Jump to content

Cursos de Programação C++ no Porto ou arredores


gurruwiwi
 Share

Recommended Posts

Viva todos.

Primeiro post !  ?

Sei que este tópico não é própriamente novidade, mas tentei procurar resposta e não encontro.

Gostava de aprender C++, com o objectivo de no futuro auto-"medicar-me" com tutoriais, livros e afins.

A ultima vez que programei algo foi em BASIC num ZX Spectrum, prai em 1991 (tinha 13 anos)  ?  ?

Ok, dou-vos 2 minutos para as gargalhadas antes de retomar o assunto ...  :fartnew2:  😁

Nunca enverdei por informatica, mas sempre compulsivamente em cima do acontecimento.

O meu objectivo a longo prazo será desenvolver software (com ajuda devida claro) em Cocoa, mas gostava

de ter sólidos conhecimentos de base. Sou formado em Neuropsicologia Clinica e tenho ideias bastante sólidas

sobre novas technologias que poderiam contribuir bastante para o campo, mas não existem as ferramentas de diagnóstico

que preciso, logo há que as talhar. Não pretendo pagar para alguem o fazer, pois muito ainda terá que ser devidamente

testado e validado científicamente.

Só ha um senão, tenho a mente menos matemáticamente abstracta do planta. Física, geometria etc... sem problemas.

Então pergunto-vos;

1 - Não pretendendo propriamente desenvolver "high-end low-level" - mas preferencialmente apoiar-me em API's. Mas isto nem sempre 

    é possível. Quais são as minhas reais necessidades matemáticas?

2 - Existem cursos por aí que não licenciaturas globais? Queria ir directo ao assunto

3 - Suggestões alternativas

Muito obrigado desde já!

Link to comment
Share on other sites

Ninguem tem nenhuma suggestão?

Vá lá... tem de haver alguma coisa algures...

obrigado!

Em relação a cursos perto do Porto não sei, mas posso dizer-te que para o que pretendes talvez C++ não seja a escolha mais indicada (por ser uma linguagem relativamente complexa). Se não estivesses a usar MacOS diria que algo como C# talvez fosse mais indicado, mas será melhor esperar por alguém que tenha mais experiência em desenvolvimento para MacOS (talvez mudar o tópico de secção).

Não respondo a dúvidas por mensagem.

Link to comment
Share on other sites

O que queres fazer pode influenciar a escolha.

Têm interfaces de utilizador? Necessitas de usar alguma lib em concreto?

Aqui há coisa de 2 anos fazia umas malhas de croché, depois fartei-me e fui para informática!

Link to comment
Share on other sites

Pois, aqui perco-me um pouco em conceitos. Por exemplo, sei o que são libs, mas não imagino nenhum exemplo practico de como aplicar aqui. Eu explico.

E por isso acho essencial ter, pelo menos, conhecimentos minimos em "puro" C, para compreender os conceitos e poder inferir melhor sobre o que realmente necessito para progredir. Ha um ano atras segui um tutorial à risca no youtube e fiz uma calculadorazita com GUI em XCode em meia hora, e apesar de obviamente não "saber" o que estava a fazer, compreendi tudo muito bem. Desde então nada mais fiz.  So a meio de Novembro é que poderei dedicar umas horas por semana começar a aprender programação.

A ideia final é produzir um interface que permita a técnicos de saude manipular parametros sem terem conhecimento técnico sobre os fenómenos (manipulação se som, amplitude, sample rate, frequencia, com luz, chroma, DMX, stroboscopia, assim com a interligação/intemodulação dos parametros) -  de forma intuitiva.

Estilo receita culinária; uma colher de sal + duas de azeite em -  vez de: 50mg de NaCl + 100mg C18H32O2

No futuro, permitir-me contratar e coordenar uma pequena equipa de peritos nas suas matérias (GUI, gfx, formulações físicas, tradução in/out com outros HW de biofeedback p.ex um electroencefalograma digital, etc.) -  e aí sim unificar tudo num só sítio.

A questão é que até lá, cada componente tem de ser devidamente testado clinicamente em contexto, e o estudo teorico ainda vai demorar imenso. Nos entretantos, sinto-me prefeitamente capaz de aprender o be-a-bá de forma a criar os primeiros "blocos" para poder testar clinicamente - por exemplo ter um slider que reduz a frequencia de um som em vez de programar a operação. Tenho ajuda de amigos nas respectivas areas para me fornecer as formulas físicas

(p.ex F=1/T de uma onda sinusoidal em cada canal, esquerdo e direito, sendo o slider manipularia a "delta" entre os canais)

Isto que descrevi agora, parece-me ser bastante "simples" de atingir unitariamente, depois a unificação global é outro prato de sopa, como por exemplo ter esse mesma diferença "delta" ser o comando para a frequencia do stroboscópio, que muda de cor à medida que a gama de frequência sobre ou desce (digamos de cores muito vivas nos agudos e muito mortas nos graves) - a aí sim envolver mais gente.

Parece-me que para este inicio de projecto (tirando de parte a introdução do biofeedback e tradução entre HW's externos) é relativamente fácil de programar - pois tenho quem me forneça as formulas de física mais complexas.

Que vos parece? Será megalomano demais para um simples "geek" informático de cabeceira?  😞

Obrigado!!

