Ir para o conteúdo
  • Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #60 da revista programar. Faz já o download aqui!

Quadrado

Regras de privacidade do Facebook vão mudar... outra vez

Mensagens Recomendadas

Quadrado

Mark Zuckerberg, líder e fundador do Facebook, fez um mea culpa e anunciou que as regras de privacidade do maior portal social vão mudar outra vez.

Regras de privacidade do Facebook vão mudar... outra vez

Numa crónica publicada no Washington Post, Zuckerberg anunciou que o Facebook vai reagir em breve à vaga de criticas originada pelas recentes alterações na política de privacidade dos utilizadores.

"As pessoas querem ter um controlo facilitado da informação pessoal e essa é a principal mensagem que recebemos", frisa o líder do Facebook.

Zuckerberg lembra que a Google tentou dar o poder de controlo de vários níveis de informação, mas admite que os utilizadores não desejam essas alterações, pelo que a culpa terá de ser assumida pelos responsáveis do Facebook.

Ao anúncio agora efectuado pelo líder do Facebook não será alheia a contestação da comunidade de utilizadores. Recentemente, a onda de protestos alcançou um ponto alto com o início de uma campanha de encerramento (marcada para 31 de Maio) de contas do Facebook, caso as regras de privacidade não fossem alteradas.


Será? Porquê? O quê?   - Estudar Sempre -

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
jpedro20

Sinceramente nunca liguei muito às redes sociais (até que só tive uma conta no hi5). Não percebo muito bem a lógica e a utilidade deste tipo de "serviços", mas é apenas a minha opinião. Penso que mais tarde ou mais cedo o facebook vai passar de moda  :ipool: e esta onda de contestação à volta das regras de privacidade só vem confimar isso.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
Hipnoted

Sinceramente nunca liguei muito às redes sociais (até que só tive uma conta no hi5). Não percebo muito bem a lógica e a utilidade deste tipo de "serviços", mas é apenas a minha opinião. Penso que mais tarde ou mais cedo o facebook vai passar de moda  :ipool: e esta onda de contestação à volta das regras de privacidade só vem confimar isso.

A lógica está na própria designação: "rede social".

A rede social em si é engraçada e útil quando bem usada. Podes retomar contacto com pessoal que não vês há anos ou até décadas.

Em relação à privacidade acho que é mais exagero do pessoal que outra coisa. Supostamente só coloca lá a informação pessoal quem quer, quem não quiser que vejam a sua informação pessoal o primeiro passo é não a colocar na net. :)


"Nunca discutas com um idiota. Eles arrastam-te até ao seu nível e depois ganham-te em experiência"

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
falco

A questão da privacidade não é um exagero!

O facebook foi criado por um individuo que criou fichas sobre pessoas sem a sua permissão (isto é um crime).

O facebook várias vezes utilizou dados pessoais para fins que não os que foram explicados aos utilizadores do facebook (incluindo dar esses dados a terceiras partes).

O facebook compromete-se com determinadas regras de privacidade, é por isso obrigado (por lei) a cumprir essas regras, coisa que não tem acontecido, por diversas vezes. Para além disso o facebook realizou operações de tratamento de dados ilegais. Já para não faltar na falta de bom senso básico, ou na má fé constante.

Acho que antes de falares em exagero, devias conhecer casos. Por exemplo a funcionalidade beacon é na minha opinião, ilegal em Portugal, pois o utilizador não tem acesso à informação armazenada por ele, não a pode alterar, nem apagar e a lei de protecção de dados exige essa possibilidade.

Chamar dumb fucks aos clientes (por confiarem neles), também não parece uma forma de os cativar, tal como ter colegas a dizer que o CEO não quer saber de privacidade para nada. Tudo isto ultrapassa os limites do aceitável e não estamos a falar de casos como das meninas que publicam intencionalmente fotos mais atrevidas.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
Hipnoted

A questão da privacidade não é um exagero!

O facebook foi criado por um individuo que criou fichas sobre pessoas sem a sua permissão (isto é um crime).

O facebook várias vezes utilizou dados pessoais para fins que não os que foram explicados aos utilizadores do facebook (incluindo dar esses dados a terceiras partes).

O facebook compromete-se com determinadas regras de privacidade, é por isso obrigado (por lei) a cumprir essas regras, coisa que não tem acontecido, por diversas vezes. Para além disso o facebook realizou operações de tratamento de dados ilegais. Já para não faltar na falta de bom senso básico, ou na má fé constante.

Acho que antes de falares em exagero, devias conhecer casos. Por exemplo a funcionalidade beacon é na minha opinião, ilegal em Portugal, pois o utilizador não tem acesso à informação armazenada por ele, não a pode alterar, nem apagar e a lei de protecção de dados exige essa possibilidade.

