Jump to content
SeuGraV

Arduino - Por onde começar

Recommended Posts

SeuGraV

Boa Tarde a todos,

Já pesquisei não só aqui pelo forum, mas não encontrei o que pretendia.

Sou novo nestas andanças ( o meu background não é de electrónica mas sim de informática ), no entanto, tenho lido algumas coisas acerca do Arduino.

No forum também :P

Existem alguns "starter kits", mas pelos comentários que tenho visto, sai mais barato comprar individualmente os componentes.

Partindo deste pressuposto, estava a pensar adquirir o seguinte componente:

  • Arduino Duemilanove 2009 ATMEGA328P (cabo usb incluído)

Aos mais entendidos, que outros componentes ( devo ter em atenção o modelo do Arduino? ) posso começar a adicionar?

Quais as diferenças entre as diversas versões de Arduino?

A minha ideia mais tarde, seria adicionar uns sensores (humidade relativa, temperatura, velocidade do vento).

Fiz um trabalho semelhante para a escola, onde utilizei alguns desses sensores, depois converti a tensão ( salvo erro ) para as respectivas medidas ( não me recordo do hardware ao certo que utilizei ), software foi LabView (general electrics).

Pelo que estive a ver a linguagem que posso utilizar com o Arduino , é c/c++. Existe mais alguma linguagem possível de utilizar?

Desculpem se alguma destas questões é muito 'noob' :)

Cumprimentos,

Mário

Edited by SeuGraV

Share this post


Link to post
Share on other sites
bubulindo

Sai mais barato se souberes que componentes vais comprar. Se näo souberes e acabares por comprar o starter kit às pecas, sai bem mais caro. Também depende de onde vais comprar... os precos do Arduino oficial são, na minha opinião, um exagero. No eBay encontras a mesma coisa bem mais barata e nõa me estou a referir às placas deles.

Que é que tu queres fazer com o Arduino? Sem saber o que pretendes, não te vou dizer para comecares a comprar componentes, não achas?

Se queres fazer uma estacão meteorológica como referes, precisas dos sensores primeiro, depois precisas de ver como é que os sensores são ligados a um chip, se precisam de resistências de pull-up ou se precisam de ser convertidos de corrente para tensão aou de resistência para tensão.

Já deste uma vista de olhos no site do Arduino? Entre cada producto vês diferencas... a diferenca ou está no formato o Nano por exemplo é melhor para colocar numa breadboard, o Uno ou 2009 é melhor para colocar placas em cima da placa principal. O mega tem um processador bem maior com mais espaco de programa e mais periféricos. Também tem mais saídas e entradas digitais.

Com o Arduino só podes usar mesmo essas... com os processadores dentro do Arduino podes usar BASIC, Assembly, C e provavelmente mais algumas, mas eu nunca vi nada além destas.

A diferenca está que o Arduino tem imensas bibliotecas que te poupam imenso trabalho... principalmente se não sabes muito de electronica. As outras linguagens, não têm bibliotecas dessas e terás de ser tu a fazer tudo.


include <ai se te avio>

Mãe () {

}

Share this post


Link to post
Share on other sites
fo_11

Eu tenho a mesma dúvida. Eu estou a pensar em adquirir um arduino mas não sei por onde começar ou o que comprar.

A ideia inicial é tentar perceber como as coisas funcionam e à medida que vou avançado fazer projectos cada vez mais ambiciosos.

Será que vale apena comprar o arduino kitstarter? Ou devo optar por outra opção?

Os projectos iniciais serão apenas controlar leds, saber utilizar sensores (como por exemplo de luz, temperatura, força, infrared,...), saber utilizar displays, buzzer, potenciometros e fazer umas brincadeiras que permitam perceber o baba das coisas.

Quando tiver mais à vontade os projectos seguintes serão baseados naqueles que encontrar na web.

O objectivo disto tudo é servir como alavanca de lançamento no mundo da electronica.

Cumprimentos

Share this post


Link to post
Share on other sites
bubulindo

Existem já bastantes tutoriais na net para fazer esses pequenos projectos como acender leds, etc...

Nesse caso, comprar um pacote de leds e resistências numa casa da especialidade pode valer a pena se houver uma perto de vós. O eBay para componentes electrónicos é o que tenho usado ultimamente com bons resultados.

