Jump to content

Licenciatura ou mestrado


jfelixap
 Share

Recommended Posts

Boa tarde, eu sou licenciado em Matemática (1997-2002) e tirei uma pós graduação em Métodos Quantitativos Aplicados à Gestão e estou a pensar ingressar num curso superior na área de informática, no entanto estou em dúvida se deverei frequentar uma licenciatura ou um mestrado.

A minha dúvida deve-se ao facto de não saber se a minha formação de base é suficiente para a frequência de um mestrado ou se será melhor para mim começar por uma licenciatura em informática.

Mais informo que apenas tive contacto com programação em duas disciplinas da licenciatura (Pascal) e numa disciplina da pós graduação (Visual Basic). Actualmente, tenho andado a estudar, como autodidacta, Java através do livro Java 6 e Programação Orientada pelos Objectos de Fernando Martins (que já terminei).

Agradecia que dessem a vossa opinião, tendo em consideração é que o meu objectivo é ter conhecimentos consolidados e avançados de programação.

Link to comment
Share on other sites

Boa tarde.

Não sei quais os requisitos específicos para se ingressar num Mestrado, mas sei que a entrada não é a gosto. Deve-se ter uma formação de base para se poder ingressar num Mestrado uma vez que este é uma continuação e especialização de uma área.

Tendo em conta tudo o que a informática é bem como tudo o que a própria programação engloba, eu seguiria primeiro uma Licenciatura. Segue-se uma mão cheia de motivos:

  • As linguagens que aprendeste já evoluíram imenso, e as coisas mudaram bastante. Visual Basic dava maus hábitos de programação, e hoje temos Visual Basic .NET, que apesar de não ser perfeita, é bastante superior ao VB clássico. Por outro lado, Pascal também evoluiu desde o tempo em que aprendeste. Na altura talvez tenhas utilizado o Turbo Pascal ou o Borland Pascal. Eles eram muito bons, mas hoje em dia já não existem, e os novos compiladores, em especial o Free Pascal, têm consigo um dialecto de Pascal moderno que implementa imensas funcionalidades que muita gente nem imagina que existem nesta linguagem.
  • Informática implica muito mais do que programação, linguagens de programação, código, algoritmia, lógica, etc. Informática propriamente dita implica também conhecimentos acerca de hardware, questões de baixo nível, entre muitas outras coisas que só numa Licenciatura se aprendem (num Mestrado, os professores tipicamente partem do princípio que já sabes isso tudo de trás para a frente).
  • "Conhecimentos consolidados e avançados" implica um percurso no qual o Mestrado é apenas a extensão dele. Portanto, eu não me metia a montar o telhado da casa sem antes ter uns bons alicerces, pilares, vigas e paredes de tijolo. Não é boa ideia ter só paredes por acabar e meia dúzia de pilares.
  • Não sei o que são Métodos Quantitativos Aplicados à Gestão, mas mais uma vez parece-me que é matemática e não programação. Programação implica alguns conhecimentos de matemática, mas um curso de matemática não implica que se tenha todas as bases de programação. Por exemplo, "qual a diferença em memória entre um array e uma lista ligada?" - a matemática não nos responde a isto. Para se entender a fundo é preciso, no mínimo, bases em Arquitectura de Computadores.

Não sei que bases ainda te lembras do que aprendeste em tempos anteriores, especialmente Pascal. Mas acho interessante teres já entrado pelo Java, que é uma linguagem puramente orientada aos objectos. Como não conheço os teus conhecimentos nem o teu background, limito-me a perguntar humildemente se te sentes à vontade com Programação Estruturada e Imperativa.

Não é propriamente mau começar-se com Java, a minha opinião é apenas que se deve primeiro ter bases no Paradigma Estrutural antes de se avançar para OOP (Orientação aos Objectos).

Espero ter ajudado dentro daquelas que eram as tuas expectativas.

Cumprimentos.

Edited by thoga31

Knowledge is free!

