Jump to content

Desenvolvimento Web


Joel Luis
 Share

Recommended Posts

Se fores freelancer e os teus clientes souberem do teu blog, a ideia de estares a mostrar o código que estás a desenvolver para eles a "um conhecido" pode ser assustadora.

Repara que não dizes nada de especial. Aquilo que tirei do teu "artigo" foi:

- Faz código seguro

- Faz backups (ou compra o pacote de backups do datacenter que contratares)

- Mostra o código a um conhecido

O segundo ponto é uma coisa que pode ser aplicada a qualquer coisa que faças com um computador. Se é (ou se pode ser) importante, faz-se sempre backup, não vá acontecer um desastre. Não é nada de extraordinário que isso se aplique ao desenvolvimento web.

De facto, se formos a pensar bem, tendo em conta que aquilo que é desenvolvido é normalmente feito noutro computador que não o servidor, se o "programador" estiver apenas a fazer uma página estática (ou que não tenha conteúdos que sejam dinamicamente registados no servidor), nem faz muito sentido contratares o serviço de backup. O código está todo no teu computador pessoal e estarás a gastar dinheiro se contratares esse serviço.

“There are two ways of constructing a software design: One way is to make it so simple that there are obviously no deficiencies, and the other way is to make it so complicated that there are no obvious deficiencies. The first method is far more difficult.”

-- Tony Hoare

Link to comment
Share on other sites

Mas o problema é mesmo esse amigo, são coisas básicas. Mas olha, por dia a mais de 2 clientes a ligarem a dizer que perderam os documentos do site ou que apagaram e agora não têm backups e não tinha assinado o serviço de backup depois começam a reclamar a dizer que deviamos ter sempre os backups.

Isso do programador o melhor é fazer uma equipa de programação, com 2 programadores podendo não ser freeLancers e assim ajudam-se um ao outro o que melhoraria muito os seus códigos e ajudava a uma protecção melhor.

A parte da protecção cada vez hoje em dia encontro mais sites online que nem tem uma authenticação de dados para fazer o login é só chegar lá meter uma SQL Query tenho acesso a bd toda e aí está é assim que muitas vezes acontecem os problemas

Se fores freelancer e os teus clientes souberem do teu blog, a ideia de estares a mostrar o código que estás a desenvolver para eles a "um conhecido" pode ser assustadora.

Repara que não dizes nada de especial. Aquilo que tirei do teu "artigo" foi:

- Faz código seguro

- Faz backups (ou compra o pacote de backups do datacenter que contratares)

- Mostra o código a um conhecido

O segundo ponto é uma coisa que pode ser aplicada a qualquer coisa que faças com um computador. Se é (ou se pode ser) importante, faz-se sempre backup, não vá acontecer um desastre. Não é nada de extraordinário que isso se aplique ao desenvolvimento web.

De facto, se formos a pensar bem, tendo em conta que aquilo que é desenvolvido é normalmente feito noutro computador que não o servidor, se o "programador" estiver apenas a fazer uma página estática (ou que não tenha conteúdos que sejam dinamicamente registados no servidor), nem faz muito sentido contratares o serviço de backup. O código está todo no teu computador pessoal e estarás a gastar dinheiro se contratares esse serviço.

Link to comment
Share on other sites

Pah, são coisas básicas e não exactamente relacionadas com o desenvolvimento em si. Para além disso, como tinha dito, há casos em que a contratação do serviço de backup é desperdício de dinheiro. Tenho projectos que são praticamente assim. Tenho um repositório onde está o projecto, se acontecer alguma coisa, volto a fazer checkout e está a andar. Acredito perfeitamente que haja imensa gente que se queixe de não haverem backups, mas isso não quer dizer que todos os projectos necessitem de backup.

Podes colocar quantas pessoas quiseres a olhar para o teu código, mas se considerares que o valor que te vão pagar pelo trabalho é fixo, depois tens que dividir pelo número de pessoas que meteste a olhar para o código.

Aquilo que quero dizer é que, aquilo que dizes lá é demasiado básico. Dizes que há problemas de segurança e que o código desenvolvido deve ser seguro... mas, quais são os problemas de segurança e como é que se faz esse código seguro? SQL injections é apenas um caso, mas será que num artigo introdutório ao desenvolvimento web faz sentido estares a explicar o que são SQL injections? Quem lê o teu artigo não fica com qualquer noção do que é desenvolvimento web. Apenas fica a saber que precisa de fazer coisas que, teoricamente, ainda não sabe fazer.

“There are two ways of constructing a software design: One way is to make it so simple that there are obviously no deficiencies, and the other way is to make it so complicated that there are no obvious deficiencies. The first method is far more difficult.”

-- Tony Hoare

Link to comment
Share on other sites

Pah, são coisas básicas e não exactamente relacionadas com o desenvolvimento em si. Para além disso, como tinha dito, há casos em que a contratação do serviço de backup é desperdício de dinheiro. Tenho projectos que são praticamente assim. Tenho um repositório onde está o projecto, se acontecer alguma coisa, volto a fazer checkout e está a andar. Acredito perfeitamente que haja imensa gente que se queixe de não haverem backups, mas isso não quer dizer que todos os projectos necessitem de backup.

Podes colocar quantas pessoas quiseres a olhar para o teu código, mas se considerares que o valor que te vão pagar pelo trabalho é fixo, depois tens que dividir pelo número de pessoas que meteste a olhar para o código.