Para coisas mais complexas como motores, redes, ou lcds, acho que os shields são também uma opção, mas tudo depende se apenas querem experimentar ou montar algo mais permanente.

A minha sugestão será ver se têm algo em concreto para fazer e usar isso como aprendizagem e compra de material. Se apenas querem experimentar, então acho melhor comprar um kit com resistências, sensores, leds, etc, pois facilita imenso.

Espero ter ajudado.

  • Vote 1

include <ai se te avio>

Mãe () {

}

Share this post


Link to post
Share on other sites
fo_11

objectivo seria apenas experimentar. Pelo menos nesta faze inicial de forma a perceber como funciona cada componente e como se pode combinar/interliga-los.

Sendo assim vou optar ela compra do kit embora o seu valor seja um pouco elevado.

Obrigado pela sugestão.

Share this post


Link to post
Share on other sites
fo_11

por arduino starter kit ainda não...

EDIT: Não terei de pagar algum tipo de taxa para mandar vir fora da UE?

EDIT2: Conheces algum arduino simulator? Mesmo não sendo a mesma coisa que brincar com um arduino a sério sempre dava para começar a perceber as coisas.

Edited by fo_11

Share this post


Link to post
Share on other sites
bubulindo

Acho que o Proteus dá para simular. Eu nunca o usei... logo não posso confirmar quão bom é e se realmente funciona.

Sinceramente, eu não resido em Portugal, logo estou muito fora de como as alfândegas estão a funcionar de momento. Se encomendares algo que é despachado do UK, não pagas nada pois estás a encomendar algo da UE. Se o pacote vier da China, aí sim poderás ter de pagar algo. Eu no Reino Unido, por onde ando de momento, nunca tive de pagar nada... mas Portugal é... enfim... diferente. Logo pode-te ser aplicada uma taxa.

Ainda assim, no eBay UK, existem preços competitivos que não vêm da China, mas certifica-te primeiro de onde vêm e se realmente tens de pagar taxas.


include <ai se te avio>

Mãe () {

}

Share this post


Link to post
Share on other sites
Flinger

Se encomendares algo que é despachado do UK, não pagas nada pois estás a encomendar algo da UE. Se o pacote vier da China, aí sim poderás ter de pagar algo. Eu no Reino Unido, por onde ando de momento, nunca tive de pagar nada... mas Portugal é... enfim... diferente. Logo pode-te ser aplicada uma taxa.

Supostamente essas regras aplicam-se a toda a UE. Embora alguns estados membros não as apliquem, depois queixamos-nos que somos invadidos pelos chineses :P

Encomendas abaixo dos 22€ (para encomendas enviadas por empresas) estão isentas de IVA. Acima desse valor estão sujeitas a IVA + taxas de alfandega. Para encomendas entre particulares o valor é mais alto. O valor da encomenda inclui portes de envio, e o IVA será calculado com base no PVP do produto cá. (creio que é assim, mas posso estar a dizer asneira). Por isso é preciso ter cuidado, porque pode sair caro mandar vir isso de fora da UE. Claro que nem todas as encomendas são controladas na alfandega, mas isso é uma lotaria. Há fases em que quase tudo para, outras fases passa muita coisa.

  • Vote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
bubulindo

Supostamente essas regras aplicam-se a toda a UE. Embora alguns estados membros não as apliquem, depois queixamos-nos que somos invadidos pelos chineses :P

Encomendas abaixo dos 22€ (para encomendas enviadas por empresas) estão isentas de IVA. Acima desse valor estão sujeitas a IVA + taxas de alfandega. Para encomendas entre particulares o valor é mais alto. O valor da encomenda inclui portes de envio, e o IVA será calculado com base no PVP do produto cá. (creio que é assim, mas posso estar a dizer asneira). Por isso é preciso ter cuidado, porque pode sair caro mandar vir isso de fora da UE. Claro que nem todas as encomendas são controladas na alfandega, mas isso é uma lotaria. Há fases em que quase tudo para, outras fases passa muita coisa.

Pois, acredito que seja assim... Portugal é assim... se um cidadão encomenda algo do estrangeiro é violado (para não dizer outra coisa) com taxas, se um Chinês decide abrir uma loja em Portugal, o Governo abre logo os cordões à bolsa.

