Ir para o conteúdo
psantos10

Enviar comandos a um servidor via SMS

Mensagens Recomendadas

psantos10

Boas Pessoal,

Preciso da vssa ajuda...

Tenho um GSM Modem... onde consigo me conectar via Console pela porta COM e enviar SMS utilizando comandos AT.

O meu problema, é que gostaria de poder enviar comandos via SMS para o numero instalado neste Modem e poder responder com base o conteúdo o SMS recebido.

Ex: Tenho o Nº +00980 instalado no modem. E apartir do meu celular (com o numero +0567), envio um SMS para o modem com o seguinte texto: "VERIFICAR". O modem por sua vez, ao receber esta mensagem através de uma aplicação, deve enviar uma resposta mediante processamento da informação recebida.

Alguém já trabalho com algo parecido? alguém tem uma ideia de como pode ser feito?

Grato pela atenção

Cumps


-------Assinatura?

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
apocsantos

Bom dia,

Já fiz isso para servidores GNU/Linux. Basicamente do lado do servidor instalei uma aplicação que comunica com o modem, e permite enviar e receber SMS via comandos AT. Quando um SMS é recebido pelo modem no lado do servidor, a aplicação primeiro valida o numero de telemóvel, se ele existir na sua base de dados, aceita a mensagem e passa para a autenticação, se não existir, simplesmente apaga a mensagem.

Quando a mensagem é recebida, e validada, a aplicação procura o "comando" que foi enviado na mensagem, usa um ciclo para verificar se ele existe na sua base de dados e caso exista executa o shell script, ou comando correspondente, passando como prametros, caso existam, os caracteres que estiverem a seguir ao comando. Assim que o comando terminar a execução o output é novamente recebido pela aplicação que envia um SMS de volta com a resposta (usa uma estrutura case, para não enviar por sms um output inteiro, que pode ocupar várias sms's).

A estrutura da SMS é mais ou menos isto "[auth] [comando] [parametros]" em que "auth" é um conjunto de caracteres que a aplicação do lado do servidor deve verificar e deve coincidir com os dados referentes ao numero de telemóvel que lhe envia a mensagem, "comando" é o que se pretende que seja executado e "parametros" não os parametros do comando, caso existam. O caracter de separação é o espaço.

Espero com isto ter ajudado.

Cordiais cumprimentos,

Apocsantos

  • Voto 2

"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

assinatura.jpg

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
psantos10

Já fiz isso para servidores GNU/Linux. Basicamente do lado do servidor instalei uma aplicação que comunica com o modem, e permite enviar e receber SMS via comandos AT. Quando um SMS é recebido pelo modem no lado do servidor, a aplicação primeiro valida o numero de telemóvel, se ele existir na sua base de dados, aceita a mensagem e passa para a autenticação, se não existir, simplesmente apaga a mensagem.

é exactamente iss que eu preciso. Mas agora a questão é : a aplicação instalada, foi desenvolvida por ti? em qual linguagem? onde posso encontra-lo (ou algo similar)?

Utilizou alguma documentação especifica?

Quando a mensagem é recebida, e validada, a aplicação procura o "comando" que foi enviado na mensagem, usa um ciclo para verificar se ele existe na sua base de dados e caso exista executa o shell script, ou comando correspondente, passando como prametros, caso existam, os caracteres que estiverem a seguir ao comando. Assim que o comando terminar a execução o output é novamente recebido pela aplicação que envia um SMS de volta com a resposta (usa uma estrutura case, para não enviar por sms um output inteiro, que pode ocupar várias sms's).

A estrutura da SMS é mais ou menos isto "[auth] [comando] [parametros]" em que "auth" é um conjunto de caracteres que a aplicação do lado do servidor deve verificar e deve coincidir com os dados referentes ao numero de telemóvel que lhe envia a mensagem, "comando" é o que se pretende que seja executado e "parametros" não os parametros do comando, caso existam. O caracter de separação é o espaço.

Espero com isto ter ajudado.

Exactamente o que pensei para esta aplicação... tirando a parte do [auth] pois estou a pensar em autenticar através do número de telefone que envia a mensagem.

Mais uma vez grato pela atenção

Editado por psantos10

-------Assinatura?

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
apocsantos

Bom dia,

A aplicação foi desenvolvida por mim em C++. Infelizmente não posso disponibilizar o código, pois foi feita para ume entidade empregadora e o contracto é claro, não posso em momento algum publicar, utilizar, ou de outra forma tornar acessivel, o código desenvolvido.

Sei como o fazer novamente, sem utilizar codigo do que já fiz, pois nem sequer guardei cópia para mim e posso dar alguma ajuda a fazer uma aplicação semelhante, preferencialmente open-source. Infelizmente o tempo não me abunda de momento, pelo que apenas poderei dar alguma ajuda e não fazer tudo, pelo menos para já.

A questão do auth é simples: obter um cartão de telemóvel com o mesmo numero de telemóvel de outro cartão, não é impossivel, é uma questão de "engenho e arte", por isso na implementação que fiz, ele autentica pelo numero e por uma string de caracteres (auth) que só é conhecida pelo servidor e pela pessoa que o controla.

Cordiais cumprimentos,

Apocsantos

  • Voto 1

"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

assinatura.jpg

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
Chancelmo

apocsantos estou pensando em desenvolver uma aplicação do mesmo género para fins acadêmicos, mas em php e tenho encontrado dificuldades pelo que agradecia que entrasses em contacto comigo por e-mail: vunguta@mail.com

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
Chancelmo
Em 22/01/2013 às 13:33, apocsantos disse:

Bom dia,

A aplicação foi desenvolvida por mim em C++. Infelizmente não posso disponibilizar o código, pois foi feita para ume entidade empregadora e o contracto é claro, não posso em momento algum publicar, utilizar, ou de outra forma tornar acessivel, o código desenvolvido.

Sei como o fazer novamente, sem utilizar codigo do que já fiz, pois nem sequer guardei cópia para mim e posso dar alguma ajuda a fazer uma aplicação semelhante, preferencialmente open-source. Infelizmente o tempo não me abunda de momento, pelo que apenas poderei dar alguma ajuda e não fazer tudo, pelo menos para já.

A questão do auth é simples: obter um cartão de telemóvel com o mesmo numero de telemóvel de outro cartão, não é impossivel, é uma questão de "engenho e arte", por isso na implementação que fiz, ele autentica pelo numero e por uma string de caracteres (auth) que só é conhecida pelo servidor e pela pessoa que o controla.

Cordiais cumprimentos,

Apocsantos

apocsantos estou pensando em desenvolver uma aplicação do mesmo género para fins acadêmicos, mas em php e tenho encontrado dificuldades pelo que agradecia que entrasses em contacto comigo por e-mail: vunguta@mail.com

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
HappyHippyHippo
45 minutes ago, Chancelmo said:

apocsantos estou pensando em desenvolver uma aplicação do mesmo género para fins acadêmicos, mas em php e tenho encontrado dificuldades pelo que agradecia que entrasses em contacto comigo por e-mail: vunguta@mail.com

necessitas de uma gateway assim como o protocolo de comunicação com esta

 

ps : não foi somente o apocsantos que fez coisas dessas :P

Editado por HappyHippyHippo

IRC : sim, é algo que ainda existe >> #p@p

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!

Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.

Entrar Agora

×

Aviso Sobre Cookies

Ao usar este site você aceita os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Este site usa cookies para disponibilizar funcionalidades personalizadas. Para mais informações visite esta página.