Jump to content
pedrix21

ACAPOR vai denunciar mil piratas portugueses

Recommended Posts

pedrix21

Boas,

O que acham desta notícia?

ACAPOR vai denunciar mil piratas portugueses por mês.

Sou a favor de fazer download de um jogo/livro/albúns e se gostar mesmo, comprá-lo.

Mas ao fazer download já estou a cometer um crime. A internet veio revolucionar o mundo para as pessoas partilharem e não

andar no facebook a ver vidas das outras.

Fonte: http://aeiou.exameinformatica.pt/acapor-vai-denunciar-mil-piratas-portugueses-por-mes=f1008136


@Pedro Lopes

Share this post


Link to post
Share on other sites
bubulindo

O problema é que agora ninguém vai voltar a pagar as obscenidades que se cobravam por um álbum ou DVD mesmo que acabem com a pirataria.

E quanto muito começa-se a pirataria underground e a passar ficheiros de amigo em amigo como se fazia antigamente com as disquetes, mas agora em formato USB ou messenger.


include <ai se te avio>

Mãe () {

}

Share this post


Link to post
Share on other sites
AMateus

Estou cheio de medo...

Se deixarem de querer explorar os consumidores em vez de avançarem (mas mesmo será que avançam?) com estas medidas inúteis faziam melhor.

E já agora gostava de saber como é que foram apanhados os IPs... ilegalmente?

bah


R. Tape Loading Error

Share this post


Link to post
Share on other sites
apocsantos

    Bom dia,

    Eu pessoalmente sou completamente contra a pirataria, não concordo com a violação de direitos de autor e não poderei apoiar de forma nenhuma actos de pirataria.

    Quanto às formas de apanhar os IP's, tecnicamente basta analisar o tráfego de dados, limitando assim de certa maneira os ip's a serem analisados com mais atenção e posteriormente analisar todo o tráfego de dados entre esse ip e determinados sites referenciados. Não sei até que ponto a lei permite que se façam este tipo de analises, mas certamente que alguém sabe e poderá pronunciar-se de forma mais informada. Tecnicamente não tem nada de "especial".

Cordiais cumprimentos,

Apocsantos


"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Share this post


Link to post
Share on other sites
bubulindo

Eu não estou a favor da pirataria... a realidade é que a indústria fonográfica não soube lidar com o aparecimento de novas formas de comercialização a tempo de evitar que tanta gente se habituasse a arranjar álbuns sem os pagar.

E repara que ninguém é santo nisto... antes da partilha na internet, se querias uma música, se gostavas apenas duma música num duplo álbum com as capinhas todas bonitas, etc, etc... pagavas imenso por ele. E a probabilidade do álbum nem sequer ser grande coisa era imensa. E tu querias, uma música... Outra das coisas que também convém referir, é que as rádios em vez de tocar músicas dum álbum, tocavam apenas o que era fornecido pelas editoras, ou seja, o single mais forte para conseguirem "enganar" o povo a comprar um álbum inteiro por causa duma música.

Mais uma vez, nenhum destes factos é desculpa para a partilha de ficheiros na internet, é apenas uma das razões para o estado das coisas hoje em dia. Tivesse o iTunes ou algo semelhante aparecido mais cedo e provavelmente menos gente se teria habituado a ter músiquinha à pala.

Mas já agora, e só por curiosidade, qual é a opinião que tens acerca de conteúdo partilhado através da internet que não é possível de encontrar no país à venda?


include <ai se te avio>

Mãe () {

}

Share this post


Link to post
Share on other sites
IceBrain
Quanto às formas de apanhar os IP's, tecnicamente basta analisar o tráfego de dados, limitando assim de certa maneira os ip's a serem analisados com mais atenção e posteriormente analisar todo o tráfego de dados entre esse ip e determinados sites referenciados. Não sei até que ponto a lei permite que se façam este tipo de analises, mas certamente que alguém sabe e poderá pronunciar-se de forma mais informada. Tecnicamente não tem nada de "especial".

A ACAPOR não pode fazer nada disso. Duvido que até um ISP possa, mas a ACAPOR nunca. Além disso, a maioria dos clientes actualmente encripta as ligações, o que reduz a efectividade dessas análises.

O que normalmente essas empresas fazem é usar clientes P2P "falsos" que logam os IPs do clientes que partilham com eles.

Um serviço como uma VPN que anonimize (como o IPREDator) impede esse tipo de logs, mas poucas pessoas as usam.


