Ir para o conteúdo
  • Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #60 da revista programar. Faz já o download aqui!

Quadrado

Vem aí o processador atómico

Mensagens Recomendadas

Quadrado

Investigadores da Universidade de Nova Gales do Sul deram a conhecer um transístor constituído por sete átomos. O inovação pode abrir caminho a processadores 100 vezes menores que os actualmente comercializados.

Vem aí o processador atómico

Os investigadores da universidade australiana criaram os novos transístores no âmbito de um projecto que visa construir um computador quântico.

Na revista Nature Nanotechnology, os investigadores explicam que usaram cristais de silício e átomos de fósforo para criar a nova geração transístores.

De acordo com BBC, a tecnologia agora anunciada não deverá ser comercializada no tempos mais próximos - até porque ainda não existe maquinaria industrial para fabricar estes processadores constituídos por transístores atómicos.

O primeiro transístor atómico "foi feito à mão", com o recurso a um microscópio que costuma ser usado para visualizar o mundo à escala atómica e que, neste caso, permitiu deslocar os átomos de fósforo para junto de uma partícula de cristais de silício.

Fonte: http://aeiou.exameinformatica.pt/vem-ai-o-processador-atomico=f1006170


Será? Porquê? O quê?   - Estudar Sempre -

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
M6

Maravilhas da ciência. :D


10 REM Generation 48K!
20 INPUT "URL:", A$
30 IF A$(1 TO 4) = "HTTP" THEN PRINT "400 Bad Request": GOTO 50
40 PRINT "404 Not Found"
50 PRINT "./M6 @ Portugal a Programar."

 

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!

Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.

Entrar Agora

×

Aviso Sobre Cookies

Ao usar este site você aceita os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Este site usa cookies para disponibilizar funcionalidades personalizadas. Para mais informações visite esta página.