Ir para o conteúdo
  • Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #60 da revista programar. Faz já o download aqui!

AngusYoung

MySql, dúvida / Teclado

Mensagens Recomendadas

AngusYoung

Estou a ponderar uma coisa.

Ainda sou novato, parei de estudar por um pouco nesta altura de férias, mas há uma pergunta que me está sempre a invadir a cabeça:

 

MySql : O que é? Algum tipo de linguagem de programação? Algum package com metodós usado no java? (Eu disse mysql porque é o que vejo mais no fórum, mas deve haver mais coisas do género). É uma pergunta díficil de fazer, espero que tenham percebido  :)

  E:

É importante para os programadores usarem todos os dedos para escrever no teclado, escrevendo "corretamente" ou nem por isso? É que eu escrevo com os indicadores e tenho preguiça para me habituar/aprender a usar todos os dedos.

  Obrigado desde já,

    Angus


Isto porque, saber a composicão do granito, os estágios da evolucão psicológica humana ou as deambulacões do Sartre não indicam puto sobre as competências de alguém num determinado campo específico e muito menos sobre o que as pessoas gostam de fazer ou a sua capacidade de aprendizagem. - bubulindo, 15 de Fevereiro de 2013 - 02:01

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
Cm Santos

Estou a ponderar uma coisa.

Ainda sou novato, parei de estudar por um pouco nesta altura de férias, mas há uma pergunta que me está sempre a invadir a cabeça:

 

MySql : O que é? Algum tipo de linguagem de programação? Algum package com metodós usado no java? (Eu disse mysql porque é o que vejo mais no fórum, mas deve haver mais coisas do género). É uma pergunta díficil de fazer, espero que tenham percebido  :)

  E:

É importante para os programadores usarem todos os dedos para escrever no teclado, escrevendo "corretamente" ou nem por isso? É que eu escrevo com os indicadores e tenho preguiça para me habituar/aprender a usar todos os dedos.

  Obrigado desde já,

    Angus

Olá.

O MySql é uma coisa tão documentada na Internet que me custa crer que fizeste uma mínima pesquisa antes de fazer este post.

Até te podia responder, mas acho que deves desenvolver a capacidade de  auto aprendizagem que é fundamental neste ramo. Caso não entendas mesmo vens pedir ajuda.

Cumprimentos.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
AngusYoung

Depois de uma rápida pesquisa, a minha pergunta tornou-se para:

- O que são bancos de dados? Para que servem?

- De que maneira o java acessa bancos de dados?

Obrigado desde já,

    Angus


Isto porque, saber a composicão do granito, os estágios da evolucão psicológica humana ou as deambulacões do Sartre não indicam puto sobre as competências de alguém num determinado campo específico e muito menos sobre o que as pessoas gostam de fazer ou a sua capacidade de aprendizagem. - bubulindo, 15 de Fevereiro de 2013 - 02:01

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
Baderous

Essas perguntas são respondidas, não com "rápidas pesquisas", mas com leituras atentas de montes de informação que existe na net. Terás de gastar tempo a ler.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
AngusYoung

Já estive a ler, mas ajudava muito que pudessem explicar os conceitos básicos para que "haja luz" e consiga perceber o que pretendo ler sobre o assunto.  :)


Isto porque, saber a composicão do granito, os estágios da evolucão psicológica humana ou as deambulacões do Sartre não indicam puto sobre as competências de alguém num determinado campo específico e muito menos sobre o que as pessoas gostam de fazer ou a sua capacidade de aprendizagem. - bubulindo, 15 de Fevereiro de 2013 - 02:01

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
Baderous

Uma base de dados relacional é um conjunto de relações (tabelas) que representam entidades do domínio do problema que se está a modelar e que podem estar relacionadas entre si. http://pt.wikipedia.org/wiki/Banco_de_dados_relacional

O Java acede a bases de dados através de conectores, que são pequenos programas que fazem a ligação o programa Java e o SGBD onde se encontra a base de dados.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
AngusYoung

Uma base de dados relacional é um conjunto de relações (tabelas) que representam entidades do domínio do problema que se está a modelar e que podem estar relacionadas entre si.

  Em português por favor?


Isto porque, saber a composicão do granito, os estágios da evolucão psicológica humana ou as deambulacões do Sartre não indicam puto sobre as competências de alguém num determinado campo específico e muito menos sobre o que as pessoas gostam de fazer ou a sua capacidade de aprendizagem. - bubulindo, 15 de Fevereiro de 2013 - 02:01

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
Baderous

O domínio do problema é o seu contexto, o enquadramento. Nesse contexto existem entidades. Por exemplo, num problema de modelação de uma biblioteca (contexto do problema), as entidades são os livros, os seus autores, os seus editores, os temas dos livros, etc.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
AngusYoung

Então uma base de dados é como se fosse um conjunto de classes que podemos usar, não tendo assim de "reinventar a roda"?


