Jump to content
  • Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #60 da revista programar. Faz já o download aqui!

thinkabout

Ordenador um vector por ordem decrescente

Recommended Posts

thinkabout

Como posso achar o número menor imediatamente a seguir a outro.

De forma a conseguir escrever os números todos por ordem decrescente.

#define _CRT_SECURE_NO_WARNINGS
#include <stdio.h>
#define DIM_TAB 10

/*
Os elementos de um vector dizem-se ordenados em pirâmide se o seu valor aumentar até
uma certa posição e a partir daí diminuir.Dois possíveis exemplos são:
{1, 2, 4, 5, 6, 3, 2, -23, -23, -120} ou {1, 20, 19, 18, 17, 16, 15, -100, -101, -102}
a) Declare um vector local à função main() com capacidade para armazenar DIM_TAB
números inteiros (sendo DIM_TAB uma constante simbólica);b) Considere que o array declarado na alínea anterior já foi completamente preenchido
com números inteiros ordenados em pirâmide.
Desenvolva uma função que receba o array (e respectiva dimensão) por argumento e escreva no monitor os valores dos
seus elementos, por ordem decrescente.
*/

int maior(int vector[])
{
 int i, maximo=0, posicao=0;
 for(i=0; i<DIM_TAB-1; i++)
 {
   if (vector[i+1]>vector[i])
   {
     maximo=vector[i+1];
     posicao=i+1;
   }
 }
 return (posicao);
}

int main()
{
 int posicao,a,b,i=0;
 int vector [DIM_TAB] = {1, 2, 4, 5, 6, 3, 2, -23, -23, -120};posicao=maior(vector);
 printf("O maior esta na posicao %d \n", posicao); // Neste caso vai ser o 6

}

Edited by Rui Carlos
Indentação.

Share this post


Link to post
Share on other sites
HappyHippyHippo

para apresentar todos os elementos ordenados (alínea c) terás de ordenar o array

para isso usa um qualquer algoritmo de ordenação


IRC : sim, é algo que ainda existe >> #p@p

Share this post


Link to post
Share on other sites
thinkabout
#define _CRT_SECURE_NO_WARNINGS
#include <stdio.h>
#define DIM_TAB 10

void decrescente(int vector[])
{			 
 int j, aux;

    for(j = 1; j < DIM_TAB; j++){

		    while((vector[j] > vector[j - 1]) && (j!=0)) {

				    aux = vector[j];
				    vector[j] = vector[j - 1];
				    vector[j - 1] = aux;
				    j--;   
		    }			  
    }
 for (j = 0; j < DIM_TAB; j++)
 {
  printf(" %d" , vector[j]);
 }
 puts("");
}

int main()
{
int vector [DIM_TAB] = {1, 2, 4, 5, 6, 3, 2, -23, -23, -120};
decrescente(vector);
}

Share this post


Link to post
Share on other sites
HappyHippyHippo

sim senhora, o que fizeste foi implementar o insertion sort

no entanto tens um bug muito bem escondido :D

basta teres o array : {1, 0} e terás acesso inválido da memória, isto porque após a primeira troca, o j terá o valor de 0 e a comparação entre os valores do array com índice j e j-1 será efectuada.

para resolver este problema, efectua a comparação j!=0 antes da comparação que leva ao problema descrito:

//while((vector[j] > vector[j - 1]) && (j!=0)) {
while((j!=0) && (vector[j] > vector[j - 1])) {

Edited by HappyHippyHippo

IRC : sim, é algo que ainda existe >> #p@p

Share this post


Link to post
Share on other sites
thinkabout

Vou ver , ando a patinar um bocado nos arrays... espero que atine mais com as strings.

Share this post


Link to post
Share on other sites
pmg

ando a patinar um bocado nos arrays... espero que atine mais com as strings.

Ehhh laaa, aguenta ai os cavalos.

Percebe os arrays porque as strings sao um caso especial de arrays: uma string nao passa de um array de char em que um dos elementos tem o valor '\0'.

Por exemplo: uma string nao pode crescer alem do espaco que o array reservou.


What have you tried?

Não respondo a dúvidas por PM

A minha bola de cristal está para compor; deve ficar pronta para a semana.

Torna os teus tópicos mais atractivos e legíveis usando a tag CODE para colorir o código!

Share this post


Link to post
Share on other sites
happyZeBra

Boas a todos, eu estava a ter dificuldades tambem neste mesmo exercicio (enunciado igual :P ), e tinha quase tudo parecido, mas ha uma coisa que nao estou a perceber bem. O decremento do "j" dentro do while. Sera que alguem me pode esclarecer ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
cerejas

#define _CRT_SECURE_NO_WARNINGS
#include <stdio.h>
#define DIM_TAB 10

void decrescente(int vector[])
{			
 int j, aux;

	for(j = 1; j < DIM_TAB; j++){

			while((vector[j] > vector[j - 1]) && (j!=0)) {

					aux = vector[j];
					vector[j] = vector[j - 1];
					vector[j - 1] = aux;
					j--;  
			}			  
	}
 for (j = 0; j < DIM_TAB; j++)
 {
  printf(" %d" , vector[j]);
 }
 puts("");
}

int main()
{
int vector [DIM_TAB] = {1, 2, 4, 5, 6, 3, 2, -23, -23, -120};
decrescente(vector);
}

Há alguma resolução mais simples para este exercicio? mais simples de entender?

Share this post


Link to post
Share on other sites
HappyHippyHippo

Há alguma resolução mais simples para este exercicio? mais simples de entender?

percebes isto ?

int comp(void * a, void * b) { return *(int*)b - *(int*)a; }

int main(void) {
 int vector[] = {3, 6, 1, 4, 2}, i;

 qsort(vector, sizeof(int), sizeof(vector), comp);
 for (i = 0; i < sizeof(vector); i++)
   printf("%d\n", vector[i]);

 return 0;
}


IRC : sim, é algo que ainda existe >> #p@p

Share this post


Link to post
Share on other sites
thoga31

percebes isto ?

 for (i = 0; i < sizeof(vector); i++)

Não é preciso dividir por sizeof(int), ou sou eu que estou a divagar? :D


Knowledge is free!

Share this post


Link to post
Share on other sites
HappyHippyHippo

Não é preciso dividir por sizeof(int), ou sou eu que estou a divagar? :D

yep ...

é o que dá escrever código e tomar conta da filha ao mesmo tempo ...


IRC : sim, é algo que ainda existe >> #p@p

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.