Algo a ter em conta com a gentinha das alfândegas é saber os nossos direitos. Eles por vezes não sabem muito bem o que estão a fazer e se não somos nós a ensiná-los, bem que nos lixam. (A minha experiência em particular com eles é nos aeroportos, mas não me admira nada que seja assim na recepção de pacotes também...).

Uma dúvida que me fica, como é que eles sabem o PVP dum produto cá? Num aeroporto um guarda avaliou-me uma iPod Dock da Bose em 50 euros...

Outra dúvida, como podem eles avaliar o preço dum produto se esse produto não for vendido em Portugal?

Edited by bubulindo

include <ai se te avio>

Mãe () {

}

Share this post


Link to post
Share on other sites
ftuc

Boa tarde,

sou de engenharia informática mas sempre me interessei por electrónica....não tenho é nenhuma experiência. Para trabalhar com arduino é preciso soldar? que bases teóricas são necessárias? (também estou com a ideia de brincar depois disso pretendo criar um localizador gps para o carro).

Andei neste site http://www.inmotion.pt/ mas não sei mesmo por onde começar.

Alguém me pode dizer o mais extravagante que se pode criar com o arduino?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Nuno Santos

Boas ftuc,

A resposta simples a tua pergunta de se precisas soldar é Não.

Agora, para não teres necessidade de soldar ou usas "shields" feitos para o Arduino, que já sirvam o proposito que queres (e mesmo estes não implicam que não tenhas que soldar nada fora do shield) ou então usas uma breadboard que é uma placa onde "encaixas" fios e componentes

Bases que tens de ter : Necessitas saber um pouco de programação e entender um pouco de electricidade/electronica (se não souberes é algo que se aprende num dia ou dois os conceitos basicos para poderes fazer algum "debug" no hardware ou mesmo evitares de queimar o arduino)

Por onde começar : Podes começar por comprar uma versão de um arduino UNO, não necessitas de comprar a versão oficial tens varios clones na NET que fazem o mesmo.

Quanto a criar coisas extravagantes, de certeza que existem muitas por ai, desde robots, quadcopters a cameras fotograficas, maquinas industriais, sistema de domotica, tens um pouco de tudo.

Não sei se se pode chamar de extravagante, mas tens aqui um link para um video que eu fiz de uma maquina que eu montei (CNC) com drives de CDROM e um arduino por brincadeira, mais tarde irei criar aqui um novo topico para colocar um passo a passo para quem queira fazer algo identico.

https://www.youtube.com/embed/-J4HZjoR2IA?feature=oembed

BreadBoard

Breadboard.jpg

Edited by Nuno Santos

Share this post


Link to post
Share on other sites
ftuc

Boas ftuc,

A resposta simples a tua pergunta de se precisas soldar é Não.

Agora, para não teres necessidade de soldar ou usas "shields" feitos para o Arduino, que já sirvam o proposito que queres (e mesmo estes não implicam que não tenhas que soldar nada fora do shield) ou então usas uma breadboard que é uma placa onde "encaixas" fios e componentes

Bases que tens de ter : Necessitas saber um pouco de programação e entender um pouco de electricidade/electronica (se não souberes é algo que se aprende num dia ou dois os conceitos basicos para poderes fazer algum "debug" no hardware ou mesmo evitares de queimar o arduino)

Por onde começar : Podes começar por comprar uma versão de um arduino UNO, não necessitas de comprar a versão oficial tens varios clones na NET que fazem o mesmo.

Quanto a criar coisas extravagantes, de certeza que existem muitas por ai, desde robots, quadcopters a cameras fotograficas, maquinas industriais, sistema de domotica, tens um pouco de tudo.

Não sei se se pode chamar de extravagante, mas tens aqui um link para um video que eu fiz de uma maquina que eu montei (CNC) com drives de CDROM e um arduino por brincadeira, mais tarde irei criar aqui um novo topico para colocar um passo a passo para quem queira fazer algo identico.

https://www.youtube.com/embed/-J4HZjoR2IA?feature=oembed

BreadBoard

Breadboard.jpg

Boas Nuno,

Muito interessante, ainda mais para mim que programo uma máquina CNC todos os dias. Quando criares o tópico envia-me, estou bastante interessado.

