Jump to content
M6

Obama quer que cada utilizador da Net tenha um número

Recommended Posts

M6

A presidência dos Estados Unidos propôs sexta-feira que cada utilizador da internet possa ter um número de identificação seguro que utilize em todas as atividades na rede, para reforçar a confiança no ciberespaço, noticia a AFP.

Continua...

In Diário de Notícias, 16 de Abril de 2011


É mais uma tentativa de controlar a net por parte dos políticos.

Há já muito tempo que os políticos se aperceberam que cometeram um erro ao não ver a potencialidade da web e não a terem regularizado durante o seu arranque.

Isto a acontecer é um enorme volte-face para uma das melhores características que a web tem: a livre expressão sem medo de retaliação e o anonimato que tanto tem feito pela democracia mundial nos últimos tempos...


10 REM Generation 48K!
20 INPUT "URL:", A$
30 IF A$(1 TO 4) = "HTTP" THEN PRINT "400 Bad Request": GOTO 50
40 PRINT "404 Not Found"
50 PRINT "./M6 @ Portugal a Programar."

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Warrior

Mas acho que uma coisa destas, se bem feita, poderia não limitar a liberdade e aumentar a segurança principalmente em negócio electrónico.

Imagino uma página como o eBay na qual os vendedores/compradores passariam a estar identificados para processos judiciais, por exemplo.

Desde que deixassem a decisão de implementar isso a cargo dos web masters, acho que seria vantajoso.

Share this post


Link to post
Share on other sites
rolando2424

1) Implementar IPv6

2) Toda a gente fica com um IP estático

3) ???

4) PROFIT!


Não me responsabilizo por qualquer dano ocorrido no seguimento dos meus conselhos. Prontos, a minha pessoa está oficialmente protegida legalmente :D

Share this post


Link to post
Share on other sites
ebforce

Acho que não ia ser por aí que acabaria a pirataria ou controlariam melhor os utilizadores da Internet, é algo que não controlaram...

Provavelmente utlizaria se esse numero em sites registados nos outros nao seria necessario logo nao adiantaria de muito.. ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rui Carlos

Mas acho que uma coisa destas, se bem feita, poderia não limitar a liberdade e aumentar a segurança principalmente em negócio electrónico.

Imagino uma página como o eBay na qual os vendedores/compradores passariam a estar identificados para processos judiciais, por exemplo.

Desde que deixassem a decisão de implementar isso a cargo dos web masters, acho que seria vantajoso.

Acho que não trazia nada de novo... Neste momento já podes fazer compras online com entidades bem identificadas (e eu quando faço compras mais caras, tenho esse cuidado).

Adicionalmente, se compras algo a um tipo da China, não ter serve de muito que ele esteja bem identificado. Dá-te uma trabalheira dos diabos para o processar.

Pessoalmente acho que o mecanismo de feedback que existe funciona bastante bem, desde que as pessoas saiba como o utilizar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Hipnoted

Eu sou a favor de uma medida assim, mas claro com uns certos limites.

Em relação à liberdade de aceder a conteúdos, anonimato e etc acho que estamos todos de acordo que deve continuar tudo como está. No entanto existem certas "acções" na net que deveriam exigir tem uma certa identificação. Vou dar apenas um exemplo, os comentários nos jornais, blogs e sites de notícias... Se há coisa que me indigna ver são comentários baratos e difamatórios (por vezes racistas e cheios de ódio) de pessoal, o youtube por exemplo está cheio disso.... os sites desportivos também. Se cada um tivesse um número associado iria ter vergonha antes de fazer certos tipos de comentários, pois agora é muito fácil insultar os outros quando estamos atrás de um ecrã e ninguém nos pode ver. ;)

Também concordo em certa medida com o Warrior, a segurança em serviços de comercio electrónico iria aumentar, isto apesar de actualmente ser bastante seguro comprar on-line.

Resumindo, ter um número para efetuar uma série de acções na internet, Sim. Ter um número para servir de Big Brother enquanto navegamos, Não!


"Nunca discutas com um idiota. Eles arrastam-te até ao seu nível e depois ganham-te em experiência"

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lfscoutinho

Boas,

O programa seria gerido pelo sector privado e acessível aos internautas que o desejassem utilizar, sem obrigação.

Não será obrigatório. Logo, não vejo onde está a tentativa de controlar a net por parte dos políticos, nem a liberdade de expressão e o anonimato em causa como disse o @M6.

Na minha opinião é realmente uma proposta interessante, os pontos negativos é que vai ser gerido pelo sector privado pelo que este "serviço" vai ter um custo e cheira-me que caro... Por isso, isto deverá ser mais direccionado para empresas e não para particulares... digo eu...

Share this post


Link to post
Share on other sites
pedrotuga

Isto é uma discussão que é tão actual hoje como era há 15 anos atrás, mas ok, não deixa de ser válida por isso.

Por principio naturalmente que 'está bem', uma pessoa deve ser responsável pelo que faz. Haver formas de fuga a responsabilidade não é por si só uma coisa boa. Mas isto é em teoria.

Na prática todos sabemos bem que algum anonimato é a única forma de permitir um nível aceitavel de liberdade de expressão em MUITOS casos. Isto porque quem tem poder acaba sempre por se apoderar da informação e do controlo da mesma e moldar as coisas a seu favor.

