Jump to content

Será assim tão dificil arranjar trabalho ?


Lukas S.

Recommended Posts

Bem , sou um jovem que ainda falta acabar o 12º e queria arranjar emprego na qual até agora chamei Missão Impossivel. As empresas não querem contratar jovens para trabalhar só dois meses .... Enfim tou farto disto nem que fosse a trabalhar a metade do salário só pra ficar no curriculum vitae mas nada .... Já envie só pela internet 30-40 curriculos para varias empresas fora aqueles que destribui na mão cerca de 20 ... Gostaria que falassem o que pensam em relação a isto . No nosso país alguém que quer trabalhar e não consegue.

E o Impossível foi criado por pessoas fracas pra acabar com o sonho das pessoas fortes. Não deixes que acabem com o teu. Sonha , luta , ambiciona e realiza. Se amas , se gostas tu vais conseguir. Cala todas as pessoas que um dia duvidaram de ti e prova que foste mais forte de qualquer outro.

Link to comment
Share on other sites

Trabalhar em quê? Desenvolvimento de software? Se ninguém te contrata e é isso que queres fazer, há muitos projectos open source para os quais podes contribuir, ou desenvolver os teus próprios projectos pessoais para além de poderes usar o teu tempo para aprender novas tecnologias ou ter aulas em sites como www.coursera.org ou www.udacity,com

Não respondo a dúvidas por mensagem.

Link to comment
Share on other sites

Sim mas eu gostaria de enriquecer o meu curriculum vitae para mais tarde contar numa entrevista ...

E o Impossível foi criado por pessoas fracas pra acabar com o sonho das pessoas fortes. Não deixes que acabem com o teu. Sonha , luta , ambiciona e realiza. Se amas , se gostas tu vais conseguir. Cala todas as pessoas que um dia duvidaram de ti e prova que foste mais forte de qualquer outro.

Link to comment
Share on other sites

Mas a expriencia em campo por assim dizer não é o que é mais valorizado ?

E o Impossível foi criado por pessoas fracas pra acabar com o sonho das pessoas fortes. Não deixes que acabem com o teu. Sonha , luta , ambiciona e realiza. Se amas , se gostas tu vais conseguir. Cala todas as pessoas que um dia duvidaram de ti e prova que foste mais forte de qualquer outro.

Link to comment
Share on other sites

Pra mim seria mais ou menos como se fosse um estágio receber uma parte do salário base ... Mas eu não estou no 12º normal mas sim num curso profissional de gestão e programação de equipamentos informáticos

Ps: por isso mesmo que eu quero arranjar trabalho

Edited by Lukas S.

E o Impossível foi criado por pessoas fracas pra acabar com o sonho das pessoas fortes. Não deixes que acabem com o teu. Sonha , luta , ambiciona e realiza. Se amas , se gostas tu vais conseguir. Cala todas as pessoas que um dia duvidaram de ti e prova que foste mais forte de qualquer outro.

Link to comment
Share on other sites

Sim mas eu gostaria de enriquecer o meu curriculum vitae para mais tarde contar numa entrevista ...

Portanto tu achas que tudo o que aprenderes como auto-didacta e todos os projectos pessoais e open-source que fizeres não enriquecem nada o curriculum vitae... Acredita que aquilo que tu fizeres por ti vai enriquecer-te muito mais do que qualquer emprego que tenhas agora.

Não respondo a dúvidas por mensagem.

Link to comment
Share on other sites

O pedrosorio deu-te uma excelente sugestão, procura um projecto de software livre que te interesse e trabalha nesse durante o mesmo tempo que estarias a trabalhar numa empresa. Ganhas a mesma experiência e podes sempre colocar isso no teu CV, além de contribuires de uma forma mais visível para um projecto porque numa empresa dificilmente o teu trabalho seria apresentado como tendo sido feito por ti aos utilizadores.

Embora a experiência possa ser muito valorizada, ter 2 meses numa empresa com uma descrição genérica do trabalho não é grande "experiência", além disso para uma empresa, estar a contratar alguém durante 2 meses não permite dar a experiência suficiente.

