Jump to content

Cópia de strings


Alx Dubosky
 Share

Recommended Posts

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>
#define MAX 50

typedef struct ListaAlunos
{
int idade;
char nome[MAX];
int num_aluno;
struct ListaAlunos * seguinte;
} Aluno;

Aluno* inserirInicio(Aluno* apt, int v,char n[40]    ,int number)
{Aluno* novo = (Aluno*) malloc(sizeof(Aluno));
novo->idade = v;
[b] novo->nome=n;[/b]
novo->num_aluno=number;
novo->seguinte = apt;
return(novo);
}

alguem pode me explicar pq esta a dar um erro aqui

novo->nome=n;

esta a dar isso

"16 12 C:\Users\celicio\Desktop\AED_2\main.c [Error] incompatible types when assigning to type 'char[50]' from type 'char *'"

Edited by thoga31
Tags code + GeSHi
Link to comment
Share on other sites

quando pretendes copiar strings, a função strcpy é a solução (mais básica), e tem esta assinatura:

strcpy(char * destino, const char * origem);

e tem a seguinte particularidade a ter em atenção : a função não olha ao espaço reservado pela região de memória destino, logo deverás ter a certeza que a região de memoria destino é suficientemente grande para guardar toda a string de origem (incluindo o caracter final '\0').

o que pretendes fazer :

strcpy(novo->nome, n);

para colmatar o problema de tamanho de memória destino e prevenir acessos inválidos de memória, existe uma segunda função que limita o número de caracteres a serem copiados com a seguinte assinatura :

strncpy(char * destino, const char * origem, size_t numero_maximo_de_caracteres);

(size_t é um tipo de dados equivalente a unsigned long)

com esta função, podes garantir que o número de caracteres copiados nunca ultrapassa o espaço de destino, pois forneces esse tamanho como parâmetro da função.

nota : a função garante que o caracter final '\0' é sempre gravado no destino, isto quer dizer que se o destino tiver um tamanho de N e a origem um tamanho de M > N, o número de caracteres copiados é N - 1 e o último caracter será sempre o '\0' esperado por uma string.

código exemplo:

strncpy(novo->nome, n, MAX);
  • Vote 1
IRC : sim, é algo que ainda existe >> #p@p
Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.