Tomemos como exemplo o wikileaks. Acho que por princípio ninguem concorda com um site cujo o formato é pegar em informação secreta roubada e publica-la. Se eu tiver um site que publica listas de contactos de telemoveis roubados, ninguem me vai chamar de herói.

O importante no caso do wikileaks é o conteudo das informações divulgadas, que é de facto preocupante. Ou seja, é um caso em que está à vista de todos que os fins claramente justificam os meios.

E um site como o wikileaks só é possível graças a alguma escuridão de que é possível gozar-se na internet.

Ou seja, fosse tudo muito controladinho e isto nunca se saberia, porque o gajo que pusesse a boca no trombone ia ouvir os helicópteros pretos passados cinco minutos de o fazer.

Já quanto a não ser obrigatório... isso parece-me uma forma de avançar surrateiramente. Rapidamente começava a ser preciso em tudo quanto é serviço e tornar-se-ia obrigatório na mesma. Mas como não nasce como ssendo obrigatório acaba por ser mais intrusivo até.

Eu sou a favor de deixar a tecnologia evoluir naturalmente e de forma aberta conforme as necessidades.

Já têm sido feitos bons desenvolvimentos nessa área, pgp, openid, etc.

O governo dos estados unidos até andou a investigar o gajo que inventou o pgp. Estão muito interessados numa internet mais justa, segura, etc. Mas é justa e segura à maneira deles, se eles puderem controlar.

Portanto acho mau. Desenvolvam mas é tecnologias para os serviços deles e tornem-nas abertas, vir assim lançar imposições num ambiente tão aberto como é a internet, é mesmo má onda.

Share this post


Link to post
Share on other sites
M6

Boas,

Não será obrigatório. Logo, não vejo onde está a tentativa de controlar a net por parte dos políticos, nem a liberdade de expressão e o anonimato em causa como disse o @M6.

Na minha opinião é realmente uma proposta interessante, os pontos negativos é que vai ser gerido pelo sector privado pelo que este "serviço" vai ter um custo e cheira-me que caro... Por isso, isto deverá ser mais direccionado para empresas e não para particulares... digo eu...

Lfscoutinho, isso é apenas o inicio.

A classe política, em particular a classe política americana, apercebeu-se tarde de mais do que a Internet seria. Quando se apercebeu de que havia um meio como a web fora do seu controlo era demasiado tarde. Desde ai têm tentado tomar o controlo da web, isso é apenas um primeiro passo.

Há muitos anos que têm tentado tomar o controlo da Internet, inclusive aplicando impostos e taxas adicionais no que toca ao comercio externo.


10 REM Generation 48K!
20 INPUT "URL:", A$
30 IF A$(1 TO 4) = "HTTP" THEN PRINT "400 Bad Request": GOTO 50
40 PRINT "404 Not Found"
50 PRINT "./M6 @ Portugal a Programar."

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Chaveca

eu acho isto uma péssima ideia, para não falar que demonstra uma tentativa de controle é uma enorme brecha para a segurança das pessoas...

Vamos imaginar, um hacker consegues dar a volta ao sistema e hackear o numero de identificação de uma pessoa...Ele não fica com acesso a um certo website, ou a certa conta, ele fica com acesso a tudo o que esse utilizador faça online, já imaginaram a barraca que isso ia dar?


"Há 10 tipos de pessoas, as que sabem binário e as que não...""Run DOS, Run!"

Share this post


Link to post
Share on other sites
KTachyon

Penso que o que ele quer dizer é que se um utilizador sofrer de um constante "cyberbullying", como o endereço da máquina é sempre o mesmo... :D

Cheira-me que se isto fosse para a frente, iria existir uma adesão em massa às redes de proxies anónimos ;)


“There are two ways of constructing a software design: One way is to make it so simple that there are obviously no deficiencies, and the other way is to make it so complicated that there are no obvious deficiencies. The first method is far more difficult.”

-- Tony Hoare

Share this post


Link to post
Share on other sites
Chaveca

Chaveca, explica melhor isso..

Localhost se te descobrem a password de cá do forum têm acesso ao teu perfil, e informações privadas correcto?  Segundo a noticia o numero poderia vir a substituir a nececidade de passwords... Então vamos supor que alguem consegue se autenticar com o teu ID? Ele vai se autenticar automáticamente nos sites como se fosses tu, ter acesso a tua informação privada e as tuas contas dos sites em que ele for passando...


"Há 10 tipos de pessoas, as que sabem binário e as que não...""Run DOS, Run!"

Share this post


Link to post
Share on other sites
KTachyon

Hmm? Onde viste isso? Não tem nada a haver...


“There are two ways of constructing a software design: One way is to make it so simple that there are obviously no deficiencies, and the other way is to make it so complicated that there are no obvious deficiencies. The first method is far more difficult.”

-- Tony Hoare

Share this post


Link to post
Share on other sites
Localhost

Chaveca, bem me parecia que não tinhas entendido bem a notícia..


here since 2009

Share this post


Link to post
Share on other sites
Chaveca
Uma das vantagens seria a supressão de múltiplas palavras-chave

e já agora

There's "no reliable way to verify identity online" at the moment, Commerce Secretary Gary Locke said, citing the rising tide of security threats including malware and identity theft that have grown increasingly prevalent over the last few years. "Passwords just won't cut it here"

Noticia em Ingles e mais completa : http://news.cnet.com/8301-31921_3-20054342-281.html

Será que não entendi?


"Há 10 tipos de pessoas, as que sabem binário e as que não...""Run DOS, Run!"

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.