Jump to content
bubulindo

e-books na escola?

Recommended Posts

bubulindo

Antes de mais, desculpem não fornecer fontes mas li isto num jornal impresso e a versão online do mesmo jornal apenas disponibiliza as notícias a quem paga subscricão (pelos vistos há quem pague).

No entanto, o Governo Sul-Coreano tenciona substituir os livros tradicionais por e-books até 2015.

Que acham sobre isto? A notícia não especificava se seria possível usar um tablet como ebook reader, ou teria de ser algo mais específico como um nook ou kindle. Comparando ao Magalhães, qual acham que é a estratégia mais bem pensada?


include <ai se te avio>

Mãe () {

}

Share this post


Link to post
Share on other sites
mjamado
Que acham sobre isto? A notícia não especificava se seria possível usar um tablet como ebook reader, ou teria de ser algo mais específico como um nook ou kindle. Comparando ao Magalhães, qual acham que é a estratégia mais bem pensada?

O Magalhães não é um e-book reader... Acho que a estratégia Magalhães foi melhor esgalhada.


"Para desenhar um website, não tenho que saber distinguir server-side de client-side" - um membro do fórum que se auto-intitula webdesigner. Temo pelo futuro da web.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Localhost

Depende do país em que for implementado. Pegando no exemplo do Magalhães, aqui em Portugal quantos putos é que usavam isso mesmo para estudar, investigar ou saber mais...?


here since 2009

Share this post


Link to post
Share on other sites
softklin

Em termos de comparação Magalhães vs isto, não sei se será uma comparação justa, porque como disse o mjamado, o Magalhães não tem apenas como propósito mostrar e guardar ebooks. A ideia por si parece-me boa. Há uns anos havia uns estudos sobre o peso dos livros nas mochilas. Isso afectava, sobretudo, 2º e 3º ciclos, devido ao grande número de disciplinas por dia. Penso que havia casos em que as mochilas chegavam mesmo a pesar cerca de 10 Kg.

Também houve outros esforços para melhorar isso, como os cacifos ou a redução dos livros em 2 ou 3 partes (cada uma por período). Mas agora também há o problema de deixar os livros no cacifo e ter essa "desculpa" para não fazer TPCs por exemplo, ou levar o livro errado para a aula.

Com estes ebook readers, nesse aspecto trazem muita vantagem, porque independentemente do nº de livros que sejam transportados, o peso é apenas do dispositivo. E por outro lado, também pode motivar mais a leitura entre os jovens, por se tratar de uma novidade.

Outra vantagem que me lembro pode ser a redução de papel e redução do preço dos manuais (se não estiver ninguém por trás a querer lucrar com a ideia).


Nick antigo: softclean | Tens um projeto? | Wiki P@P

Ajuda a comunidade! Se encontrares algo de errado, usa a opção "Denunciar" por baixo de cada post.

Share this post


Link to post
Share on other sites
bubulindo

Depende do país em que for implementado. Pegando no exemplo do Magalhães, aqui em Portugal quantos putos é que usavam isso mesmo para estudar, investigar ou saber mais...?

Cá está a verdadeira questão do Magalhães... o objectivo era outro, admito. Mas que a mim me pareceu um falhanço, isso pareceu. Além de todas as falcatruas conseguidas à custa do mesmo assim ao estilo iPad2.

Mas pronto... dum lado está Portugal, do outro lado está a nação mais conectada do Mundo... computadores já todos (ou quase) têm.


include <ai se te avio>

Mãe () {

}

Share this post


Link to post
Share on other sites
Localhost

Para mim a ideia é boa por todas as razões que o softclean já apontou mas também podemos ter em conta a dificuldade que seria andar com o livro na mão... há pessoas que estudam melhor fora de casa...


here since 2009

Share this post


Link to post
Share on other sites
bioshock

A tecnologia vai apoderar-se de todos os hábitos tradicionais.

Share this post


Link to post
Share on other sites
bubulindo

LOL

Agora que penso... na Coreia também aboliram o papel higiénico em algumas casas de banho. Será um esforço nacional para a conservação do ambiente?


include <ai se te avio>

Mãe () {

}

Share this post


Link to post
Share on other sites
bioshock

É mais intuitivo o trabalho com a tecnologia, daí advém uma maior concentração por parte do aluno.

Share this post


Link to post
Share on other sites
bubulindo

Eu acho que é mais a impossibilidade de usar um ebook reader para jogar jogos. LOL


include <ai se te avio>

Mãe () {

}

Share this post


Link to post
Share on other sites
softklin

Relacionado com o tema, parece que noutras bandas também vai haver Kindles distribuídos pela Amazon. Mas neste caso, até se pode tornar num negócio bastante lucrativo com o aluguer de ebook pelo período escolar:

http://www.theregister.co.uk/2011/07/18/kindle_textbook_rental/


Nick antigo: softclean | Tens um projeto? | Wiki P@P

Ajuda a comunidade! Se encontrares algo de errado, usa a opção "Denunciar" por baixo de cada post.

