Jump to content
portaro

Bodhi linux

Recommended Posts

portaro

Olá amigos mais uma vez.

Aproveito para vos anunciar a existência desta distro.

Bodhi linux

http://www.bodhilinux.com/

Gostava de aproveitar este post para saber se alguém estaria interessado em colaborar com a tradução de textos e docs do bodhi para português.

Caso estejam interessados postem que eu tratarei de transmitir à equipa.

Obrigado

http://www.youtube.com/watch?v=VK_XNM-s4gw

Share this post


Link to post
Share on other sites
M6

O que essa distro tem de dieferente em relação às já existentes?


10 REM Generation 48K!
20 INPUT "URL:", A$
30 IF A$(1 TO 4) = "HTTP" THEN PRINT "400 Bad Request": GOTO 50
40 PRINT "404 Not Found"
50 PRINT "./M6 @ Portugal a Programar."

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
apocsantos

    Boa noite,

    Andei de volta do site e achei "interessante" mas parece apenas mais uma distribuição minimalista. Ao contrario das mais comuns não usa o KDE nem o Gnome, mas sim o "Enlightened". De resto não lhe vejo nada de mais... Mas só dei uma olhada rápida!

Cordiais cumprimentos,

Apocsantos


"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Share this post


Link to post
Share on other sites
portaro

O que tem de diferente é apenas o ambiente gráfico, está baseada em Ubuntu mas epera-se passar a outras basess no entanto eu sempre que posso ajudo os novos projectos e como gostei do ambiente e como eles estão em inicio tento dar uma mãozinha com tradução de documentação a pt.

Quero aprender Linux e para isso meto a mão na massa gostava de entender o sistema e até usar mais que script mas nada em programação sou 0 menos 0 eheh.

Como um dos tradutores me disse que seria muito bom se pudessemos ter mais gente interessada em tradução eu resolvi postar aqui porque acho que é um dos bons sitios.

Mas já agora

Quais as melhores distros para voçês,

o meu grande problema é a falta de pacotes de algumas distros que dizem ser boas como o opensuse acho o projecto Debian e derivados os melhores o slack é mais um pouco complicado e o gentoo é para gurus de Linux.

Eu já tentei fazer a minha distro e já customizei até demais com scripts  este bichinho Linux é algo que vai até ao fim da minha vida, baixei o lfs e o livelfs mas a coisa ainda não vai lá estou muito verde eheh apesar de aquilo ser muito fácil pelo que dizem.

Bom sugiro que o Portugal a programar lance a sua distro seria magnifico  eheh.

Por último já alguém usa o xange (made in portugal) aqui?

Abraço.

Share this post


Link to post
Share on other sites
M6

Não tenho nenhuma preferência especial por nenhuma distro.

Já usei várias e foram poucas as que me desagradaram. Gostei de: Slackware, Kubuntu, openSuse, Debian, Caixa Mágica, Free BSD (Unix neste caso).


10 REM Generation 48K!
20 INPUT "URL:", A$
30 IF A$(1 TO 4) = "HTTP" THEN PRINT "400 Bad Request": GOTO 50
40 PRINT "404 Not Found"
50 PRINT "./M6 @ Portugal a Programar."

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
portaro

obrigado pela opinião eu tenho algumas preferências o Opensuse é aquela que mais me custou a usar não têm pacotes era lento, queria instalar pelo yast mandava-me instalalar a mim,enfim tive uma série de problemas com a release 11.3 penso eu.

Não durou mais que uns minutos no pc.

Share this post


Link to post
Share on other sites
apocsantos

    Bom dia,

    Não tenho qualquer preferência por uma distribuição especifica. Já experimentei e trabalhei com várias diferentes, e nenhuma me pareceu demasiado complicada. As que uso profissionalmente e que fui eu a escolher foram escolhidas com base no servirem melhor o propósito.

