Jump to content

Java no Terminal LINUX


Ribamar

Recommended Posts

Broas amigos. Já h'algum tempo que ando desaparecido. Ta tudo fixe com vcs?

Instalei recentemente o Linux Ubuntu, estou a curtir bue, ja instalei o Eclipse 3.1 (vou actualizar pa 3.2 ainda hoje), instalei o Java 1.5.0.6, programo na boa e corro na boa files java no Eclipse. Mas no terminal ao tentar correr uma aplicação java acontece por exemplo o seguinte:

root@gouveia-laptop:/home/gouveia/Documents/Trab1# javac subsequencia/Seq.java
root@gouveia-laptop:/home/gouveia/Documents/Trab1# java subsequencia.Seq
Exception in thread "main" java.lang.ClassNotFoundException: java.util.Scanner not found in gnu.gcj.runtime.SystemClassLoader{urls=[file:./], parent=gnu.gcj.runtime.ExtensionClassLoader{urls=[], parent=null}}
   at java.net.URLClassLoader.findClass(libgcj.so.7)
   at java.lang.ClassLoader.loadClass(libgcj.so.7)
   at java.lang.ClassLoader.loadClass(libgcj.so.7)
   at subsequencia.Seq.main(Seq.java:8)
root@gouveia-laptop:/home/gouveia/Documents/Trab1#

Desconfio de o terminal estar a ir buscar o java 1.4, porque eu no eclipse também tive de definir "à mão" para este usar o jre 1.5 depois de ter instalado este. Agora, como vou fazer isso po terminal?

CUmps 👍

Link to comment
Share on other sites

Bem visto, da isto:

java version "1.4.2"
gij (GNU libgcj) version 4.1.0 (Ubuntu 4.1.0-1ubuntu8)

Copyright (C) 2006 Free Software Foundation, Inc.
This is free software; see the source for copying conditions.  There is NO
warranty; not even for MERCHANTABILITY or FITNESS FOR A PARTICULAR PURPOSE.

Mas eu tenho o 1.5.0.6 instalado, como faço com que o terminal va buscar esse?

Link to comment
Share on other sites

Eu vou à minha pasta

/usr/lib/jvm/java-1.5.0-sun-1.5.0.06/bin/

e copio o javac, mas na pasta

/usr/bin

não é permitido colar, a opção colar não está disponível

Anyway, nesta pasta está um atalho javac para o javac 1.5, por isso era suposto estar tudo ok...

Mais... fui ao Synaptic Package Manager e não tenho o 1.4 instalado, pelo menos os packages... so do 1.5.... esquisito, não sei o que fazer...

HELP PLEASE

Link to comment
Share on other sites

Já fizeste m*rda 👍

Acredito que o magician tentou  ajudar mas não o fez da melhor maneira.

Parece que não conheces o www.ubuntuguide.org se não não tinhas tido esse problema.

Ora bem... o java que vem no ubuntu é uma versão alternativa e open source, por isso é que diz "gij", é o nome dele.

No fim de instalares o java a única coisa que tens de fazer é configurar o sistema para usar o novo java e para isso basta escreveres: sudo update-alternatives --config java

depois aparece uma lista e escolhes a opção correcta do java que estás a usar.

Já agora o eclipse não funciona bem com o gij tens mesmo de mudar para a máquina virtual da sun.

Peace.

Link to comment
Share on other sites

Já fizeste m*rda 👍

Acredito que o magician tentou  ajudar mas não o fez da melhor maneira.

Parece que não conheces o www.ubuntuguide.org se não não tinhas tido esse problema.

Ora bem... o java que vem no ubuntu é uma versão alternativa e open source, por isso é que diz "gij", é o nome dele.

No fim de instalares o java a única coisa que tens de fazer é configurar o sistema para usar o novo java e para isso basta escreveres: sudo update-alternatives --config java

depois aparece uma lista e escolhes a opção correcta do java que estás a usar.

Já agora o eclipse não funciona bem com o gij tens mesmo de mudar para a máquina virtual da sun.

Peace.

Descolhecia essa treta é por essas e por outras que nao uso Ubuntu :S

I haven’t lost my mind; it’s backed up on DVD somewhere!

Link to comment
Share on other sites

Descolhecia essa treta é por essas e por outras que nao uso Ubuntu :S

Por acaso até é uma vantagens, de uma forma simples podes configurar diferentes versões de ferramentas e aplicações.

Podes ter várias versões de java, de python, gcc, etc e configurar tudo em alguns segundos.

Mas usar ubuntu sem conhecer o ubuntuguide é um crime 👍

magician desculpa ter respondido daquela forma, agora que reli reparo que não foi a melhor, sei que tentaste ajudar o melhor que podias.

Na generalidade o eclipse funciona bem com o gij mas já encontrei algumas opções, tipo updates e algumas configurações, que misteriosamente sumiam, não sei se acontece o mesmo com a nova versão, o 3.2 mas mesmo assim é melhor usar a máquina da sun, e entretanto pode ser que passe a GPL.

Link to comment
Share on other sites

Sim ter várias versões de um programa e fazer o sistema usar o que pretendes sem teres de fazer grandes configurações.

Por exemplo, neste momento tenho no meu Kubuntu o java da sun e o gij, para alternar entre um e outro basta configurar as alternativas. Basicamente o programa apenas gere os links simbólicos que permitem executar os programas. Já me deu jeito algumas vezes...

Link to comment
Share on other sites

Já fizeste m*rda 👍

Acredito que o magician tentou  ajudar mas não o fez da melhor maneira.

Parece que não conheces o www.ubuntuguide.org se não não tinhas tido esse problema.

Ora bem... o java que vem no ubuntu é uma versão alternativa e open source, por isso é que diz "gij", é o nome dele.

No fim de instalares o java a única coisa que tens de fazer é configurar o sistema para usar o novo java e para isso basta escreveres: sudo update-alternatives --config java

depois aparece uma lista e escolhes a opção correcta do java que estás a usar.

Já agora o eclipse não funciona bem com o gij tens mesmo de mudar para a máquina virtual da sun.

Peace.

És o maior.

Pa, aindo só uso Ubuntu há 4 ou 5 dias, dá-me tempo 😄

Cumps

PS.: Ubuntu rula

Link to comment
Share on other sites

Pá eu pessoalmente axo um desperdicio de recursos, se tem 1 versão a funcionar a 100% por que ter 2

Imagina que tens um programa que tem de ser compilado com o gcc3 mas tu até já tens o gcc4 o que é que fazes? removes o 4 e instalas o 3 só para compilar o programa e depois voltas a remover o 3 para colocar o 4?

ok, muito offtopic mas é apenas um exemplo 👍

Link to comment
Share on other sites

  • 4 weeks later...

Nunca se vem tarde 😛

Neste caso, Ubuntu, não é nem mais rápido nem mais simples. Tendo em conta que no caso do Edgy, o mais recente ubuntu, existem algumas 3 máquinas virtuais um simples export não resolve o problema. Ficas com muita coisa a usar máquinas diferentes 🙂

Só para lembrar que o sistema do Ubuntu Edgy mudou um pouco, não deixem de visitar o ubuntuguide para saberem como colocar o vosso sistema a funcionar.

Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.