Ir para o conteúdo
  • Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #60 da revista programar. Faz já o download aqui!

esquiso

"A falsa pandemia" - Gripe A

Mensagens Recomendadas

esquiso

Pois é, parece que a Europa vai andar a catar as varias empresas do sector farmacêutico que promoveram o medo da Gripe A, o que levou a que vários governos e instituições privadas fossem "forçadas" a comprar milhões de € em vacinas que acabaram por não ser usadas.

Notícias que até agora encontrei sobre este assunto:

http://www.dailymail.co.uk/news/article-1242147/The-false-pandemic-Drug-firms-cashed-scare-swine-flu-claims-Euro-health-chief.html

http://www.guardian.co.uk/world/2010/jan/11/swine-flu-h1n1-vaccine-europe

http://www.thenewamerican.com/index.php/world-mainmenu-26/europe-mainmenu-35/2697-eu-to-investigate-who-false-pandemic-scandal

Neste momento, uma questão impõe-se. De quem é a culpa? Da industria farmacêutica? Das instituições como a OMS? Dos governos?

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
vbmaster

Neste momento, uma questão impõe-se. De quem é a culpa? Da industria farmacêutica? Das instituições como a OMS? Dos governos?

Não, a culpa é dos canais de televisão, jornais e mídia em geral...

Sempre que vêm estas pandemias mais vale nem abrir a televisão, é-se mais feliz.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
pedrotuga

Na minha opinião a culpa é da estupidez e ignorância que essas parece que não há pandemia que as abale.

Se o pessoal tivesse juízo, a começar pelos media...

mas eu curto o som do novo vocábulo... 'gripá', acho que o velho e tradicional  'santinho' vai definitivamente mudar

......ATCHIM!

-gripá

-gripá

-gripá

-eh pá, tás com gripá?

...

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
HecKel

Não, a culpa é dos canais de televisão, jornais e mídia em geral...

Sempre que vêm estas pandemias mais vale nem abrir a televisão, é-se mais feliz.

Não é só pandemias..., é tudo em geral. Quando estava na Grécia, ficava a saber certas noticias primeiro pelos meus pais e só depois é que ouvia de gregos, e só ouvia de gregos porque lhes perguntava. TODAS as noticias foram exageradas, pelo menos durante o tempo em que lá estive, e uma das vezes até rebentou uma bomba a 1km de minha casa (que nem dei por nada)..., imaginem as noticias em PT ;)

Se é desgraça? Vende! Se PODE ser desgraça? Ilustra-se um pouco que também vende.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
skin

A culpa foi dos media, e foi dos governos e instituições como a OMS. Os governos porque "achavam" que eram precisas duas vacinas quando só era preciso uma, quem ganhou com isto...(?), da OMS por ter declarado o estado de pandemia logo no inicio... e dos media por ter feito o filme que fez.

As farmacêuticas só saíram a ganhar.

Quando estiver em força a gripe das aves, essa sim que mata mais de 50% da população infectada, depois desta experiência não vão encomendar tantas vacinas e isso sim vai ser letal para a população.

E é engraçado Portugal dizer que não vão sobrar vacinas... Só não sobram se as deitarmos fora (que não me admiro nada que o governo faça isso só para parecer bonito...), de outro modo vão sobrar.


Our lives begin to end the day we become silent about things that matter - Martin Luther King

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
Warrior

E é engraçado Portugal dizer que não vão sobrar vacinas... Só não sobram se as deitarmos fora (que não me admiro nada que o governo faça isso só para parecer bonito...), de outro modo vão sobrar.

Portugal só encomendou vacinas para 10% da população ou lá o que foi. Existe sempre gente para vacinar além dos grupos de risco previstos.