Isto porque, saber a composicão do granito, os estágios da evolucão psicológica humana ou as deambulacões do Sartre não indicam puto sobre as competências de alguém num determinado campo específico e muito menos sobre o que as pessoas gostam de fazer ou a sua capacidade de aprendizagem. - bubulindo, 15 de Fevereiro de 2013 - 02:01

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
Baderous

É possível olhar para as tabelas de uma base de dados tal como se olha para as classes de uma aplicação Java, uma vez que ambas podem modelar o domínio do mesmo problema. No entanto, nem sempre isto ocorre de forma tão linear. Quanto ao reinventar a roda, não existem packages de tabelas, a BD é sempre modelada a cada novo problema. A questão da reutilização de um modelo relacional já feito anteriormente depende da capacidade da sua adaptação ao novo problema.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
AngusYoung

Eh pá eu desisto, isso é chinês.  :wallbash:


Isto porque, saber a composicão do granito, os estágios da evolucão psicológica humana ou as deambulacões do Sartre não indicam puto sobre as competências de alguém num determinado campo específico e muito menos sobre o que as pessoas gostam de fazer ou a sua capacidade de aprendizagem. - bubulindo, 15 de Fevereiro de 2013 - 02:01

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
KTachyon

Imagina que tens que organizar um conjunto de pessoas por diferentes secções que têm um contacto diferente. Podias organizar num ficheiro em que cada linha tem:

nome, bi, data de nascimento, secção, contacto da secção

Exemplo:

Ana, 123456789, 13-2-1983, Secção A, 233234765

Manuel, 112883732, 12-8-1967, Secção A, 233234765

Rita, 121301384, 6-4-1977, Secção A, 233234765

Jorge, 112332332, 3-3-1990, Secção B, 234895784

Joaquim, 111202303, 2-2-1988, Secção A, 233234765

...

Se reparares, pessoas que trabalham na mesma secção vão ter o mesmo contacto da secção, logo estás a replicar esse contacto por várias pessoas. Um dia há uma alteração e tens que alterar o contacto de uma secção. Isso significaria que terias que alterar esse contacto em todas as linhas onde a pessoa trabalha nessa secção.

Numa base de dados relacional terias tabelas que iriam separar esse contacto das pessoas, visto que esse contacto está dependente da secção e não das pessoas. E terias uma relação entre a pessoa e a secção de forma a que possas achar o contacto:

Tabela pessoa: nome, bi, data de nascimento, secção

Tabela secção: nome, contacto

Neste esquema, o que está na tabela secção, só existe uma vez por cada secção que existe, com apenas 1 nome e 1 contacto. Por exemplo:

Pessoas:

Ana, 123456789, 13-2-1983, Secção A

Manuel, 112883732, 12-8-1967, Secção A

Rita, 121301384, 6-4-1977, Secção A

Jorge, 112332332, 3-3-1990, Secção B

Joaquim, 111202303, 2-2-1988, Secção A

Secções:

Secção A, 233234765

Secção B, 234895784

Quando alterares o contacto da secção, não tens que o fazer para cada pessoa que está nessa secção, como terias que fazer no caso do ficheiro, porque tens uma relação entre a tabela de pessoas e a tabela de secções que te permite achar esse contacto. Então, neste caso só alteras um registo, que todos os outros ficam automaticamente consistentes.

Para ires buscar o contacto do Manuel só precisas de dizer que queres obter o contacto da secção onde essa secção é a mesma onde a pessoa trabalha e o nome da pessoa é Manuel, que se traduziria numa coisa do género:

SELECT secções.contacto FROM secções, pessoas WHERE pessoas.secção = secções.nome AND pessoa.nome = "Manuel"

Já está mais perceptível? :confused:


“There are two ways of constructing a software design: One way is to make it so simple that there are obviously no deficiencies, and the other way is to make it so complicated that there are no obvious deficiencies. The first method is far more difficult.”

-- Tony Hoare

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
AngusYoung

Já percebi o que são bancos de dados, muito obrigado  :confused:

  Ainda não percebi é o que é MySql. Uma linguagem de programação, ou uma base de dados que contém as tais "tabelas" e que pode ser acessada pelo programa?


Isto porque, saber a composicão do granito, os estágios da evolucão psicológica humana ou as deambulacões do Sartre não indicam puto sobre as competências de alguém num determinado campo específico e muito menos sobre o que as pessoas gostam de fazer ou a sua capacidade de aprendizagem. - bubulindo, 15 de Fevereiro de 2013 - 02:01

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
acao

Nem um nem outro, é um SGBD.

boas

Queria deixar aqui a minha achega :wallbash:

embora a pessoa em causa dê indicios de querer o peixe e não a cana para pescar mas sendo o sr ou sra moderador penso que as resposta (ajudas) deveriam ser mais claras, para quem não percebe nada de programação e eu faço parte desse grupo, palavras  tecnicas (chavões) ficasse a saber o mesmo. embora pese ainda outro moderador ter que intervir. 👎

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
KTachyon

Por acaso está tudo na página da wikipedia mencionada pelo Baderous.

Existe uma outra característica muito boa num programador e/ou futuro programador, que é saber utilizar o Google. Se vocês estão à espera que todos vos traduzam todo o tipo de termos técnicos, não vão muito longe. Existem grandes quantidades de recursos, alguns mais fáceis de entender que outros. Um bocadinho de pesquisa de vez em quando também não faz mal a ninguém.

SGBD é um sistema de gestão de bases de dados.


“There are two ways of constructing a software design: One way is to make it so simple that there are obviously no deficiencies, and the other way is to make it so complicated that there are no obvious deficiencies. The first method is far more difficult.”

-- Tony Hoare

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
joseerodrigues

Existe uma outra característica muito boa num programador e/ou futuro programador, que é saber utilizar o Google.

Nem mais :)

(fiz login só mesmo para para dizer isto...)

Cumprimentos,

José Rodrigues

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!

Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.

Entrar Agora

×

Aviso Sobre Cookies

Ao usar este site você aceita os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Este site usa cookies para disponibilizar funcionalidades personalizadas. Para mais informações visite esta página.