Jump to content

de onde nasceu o "BUG"


Cypher

Recommended Posts

Para quem não sabe o bug teve origem na  criação de uma linguagem de programação chamada cobol e onde existia uns super computadores um pequeno insecto entrou dentro do super computador e estoricou num fossivel... Conclusão o super computador não podia processar por falta de um pequeno fussivel 🙂 dai o termo BUG

Já dizia o meu prof "O Cobol é a unica linguagem que trata as Base de dados por TU""

Mas não percebo por que é que não se fala neste forum de Cobol ?!?!? ?

Linguagem COBOL está Ultrapassada?

Essa idéia faz parte de uma  mitologia com  mais de 40 anos. 

O que pode estar ultrapassado é o seu conhecimento em COBOL. ???pense nisto ???

porque Cobol ???

http://www.cobolware.com.br/porquecobol.html

Link to comment
Share on other sites

Para quem não sabe o bug teve origem numa linguagem de programação chamada cobol e onde existia uns super computadores um pequeno insecto entrou dentro do super computador e estoricou num fossivel... Conclusão o super computador não podia processar por falta de um pequeno fussivel 👍 dai o termo BUG

Essa origem dessa palavra é um mito. Há muita informação por essa internet fora a dizer que é inventado.

Já o COBOL, tive o desprazer de ter isso no 11º ano e foi a razão de eu não ter 20 na prova global de TLP. COBOL é feio, chato de programar e (tanto quanto sei) muito fraquinho quando comparado com a maioria das linguagens em uso.

Pessoalmente, vou manter-me muito longe.

Desaparecido.

Link to comment
Share on other sites

tou vos a dar um conselho é obvio que existem grandes lingugem agora DELPHI por exemplo que tratam muito bem as BD mas nunca como o cobol!!

Tas a dar o teu exemplo tiveste no 11 que aposto nem 1 ano tiveste (tiveste metade c e outra metade cobol)  como é que comentas ou melhor criticas se nem a  lingugem conheces!! !!!e queres te manter afastado GO ON quem precisa de adeptos como tu !! ( e de que era feito o amarelo )   Agora se não tivestes capacidades para o 20 n culpes a linguagem !!!! (tal igual como no futebol OH a Culpa foi do arbito)...

Queres um conselho ... Ganha ATITUDE

Link to comment
Share on other sites

lol. Não sei porque te estás a picar. Não te ataquei a ti nem a ninguém. Apenas dei a minha opinião sobre o assunto em discussão.

Não, não tive o ano inteiro e dou graças por isso. O pouco que conheci chega para não querer conhecer mais. Não sou adepto nem deixo de ser, simplesmente não gosto. Não preciso que me digas do que posso ser adepto ou não. E muito menos que critiques as minhas capacidades, das quais tens zero conhecimento. O que é um pouco abaixo do conhecimento que tenho de COBOL.

Finalmente, não quero concelho nenhum, para isso concorria a presidente da Câmara. E antes de criticares a atitude dos outros, modera a tua. É um conselho.

Desaparecido.

Link to comment
Share on other sites

ya já mudei lol

Isso é um mito. Há muita informação por essa internet fora a dizer que é inventado.
ISto é uma opinião ??? Eu acho que é uma afirmação !!!

Primeiro tens que filtrar a informação que tiras da NEt! ou n te ensinaram isso ?? Ham só para te dizer de curiosidade A maior base de dados do mundo foi feita em cobol e de certeza que não tinha 2 tabelas ?... agora cada um tire as suas opinioes!!

Link to comment
Share on other sites

Claro que é a minha opinião acerca do COBOL 😉 Mas não a parte do ser inventado, que nada tinha a ver com a linguagem COBOL, mas (mais uma vez) com a origem da palavra bug.

Quando utilizei COBOL não toquei em bases de dados, não sei a sua eficiência nesse campo. Simplesmente achei a linguagem demasiado rígida para fazer o que era pedido nos problemas que punham. Se gostas e se adapta à tua maneira de programar, óptimo para ti. Para mim até podia não existir que não dava pela sua falta... :😛

Mas continuo a achar que foste um bocado bruto na maneira de atacar o problema.

Desaparecido.

Link to comment
Share on other sites

Provavelmente não. Nem nunca tinha ouvido tal associação. Francamente já nem me lembro da estrutura da linguagem, mas lembro-me que era excessivamente rígida, do tipo ter que começar a escrever numa determinada coluna ou então já não compilava...

Tenho algures para ali o manual da linguagem... mas não o vou procurar :😉

Agora que penso nisso... Acho que consigo encontrar algumas semelhanças sintácticas com SQL.

PS: editei o meu 1º post para não restarem dúvidas...

Desaparecido.

Link to comment
Share on other sites

ya tem que começar a partir da linha 7 porqe as outras versões anteriores as 7 colunas era para tu preencheres

000001

000002

000003

mas na versão que tu utilizas-te ja nao era necessário... Agora percebo a tua opinião  ? para muitos utilizadores e até para mim as -> poucas vezes <- é mais importante a interface com o utilizador do que a ferramenta em si..

COBOL (COmmon Business Oriented Language), é uma linguagem extraordinariamente portatil, alias o cobol é a unica linguagem de alto nivel e não de baixo como já dizeram membros aqui, que é verdadeiramente portatil, o que faz que programas que possam facilmente ser partilhados entre sistemas por mais diversos que eles sejam entre si!

E só serve unicamente para o negocio... Ou seja para tratamentos de base de dados!

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Bom dia minha gente,

É a primeira vez que escrevo neste forum e tenho visto algumas coisas que gostei

Mas posto aqui hoje para corrigir algumas informações sobre este tópico

1. O cobol não esta morto

2. O cobol é uma linguagem de alto nivel

3. O cobol não é muito usado porque é utilizado para mainframes principalmente

4. Esta linguagem não é basica até pelo contrario é bastante extruturada e esta implementado por exemplo na mainframe do BES, CGD e o Galileo o maior sistema de gestão de tickets de avião desenvolvido pela IBM e operacional e totalmente actualizado hoje em dia

Link to comment
Share on other sites

este thread está a espalhar uns tantos rumores:

o tal BUG nc pode ter sido em cobol visto q o cobol surgiu em 1959!

Citando o tal link:

"One of the more popular stories is that U.S. Navy Admiral Grace Murray Hopper was working on the Mark I computer at Harvard in 1945 when she fixed the computer by removing a dead moth from one of its circuits."

ou seja 14 anos antes da invenção do COBOL já este termo era usado na informatica.

😉

já agora, para atirar umas "achas para a fogueira": O COBOL tá longe de se uma linguagem morta pq muitas empresas grandes têm milhares de linhas de codigo em COBOL q não querem mandar fora ou convertar para outra linguagem mais actual por diversas questões, a maior parte delas relacionadas com $$$$

de facto continua a haver necessidade de programadores em COBOL devido a essa situação, mas é mt raro novos projectos serem criados em COBOL pq é considerada uma linguagem bastante desactualizada e com diversas limitações.

Reparem q quando o COBOL apareceu ainda nem existiam Bases de Dados Relacionais ou mesmo SQL...

... é claro q as versões mais mais recentes desta linguagem foram avançando, mas não deixam de ser extensões sobre algo já bastante desctualizado...

cumps

joão

Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.