Pelo contrário, alguns países (como os nórdicos) encomendaram vacinas para quase toda a gente, é natural haver sobras se as pessoas não quiserem ser vacinadas.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
pedrosorio

http://sic.sapo.pt/online/noticias/vida/Portugal+recebeu+470+mil+dos+6+milhoes+de+doses+de+vacinas+para+a+gripe+A.htm

"Portugal recebeu até agora 470 mil dos 6 milhões de doses de vacinas para a gripe A (H1N1) encomendadas"

Ou seja, cerca de 30% se fossem necessárias duas doses. Vamos andar a tomar banho em vacina para a gripe A daqui a uns meses.


Não respondo a dúvidas por mensagem.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
Warrior

Se realmente se receber isso tudo, vai-nos acontecer o mesmo que aos outros países. Só com 470 mil é natural não existirem sobras..

Acho que se coloca também a questão de quando é que é suposto chegar o resto, porque se for para meio deste ano, é bem possível que já seja a pensar para uma re-vacinação (isto se for como na da gripe ocasional, que se renova anualmente) pelo que 15% da população parece-me mais aceitável.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
apocsantos

    Não faço ideia se podem ou não cancelar a encomenda, mas que a suposta pandemia cheirou a "musica"... cheirou, desde o inicio! Também parece que os média não teêm ponta de juizo e os jornalistas, ponta de "formação", a julgar pela pergunta de uma jornalista a uma Sra. que ficou 100h debaixo de escombros no Haiti "Como se sente?" Essa foi mesmo daquelas coisas que só mesmo na TV :D

    Tanto alarmismo com a pandemia, tanta gente que provavelmente teve a dita gripe, e não foi confirmado, porque simplesmente "veio e foi"... E tanta guita gasta numa vacina para uma suposta pandemia que nunca aconteceu...

    Sem mais comentários! A unica coisa de jeito foi mesmo o vocabolo "gripá"....

Cordiais cumprimentos


"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
pedrosorio

E tanta guita gasta numa vacina para uma suposta pandemia que nunca aconteceu...

A pandemia aconteceu. O problema é que se passou a ideia que pandemia = mortalidade elevada


Não respondo a dúvidas por mensagem.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
apocsantos

    Aconteceu mas não com as proporções e taxas de mortalidade anunciadas. Na realidade o Virus H1N1, não é um bixo de "7 cabeças", eu fui um dos que teve uma "torrida relação" com esse virus, e não passei por muito. Alias passei uns dias de cama, e tão depressa apareceu como desapareceu. É pah estou vivo, bem vivo, bem de saude, optimo de saúde, sem problemas alguns.

    Faço parte de 2 grupos de risco em simultâneo, e não fui vacinado... Recusei a vacina e "andor", não vai ser uma gripe que me vai meter medo, e me fazer fugir com o "rabinho entre as pernas" como os cães.

    Cordiais cumprimentos


"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
pedrosorio

    Aconteceu mas não com as proporções e taxas de mortalidade anunciadas. Na realidade o Virus H1N1, não é um bixo de "7 cabeças", eu fui um dos que teve uma "torrida relação" com esse virus, e não passei por muito. Alias passei uns dias de cama, e tão depressa apareceu como desapareceu. É pah estou vivo, bem vivo, bem de saude, optimo de saúde, sem problemas alguns.

    Faço parte de 2 grupos de risco em simultâneo, e não fui vacinado... Recusei a vacina e "andor", não vai ser uma gripe que me vai meter medo, e me fazer fugir com o "rabinho entre as pernas" como os cães.

    Cordiais cumprimentos

E se tivesse sido algo tão sério como anunciaram (por motivos económicos ou outros), pertencendo a dois grupos de risco, essa tua mentalidade de rambo, tinha-te levado a conhecer o caixão mais cedo.

Parabéns =)


Não respondo a dúvidas por mensagem.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
apocsantos

    Mentalidade de "rambo", não diria, é mais "cautela" e informação. Sempre estive informado sobre o H1N1, talvez mais informado do que o que deveria. Não caí na estupidêz de ficar "todo acagaçado", com uma coisa que não tinha dados concretos sobre ela. Informei-me com quem achei que saberia melhor do que eu o que me dizer, e quando infelizmente fui "contagiado" segui o protocolo normal.