    Inicialmente comecei com Debian, depois usei Red-Hat, Suse, Slackware, Caixa Mágica, Fedora, Open-Suse. Basicamente usei uma boa parte das distribuições. Nunca senti dificuldade nenhuma em especial com nenhuma distribuição. Logo que sirva o propósito para o qual a quero usar, óptimo.

    De Unix, usei FreeBSD e OpenBSD, gostei de ambos. :confused:

    Não entendo o ponto de fazer uma distribuição P@P, uma vez que seria mais uma distribuição sem grande coisa de novo.

Cordiais cumprimentos,

Apocsantos


"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Share this post


Link to post
Share on other sites
portaro

Uma distro própria,

eu acho que seria bom para a comunidade ter um LInux próprio se possivel numa ponte aos programadores que feequentam o fórum.

A julgar pelas novas distros uma simples pequena modificação pode ser capaz de gerar interesse se olharmos para as distros baseadas em Debian e Ubuntu temos muito exemplos, aproveitar uma base parece ser bom.

Share this post


Link to post
Share on other sites
M6

O custo de criar e suportar uma distro é enorme.

Ainda para mais uma distro sem qualquer factor diferenciador, duvido que alguém fora daqui a usasse e de certesa que seriam poucos os que daqui a usariam...

Fazer algo só por ser giro não é o tipo de projectos a que o P@P se possa dar ao luxo...


10 REM Generation 48K!
20 INPUT "URL:", A$
30 IF A$(1 TO 4) = "HTTP" THEN PRINT "400 Bad Request": GOTO 50
40 PRINT "404 Not Found"
50 PRINT "./M6 @ Portugal a Programar."

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
apocsantos

    Boa tarde,

    A ideia é castiça, mas estou de acordo com o @M6, os custos são demasiados, poucos usariam e fazer algo só porque é giro, sem mais nenhum factor diferencia-dor não me parece de todo útil.

Cordiais cumprimentos,

Apocsantos


"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Share this post


Link to post
Share on other sites
portaro

M6

acho não ser tanto assim, acho mesmo que uma distro aliada ao fórum seria uma magnifica forma de alavancar não só projectos e estudos de programação como alavancar linux em Portugal não institucional, porque se olharmos para fora do universo CM (institucional) pouca cultura Linux temos a ser produzida em Portugal, olhemos para o projecto Xange é apenas uma distro sem verdadeira produção de conteúdos e partilhas sendo que ainda por cima o fórum só contem linguagem Inglês (que é bom, mas poderia ter também o português).

Outra coisa as distros demarcam-se pela sua Filosofia, e pela sua modelagem ambiente, ora o pap tem uma coisa muito boa é muito usado por programadores  quem melhor do que eles para quererem dsenvolver a sua comunidade e projecto Linux quem melhor do que eles para criar um Linux português voltado para o ramo programador-usuários médios...

Ainda para mais o source forge disponibiliza alocação de projectos basta sem tecto de hospedagem ao que sei a diferença é que acima de 1Gb a hospedagem tem de ser feita em protocolo FTP ou SCTP (filezilla).

Depois ainda há muita margem de manobra, usar uma base por exemplo Ubuntu, um ambiente por exemplo Lxde e uma selecção de programas por exemplo educacionais e de desenvolvimento.

Lembro-me de há tempos falar com um dos gerenciadores de bugs do canal ubuntu Argentino e ele me dizer que a grande diferenciação das distros não é tanto o conteúdo mas sim a filosofia (facilidade ou desenvolvimento do uso e criação de Linux) em certo modo tenho vindo a comprovar isso mesmo se olharmos para as distros basedas em Ubuntu são feitas com quê muitas delas são feitas com remaster, olhamos para Slacks depndentes... ou seja são projectos que se demarcam pela experiência de construir mais e mais Linux baseado numa estrutura já existente,

Peppermint, Uberstudent, Poseidonlinux etc...

