is to make it so simple that there are obviously no deficiencies, and the other way is to make it so complicated that there are no obvious deficiencies. The first method is far more difficult.”

-- Tony Hoare

Link to comment
Share on other sites

Voltando à questão inicial, ter um portátil razoável quando se usa Eclipse faz bastante diferença. Até pode correr em portáteis fracos, mas torna a sua utilização pouco agradável. Se são necessários 8GB já dependerá das restantes aplicações que costumam estar abertas, mas comprar um portátil com menos de 8GB de RAM neste momento parece-me má ideia em termos de durabilidade.

Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.