Link to comment
Share on other sites

Eu tentaria seguir directamente para um mestrado, nos primeiros 3 anos de licenciatura não se aprende praticamente nada que já não saibas. É verdade que existe talvez uma mão de cadeiras que te seriam úteis, mas eu evitaria a todo o custo ter de fazer 30 por causa de 5 ou 6. Dito isto, não sei se te aceitam a mestrado.

Link to comment
Share on other sites

Muito obrigado pelas respostas. Eu já concorri para um mestrado e fui admitido - Mestrado em Engenharia Informática (e-learning) na Universidade de Évora, mas no entanto estou indeciso se devo inscrever-me. Porque eu estou mais inclinado para a visão do thoga31.

Link to comment
Share on other sites

Tudo depende se te sentes preparado e se tens disponibilidade para trabalhar por fora para combater algumas lacunas que tenhas. Ninguém pode responder a essa pergunta por ti. Principalmente quando falas em "se será melhor começar por uma licenciatura" dás a entender que ponderas depois fazer mestrado de qualquer forma, tens que decidir se compensa mais fazer licenciatura + mestrado em 5 (3+2) ou só o mestrado em eventualmente 3 anos em vez de 2.

  • Vote 1
Link to comment
Share on other sites

Como não conheço os teus conhecimentos nem o teu background, limito-me a perguntar humildemente se te sentes à vontade com Programação Estruturada e Imperativa.

Os meus conhecimentos são mesmo só os que estudei nas duas disciplinas semestrais de Pascal e numa semestral de Visual Basic .Net (na pós - graduação, em 2004/2005) e os que adquiri atualmente pelo estudo de Java (que não é uma linguagem Estruturada e Imperativa).

Link to comment
Share on other sites

Tudo depende se te sentes preparado e se tens disponibilidade para trabalhar por fora para combater algumas lacunas que tenhas. Ninguém pode responder a essa pergunta por ti. Principalmente quando falas em "se será melhor começar por uma licenciatura" dás a entender que ponderas depois fazer mestrado de qualquer forma, tens que decidir se compensa mais fazer licenciatura + mestrado em 5 (3+2) ou só o mestrado em eventualmente 3 anos em vez de 2.

Eu trabalho e terei que fazer o curso em part-time e por isso escolhi ou escolherei e-learning.

Quanto ao tempo , quanto mais rápido melhor, mas acima de tudo valorizo a aprendizagem. Se optar pelo mestrado não me importo de fazer em 3 +2.

Eu tentaria seguir directamente para um mestrado, nos primeiros 3 anos de licenciatura não se aprende praticamente nada que já não saibas. É verdade que existe talvez uma mão de cadeiras que te seriam úteis, mas eu evitaria a todo o custo ter de fazer 30 por causa de 5 ou 6.

Quais são as cadeiras mais importantes da licenciatura e que deveria estudar obrigatoriamente?

Link to comment
Share on other sites

...

Quais são as cadeiras mais importantes da licenciatura e que deveria estudar obrigatoriamente?

Assim de forma crua. As cadeiras de programação e depois (os nomes dependem um pouco dos cursos):

"Algoritmos e Complexidade", "Análise e Modelação de Sistemas", "Interação Humano Computador"

Aqui há coisa de 2 anos fazia umas malhas de croché, depois fartei-me e fui para informática!

Link to comment
Share on other sites

Penso que um pormenor importante são as equivalências que conseguirias caso fosses para uma licenciatura. Tipo, se tivesses equivalências a metade do curso, provavelmente a maioria das cadeiras que sobravam seriam úteis.

Adicionalmente, também depende do mestrado. Se o mestrado tiver cadeiras a pensar no caso de pessoas que não vêem da informática, também pode ser que consigas uma formação razoável.

Link to comment
Share on other sites

Há uma opção para evitar fazer os 3 anos por inteiro: pedir equivalências.

@jfelixap, tu tens um curso de matemática e mais outro de gestão, e pelo meio uma pós-graduação. Isto há-de-te limpar logo metade de uma LEI (Licenciatura em Engenharia Informática). Isto será bom caso queiras mesmo fazer a Licenciatura e só depois o Mestrado.

