Jump to content

Que linguagem após Pascal?


.Tigas.
 Share

Recommended Posts

Claro, vou tentar melhorar sempre. O que eu estou a aprender neste curso vai-me ser útil para o meu curso na Universidade. Claro que não vou esquecer o Pascal e claro que vou guardar estes códigos (aliás, já estão guardados). Obrigado. 🙂

Link to comment
Share on other sites

Fiz edit mas parece que postaste antes de eu o terminar portanto:

EDIT: Delphi não está nos meus planos. O que estou a aprender e que quero aprender é:

Scripting:

Javascript

CSS

HTML e variantes

PHP

Linguagens base:

C++ - pelo que vi, para quem não sabe C mais vale começar com C++ porque vai englobar tudo. C é útil para quem começou aí e consegue uma melhor transição para o C++.

Java

Pascal

VB

Link to comment
Share on other sites

C++ antes de C? O que queres dizer com "engloba tudo"? A sintaxe de C++ é um pesadelo, acho eu, e para quem sabe Pascal mais vale seguir para C, é uma mudança muito mais natural. 🙂

Matém o Pascal vivo na tua mente, ele não é fraco como muitos dizem sem terem base de prova. Pelo contrário, é poderosíssima.

E não vamos alongar muito a conversa das próximas LPs na lista de aprendizagem 🙂

Knowledge is free!

Link to comment
Share on other sites

hhehe

Como diz o Thoga, o C++ é mais parecido com um pesadelo, mas sim, é uma linguagem muito poderosa... 🙂

Java, pessoalmente não posso dizer que seja fã, mas o que é certo é que hoje em dia é das que apresentam mais saidas profissionais.

As que indicaste na categoria scripting ser-te-ão úteis caso pretendas fazer páginas web.

VB é naquela... Melhorou muito desde o meu último "embate" com ele, mas mesmo assim (ou talvez por isso) não me atrai. Apesar disso há empresas a fazer software profissional em VB...  ?

Do Pascal, é provavelmente a linguagem mais substimada. Entre Pascal e Delphi (sabendo programar num, sabe-se programar no outro, já que a sintaxe é quase igual. O Delphi tem é mais funções) não há impossíveis a nível de programação para desktop. Nomeadamente o Delphi é uma das linguagens mais poderosas da actualidade, com a facilidade de aprendizagem característica do Pascal. Juntando isto à capacidade de comunicação com bases de dados que o Delphi apresenta de forma nativa, tornam-na numa excelente linguagem para criar software comercial.

Tens uma lista extensa...Não descures a primeira linguagem, pois será provavelmente o teu apoio para quando estiveres a aprender outras, e provavelmente em muitas ocasiões, quando programares para ti e não para um professor, chegarás à conclusão que afinal não precisas de mais nenhuma.

"A humanidade está a perder os seus génios... Aristóteles morreu, Newton já lá está, Einstein finou-se, e eu hoje não me estou a sentir bem!"

> Não esclareço dúvidas por PM: Indica a tua dúvida no quadro correcto do forum.

Link to comment
Share on other sites

Tigas,

Acho muito bem quereres aprender HTML, CSS e Javascript (sugiro-te esta ordem de aprendizagem, de facto). Javascript convém que aprendas por fontes boas, para aprenderes as coisas boas que tem (closures, funções de ordem superior, etc, etc).

Sugiro, já agora, se fores uma pessoa curiosa que não se importe de gastar tempo numa linguagem com menos aplicação prática, mas conceptualmente incrível... experimenta Scheme e/ou Haskell.

C e C++ são também coisas que nunca faz mal saber, e de facto são bastante mais diferentes do que os seus nomes parecem fazer parecer.

Sim, a sintaxe destas linguagens é uma chatice, mas C é a lingua franca da computação... e sabendo a sintaxe desta, facilmente dominas a sintaxe de imensas linguagens cuja sintaxe daí deriva.

Quanto a Java, é sempre porreiro dominar um pouco disso, especialmente pela plataforma poderosíssima que traz consigo (e que está em todo o lado) e o facto de ser cross-platform (e compile once!).

Não me pronuncio relativamente ao VB por não ter tido contacto com essa linguagem.

PS.: Thoga31, se achares adequado, faz split do tópico; mas tinha que me pronunciar 🙂

Link to comment
Share on other sites

C++ antes de C? O que queres dizer com "engloba tudo"? A sintaxe de C++ é um pesadelo, acho eu, e para quem sabe Pascal mais vale seguir para C, é uma mudança muito mais natural. 🙂

Matém o Pascal vivo na tua mente, ele não é fraco como muitos dizem sem terem base de prova. Pelo contrário, é poderosíssima.

E não vamos alongar muito a conversa das próximas LPs na lista de aprendizagem 🙂

Pelo que eu pesquisei C é uma linguagem base que se deve aprender. No entanto, para quem ainda não começou a estudá-la mais vale começar por C++ e ignorar C porque a primeira (C++) "prepara" melhor. Simplesmente, quem sabe C tem uma melhor transição para C++. Isto foi o que eu li num website.

