Jump to content

Windows 8 : Discussão sobre o SO


Lukas S.

Recommended Posts

Bem acabei de instalar o Windows 8 e achei a SKIN ALTAMENTE.....não gostei muito da parte metro mas de resto está bastante fiche... Mais alguém instalou ou não fazem intenção de instalar ?

E o Impossível foi criado por pessoas fracas pra acabar com o sonho das pessoas fortes. Não deixes que acabem com o teu. Sonha , luta , ambiciona e realiza. Se amas , se gostas tu vais conseguir. Cala todas as pessoas que um dia duvidaram de ti e prova que foste mais forte de qualquer outro.

Link to comment
Share on other sites

Eu já tinha instalado a versão Developer Preview e também instalei a Consumer Preview (última lançada). Eu acho que no geral houveram melhoras interessantes do ponto de funcionalidade.

A questão do Metro é algo que todo mundo que testou o sistema discute. Na maior parte das opiniões que vi, elas foram em geral desfavoráveis à interface, especialmente pela questão da Microsoft estar forçando ela nos usuários a colocando como "interface padrão" quando o sistema é iniciado o que confunde atrapalha quem já está acostumado com WIndows 7 e anteriores e também que não tem um computador com touch habilitado.

Vamos ver como vai ser daqui para a frente. Eu acho que o Metro é uma interface interessante, mas somente para dispositivos que tem touch habilitado. Eu tenho um Windows Phone 7 e ele é realmente muito rápido e natural com esta interface, mas reconheço que trabalhar nela com o mouse em um computador desktop deixa a desejar. Talvez se a interface Metro ficasse como opcional no Desktop, este problema seria atenuado ou não seria tão incômodo para os usuários.

Fernando Lage Bastos - MCP/MCTS/MCPD

Link to comment
Share on other sites

Eu não tenho intenções nenhumas de o instalar. De facto, vivo bem sem qualquer Windows.

Já cheguei a brincar com uma Preview há algum tempo e achei que poderá ser bastante confuso para o utilizador comum habituado aos últimos 17 anos do Windows. Claro que eventualmente a coisa deve entrar nos eixos, mas vão ser alguns momentos de frustração que não vão ser nada positivos para a Microsoft. Continuo a achar que desenvolver um sistema comum para computador pessoal e dispositivos móveis não é uma abordagem muito eficaz. Pelo menos a estratégia de fazer isto tudo de uma vez, parece-me demasiado forçado.

“There are two ways of constructing a software design: One way is to make it so simple that there are obviously no deficiencies, and the other way is to make it so complicated that there are no obvious deficiencies. The first method is far more difficult.”

-- Tony Hoare

Link to comment
Share on other sites

Coloquei primeiro numa VM e gostei do novo layout do Windows 8. Mas não podemos ficar fascinados só pelo aspecto, pelo que eu vou dar a minha opinião sobre outro ponto de vista. 😛

Instalei o Windows 8 sobre o Winodws XP, e logo aí não gostei de uma coisa: não há a opção de formatar a unidade por completo para depois meter o Windows 8 - o que a instalação faz automaticamente é colocar o velhinho Windows na pascal windows.old, e mantém as velhas pastas de documentos e programas - depois de me ter apercebido que tinha mantido toda a trampa antiga é que fiquei descansado, porque nunca tinha pensado ver o Windows 8 a ocupar 30+ GB xD

Após uma limpeza "à la mano" das antiguidades, instalei o CCleaner e deixei-o durante umas horas a fazer limpeza completa ao espaço livre do disco para não deixar vestígios do que lá estava antigamente.

Finalmente podia instalar os meus programas favoritos. Fiquei satisfeito ao constatar que as compatibilidades são praticamente iguais aos do Windows 8 - contudo, uma incompatibilidade que alerto é a do Avast 6 - o Windows 8 só suporta o Avast 7, saiba-se lá porquê...

Depois de ter tudo instalado, fiz uma desfragmentação, e fiquei agradado com a velocidade e eficácia desta.

Muito agradado fiquei foi com o facto deste novo layout não "empancar" o computador, ao contrário do epic fail de seu nome Vista - corre tudo sobre rodas, e só se notarão alguns breaks, mas muito leves, aquando o decorrer de processos mais "exigentes".

Por fim, eles deviam ter facilitado o acesso às aplicações abertas, e antes disso ter o devido acesso ao encerro de aplicações! Falta o madito do "X" para fechar as aplicações Metro, como o Leitor de PDFs e a Meteorologia... Lá tenho eu de ir ao canto inferior esquerdo, ir com o rato para cima com o jeito certo para aparecer a barra de aplicações Metro abertas, e fazer o clique direito e fazer "Close" - uma trabalheira desnecessária! Monstruous epic fail no meio de tantas coisas boas do Windows 8.