Link to comment
Share on other sites

O conceito em si não entendi muito bem, "esconder" os nomes verdadeiros das substâncias dos técnicos de saúde? Mas se queres fazer uma interface em MacOS X, a melhor solução é Cocoa, que depois de saberes C, Objective-C não demora assim tanto. Podes se calhar arranjar bindings com uma linguagem mais amigável (talvez Python), se houver, mas aconselhava-te mesmo a fazeres em Objective-C, fica mais limpo e mais rápido.

Se não quiseres complicar muito e se ainda quiseres multi-plataforma, usa Java. C++ não aconselho a quem está a inciar-se nestas andanças ou que tem pouca experiência, é uma linguagem com algumas (senão muitas) manhas.

Link to comment
Share on other sites

Antes de mais, obrigado a todos pela paciência e por me aturarem !!  😞

Não substancias 😉 Aquí não ha quimicos, foi um exemplo.

Nem é esconder nada dos técnicos (de saúde mental), mas sim evitar tirem um licenciatura em cada area para compreender os conceitos físicos. Eu até dou conta do recado de meia dúzia de pacientes (na componente do som só, para já) por tive de a estudar a fundo para fundamentar e teoria, agora numa qualquer instituição com 300+ pacientes...

Por exemplo, em vez de dizer

"Ok, vamos agora fazer outro sweep desta vez começando nos 500Hz com delta-25Hz com ruido branco morfando em rosa, lentamente

durante 5 minutos, sem strobo. Se não mostrar sinais de agitação passado os 5 minutos, activar strobo no segundo harmónico da frequencia fundamental enquanto o delta começa a decrescer até ao delta-4Hz durante 20 minutos"

So que isto quase ninguem percebe. Exactamente a mesma coisa traduzida aos técnicos de neurociências;

"Ok, vamos fazer outra indução. Começando por estimular a banda cerebral hiper-vigil Beta, de alto a baixo transiente, durante 5 minutos, sem restante estimulação Ganzfeld. Se não mostrar sinais de agitação passados 5 minutos, activar strobo de grau 2 enquanto descemos para a banda cerebral profunda Delta, durante 20 minutos"

Respondendo as dúvidas;

- Não tenho interesse nenhum em multiplataforma

- Não tem de ser bonito, tem de ser intuitivo

- Sim, com GUI e de preferência OSx por uma infindade de motivos.

por coincidencia ontem cruzei-me com o anúncio do novo XCode 4

http://www.appleinsider.com/articles/10/06/19/inside_apples_new_xcode_4_development_tool.html&page=1

http://alblue.bandlem.com/2010/06/xcode-4-and-new-features.html

Ficaria muito grato se alguem pudesse dar uma espreitadela (tem 2 paginas) e me orientasse

- se é por aqui que deva começar ?

- começar como? Não ha quem dê aulas disto? Ok, livros. Começo com C, Objective-C ?

- Quanto de C até passar a ObjC ? e depois para Cocoa?

- Por exemplo, que esperariam que eu fosse capaz de programar, em 6 meses, se dedicasse 10h p/semana ?

Muito obrigado a todos!!  🙂

Link to comment
Share on other sites

O que queres então é algo que possa ser configurado de forma a criar estímulos visuais e auditivos?

Em C++ talvez seja o melhor utilizar a plataforma QT http://qt.nokia.com/products/. Ajuda bastante a ter sobre controle as manhas do C++.

Java é sempre uma boa opção para desenvolver quase qualquer coisa devido as ferramentas que existem, a libs e à grande comunidade estabelecida que te pode ajudar nas mais variadas coisas. Apesar de tudo Java não é das melhores plataformas para criar interfaces visuais. E se a interfaces tiver componentes complexos como esses "timelines" que descreveste talvez seja melhor optar por algo como Flash/Flex.

Já agora tentando não puxar muito para a publicidade, talvez isto te possa interessar: http://www.brainimaging.pt/

Aqui há coisa de 2 anos fazia umas malhas de croché, depois fartei-me e fui para informática!

Link to comment
Share on other sites

pah não sei se as pessoas aqui alguma vez desenvolveram para MacOS, mas o que vai correr melhor em MacOS é mesmo Cocoa.

Q: se é por aqui que deva começar?

A: É óbvio que nunca é por aqui, mas como estou a ver que percebes do assunto, aprende as bases de C, faz alguns exercícios e depois lê a teoria de programação orientada a objectos.

Q: começar como? Não ha quem dê aulas disto? Ok, livros. Começo com C, Objective-C ?

A: Existem aulas e existem livros (até existe uma cadeira de Stanford em programação para iPhone, só que a plataforma já difere um bocado). Deves começar com C, onde arranjas imensos "pequenos" livros/documentos da net, só para te iniciares. Objective-C, a melhor maneira é veres os tutoriais e exemplos da Apple. A Apple tem exemplos que cobrem tudo de uma maneira simples e com situações da vida real (e o código é GPL, por isso podes usar à vontade).

Q: Quanto de C até passar a ObjC ? e depois para Cocoa?

A: Primeiro deves ler a teoria da POO. Depois lês o guia da Apple para o Objective-C (maior parte das cenas não vais precisar para o que queres, mas dá sempre jeito saber mais qualquer coizita). Cocoa é a framework base das aplicações para MacOS que usem Objective-C.

Q: Por exemplo, que esperariam que eu fosse capaz de programar, em 6 meses, se dedicasse 10h p/semana ?

A: 6 meses é puxado, mas até és capaz de conseguir.

Outra opção viável, é o Java. Se não quiseres estar a aprender C primeiro, usa Java. Aliás, se quiseres fazer o mais depressa possível, sem necessidade de reter muito conhecimento, usa Java.

Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.