Jump to content

Nao funcionam estes códigos


saidatom
 Share

Recommended Posts

body{
    font: normal normal 10px/10px Tahoma, Arial, Helvetica, Verdana, sans-serif;
background-color: #fff; 
background-image: 
  linear-gradient(0 deg, transparent 79px, #abced4 79px, #abced4 81px, transparent 81px),
  linear-gradient(#eee .05em, transparent .05em);
background-size: 100% 1.2em; }

<!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Transitional//EN" "http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-transitional.dtd">
<html xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml">
<head>
<meta http-equiv="Content-Type" content="text/html; charset=UTF-8" />
<title>Untitled Document</title>

<link href="css/style.css" rel="stylesheet" type="text/css" />
</head>

<body>

Logo

</body>
</html>
Link to comment
Share on other sites

Gonka, por favor pára de dar soluções ao calhas...  ?

saidatom, os exemplos da Lea Verou usam sempre a especificação final do CSS3. No entanto, o suporte dos browsers varia muito, e muitos deles ainda usam as versões com prefixo: -moz no caso do Firefox, -o no caso do Opera ou -webkit no caso do Chrome e do Safari. Neste último caso, e em particular quanto aos gradientes, é ainda mais grave, porque, até há pouco tempo, a sintaxe era diferente dos restantes.

Se queres usar estes exemplos num ambiente de produção, tens que ter as várias versões com prefixo, além da versão final. No teu caso em concreto,tens de usar o prefixo -webkit.

"Para desenhar um website, não tenho que saber distinguir server-side de client-side" - um membro do fórum que se auto-intitula webdesigner. Temo pelo futuro da web.

Link to comment
Share on other sites

My bad. Já li agora um pouco sobre os vendor prefixes e acrescento o -o e -ms, para Opera e Internet Explorer, respectivamente  🙂

Mas não leste que chegue, pelos vistos...  😉 No caso dos gradientes, o suporte do IE (com o prefixo -ms) só na versão 10, que ainda não saiu. Até lá, só usando filtros nativos, e apenas para gradientes lineares. Além disso, o uso de filtros é violento na performance (são chamados e aplicados a cada redraw da janela, que acontece com um mero scroll).

continuo a não perceber porquê não existem expressões standards para todos os browers no CSS...

Porque a maioria destas coisas existe nos browsers antes de existirem na especificação W3C. Existem uma porrada de coisas, sobretudo nos browsers Webkit (Chrome, Safari) que não estão, e algumas nunca vão estar, na especificação CSS. É o caso de, por exemplo, máscaras de imagem ou box reflection. Querem inventar, óptimo. Simplesmente prefixem essas coisas para não baralhar. É uma coisa boa.

"Para desenhar um website, não tenho que saber distinguir server-side de client-side" - um membro do fórum que se auto-intitula webdesigner. Temo pelo futuro da web.

Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.