Existem vários projectos onde é simples entrar e que podes fazer a diferença em apenas 2 meses se trabalhares com empenho. Esse trabalho tem mais visibilidade e se o fizeres bem tem mais valor do que estar numa qualquer empresa durante o mesmo tempo.

Link to comment
Share on other sites

Pedrosorio tás me a dizer que , tens um homem de negócios á tua frente e dois currículos a frente dele ... Os dois têm a mesma coisa ,sendo que num têm expriencia profissional dentro de uma empresa ... Noutro tens um que apoia open-source e faz trabalhos pra comunidades ( na qual ele teria que ver para confrimar perdendo mais tempo) .... Qual achas que ele contrataria?

E o Impossível foi criado por pessoas fracas pra acabar com o sonho das pessoas fortes. Não deixes que acabem com o teu. Sonha , luta , ambiciona e realiza. Se amas , se gostas tu vais conseguir. Cala todas as pessoas que um dia duvidaram de ti e prova que foste mais forte de qualquer outro.

Link to comment
Share on other sites

Pedrosorio tás me a dizer que , tens um homem de negócios á tua frente e dois currículos a frente dele ... Os dois têm a mesma coisa ,sendo que num têm expriencia profissional dentro de uma empresa ... Noutro tens um que apoia open-source e faz trabalhos pra comunidades ( na qual ele teria que ver para confrimar perdendo mais tempo) .... Qual achas que ele contrataria?

Eu contrataria o que tivesse experiência em software livre. Demonstra muito mais qualidades do que ter tabalhado numa empresa qualquer. Numa empresa qualquer todos trabalharam, e ser "yes mens" todos conseguem dentro da empresa, não me dá qualquer informação sobre o candidato ele ter uma grande ou pequena empresa no CV, por outro lado, ter trabalhado num projecto de software livre onde é simples determinar se realmente trabalhou, como se deu com o resto da equipa e no que resultou o seu trabalho é mais fácil avaliar o candidato. Não quer dizer que só porque trabalho num projecto de software livre é melhor, mas é mais fácil avaliar o candidato e demonstra, à partida, mais valor.

Link to comment
Share on other sites

Pedrosorio tás me a dizer que , tens um homem de negócios á tua frente e dois currículos a frente dele ... Os dois têm a mesma coisa ,sendo que num têm expriencia profissional dentro de uma empresa ... Noutro tens um que apoia open-source e faz trabalhos pra comunidades ( na qual ele teria que ver para confrimar perdendo mais tempo) .... Qual achas que ele contrataria?

Não sei o que é um "homem de negócios", mas para teu bem devias ter como objectivo (no futuro) candidatar-te a uma empresa em que haja pelo menos uma pessoa com competências técnicas a olhar para o teu currículo e entrevistar-te.

Dito isto, duvido que alguém que contrate um miúdo que esteve 2 meses numa empresa a fazer não se sabe muito bem o quê (provavelmente tarefas rotineiras que pouco ou nada contribuiram para o seu desenvolvimento, já que ainda nem tem o 12º feito) em detrimento de um que tem iniciativa própria para participar em projectos e em que é possível ver exactamente o que ele fez e que código contribuiu.

Não respondo a dúvidas por mensagem.

Link to comment
Share on other sites

Eu contrataria o que tivesse experiência em software livre. Demonstra muito mais qualidades do que ter tabalhado numa empresa qualquer. Numa empresa qualquer todos trabalharam, e ser "yes mens" todos conseguem dentro da empresa, não me dá qualquer informação sobre o candidato ele ter uma grande ou pequena empresa no CV, por outro lado, ter trabalhado num projecto de software livre onde é simples determinar se realmente trabalhou, como se deu com o resto da equipa e no que resultou o seu trabalho é mais fácil avaliar o candidato. Não quer dizer que só porque trabalho num projecto de software livre é melhor, mas é mais fácil avaliar o candidato e demonstra, à partida, mais valor.