Assim acho que o pap só teria a ganhar num pequeno projecto que quem sabe poderia crescer, até porque muito do segredo de crescer é o Marketing, os vídeos, as traduções, a facilidade de executar aplicações a filosofia = target+sector de desenvolvimento futuro do objecto.

Share this post


Link to post
Share on other sites
M6

portaro, parece-me que estás bastante desfasado da realidade do custo de uma operação desse tipo. É que fazer só por fazer então ai é que não há razão nenhuma para criar uma distro P@P. Se aparece um bug teriamos de esperar pela sua resolução, o que seria meio-caminho andado para perdermos metade dos pouquissimos utilizadores que teriamos.

As distros que apontas são excelentes exemplos da razão pela qual não faz sentido o P@P ter um projecto desses. A taxa de utilização dessas distros é muito baixa e duvido muito que conseguissemos suplantar, por exemplo, a Caixa Mágica que é a referência portuguesa.

Quanto à utilização do Linux, é bastante usado pelas empresas onde ando (é apenas mais um de vários sistemas usados) e se as pessoas não querem usar fora das organizações é uma opção delas que devemos respeitar.

Além do mais, o Linux não é um sistema acessível para todos. Pensar o contrário é viver iludido ou desconhecer a realidade.

O Linux, foras das empresas, é bom para quem tem um mínimo de conhecimentos técnicos ou para curiosos, fora disso simplesmente não funciona para a larga maioria dos utilizadores.


10 REM Generation 48K!
20 INPUT "URL:", A$
30 IF A$(1 TO 4) = "HTTP" THEN PRINT "400 Bad Request": GOTO 50
40 PRINT "404 Not Found"
50 PRINT "./M6 @ Portugal a Programar."

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
portaro

M6

talvez tenha razão poderei eu estar desfasado da realidade sou pouco mais que um curioso em Linux ehehe, se então a minha razão não fôr a mais assertiva então  não existem tantas "necessidades" de arrancar projectos.

No entanto e mesmo não tendo grande razão mantenho que o Linux pode muito bem ser utilizável de forma fácil e deve ou pode ser um veículo forte para a dinamização da aprendizagem e construção, mas o Linux tem um grande problema - falta de organização e marketing dessa forma muitas vezes pensa-se erróneamente que Linux é para usuários avanaçados de TI e não é bem assim basta encontrarmos o projecto certo e o conteúdo bem organizado.

Bom obrigado M6 sempre posso aprender mais alguma coisa e abrir o conhecimento sempre que nos mostram posições diferentes.

Já agora Usemos Linux.

;)

Share this post


Link to post
Share on other sites
M6

O Linux desktop não requer conhecimentos avançados, mas requer um mínimo de conhecimento.

Basta ver que qualquer utilizador consegue ligar uma impressora num sistemas Windows ou Mac e quase de certesa que a mesma fica a funcionar ou, no máximo, instala os drivers que vêm no CD que o fabricante disponibiliza.

Eu tenho uma impressora que nunca consegui usar em Linux, descobri que o fabricante apenas disponibilizava drivers para dois modelos das dezenas de modelos que tem... E para tal foi necessário investigar os repositórios e o site de suporte do fabricante.

Outro exemplo que se passou comigo foi uma actualização de KDE que fez com que a aplicação de gestão da placa wifi deixasse de funcionar. Se isto se passasse com qualquer utilizador comum, este não teria conseguido resolver este problema.

Com este tipo de problemas qualquer utilizador comum rapidamente passa para outro sistema onde este tipo de problemas não acontecem ou, quando acontecem, são de resolução fácil e/ou rápida.

Nós, programadores, não nos podemos ver como um exemplo nestes casos dado que não somos utilizadores normais.


10 REM Generation 48K!
20 INPUT "URL:", A$
30 IF A$(1 TO 4) = "HTTP" THEN PRINT "400 Bad Request": GOTO 50
40 PRINT "404 Not Found"
50 PRINT "./M6 @ Portugal a Programar."

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.