Ir para o conteúdo
  • Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #60 da revista programar. Faz já o download aqui!

nunoh123

Novo Saft-pt

Mensagens Recomendadas

nunoh123

Boas, tenho algumas dúvidas quanto ao novo saft que vai agora entrar em vigor: Tendo em conta um sistema de facturação relativo à restauração gostava de saber o que devo fazer quanto ás vendas a dinheiro.. passo a utilizar facturas só? é que se a factura simplificada não pode conter mais do que 100€ então :/ e já agora li isto:

Como estipulado no ponto 1 do Artigo 3.º, do respectivo decreto de lei, esta comunicação deverá ser efectuada por uma das seguintes vias:

  • Por transmissão electrónica de dados em tempo real, integrada no programa de facturação eletrónica;
  • Por transmissão electrónica de dados, mediante remessa de ficheiro normalizado estruturado com base no ficheiro SAF -T (PT);
  • Por inserção directa no Portal das Finanças;
  • Por outra via eletrócnica, nos termos a definir por portaria do Ministro das Finanças.

As finanças supostamente disponibilizaram maneiras do nosso software enviar as facturas por via electonica. Será que isto significa que não preciso de me preocupar com o saft, sto é se o meu software enviar as facturas por via electronica ainda estou obrigado a emitir o saft?

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
mjamado

As vendas a dinheiro acabaram, agora são facturas simplificadas, que tem os limites que já sabes (1.000 para retalhistas, 100 para todos os outros). Sim, passas uma factura, qual é o drama?

O envio em tempo real é só entra em vigor a partir de 1 de Maio de 2013, pelo que até lá tens de a) inserir cada uma das facturas manualmente no portal da AT ou b) exportar o SAF-T mensal e inseri-lo no portal da AT até ao dia 25 (ou 22?) do mês seguinte.


"Para desenhar um website, não tenho que saber distinguir server-side de client-side" - um membro do fórum que se auto-intitula webdesigner. Temo pelo futuro da web.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
nunoh123

Obrigado pela resposta, o meu problema com as facturas é que não sendo uma prova de pagamento teria que imprimir uma factura e de seguida um recibo o que ao nível de programação do software não me faz diferença nenhuma mas em tempo real num restaurante ou bar isto não é viável penso eu.. Terei então de imprimir sempre os dois documentos?

E já agora sobre o envio do saft, partino do presuposto que so tenciono certificar o software dentro de um ano mais ou menos, sendo que ai o envio das facturas por webservice para as finanças já está em uso poderei então não trabalhar na exportação do saft ou mesmo que faça o envio por webservice tenho sempre que manter uma maneira de exportar o saft.. Peço desculpa mas é que nunca gostei muito deste ficheiro pelos simples facto da sua estructura ser de uma extrema complicação mas bom..

Editado por nunoh123

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
mjamado
Terei então de imprimir sempre os dois documentos?

Em primeiro lugar, só tens de imprimir uma factura quando o valor é superior a 100€. Tens assim tantas deste valor por dia no teu restaurante? Lembra-me para nunca lá ir... :D Em segundo, tecnicamente não tens que emitir recibo. O recibo não tem valor fiscal absolutamente nenhum. O cliente é que, normalmente, quer uma prova em como pagou e daí o recibo. Um bom software de facturação deixa-te imprimir o recibo directamente a partir da factura com dois ou três cliques, sem ter que preencher mais nada.

E já agora sobre o envio do saft, partino do presuposto que so tenciono certificar o software dentro de um ano mais ou menos

Vais andar mais de um ano sem software certificado? Boa sorte com os fiscais das finanças. ;)

poderei então não trabalhar na exportação do saft ou mesmo que faça o envio por webservice tenho sempre que manter uma maneira de exportar o saft.

Um software certificado tem sempre de exportar o SAF-T PT. A qualquer momento pode aparecer um fiscal e pedir o ficheiro do último ano.

Peço desculpa mas é que nunca gostei muito deste ficheiro pelos simples facto da sua estructura ser de uma extrema complicação mas bom..

É XML normal, não estou a ver qual é a complicação...


"Para desenhar um website, não tenho que saber distinguir server-side de client-side" - um membro do fórum que se auto-intitula webdesigner. Temo pelo futuro da web.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
nunopicado

@mjamado: Nem todos os estabelecimentos são obrigados a ter software certificado. Pode ser o caso do nunoh123.

Agora, à parte disso, e metendo um bocadinho a colher no tópico do nunoh123, ando aqui às voltas para por um software a criar o ficheiro Saf-T PT, mas já estou como diz o outro, é uma complicação.

Alguém me sabe trocar por miudos a estrutura do Saf-T (se possível o normal e a nova versão reduzida para o envio mensal)?

Que campos são precisos, quais deles são obrigatórios, onde e como é que eles surgem dentro do ficheiro, etc.

Abraço e obrigado

Nuno Picado


"A humanidade está a perder os seus génios... Aristóteles morreu, Newton já lá está, Einstein finou-se, e eu hoje não me estou a sentir bem!"

> Não esclareço dúvidas por PM: Indica a tua dúvida no quadro correcto do forum.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!

Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.

Entrar Agora

×

Aviso Sobre Cookies

Ao usar este site você aceita os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Este site usa cookies para disponibilizar funcionalidades personalizadas. Para mais informações visite esta página.