    Conhecer o caixão mais tarde ou mais cedo, é apenas uma questão temporal. É obvio que o vou conhecer um dia... A piada na vida é mesmo não saber quando! Se soubesse quando, deixaria de ter "graça" viver. Ou se soubesses que ias ter um acidente hoje, nem sequer saias de casa? Eu vivo a vida na boa, de bem com a vida, é pah já a vi por um fio algumas vezes, e sinceramente não me incomodou.

    Não andei a expor-me à gripe como se isso fosse um desafio, recusei a vacina com base em dados concretos. Não passei o verão a trabalhar para o "emagrecimento", para depois ter um Sistema Imunitário completamente debelitado, pelo contrario, faço o que posso para ser saudavel, e manter o sistema imunitário "pronto pra briga".

    Termino a observação citando um médico que me atendeu à uns anos num serviço de urgencia: "Se não morreste desta, duvido que alguma coisa te mate!"... Suponho que ele estivesse a fazer um apelo à "imortalidade".... (fui lá parar vitima de acidente de viação causado por condutor com taxa de alcoolemia superior à legamente permitida).

Cordiais cumprimentos


"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
pedrosorio

Obviamente que quando escrevi "mentalidade de rambo" me referia a isto:

" Faço parte de 2 grupos de risco em simultâneo, e não fui vacinado... Recusei a vacina e "andor", não vai ser uma gripe que me vai meter medo, e me fazer fugir com o "rabinho entre as pernas" como os cães."

Assim como foi apresentado, parece ser uma regra que aplicarias a qualquer gripe e se houver uma pandemia grave nos próximos tempos quase que aposto que muita gente, pouco impressionada com os "resultados" desta, vai ter menos cuidado do que devia.


Não respondo a dúvidas por mensagem.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
apocsantos

    Eu cumpri integralmente todos os cuidados recomendados, fiz a vacinação anual contra a gripe sazonal, acabei por apanhar H1N1, por contagio familiar, e só recusei a vacina porque tive informação de que o seguir os protocolos e indicações na integra, não seria problema. Assim não me preocupei tanto.

    A ser uma pandemia mais séria, com um virus mais perigoso, ou uma bacteria mais perigosa, teria outros cuidados e provavelmente aceitaria a vacinação. Claro que como estou de uma determinada forma ligado ao serviço de saude, tenho acesso a informação e com quem partilhar informação mais "à vontade".

    A informação que me foi dada sobre o H1N1 era que se tratava de um virus identico ao da gripe sazonal, apenas com algumas pequenas mutações, e que em caso de contagio o melhor a fazer era manter a calma, actuar com paracetamol, e contactar o médico para seguir indicações e ter acompanhamento. Foi assim que fiz, e foi assim que me safei. Não andei com "paranoia", mas com precaução, e preparei-me para a gripe "com antecedência"... Assim quando ela chegou, eu já a aguardava....

Cordiais cumprimentos


"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
skin

E se tivesse sido algo tão sério como anunciaram (por motivos económicos ou outros), pertencendo a dois grupos de risco, essa tua mentalidade de rambo, tinha-te levado a conhecer o caixão mais cedo.

Parabéns =)

Há que ser minimamente inteligente e não acreditar em tudo o "anunciaram" .


Our lives begin to end the day we become silent about things that matter - Martin Luther King

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
apocsantos

    Eu tomei o broncovaxon durante uns anos, apenas por precaução, mas ainda assim apanhei gripe na mesma. Até ja de uma pneumonia me livrei! A unica coisa que mudou, foi que deixei de fumar....    Teve de ser! (fumar lixa tudo) :D

    Como se pode dizer "é a vida"! Eu mantenho-me informado. Alias faço isso mais numa de "desafio" do que numa de "trabalho".