A experiência no Windows 8 está-me a agradar, mas a minha avaliação cai a pique por causa dos seguintes pontos:

- falta de opção de formatação na hora da instalação - eu é que sei se quero recuperar ficheiros mais tarde ou não, for God's sake!, quem manda o Windows decidir isso por mim, dizendo impreterivelmente que sim?!

- falta do velhinho "X" nas aplicações Metro - a cada aplicação que abro, lá fica ela aberta, e para fechar é o cabo dos trabalhos...

- acesso complicado às aplicações instaladas, devia haver um acesso directo ao menu "Apps" sem ter de ir ao Start, fazer clique direito no rato, ir a All Apps e finalmente ter as aplicações do PC listadas

- deficiência na personalização do menu Start - quando se quer deslocar alguma das plicações, mudam todas - o automatismo está muito mal conseguido, demorei mais de uma hora até ter conseguido acertar com aquela porcaria do jeito que eu queria... -.-

- dificuldades na navegação no Menu Start com rato: o scroll do rato devia estar habilitado para a navegação lateral tal como funciona, p.e., na Meteorologia.

Espero que a Microsoft se lembre de colmatar estas falhas gravíssimas do seu novo OS, e não faça apenas uma mudança do nome do OS na hora do lançamento final de "coiso Preview" para "Basic"/"Pro" ou whatever.

Knowledge is free!

Link to comment
Share on other sites

Eu não tenho intenções nenhumas de o instalar. De facto, vivo bem sem qualquer Windows.

Já cheguei a brincar com uma Preview há algum tempo e achei que poderá ser bastante confuso para o utilizador comum habituado aos últimos 17 anos do Windows. Claro que eventualmente a coisa deve entrar nos eixos, mas vão ser alguns momentos de frustração que não vão ser nada positivos para a Microsoft. Continuo a achar que desenvolver um sistema comum para computador pessoal e dispositivos móveis não é uma abordagem muito eficaz. Pelo menos a estratégia de fazer isto tudo de uma vez, parece-me demasiado forçado.

Qual costumas usar KTachyon ? qual o s.o que preferes ?

Coloquei primeiro numa VM e gostei do novo layout do Windows 8. Mas não podemos ficar fascinados só pelo aspecto, pelo que eu vou dar a minha opinião sobre outro ponto de vista. 😛

Instalei o Windows 8 sobre o Winodws XP, e logo aí não gostei de uma coisa: não há a opção de formatar a unidade por completo para depois meter o Windows 8 - o que a instalação faz automaticamente é colocar o velhinho Windows na pascal windows.old, e mantém as velhas pastas de documentos e programas - depois de me ter apercebido que tinha mantido toda a trampa antiga é que fiquei descansado, porque nunca tinha pensado ver o Windows 8 a ocupar 30+ GB xD

Após uma limpeza "à la mano" das antiguidades, instalei o CCleaner e deixei-o durante umas horas a fazer limpeza completa ao espaço livre do disco para não deixar vestígios do que lá estava antigamente.

Finalmente podia instalar os meus programas favoritos. Fiquei satisfeito ao constatar que as compatibilidades são praticamente iguais aos do Windows 8 - contudo, uma incompatibilidade que alerto é a do Avast 6 - o Windows 8 só suporta o Avast 7, saiba-se lá porquê...

Depois de ter tudo instalado, fiz uma desfragmentação, e fiquei agradado com a velocidade e eficácia desta.

Muito agradado fiquei foi com o facto deste novo layout não "empancar" o computador, ao contrário do epic fail de seu nome Vista - corre tudo sobre rodas, e só se notarão alguns breaks, mas muito leves, aquando o decorrer de processos mais "exigentes".

Por fim, eles deviam ter facilitado o acesso às aplicações abertas, e antes disso ter o devido acesso ao encerro de aplicações! Falta o madito do "X" para fechar as aplicações Metro, como o Leitor de PDFs e a Meteorologia... Lá tenho eu de ir ao canto inferior esquerdo, ir com o rato para cima com o jeito certo para aparecer a barra de aplicações Metro abertas, e fazer o clique direito e fazer "Close" - uma trabalheira desnecessária! Monstruous epic fail no meio de tantas coisas boas do Windows 8.