Depois de tares a ver digamos 50 CVs , achas que tens paciencia de ver o link que está num cv em que mostra os trabalhos que realizou ??? Eu não estou a dizer que não é o que vou seguir mas gostaria de expremer todas as possibilidades ... tempo é dinheiro.

E o Impossível foi criado por pessoas fracas pra acabar com o sonho das pessoas fortes. Não deixes que acabem com o teu. Sonha , luta , ambiciona e realiza. Se amas , se gostas tu vais conseguir. Cala todas as pessoas que um dia duvidaram de ti e prova que foste mais forte de qualquer outro.

Link to comment
Share on other sites

"Tempo é dinheiro", mas, em igual medida, "quanto mais depressa, mais devagar" - ou seja, poupar tempo não vendo o trabalho que um candidato fez no open-source pode valer ao empregador uma contratação qualquer que resulta posteriormente num molho de bróculos.

Se eu fosse empregador, preferia perder tempo do que mandar tiros no escuro. Mas tal como há empregadores que pensam como eu e o @pedrosorio e outros, também há empregadores que não pensam assim.

Por isso, como não se pode agradar a gregos e a troianos, vamos mudar de abordagem:

- Normalmente, e pelo senso comum, quais são os empregadores que perdem tempo a ver o trabalho de cada candidato?

- Onde se ganha mais experiência: 2 meses a servir cafés ou 2 meses num projecto open-source ou afins?

Se nos mantivermos apenas na perspectiva do que o empregador poderá ver, nunca mais saímos daqui e as conclusões serão nulas.

Edited by thoga31

Knowledge is free!

Link to comment
Share on other sites

Ponderei também em fazer voluntariado .... Será que isso vale mais doque fazer um open-source? E caso faça open-source é raro arranjar alguém com a mesma vontade ...

E o Impossível foi criado por pessoas fracas pra acabar com o sonho das pessoas fortes. Não deixes que acabem com o teu. Sonha , luta , ambiciona e realiza. Se amas , se gostas tu vais conseguir. Cala todas as pessoas que um dia duvidaram de ti e prova que foste mais forte de qualquer outro.

Link to comment
Share on other sites

Ponderei também em fazer voluntariado .... Será que isso vale mais doque fazer um open-source? E caso faça open-source é raro arranjar alguém com a mesma vontade ...

Vais ganhar muita experiência em "bater código" estando a dar de comer aos velhinhos lá no lar da aldeia... (com o devido respeito a quem faz voluntariado, apenas dei este tom à frase para enfatizar o sarcasmo)

Tudo conta, mas o voluntariado não há-de contar mais que participar num projecto open-source: isto é igualmente voluntariado, e é um voluntariado onde se aprende na área da informática.

Knowledge is free!

Link to comment
Share on other sites

Ponderei também em fazer voluntariado .... Será que isso vale mais doque fazer um open-source? E caso faça open-source é raro arranjar alguém com a mesma vontade ...

São coisas diferentes e apelam a tipos de emprego diferente.

Não percebi a parte de arranjar alguém com a mesma vontade... quando falo de participar num projecto de software livre não é de começar um projecto qualquer nos dois meses, é ires até um projecto já estabelecido e ofereceres a tua ajuda, coisas como implementar suporte para jogo em rede no SuperTuxKart, corrigir erros de interface no VLC, implementar novas funcionalidades ou corrir bugs no Unknown Horizons, enfim, fazer coisas visíveis em projectos que também têm visibilidade e que permitem ver o trabalho num ambiente nada fácil.

Mas vamos lá ver, se estás com tanta resistência à ideia então talvez a ideia não seja para ti, é que isso também diz muito do candidato.

Link to comment
Share on other sites

Eu não me importo de trabalhar em open-source acho até uma ótima ideia mas queria explorar todas as possibilidades ... e essa é uma possibilidade que vou arriscar ...

E o Impossível foi criado por pessoas fracas pra acabar com o sonho das pessoas fortes. Não deixes que acabem com o teu. Sonha , luta , ambiciona e realiza. Se amas , se gostas tu vais conseguir. Cala todas as pessoas que um dia duvidaram de ti e prova que foste mais forte de qualquer outro.

Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.