Tigas,

Acho muito bem quereres aprender HTML, CSS e Javascript (sugiro-te esta ordem de aprendizagem, de facto). Javascript convém que aprendas por fontes boas, para aprenderes as coisas boas que tem (closures, funções de ordem superior, etc, etc).

Eu comecei HTML e CSS o ano passado em TIC e SI (Sistemas de Informação). Agora estou a estudar a integração do Javascript em páginas HTML também em SI. PHP penso que vou estudar para o ano em SI mas se não acontecer, estudo por mim próprio.

Obrigado a todos pelos conselhos e opiniões. 🙂

Link to comment
Share on other sites

PS.: Thoga31, se achares adequado, faz split do tópico; mas tinha que me pronunciar 🙂

A conversa até é muitíssimo boa. Por isso, aqui fica. Tópico dividido. 🙂


Pelo que eu pesquisei C é uma linguagem base que se deve aprender. No entanto, para quem ainda não começou a estudá-la mais vale começar por C++ e ignorar C porque a primeira (C++) "prepara" melhor. Simplesmente, quem sabe C tem uma melhor transição para C++. Isto foi o que eu li num website.

"Um" website é demonstrativo. 😁

Eu também li "num" website que Pascal é velho e não serve para nada, e, no entanto, faço maravilhas com ele. Velhos são os trapos das avós 🙂

De C para C++ ainda vá lá que não vá, mas C++ preparar para C?  ?, a mim prepara-me o Ben-U-Ron que a sintaxe faz-me nós na cabeça, e C, conhecendo Pascal, até se torna agradável a certo ponto. 🙂

Mas isto também é só a minha opinião.

Ah, e não te pegues demasiado ao Visual Basic. 🙂

Cumps

Knowledge is free!

Link to comment
Share on other sites

A meu ver, a linguagem aconselhada será C#, que ainda é de mais alto nível que C++ (evolução :-)) e muito usada actualmente no mercado empresarial... Depois Visual C# (se não fores anti-Microsoft) e por fim, se gostares, parte para ASPX c/ C# em Code Bihind (tanto para intranets como internet)... Não vais querer outra coisa ;-)

🙂

Link to comment
Share on other sites

Uma vez que existe imenso software robusto (e open-source) escrito em C, esta acaba por ser uma linguagem "obrigatória", pois permeia tudo o que é software.

C++ é completamente diferente de C, e um dos piores erros que se pode cometer é tentar aprender C++ como sendo um ligeiro upgrade de C. Esse é o motivo pelo qual as pessoas que não sabem C e querem aprender C++ devem começar directamente por C++ e não por C.

Aprender C incute determinados hábitos aos programadores que não são tão correctos em C++ e acima de tudo, pode até limitar as suas capacidades por ficarem "formatados" para o modo de programar em C (e acabam por não utilizar tudo o que C++) tem para oferecer.

Por outro lado, C++ é uma linguagem monstruosamente grande, complexa, feia e poderosa.

Por esse motivo, sugiro que aprendas as duas, mas separadamente, como se nada tivessem a ver uma com a outra além da sintaxe.

Quanto ao Javascript, é uma linguagem bastante negligenciada, mas tem um potencial enorme (e algumas falhas enormes também, mas são evitáveis, se conhecidas).

Arranja um browser decente (Opera, Firefox + Firebug, Google Chrome) e começa a utilizar a consola de desenvolvimento neles presente.

Quando estiveres a fazer páginas HTML com Javascript, não te esqueças de não colocar directamente o código javascript no html; utiliza o DOM para essas coisas.

E aprende a utilizar aquelas coisas mais avançadas de javascript (closures, etc)

Link to comment
Share on other sites

A conversa até é muitíssimo boa. Por isso, aqui fica. Tópico dividido. 🙂


De C para C++ ainda vá lá que não vá, mas C++ preparar para C? 

Eu não disse/li isso. Eu li que C prepara para C++ e quem não aprendeu nenhuma das duas mais vale começar por C++.

Mas já vi que não é bem assim. Sendo assim, se devo aprender as duas (como me foi sugerido) então devo começar por qual, na vossa opinião?

Link to comment
Share on other sites

Mas já vi que não é bem assim. Sendo assim, se devo aprender as duas (como me foi sugerido) então devo começar por qual, na vossa opinião?

É bem assim, é. Se souberes C não vais estranhar a sintaxe de C++, e conhecerás já um subconjunto de C++. O problema é que alguns programadores nunca "crescem" além do C e depois utilizam C++ como se fosse C (sem usar as funcionalidades avançadas de C++).

Quem quer saber C++ e não sabe C não ganha nada em aprender C primeiro (perde tempo).

O motivo pelo qual referi que é bom saberes ambas deve-se ao facto de haver muito software escrito em ambas as linguagens, apenas isso. Quantas mais linguagens souberes, mais fácil será aprenderes novos conceitos pois conseguirás examinar programas de outros mais facilmente.

Quanto a qual linguagem escolher... eu diria C pela sua simplicidade... Mas penso que te vou aconselhar C++ por ser mais confortável para quem vem do Pascal (strings decentes, etc).

Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.