A experiência no Windows 8 está-me a agradar, mas a minha avaliação cai a pique por causa dos seguintes pontos:

- falta de opção de formatação na hora da instalação - eu é que sei se quero recuperar ficheiros mais tarde ou não, for God's sake!, quem manda o Windows decidir isso por mim, dizendo impreterivelmente que sim?!

- falta do velhinho "X" nas aplicações Metro - a cada aplicação que abro, lá fica ela aberta, e para fechar é o cabo dos trabalhos...

- acesso complicado às aplicações instaladas, devia haver um acesso directo ao menu "Apps" sem ter de ir ao Start, fazer clique direito no rato, ir a All Apps e finalmente ter as aplicações do PC listadas

- deficiência na personalização do menu Start - quando se quer deslocar alguma das plicações, mudam todas - o automatismo está muito mal conseguido, demorei mais de uma hora até ter conseguido acertar com aquela porcaria do jeito que eu queria... -.-

- dificuldades na navegação no Menu Start com rato: o scroll do rato devia estar habilitado para a navegação lateral tal como funciona, p.e., na Meteorologia.

Espero que a Microsoft se lembre de colmatar estas falhas gravíssimas do seu novo OS, e não faça apenas uma mudança do nome do OS na hora do lançamento final de "coiso Preview" para "Basic"/"Pro" ou whatever.

Thoga tu tens a opção de formatar nas Opções Avançadas aquando tiveres a instalar o S.O isto é o Windows 8 .... hahah também tive que andar a fuçar isso proq nao queria vestigios do Windows 7 no meu pc ....

E o Impossível foi criado por pessoas fracas pra acabar com o sonho das pessoas fortes. Não deixes que acabem com o teu. Sonha , luta , ambiciona e realiza. Se amas , se gostas tu vais conseguir. Cala todas as pessoas que um dia duvidaram de ti e prova que foste mais forte de qualquer outro.

Link to comment
Share on other sites

Qual costumas usar KTachyon ? qual o s.o que preferes ?

Mac OS X, quase de certeza... estou certo, @KTachyon?

Thoga tu tens a opção de formatar nas Opções Avançadas aquando tiveres a instalar o S.O isto é o Windows 8 .... hahah também tive que andar a fuçar isso proq nao queria vestigios do Windows 7 no meu pc ....

Pois, e lá vai um gajo adivinhar isso sem estar tudo devidamente explicado? Tanta beleza e simplicidade na instalação para depois dar barraca nas coisas sérias xD

É melhor que coloquem a opção de formatação completa no "menu principal" de instalação! É obrigatório aparecer lá, a meu ver, na instalação de qualquer OS!

Knowledge is free!

Link to comment
Share on other sites

@thoga31 : o windows sempre tentou levar o utilizador pela mãozinha, porque haveria de trocar a metodologia agora ??

Got your point, não vou debater essa questão. São gostos e ideais diferentes.

O objectivo deste tópico não é esse.

Knowledge is free!

Link to comment
Share on other sites

- falta do velhinho "X" nas aplicações Metro - a cada aplicação que abro, lá fica ela aberta, e para fechar é o cabo dos trabalhos...

Penso que o objectivo é mesmo deixar de fechar aplicações, tal como acontece nos sistemas operativos dos dispositivos móveis. Tendo em conta que o objectivo é tornar a plataforma comum, já podes perceber o porquê por detrás desta decisão.

Qual costumas usar KTachyon ? qual o s.o que preferes ?

Mac OS X, quase de certeza... estou certo, @KTachyon?

Exacto.

“There are two ways of constructing a software design: One way is to make it so simple that there are obviously no deficiencies, and the other way is to make it so complicated that there are no obvious deficiencies. The first method is far more difficult.”

-- Tony Hoare

Link to comment
Share on other sites

as aplicações móveis em vez de fechar ficam em "background", e serão fechadas se o sistema operativo assim o entender

imagina esta situação:

estás a jogar angry birds (eu detesto mas prontos, muita gente joga isso), e de repente alguém está a tentar ligar-te. a tua aplicação vai para "background" à espera de ser novamente pedida. no entanto, se o dispositivo achar que necessita de mais recursos, pode simplesmente fechar a tua aplicação se assim o entender, deixando o trabalho de recuperação de estado para a aplicação.

no final : é um cabo dos trabalhos para o programador

IRC : sim, é algo que ainda existe >> #p@p
Link to comment
Share on other sites

Ah, pois, isso assim faz sentido. O trabalho de recuperação não deverá ser muito complexo, mas claro, depende da aplicação...

Mas ainda assim, a aplicação deverá ter um local para ser encerrada por opção do utilizador, não?

Edited by thoga31

Knowledge is free!