Ao ver o que fizeste acho que fico com milhões de perguntas devido ao meu curto conhecimento e alcance. Por exemplo, como pegas numa placa (neste caso drives de CD's) e lhe das um uso diferente? É possível pegar e qualquer placa electrónica e dar o uso que pretendemos?

Tenho carros telecomandados com placas electrónicas, posso usar para outro fim? Tenho uma maquina de café avariada com um display digital,posso utiliza-lo? É possível entrar na configuração da placa da máquina de café e alterar o conteúdo do software que a controla?

Eu programar sei, tenho bastante prática. Quanto a electricidade/electrónica não tenho quais quer conhecimentos e soldar também não.

Tenho é uma gosto enorme por engenhocas e gostava de personalizar ou até dar novas funções a algumas coisas.

Quanto ao Arduino, já vi alguns no EBAY com vários kits de engenhocas. Mas normalmente vêm de fora da europa, o que complica a coisa.

Edited by ftuc

Share this post


Link to post
Share on other sites
Nuno Santos

Boas,

Quando criares o tópico envia-me, estou bastante interessado.

Aqui tens o link to topic que ja começei a postar e vou actualizando a medida que vou avançando.

http://www.portugal-a-programar.pt/topic/67987-maquina-cnc-a-partir-de-drives-de-cddvd/

É possível pegar e qualquer placa electrónica e dar o uso que pretendemos?

Muitas vezes sim, algumas placas tem componentes com "nomes" proprietarios e por essa razão pode ser dificil reaproveitar a placa toda em si para fazer qualquer coisa, mas consegues sempre reaproveitar componentes e fazer as tuas proprias coisas

Tenho uma maquina de café avariada com um display digital,posso utiliza-lo?

Se os pinouts estiverem identificados, ou se conseguires arranjar o datasheet na net, muito provavelmente sim.

É possível entrar na configuração da placa da máquina de café e alterar o conteúdo do software que a controla?

O software das maquinas as vezes está em eproms ou são chips que fazem tarefas especificas, é possivel fazer reverse engineering mas mais uma vez não é garantido.

Tenho carros telecomandados com placas electrónicas, posso usar para outro fim?

Podes, podes retirar a placa de radio e colocar num barco por exemplo e usar o motor das rodas para servir como motor do barco, podes tambem fazer um fecho de uma porta controlado a distancia, podes converter num aviao, podes fazer uma tonelada de coisas.

Quanto ao Arduino, já vi alguns no EBAY com vários kits de engenhocas. Mas normalmente vêm de fora da europa, o que complica a coisa

Inicialmente não sei se te aconselharia esses kits, pois ha coisas que podes não usar, e muita dessa coisa podes obter de outros equipamentos velhos. Procura no olx.pt que la encontras arduinos a preços razoaveis, se bem que mando vir muita coisa do ebay e é fiavel.

Alguma ajuda que te possa dar avisa.

  • Vote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
ftuc
Aqui tens o link to topic que ja começei a postar e vou actualizando a medida que vou avançando.

http://www.portugal-a-programar.pt/topic/67987-maquina-cnc-a-partir-de-drives-de-cddvd/

Daqui a uns tempos espero fazer a minha,tenho que dar uso a estas drives

Só por curiosidade,quanto tempo demoraste a fazer este projecto?

Muitas vezes sim, algumas placas tem componentes com "nomes" proprietarios e por essa razão pode ser dificil reaproveitar a placa toda em si para fazer qualquer coisa, mas consegues sempre reaproveitar componentes e fazer as tuas proprias coisas

Portanto aí já entra um conhecimento mais profundo a nível de electrónica para identificar o que realmente preciso para criar esta ou aquela engenhoca. Aconselhas algum tutorial ou alguns conceitos básicos para que possa começar a falar de "eletronica"? Eu pedi a um colega a meteria do curso de Eng.Eletronica, mas aquilo tem informação sem fim. Eu não pretendo ficar expert mas sim saciar esta curiosidade nesta área. No fundo, como já tenho dito, gostava de criar algumas engenhocas, ou alterar algumas coisas daqui de casa e em ultimo caso fazer alguma reparação caso necessário.

Se os pinouts estiverem identificados, ou se conseguires arranjar o datasheet na net, muito provavelmente sim.