Aquilo que quero dizer é que, aquilo que dizes lá é demasiado básico. Dizes que há problemas de segurança e que o código desenvolvido deve ser seguro... mas, quais são os problemas de segurança e como é que se faz esse código seguro? SQL injections é apenas um caso, mas será que num artigo introdutório ao desenvolvimento web faz sentido estares a explicar o que são SQL injections? Quem lê o teu artigo não fica com qualquer noção do que é desenvolvimento web. Apenas fica a saber que precisa de fazer coisas que, teoricamente, ainda não sabe fazer.

Já leste bem o artigo? O que eu fiz lá foi um texto feito por mim a falar de algumas noções para quem vai começar a desenvolver para web ter em conta.

Eu refiro-me a outro programador para uma equipa de web development que irá trabalhar com vários serviços e sempre melhor ser mais do que apenas um Programador, pensa bem.... Claro que se vais trabalhar sozinho não vais estar a mostrar o teu código a qualquer um... Isso é tipo uma coisa que já sabes do principio.. Mas prontos aquilo foi apenas umas noções de programação para web.

Depois irei fazer um post de introdução a programação web e ai já podes fazer críticas dessas 🙂

Obrigado

Edited by Joel Luis
Link to comment
Share on other sites

Olá Joel,

Parece-me que estás a iniciar a escrever artigos, pelo que é natural que eles sejam melhorados à medida que eles (e tu) vão evoluindo.

Para começar não me parece mal, mas como o @KTachyon escreveu, o artigo "não tem muito sumo" - não é uma crítica, é uma constatação. Não desanimes, só com a opinião das outras pessoas é que conseguimos melhorar.

Li o artigo "na diagonal" e não encontrei erros ortográficos, o que por si só é excelente!

Boa sorte para os teus posts!

Pedro Martins

  • Vote 1

Pedro Martins

Sharing is Knowledge!

http://www.linkedin.com/in/rechousa

Link to comment
Share on other sites

Olá Joel,

Parece-me que estás a iniciar a escrever artigos, pelo que é natural que eles sejam melhorados à medida que eles (e tu) vão evoluindo.

Para começar não me parece mal, mas como o @KTachyon escreveu, o artigo "não tem muito sumo" - não é uma crítica, é uma constatação. Não desanimes, só com a opinião das outras pessoas é que conseguimos melhorar.

Li o artigo "na diagonal" e não encontrei erros ortográficos, o que por si só é excelente!

Boa sorte para os teus posts!

Pedro Martins

Boas,

Muito obrigado, eu compreendo o que ele disse mas claro nos tentamos sempre "tirar" por o que é nosso.

Eu comecei a escrever artigos, antes de eu postar qualquer artigo eu escrevo a mão depois passo para o blog e vou melhorando algumas parte.

Bem eu vou tentar fazer bons post's daqui para a frente que despertem mais interesse nas pessoas.

Obrigado por a sua crítica 😄

Link to comment
Share on other sites

Eu refiro-me a outro programador para uma equipa de web development que irá trabalhar com vários serviços e sempre melhor ser mais do que apenas um Programador, pensa bem.... Claro que se vais trabalhar sozinho não vais estar a mostrar o teu código a qualquer um... Isso é tipo uma coisa que já sabes do principio.. Mas prontos aquilo foi apenas umas noções de programação para web.

Pah, repara que eu já trabalhei sozinho e já trabalhei em equipas de até 15 pessoas. O objectivo de equipas de desenvolvimento não é teres várias pessoas a olhar para o mesmo código. Muito pelo contrário. De forma a rentabilizar a equipa, tens cada elemento a desenvolver um módulo diferente. De facto, em equipas de maior dimensão, grande parte dos elementos não estão a programar. Desenvolver projectos de grandes dimensões (que necessitem de envolver 15 pessoas, por exemplo) não é apenas programar. Pelo contrário, grande parte do trabalho é desenvolver documentação.

Quem vai programar vai estar a desenvolver um módulo independente dos outros e existe uma grande probabilidade de nunca nenhum outro elemento do grupo chegar a ver o teu código (não digo que não acontece, só não é esse o objectivo de uma equipa de desenvolvimento).

Agora, podes ter alguém contigo só para ver o teu código, ninguém te impede de o fazeres. Lembra-te é que, num negócio, essa pessoa também deverá receber salário, pelo que não é uma coisa que fique barata. É o trabalho de um pelo preço de dois.

De facto, muitas das coisas que falas no que diz respeito a segurança são coisas que podem ser mitigadas na fase de planeamento do projecto. Os problemas acontecem (principalmente) quando essa fase de planeamento não existe.

“There are two ways of constructing a software design: One way is to make it so simple that there are obviously no deficiencies, and the other way is to make it so complicated that there are no obvious deficiencies. The first method is far more difficult.”

-- Tony Hoare

Link to comment
Share on other sites

Olá,

O objectivo de equipas de desenvolvimento não é teres várias pessoas a olhar para o mesmo código. Muito pelo contrário. De forma a rentabilizar a equipa, tens cada elemento a desenvolver um módulo diferente.

Não necessariamente. É o normal, mas não quer dizer que seja a assim. Uma das técnicas do Extreme Programming é o Pair Programming que consiste em ter duas pessoas por cada PC, ou seja, o código é escrito por uma e revisto pela outra.

Pedro Martins

Sharing is Knowledge!

http://www.linkedin.com/in/rechousa

Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.