Chamar dumb fucks aos clientes (por confiarem neles), também não parece uma forma de os cativar, tal como ter colegas a dizer que o CEO não quer saber de privacidade para nada. Tudo isto ultrapassa os limites do aceitável e não estamos a falar de casos como das meninas que publicam intencionalmente fotos mais atrevidas.

Eu não disse que havia casos em que estas quebras de privacidade não eram condenáveis... Mas mesmo assim continuo a achar exagerada a forma como algumas pessoas tratam este assunto, como se fosse o fim do mundo.  Como já disse, se a informação sobre o seu perfil é assim tão confidencial porque raios a colocam num site público? Ainda para mais conhecido como o Facebook, e por ser tão conhecido é também muito vulnerável a ataques do tipo que temos visto...


"Nunca discutas com um idiota. Eles arrastam-te até ao seu nível e depois ganham-te em experiência"

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
merlin3000

Acho que a questão pela qual o pessoal se têm queixado do facebook não é por não ler os termos e condições. Como não uso muito não estou a par de muitas das mudanças, mas pelas notícias que leio o problema é o facto de o facebook não cumprir aquilo que promete em termos de privacidade. Assim de repente lembro-me de ler que sem escolha os utilizadores tiveram as suas listas de amigos tornadas públicas.

Ninguém as obrigou a usar o facebook, mas há uma expectativa de privacidade, esta dentro da lei, que aparentemente não está a ser cumprida. Se um dia a zon tornasse público o conteúdo da minha navegação ou mesmo o google das minhas pesquisas (de uma maneira identificativa) também ficava lixado.

E é como diz o falco, e bem, não só tem quebrado os próprios termos e condições como têm violado as leis de vários países (o facto de ainda não lhes terem caído em cima na UE supreende-me imenso). Não poder remover a conta foi daquelas notícias que me surpreendeu bastante, sei que agora já se pode mas ainda demora o seu tempo até que realmente os dados sejam removidos.


Criar é Divertido

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
falco
Mas mesmo assim continuo a achar exagerada a forma como algumas pessoas tratam este assunto, como se fosse o fim do mundo.

Não, não estão!

Estão  tratar com e importância relativa que a privacidade merece.

Como já disse, se a informação sobre o seu perfil é assim tão confidencial porque raios a colocam num site público?

Nem toda a informação que se coloca num site é suposto ser pública, mesmo que o site seja público.

Por exemplo não é normal que nomes, moradas físicas, endereços de e-mail, números de telefone e outros sejam tornados públicos. E não é normal só porque é senso comum que essa informação não seja publicada, como há leis em relação a isso. O mesmo se aplica a muita outra informação pessoal.

para além do senso comum e das leis, ainda existem os termos e condições pré-determinados a quando da adesão. É totalmente legitimo esperar que a informação só seja tornada disponível a quem o proprietário dos dados aceitar que seja disponibilizada. Ou seja colocar informação num site, não implica o direito dessa informação ser acedida indiscriminadamente e ser utilizada para qualquer fim.

Há sempre as mesmas parvoíces de quem não lê os termos e condições desses sites antes de se registar lá.

Como já disse antes houveram violações desses termos e condições, bem como da lei. E é desses problemas que se fala e não de outras questões.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
pwseo

Exacto, o problema do facebook foi precisamente o facto de não cumprir os seus próprios termos de serviço.

Numa destas últimas alterações, de repente as permissões pré-definidas de publicação passaram de "apenas amigos" para "toda a gente", e isto foi anunciado de uma forma muito muito subtil, que levou a maior parte dos utilizadores a carregar "Yes" para aceitar esta mudança.

Isso, em conjunto com o facto das aplicações que os teus "amigos" utilizam poderem aceder a dados que tu nem sabes que podem (tens que ir vasculhar nas definições de privacidade para teres uma ideia melhor daquilo que partilhas sem saber) e com o facto do menino Zuckerberg já de si ter um historial nada bom no que diz concerne ao cumprimento de regras, faz com que a gente se preocupe.

E também existe aquela coisa de que apagar uma conta no facebook é difícil, uma vez que tudo foi feito de forma a que as pessoas apenas a desactivem (e pensem que a apagaram).

Também não ficava mal ao facebook encorajar os utilizadores a definirem listas de amigos e controlar as suas permissões... Mas como o objectivo é encaminhar os utilizadores no sentido de terem tudo público, obviamente que não o fazem. E isso também é preocupante.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!

Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.

Entrar Agora

×

Aviso Sobre Cookies

Ao usar este site você aceita os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Este site usa cookies para disponibilizar funcionalidades personalizadas. Para mais informações visite esta página.