Ir para o conteúdo
thoga31

"Eu gosto deste OS porque..."

Mensagens Recomendadas

thoga31

Olá, pessoal.

Temos aqui membros no fórum que trabalham nos mais variados Sistemas Operativos. Lembrei-me que seria interessante analisar a opinião de cada um em relação aos sistemas com os quais já trabalhou e/ou tem preferência pessoal.

Não, não pretendo uma flame war. Cada um dirá a sua opinião pessoal, e esse é o objectivo do tópico: reunir opiniões, nothing else. Tive esta ideia porque existe uma grande dificuldade em ler artigos imparciais por esta Internet fora. Confio que aqui consiga obter uma conversa mais produtiva e menos inflamada.

Cumprimentos.


Knowledge is free! | Occasional Fortnite player

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
apocsantos

Boa tarde,

Sou utilizador frequente de GNU/Linux, mais especificamente das distribuições Debian, Ubuntu, CentOS e Suse, das quais não tenho a menor razão de queixa. Gosto do sistema, habituei-me a ele já faz bastantes anos ainda o kernel estava na versão 1.3.90, habituei-me a ele, comecei a usa-lo como substituto de outros sistemas baseados em Unix e até ao momento é o meu sistema preferido.

Apesar da preferência, trabalho diáriamente com o sistema operativo Windows, mais concretamente versões XP, Seven e 8.1 (8.1RT), por motivos de ordem profissional. O que mais fui sentindo a falta no Windows, foi uma shell "decente", se bem que agora a powershell colmatou essa necessidade, no entanto mantenho a preferência para sistemas GNU/Linux, por diversas razões de entre as quais se destacam a flexibilidade e o facto de ser software-livre.

Cordiais cumprimentos,

Apocsantos


"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

assinatura.jpg

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
pedropcruz

Já trabalhei em ambientes Linux e Windows, e prefiro desde sempre, a Windows.

Apesar da Linux ter N factores bem melhor que o Windows, acho que mais fácil de mexer que a Windows, não há, na minha opinião.

Posso estar errado como é óbvio, mas até que se prove o contrário ficarei nesta posição

Windows4LIFE! :P


www.pedropcruz.pt - Website Pessoal

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
thoga31

Desde os meus 4 anos de idade, altura em que o meu pai me comprou o primeiro computador - pois, fui prematuro nesta área :P -, que trabalho com o Windows, na altura o Windows 3.1. Trabalhei depois com o 95, 98, Me, XP, Vista, 7 e agora 8/8.1. Portanto, pode-se dizer que acompanhei "de perto" o Windows na sua evolução.

Há uns 5 anos atrás tomei conhecimento do kernel Linux e das distribuições GNU/Linux. Experimentei o Ubuntu e na altura não gostei. Mais tarde voltei a experimentar, e a pouco-e-pouco fui aprendendo a usá-lo e comecei a apreciá-lo cada vez mais.

Pelo meio experimentei outras distros como Linux Mint, Fedora ou OpenSUSE, mas sempre tive uma preferência pelo Ubuntu - apesar de ter gostado dos outros, o Ubuntu era-me de alguma forma mais prático no dia-a-dia.

Hoje em dia tenho o Ubuntu como único sistema no meu portátil, tendo dual-boot com Windows no meu desktop. Uma vez ausentei-me de casa por duas semanas e utilizei apenas o Ubuntu do portátil, e quando regressei liguei o meu desktop e fui ao Windows - tive de encerrar em 10 minutos e ir para o Ubuntu.

Descobri que a facilidade de utilização do Windows se baseava não na sua verdadeira facilidade mas sim no hábito que tinha em utilizar aquele sistema.

Hoje em dia prefiro o Ubuntu por vários motivos: é rápido, fluído, permitiu aumentar a autonomia do meu portátil para quase o dobro (true story, com Windows não durava 1h15 com Wi-Fi e com o Ubuntu dura mais de 2 horas), é leve, o software que é instalado de origem é bom, o software disponível também é bom... e é mais fácil de usar.

Assim que me habituei a ambos os sistemas - Windows e Ubuntu - com uma fluidez de uso semelhante, apercebi-me o quão mais fácil de usar é o Ubuntu. É deveras mais simples e intuitivo.

É tudo uma questão de hábito. Falo tendo por base o facto de estar habituado aos dois sistemas e de usar ambos fluentemente.


Knowledge is free! | Occasional Fortnite player

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
Knitter

Fui utilizador de MS Windows desde o 95 (as versões anteriores ocupavam muito espaço que precisava para jogar SimFarm :) ), pelo meio usei o BeOS, ainda hoje é o sistema que gostaria de ter e com o qual mais gosto de brincar (neste momento com o Haiku OS), o Mandrake, o Red Hat, o Slax (Slackware) e o Knoppix que davam tanto jeito em PCs Windows avariados nas salas do Politécnico. Em 2004 comecei com o Ubuntu, mantive dual boot até 2009 quando comprei o primeiro Mac e aí passei para OSX. Ainda tive o Kubuntu instalado no Mac em dual boot mas a gestão de temperatura e CPU não funcionava muito bem, entretanto deixei de necessitar do Kubuntu e passei a usar apenas OSX... devo ter-me esquecido de alguns que usei pontualmente, como o FreeDOS... enfim, passei por muitos sistemas.

A minha escolha é um pouco dividida. Adoro o OSX mas por vezes gostava que fosse mais *nix, ou pelo menos mais perto de um sistema com Gnome, e de ter repositórios com software fantástico à distância de uma ligação à Internet. No entanto acho o OSX um bom compromisso entre um sistema com base *nix, e que me dá estabilidade e funcionalidade além de me permitir trabalhar para as principais famílias de sistemas operativos com facilidade (desenvolvo para MS Windows XP/7, OSX/iOS, Android e GNU Linux quando a ocasião permite). Adoro a liberdade de um "linux", mas gostaria de ter mais coisas pré-configuradas como eu gosto de trabalhar, e isso o Ubuntu deixou de dar, por outro lado mesmo sendo compatível, perdia sempre tempo a configurar coisas e a lidar com problemas de hardware, e com OSX não tenho isso, tudo funciona dentro do pacote que a Apple criou. Claro que fora dessa caixinha as coisas tornam-se mais complicadas mas o sistema macports ou brew salvam quase sempre nessa altura :)

Resumindo, embora preferisse um "linux", acabo por usar um sistema que me deixa trabalhar mais depressa e me evita perder horas a fazer configurações, já não tenho paciência para isso e quero que no meu tempo livre me possa afastar do computador, não estar a tratar com mais uma chatice o X ou incompatibilidades entre pacotes que preciso instalar.

E estava tão bem com a minha utilização limitada de Windows (bem fechado numa VM) que já me tinha esquecido do quão mau os sistemas conseguem ser até ter de fazer alguma manutenção aos computadores da empresa com a qual comecei a trabalhar... é um pesadelo estar a tentar encontrar soluções para problemas que não existem em mais lado nenhum :(

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!

Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.

Entrar Agora

×

Aviso Sobre Cookies

Ao usar este site você aceita os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Este site usa cookies para disponibilizar funcionalidades personalizadas. Para mais informações visite esta página.