Share this post


Link to post
Share on other sites
falco
Que acham sobre isto? A notícia não especificava se seria possível usar um tablet como ebook reader, ou teria de ser algo mais específico como um nook ou kindle. Comparando ao Magalhães, qual acham que é a estratégia mais bem pensada?

Porque é que raio se teria que utilizar esse tipo de dispositivos tão especificos e não um PC?

Claro que utilizar um PC é sempre melhor, pois é muito mais flexível...

Depende do país em que for implementado. Pegando no exemplo do Magalhães, aqui em Portugal quantos putos é que usavam isso mesmo para estudar, investigar ou saber mais...?

Até que ponto isso é importante?

Alguns podem ter feito... Mas até que ponto, as crianças e os pais, não obtêm competências básicas enquanto brincam com os computadores?

Quantos de nós não adquiriram assim as competências básicas que a maior parte dos utilizadores de computadores necessitam?

Share this post


Link to post
Share on other sites
jviana

Gostava de ter isso, os livros dão-me cabo das costas, mais de 10k, podem apostar, nao tou a gozar.

Gostava mesmo, levava o iPad, custa uns 500€, é tudo digital e polui o ambiente, os livros "tradicionais" + cadernos + estojo completo = dinheirão e terrível dor de costas.

A única coisa que se perdia era a escrita mas isso compravam-se uns blocos de notas A4 e os alunos tiravam os apontamentos, aperfeiçoavam a escrita e alargavam a criatividade.

Cumps. J.Viana


Learning

  • VB.Net
  • HTML
  • C/C++

Share this post


Link to post
Share on other sites
jviana

Kilos representam-se com Kg e não apenas com K

Exactamente

Quilos - K

Quilograma - Kg

Cumps. J.Viana


Learning

  • VB.Net
  • HTML
  • C/C++

Share this post


Link to post
Share on other sites
jviana

Relacionado com o tema, parece que noutras bandas também vai haver Kindles distribuídos pela Amazon. Mas neste caso, até se pode tornar num negócio bastante lucrativo com o aluguer de ebook pelo período escolar:

http://www.theregister.co.uk/2011/07/18/kindle_textbook_rental/

Por ver essa fita nos miúdos com a caneta, no iPad há uma aplicação que se chama penultimate e que se pode escrever com os dedos com comprasse um caneta própria, stylus, que é 12 €. Essa aplicação custa, se nao me engano 0.79€, e tem caderno de linha (pautado), quadriculado, para música (pentagramas), para desenho o mais essencial nas aulas, o jogo do galo  :)

Cumps. J.Viana


Learning

  • VB.Net
  • HTML
  • C/C++

Share this post


Link to post
Share on other sites
thoga31

Exactamente

Quilos - K

Quilograma - Kg

Cumps. J.Viana

Não! Mas o falco está-te a corrigir e tu continuas em falácia?

K é a forma diminutiva de milhar, e M de milhão. Por exemplo, 10M€ = 10.000.000€, 8.4K$ = 8.400$.

Quilograma é representado por Kg: quer digas só "10 quilos" ou então "10 quilogramas", a unidade será sempre "10 Kg", pois a unidade não depende da forma como dizes a unidade, se abreviado (quilo) ou se completo (quilograma). :)

</off-topic>


Eu não me importava de investir 500€ num iPad se pudesse ter lá os calhamaços de 2000 páginas da universidade e precisos nas aulas. Sempre pesava menos uns quilinhos... :D


Knowledge is free!

Share this post


Link to post
Share on other sites
softklin

E provavelmente é possível, acredito que os iPads consigam ler ficheiros PDF (e se não me engano, ainda ficas com uma interface toda pipi com os livros espalhados numa prateleira virtual :) ).

E pelo que o informatica referiu, é possível adquirir uma stylus para escrita manual. Ou seja, até é capaz de ser um bom material para tirar pequenas notas e apontamentos nas aulas.


Nick antigo: softclean | Tens um projeto? | Wiki P@P

Ajuda a comunidade! Se encontrares algo de errado, usa a opção "Denunciar" por baixo de cada post.

Share this post


Link to post
Share on other sites
thoga31

E provavelmente é possível, acredito que os iPads consigam ler ficheiros PDF (e se não me engano, ainda ficas com uma interface toda pipi com os livros espalhados numa prateleira virtual ;) ).

E pelo que o informatica referiu, é possível adquirir uma stylus para escrita manual. Ou seja, até é capaz de ser um bom material para tirar pequenas notas e apontamentos nas aulas.

Exijo imediatamente o iPad ou dispositivo semelhante como material escolar obrigatório único, poupando as árvores e as costas! :cheesygrin:


Knowledge is free!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.