❝The idea that I can be presented with a problem, set out to logically solve it with the tools at hand, and wind up with a program that could not be legally used because someone else followed the same logical steps some years ago and filed for a patent on it is horrifying.❞- John Carmack on software patents

A list  of command line apps

Share this post


Link to post
Share on other sites
apocsantos

    Boa tarde,

    Eu sou de outros tempos, em que realmente a radio só tocava determinada musica, e uma pessoa comprava o disco, na altura em vinil, e provavelmente só teria uma musica de jeito num disco inteiro. Pagavam-se pequenas fortunas por um Álbum.

    Eu tenho a convicção de que ninguém aqui apoie a pirataria ou aprove a pirataria. Exprimi uma opinião pessoal, sou contra, porque acho que as pessoas devem ser recompensadas pelo seu trabalho. Fico aborrecido de uma forma geral com a violação dos direitos de autor, mas não creio que seja pela força que as editoras vão conseguir "erradicar" a pirataria.

    Eu quando gosto realmente de um álbum, compro-o, se for uma "edição limitada, ou algo similar" ou seja que "traga valor acrescentado", mais facilmente tomo menos café para poder despender confortavelmente da quantia, para o comprar, por exemplo.

      Fez já salvo erro 8 anos que tive uma longa conversa com um programador, ligado ao desenvolvimento e pesquisa protecções anti-cópia para, para uma empresa que as comercializava e comercializava produtos protegidos pelas protecções por eles produzidas. Ao longo dessa conversa, eu disse-lhe e fui claro na minha visão das coisas, a pirataria não teria fim à vista a menos que o produto original tivesse inequívocas vantagens face ao produto "copiado".

A conversa que durou algumas horas, entre debate de aspectos técnicos relacionados com protecções existentes e a discussão do desenvolvimento de novas formas de protecção, acabou com duas pessoas a concordarem, como cavalheiros, e a aceitarem que por muito boa que fosse uma protecção, seria uma questão de tempo até ser quebrada, como tal a solução definitiva passaria por acrescentar valor ao produto original.

    Sobre a questão da partilha de produtos que não estão disponíveis à venda nos países, desde que sejam conteúdos protegidos por direitos de autor, não posso manifestar-me favoravelmente de forma nenhuma. Penso que existem formas de se poder adquirir via Internet, em vez de reproduzir ilegalmente.

    Por muita pressão que façam junto dos ISP's entre outras medidas, isso vai acabar por se tornar um "jogo de gato e rato", em que os "gatos", tentaram apanhar os ratos, e os "ratos" em alegada vantagem numérica, tentaram "evadir-se" aos gatos, utilizando a alegada vantagem numérica e o know-how conjunto para os ultrapassar. Não que eu aprove a pirataria, mas a minha analise das coisas leva-me a concluir isto.

    O direito à cultura e à partilha livre, é complexo quando entra em conflito com os direitos de autor. Pois os autores despendem tempo, recursos, fazem investimentos, acreditem editar um álbum é tudo menos barato e claro devem receber lucro do seu trabalho, retorno do seu investimento, etc... A partilha de conteúdos que implique a violação de direitos de autor é um problema. A cultura e partilha livre de certa forma é o que toda a gente faz ao escrever num blog, ou publicar um post num forum, está a partilhar livremente de sua livre vontade, informação, conhecimento, cultura, sem violar lei alguma. Se me dissessem que agora vão censurar que newsgrups, forums, blogs, etc... posso ler claramente estaria indignado.

    Espero agora ter-me explicado melhor no meu ponto de vista. A isto acrescento que ouço musica na web, e ainda à algum tempo coloquei o link de uma que estava a ouvir, mas tratava-se de musica não protegida por direitos de autor, em que eu me dei ao trabalho de colocar a questão ao autor, por e-mail, se a poderia colocar ou não.

   

Cordiais cumprimentos,

Apocsantos


"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Share this post


Link to post
Share on other sites
yoda

@apocsantos,

Sim, fiquei mais esclarecido. Não devia também era dar a minha opinião, porque tenho uma visão das coisas considerada algo utópica, e não iria "trazer nada de novo", por assim dizer.

Ou seja, concordo contigo mas o contexto em que vejo as coisas é mais abrangente e resulta em soluções diferentes para o mesmo problema ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites
apocsantos

    Boa noite,

    A partilha de opiniões, é sempre saudável, desde que feita com respeito e cortesia. Claro que eu li a tua opinião, e tens toda a razão em exprimi-la pois só assim se pode "crescer", vendo opiniões que divirjam das nossas. Se eu apenas lê-se as opiniões concordantes com a minha, seria o pior dos cegos, pois o pior cego não é aquele que não vê, mas aquele que se recusa a ver.