P.S.: não reparei no post do @Rui Carlos, só me apareceu depois de escrever a resposta.

Edited by thoga31

Knowledge is free!

Link to comment
Share on other sites

Boa noite.

Muito obrigado pelas diversas respostas.

Eu já andei a ver as disciplinas de Licenciaturas e algumas que devo conseguir equivalência.

Também já perguntei a um professor coordenador de uma licenciatura que me respondeu que para ter conhecimentos sólidos e avançados de programação deveria frequentar a licenciatura, no entanto também perguntei a uma professora responsável por um mestrado que me respondeu que o mestrado correspondia aos meus objectivos.

No fundo o que eu gostava de saber era se para mim, seria melhor fazer uma licenciatura ou um mestrado diretamente, dado que pretendo ter bons conhecimentos de programação e, quem sabe, mudar de ramo e vir a ser um programador profissional.

Como programadores profissionais, o que me aconselham?

Link to comment
Share on other sites

O currículo do mestrado é:

Inteligência Artificial Aplicada

Tópicos Avançados de Compilação

Sistemas Computacionais de Apoio à Decisão

Mineração de Dados

Tópicos Avançados de Sistemas Distribuídos

Gestão de Projetos

Interfaces Pessoa/Máquina

Tópicos Avançados de Bases de Dados

Recuperação de Informação em Bases de Texto

Sistemas Multimodais

Dissertação

Computação Ubíqua

Seminários

Também me pergunto se terei bases para a frequência destas disciplinas? (segundo a professora, sim).

Peço desculpa por todas estas perguntas todas, mas gostaria de decidir ouvindo a opinião de profissionais no ramo.

Link to comment
Share on other sites

Tópicos Avançados de Compilação

Já aprendeste alguma vez compiladores, processos da compilação, parsers, lexers, etc?

Tópicos Avançados de Sistemas Distribuídos

Alguma vez abordaste sistemas distribuídos? Sabes o que são?

Tópicos Avançados de Bases de Dados

E Bases de Dados?

Faço estas questões para ver genuinamente o que sabes ou não sabes, não é para insinuar nada 😄

Knowledge is free!

Link to comment
Share on other sites

Só tu é que sabes se terás bases. Vê o programa das disciplinas uma a uma, se for preciso pesquisa um bocadinho sobre cada um dos tópicos.

Acho que a maior questão é se estarás preparado para os projectos que terás de fazer e exigirão programação, acho que na parte teórica não terás problemas.

Link to comment
Share on other sites

Já vi o programa das disciplinas e realmente muitos dos conteúdos são coisas que conheço de matemática, principalmente nas disciplinas de inteligência artificial, sistemas de apoio à decisão, mineração de dados, mas o maior problema é como o Warrior, penso que não estarei preparado para os projetos que terei que fazer.

Sempre poderei fazer um esforço adicional e adquirir alguns requisitos, mas por falta de tempo, esses conhecimentos podem ficar pouco consolidados.

Link to comment
Share on other sites

Eu trabalho e terei que fazer o curso em part-time e por isso escolhi ou escolherei e-learning.

Vindo de alguém que desistiu dum curso de e-learning, pensa bem e estuda bem os métodos de avaliação antes de te inscreveres.

Eu detestei a experiência. Tudo bem que o curso era o oposto de engenharia (gestão de projectos), mas a falta dum professor e colegas com quem falar (é um pouco difícil criar uma relação só com emails) torna tudo muito mais difícil do que me lembrava da universidade "normal".

Mas, como também referi... um curso de engenharia pode ser diferente devido ao tipo de trabalhos e também a plataforma e métodos de ensino podem ser diferentes do que experimentei.

Sabendo matemática, creio que poderias passar à frente da licenciatura completa... mas seria interessante se calhar veres o curriculo da licenciatura e fazeres as cadeiras que crês darem-te algum benefício por fora antes de iniciares o mestrado como uma preparação.

Ou achas que na licenciatura conseguirias algumas equivalências? Não estou a ver o propósito de voltares a estudar derivadas e matrizes...

include <ai se te avio>

Mãe () {

}

Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.