Link to comment
Share on other sites

Pois, as aplicações Metro do Windows 8 não têm nenhuma opção nos seus menus... enfim, ainda assim, considero um epic fail. Mesmo num dispositivo móvel, se eu quiser terminar a aplicação onde estou no momento não o posso fazer sem ser por aquele caminho estapafúrdio que referi há pouco.

Knowledge is free!

Link to comment
Share on other sites

Repara que nem em Android, nem em iOS é recomendado que tenhas implementada uma forma de sair da aplicação. De facto, no iOS, ter um sistema para sair da aplicação é meio caminho para não conseguires aprovação para que a aplicação entre na App Store.

As aplicações servem para estar em background, se bem que não estão exactamente em execução (até porque, nos sistemas operativos comuns, ter processos em background significa que estão a consumir recursos, logo, bateria). Quando se pretende ter algum tipo de processamento em background, a ideia é utilizares um dos processos existentes e não realizares o processamento na própria aplicação. Logo, o objectivo é que as aplicações só estejam a ser executadas quando o utilizador está efectivamente a utilizar e não a funcionar em background.

Isto implica que os programadores tenham que implementar toda a reacção da aplicação quando o utilizador sai e volta a entrar da aplicação, independentemente de se esta ainda vai ter os recursos acessíveis de uma execução anterior ou se já foi "fechada" pelo sistema.

Existem depois considerações que são diferentes consoante o sistema. Por exemplo, o Android faz uma gestão mais automática das actividades de uma aplicação enquanto que o iOS permite que o programador faça uma gestão mais directa daquilo que o sistema deve manter em memória e o que é que pode eliminar caso necessite de memória. Mas isso são coisas à parte.

No fundo, o Windows 8 é suposto funcionar da mesma forma. As aplicações ficam em memória enquanto o utilizador as está a utilizar, e caso seja necessário libertar memória, as aplicações que se encontram em "background" (que não estão efectivamente a ser executadas) são libertadas de memória pelo sistema. De facto o iOS apresenta na lista de aplicações do gestor, todas as aplicações que foram abertas, mesmo aquelas que já foram "desligadas" pelo sistema.

“There are two ways of constructing a software design: One way is to make it so simple that there are obviously no deficiencies, and the other way is to make it so complicated that there are no obvious deficiencies. The first method is far more difficult.”

-- Tony Hoare

Link to comment
Share on other sites

Achei completamente um absurdo a falta do botão formatar no menu principal sendo uma total aberraçao a instalaçao do mesmo quanto a bateria penso que o consumo está o mesmo que o do Windows 7 .... Em relação a compatibilidades ... Fiquei meio chocado que a Framework XNA dá alguns erros ... Chocado ainda até agora ... como é possivel ... Microsoft nem os teus produtos te aprovam xD

E o Impossível foi criado por pessoas fracas pra acabar com o sonho das pessoas fortes. Não deixes que acabem com o teu. Sonha , luta , ambiciona e realiza. Se amas , se gostas tu vais conseguir. Cala todas as pessoas que um dia duvidaram de ti e prova que foste mais forte de qualquer outro.

Link to comment
Share on other sites

Relativamente à falta do botão, ya, é daquelas coisas que vai confundir muita gente durante algum tempo.

Relativamente à bateria, se está ao nível do Windows 7 é porque ainda não está muito bem. O Windows 7 perde descaradamente nos testes de bateria contra o Mac OS X.

“There are two ways of constructing a software design: One way is to make it so simple that there are obviously no deficiencies, and the other way is to make it so complicated that there are no obvious deficiencies. The first method is far more difficult.”

-- Tony Hoare

Link to comment
Share on other sites

Relativamente à bateria, se está ao nível do Windows 7 é porque ainda não está muito bem. O Windows 7 perde descaradamente nos testes de bateria contra o Mac OS X.

Os testes foram feitos utilizando exactamente a mesma máquina? Onde está um link com esses resultados? Não me importava de os espreitar.

Knowledge is free!

Link to comment
Share on other sites

A Anandtech está em baixo. Eles é que têm uma meia dúzia de testes feitos em alturas diferentes onde o Mac OS X bate o Windows em gestão de bateria sem qualquer problema.

Para além disso, lembro-me de ver umas notícias sobre um pessoal que decidiu transformar os seus netbooks com Windows em "Hackintoshes" e ganharam 33% de bateria, por isso penso que não é, de todo, surpreendente.

“There are two ways of constructing a software design: One way is to make it so simple that there are obviously no deficiencies, and the other way is to make it so complicated that there are no obvious deficiencies. The first method is far more difficult.”

-- Tony Hoare

Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.