Cordiais cumprimentos


"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
IceBrain

Vocês dizem que houve muito alarmismo sobre uma gripe que acabou por não ser nada.

E se tiver sido o alarmismo que reduziu os efeitos da gripe? Muitas pessoas não tomariam alguns cuidados se não fosse o mediatismo.

Nas escolas, por exemplo, ensinaram-se coisas básicas como lavar as mão frequentemente ou não tossir para cima delas, e a "sombra da gripe A" foi obviamente importante para isso.

Eu não digo que teria sido terrível se não tivesse havido este alarmismo, mas que teve alguns efeitos positivos é inegável.

E quantos às vacinas, bem, eu não a pensava tomar, e o meu médico também disse que era inútil, mas gripe A não vai desaparecer; tal como a outra, vão haver casos todos os Invernos, e continuarão a afectar crianças e grávidas.

Visto que de todas as que encomendámos só recebemos 470 mil, podia-se convencer as farmacêuticas para que as vacinas sejam distribuídas mais espaçadamente, de forma a ir-se vacinando as novas crianças e grávidas para Invernos futuros.


❝The idea that I can be presented with a problem, set out to logically solve it with the tools at hand, and wind up with a program that could not be legally used because someone else followed the same logical steps some years ago and filed for a patent on it is horrifying.❞- John Carmack on software patents

A list  of command line apps

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
yoda

Todas as doenças anunciadas a esta escala existem, porque quem comanda isto tudo não é parvo ao ponto de inventar completamente uma coisa e correr o risco de ser descoberta a verdade. Assim, a pandemia tem tanto de verdade como de mentira.

A verdade, segundo me parece por conversa com médicos, é que ela realmente existe, e não é nova (a estripe é nova, mas o vírus é bastante velho ja). A mentira é o furor causado pelos media ao anunciar que iamos quase todos desta pra melhor se nao fossemos vacinados. Serviu, portanto, como alavanca para alguns gigantes farmacêuticos enriquecerem à custa da insuficiência de informação da população e da "má onda" (para não dizer outra coisa) dessas entidades que gostam de brincar com o psicológico das pessoas e enriquecer com isso.

Claro que grande parte da população, na dúvida se o alarmismo era verídico ou não, preferiria levar a vacina a arriscar-se a morrer, e certamente isto foi usado como argumento persuasivo com os governos mundiais. Gerou-se, pior que uma certeza, uma dúvida, e na dúvida preferiram pagar às indústrias farmacêuticas as tais vacinas.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
jnetic

Nas escolas, por exemplo, ensinaram-se coisas básicas como lavar as mão frequentemente ou não tossir para cima delas, e a "sombra da gripe A" foi obviamente importante para isso.

Eu não digo que teria sido terrível se não tivesse havido este alarmismo, mas que teve alguns efeitos positivos é inegável.

Concordo com a tua afirmação, de que, devido ao alarmismo foram adoptadas medidas básicas de higiene pessoal. Começando com a educação dos mais jovens.

Contudo, não posso deixar de lamentar, ter sido necessário uma "epidemia" para [re]lembrar a história que já passámos por uma idade média.

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites
herakty

Assim que vi o nome Dick Cheney envolvido vi tudo. Os virus são mutantes e todos os anos temos uma nova gripe. algo normal que todos sabem

o curioso é que esta gripe têm-se repetido na sua forma. apareceu já nos anos 90 (o que se sabe) no vietnam e nada de mais.

a questão é a seguinte. Algo assim acontece por acaso ou porque houve grupos de pessoas e empresas que se uniram para roubar o mundo?

pelo que vi nos artigos foi algo organizado.... que nome se dá a isso? não está isto a acontecer noutros sectores?

teckV

Partilhar esta mensagem


Ligação para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!

Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.

Entrar Agora

×

Aviso Sobre Cookies

Ao usar este site você aceita os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Este site usa cookies para disponibilizar funcionalidades personalizadas. Para mais informações visite esta página.