    Controversas ou não, as opiniões são sempre um contributo. As diferenças de opinião e de soluções para o mesmo problema, é sempre interessante, pode sempre ajudar a que se encontrem novas soluções.

Cordiais cumprimentos,

Apocsantos


"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Share this post


Link to post
Share on other sites
IceBrain

Partido Pirata Português apresenta queixa da ACAPOR na PGR

Um comunicado do PPP defende que a Associação do Comércio Audiovisual, Obras Culturais e de Entretenimento de Portugal (ACAPOR) não está autorizada pela CNPD para recolher os números de IP que foram usados para apresentar, ontem, na PGR um milhar de queixas de pirataria na Net.

Segundo o mesmo comunicado do PPP, a denúncia da ACAPOR incorre em "pelo menos, dois crimes, cada um dos quais punível com prisão até um ano ou multa até 120 dias".

Em consequência, o PPP informa que entregou na CNPD "uma denúncia por não cumprimento de obrigações relativas a protecção de dados" e apresentou uma "queixa-crime por acesso indevido na PGR"

À semelhança dos congéneres europeus, o Partido Pirata Português tem como principais temas da agenda política a defesa da privacidade dos internautas e a livre partilha de conteúdos na Internet.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

E já agora,

O PPP necessita de 7500 assinaturas para a fundação de um partido oficial.


❝The idea that I can be presented with a problem, set out to logically solve it with the tools at hand, and wind up with a program that could not be legally used because someone else followed the same logical steps some years ago and filed for a patent on it is horrifying.❞- John Carmack on software patents

A list  of command line apps

Share this post


Link to post
Share on other sites
bubulindo

Eu li bem? Partido Pirata Português?

Eles sabem o que a palavra pirata quer dizer? :S


include <ai se te avio>

Mãe () {

}

Share this post


Link to post
Share on other sites
IceBrain

Uh, nunca ouviste falar dos partidos pirata? O Sueco tem dois deputados no Parlamento Europeu!


❝The idea that I can be presented with a problem, set out to logically solve it with the tools at hand, and wind up with a program that could not be legally used because someone else followed the same logical steps some years ago and filed for a patent on it is horrifying.❞- John Carmack on software patents

A list  of command line apps

Share this post


Link to post
Share on other sites
apocsantos

    Boa noite,

    Em tom de brincadeira! "Quem for militante, tem de usar uma perna de pau, barba comprida e usar pala no olho?"

   

    Brincadeiras à parte, já tinha ouvido falar do Partido Pirata Sueco, e já vi um documentário sobre esse tema, creio que foi na SIC Noticias.

Cordiais cumprimentos,

Apocsantos


"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Share this post


Link to post
Share on other sites
gramer

Há uma questão que me surge, estes tipos arranjam os ips, tudo bem mas como é visto quem saca e quem não saca, analisando a Internet de cada pessoa? analisando os sites mais concorridos a nível de downloads? ou outra opção. Se notarem e for pela opção 1 quem exceder imaginem de um limite imposto é acusado mas se fizerem downloads legais do género descarregar opensource

alguém consegue esclarecer-me a duvida

Share this post


Link to post
Share on other sites
apocsantos

    Boa noite,

    Provavelmente colocam um ficheiro com um nome "sugestivo" para ser feito o download e simplesmente vêem quem faz download do ficheiro, possivelmente incompleto. Outra possibilidade que se me ocorre é a analise de tráfego por parte dos ISP's utilizando proxy's.

Cordiais cumprimentos,

Apocsantos


"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Share this post


Link to post
Share on other sites
IceBrain
Outra possibilidade que se me ocorre é a analise de tráfego por parte dos ISP's utilizando proxy's.

Os ISP não precisam de proxys, basta copiarem os pacotes para o disco.  Agora, a ACAPOR não pode fazer nada disso, e mesmo um ISP só com ordem judicial.

A primeira opção (correrem um cliente P2P e guardarem os IPs de quem se liga a partilhar coisas) é mais provável, mas segundo a interpretação da lei do PPP (e com a qual concord), é ilegal. É preciso autorização da CNPD para recolher dados que identifiquem utilizadores.


❝The idea that I can be presented with a problem, set out to logically solve it with the tools at hand, and wind up with a program that could not be legally used because someone else followed the same logical steps some years ago and filed for a patent on it is horrifying.❞- John Carmack on software patents

A list  of command line apps

Share this post


Link to post
Share on other sites
apocsantos

    Boa noite,

    Estava a esquecer-me do papagaio... Essa sim será a questão fundamental, o papagaio!

Cordiais cumprimentos,

Apocsantos


"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.