Acabaste de falar chinês para mim.

O software das maquinas as vezes está em eproms ou são chips que fazem tarefas especificas, é possivel fazer reverse engineering mas mais uma vez não é garantido.

Neste caso já será preciso comprar algo que leia os chips não é?

Inicialmente não sei se te aconselharia esses kits, pois ha coisas que podes não usar, e muita dessa coisa podes obter de outros equipamentos velhos. Procura no olx.pt que la encontras arduinos a preços razoaveis, se bem que mando vir muita coisa do ebay e é fiável.

Tenho uma carrada de placas de computadores velhos se pudesse usar era fantástico, mas como te disse lá em cima eu ainda não sei a potencialidade de cada componente.

E depois entra a parte das soldas que ainda não estou a vontade,mas também não me parece ser dificil.

Tenho que te agradecer a paciência que tens tido!!

Edited by ftuc

Share this post


Link to post
Share on other sites
Nuno Santos

Boas,

Só por curiosidade,quanto tempo demoraste a fazer este projecto?

Cerca de 1 semana, mas em horas uteis umas 6h

Portanto aí já entra um conhecimento mais profundo a nível de electrónica para identificar o que realmente preciso para criar esta ou aquela engenhoca. Aconselhas algum tutorial ou alguns conceitos básicos para que possa começar a falar de "eletronica"? Eu pedi a um colega a meteria do curso de Eng.Eletronica, mas aquilo tem informação sem fim. Eu não pretendo ficar expert mas sim saciar esta curiosidade nesta área. No fundo, como já tenho dito, gostava de criar algumas engenhocas, ou alterar algumas coisas daqui de casa e em ultimo caso fazer alguma reparação caso necessário.

É assim, tutoriais existe por ai muita coisa com alguma qualidade, mas na minha opinião aprendes muito mais em estabelecer um objectivo como por exemplo:

Acender e apagar um LED

Depois de conseguires acender e apagar o led, alterar para poderes "definir" um intervalo de tempo fazendo o piscar mais rapido ou mais lento.

Depois fazer algo como um codigo morse,

etc.

Ou seja, teres um objectivo e por experiencia ires aprendendo o que se pode ou nao fazer e como fazer.

Acabaste de falar chinês para mim.

:) Num LCD tens uns contactos que servem para ligar a equipamentos e servem como portas para mandares os sinais para la para depois serem "descodificados" em caracteres no ecra. Se souberes quais são essas portas, podes reaproveitar o equipamento.

O software das maquinas as vezes está em eproms ou são chips que fazem tarefas especificas, é possivel fazer reverse engineering mas mais uma vez não é garantido.

Também :)

E depois entra a parte das soldas que ainda não estou a vontade,mas também não me parece ser dificil.

Soldar não é assim tão dificil como pensas, podes procurar no youtube alguns tutorials sobre como soldar e vais ver que é relativamente simples ;)

Não tens de agradecer, no que puder ajudar conta comigo ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites
ftuc

Boas,

Cerca de 1 semana, mas em horas uteis umas 6h

É assim, tutoriais existe por ai muita coisa com alguma qualidade, mas na minha opinião aprendes muito mais em estabelecer um objectivo como por exemplo:

Acender e apagar um LED

Depois de conseguires acender e apagar o led, alterar para poderes "definir" um intervalo de tempo fazendo o piscar mais rapido ou mais lento.

Depois fazer algo como um codigo morse,

etc.

Ou seja, teres um objectivo e por experiencia ires aprendendo o que se pode ou nao fazer e como fazer.

:) Num LCD tens uns contactos que servem para ligar a equipamentos e servem como portas para mandares os sinais para la para depois serem "descodificados" em caracteres no ecra. Se souberes quais são essas portas, podes reaproveitar o equipamento.

Também :)

Soldar não é assim tão dificil como pensas, podes procurar no youtube alguns tutorials sobre como soldar e vais ver que é relativamente simples ;)

Não tens de agradecer, no que puder ajudar conta comigo ;)

Nuno, andei um pouco calado porque ainda estava à espera do arduino. Acabei por mandar vir da china, ficou-me mais barato.

Vou começar a experimentar alguns projectos da net.

Um dia destes vou "chatear-te" ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.