Jump to content

O primeiro computador ou PC


herakty

Recommended Posts

pelo que pesquisei acho que ainda não houve nenhum tópico sobre este tema tão importante... se calhar hoje com a velocidade com que se muda de hardware isto não tenho o significado de outros tempos... posso dizer que tive um PC durante muitos anos sem mudar nada... não era preciso e não havia grande coisa para mudar... ou o que havia era mesmo, mesmo muito caro... e ter um PC já era cá um luxo

como vi um tópico sobre a primeira linguagem achei interessante um sobre o primeiro PC (ou outro tipo de computador ou os dois)

também poderá ser interessante falarem do actual (sei que o ppl hoje valoriza muito ter as ultimas peças)

o meu primeiro contacto com computador foi o famoso Spectrum 48 K... para programar (BASIC), pois nunca gostei muito dos jogos daqueles tempos... jogo mais hoje

280px-ZXSpectrum48k.jpg

http://pt.wikipedia.org/wiki/ZX_Spectrum

e agora sim... o meu primeiro PC e a minha GRANDE PAIXÃO foi o EuroPC da Sheneider... uma raridade e já uma peça de museu

europc1_1.jpg

Manufacturer:  Schneider

Model Euro PC

Released: 1988

Processor 8088

Mhz: 9,54

RAM: 512 KB

Data Medium: internal Diskdrive 3,5"

Graphic-Card Graphic: CGA 620x200, Hercules 720x384, Text: 80x25

Colors: 4

Sound: PC-Speaker

Operating Systems: MS-DOS 3.3

Ports: Seriel, Parallel, Mouse, Keyboard, Monitor, 1 ISA-Slot

Specials: The Systemspeed can be changed in the BIOS between 4.77, 8 and 9.54 Mhz

Launch price: 1800,- DEM

Got my own one: Present of a friend

Curtam os pormenores...  😉

Sistema de som: Speakers 🙂

Processador: 8088 a 9.54 Mhz (mega, não giga)

Memória: 512 Kbytes (nem megas, nem gigas... KBytes)

Gráfica: Graphic: CGA 620x200, Hércules 720x384, Text: 80x25 (eu tinha o hércules monocromático, pois havia a versão CGA de 4 cores horríveis... no fundo não era uma placa gráfica mas algo que imprimia caracteres no ecrã... para se fazer uma linha usavam-se os caracteres com o ALT- 200 (╚) isto é mais um canto mas percebem a ideia... era assim que se criavam os menus e tudo o resto... não havia interface gráfico

não tinha disco rígido e quando me falaram nisso achei que nunca usaria, pois para que alguém precisaria de 20 megas de espaço para armazenar ficheiros?

não dava para jogar... conseguia-se emular o CGA para se jogar certos jogos... mas claro.. muito fraquinho... joguei no primeiro simulador de carros, o Test Drive 1 em 2 D

aqui programei em várias linguagens e liguei-me com um modem às BBS (Buletim Board Systems) e foi onde começei realmente a aprender e ter conhecimentos a sério nas BBS de hackers (hacker é apenas "saber") e as BBS de hacker eram as especializadas em TI... havia BBS para tudo

Linguagens de programação neste PC: (C++ , Clipper, Turbo Pascal, GW-Basic, Turbo Basic)

Programas que achei mais curiosos: Software de BBS, MS Works (o office da altura) e o D-BASE que era um sistema de base de dados que se podia programar e tudo

teckV

Link to comment
Share on other sites

O velhinho ZX 48K com 48K de Ram, sem drive nenhuma, leitor de K7 tinha que ser ligado ao lado, programava-se muita bem em basic, e fazia-se umas brincadeiras curtidas com o Keypston Joystick.

É uma raridade mas ainda nos dias de hoje se utiliza o processador do ZX Spectrum o famoso Zilogo Z80 (Muito semelhante ao 8080 da Intel). Vi recentemente num site um indiviuo que conseguiu montar um computador com base no Zilog Z80 e coloca-lo a correr Minix 🙂

Cheguei a ter contacto com o EuroPC da Sheneider, mas nunca tive nenhum até recentemente.... para fins de colecção apenas.

Do ZX passei para o Amstrad PC-DD 1512 sem disco rigido, apenas com duas drives de 5.25'' de densidade dupla. Corria DOS 3.0 lindamente, tinha uma porta keyspton para joystick no teclado, porta serie e porta paralela.... Também me ligava a BBS, com esse brinquedo. (Outros tempos)

Do Amstrad passei para um IBM 80286 com 2MB de Ram, disco de 40MB IBM DOS 4.0, trazia de origem o BASICA, tambem cheguei a programar GWBasic nele, Turbo Pascal, Clipper, Dbase III+, um bocadito de C, e Assembly (ainda sou desse tempo), o modem já era melhorzito 😉

Depois desse tive um "OEM" 386SX a 16mhz 2 MB de RAM grafica Cirrus Logic, som PC-Speacker, onde soldei 2 fios e puxei para fora da caixa para ligar a um amplificador e respectivas colunas, onde fazia exactamente a mesma coisa que fazia nos outros, mas onde já trabalhei mais com C, já corria DOS 5.0, e Windows 3.1 modem de 9.6kbps, aquilo era um "avião".

Muita coisinha fez aquela maquineta... Coitada... Reformada no meu escritório, corre actualmente linux 😉

Cumprimentos

"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Link to comment
Share on other sites

Tão recentezinho isso....

Bom bom era no tempo antigo... em que um gajo fazia trinta por uma linha com os pc's... P IV já é recente pra caraças

Alguém se lembra aceleradoras graficas Voodoo e Voodoo 2 ??? da 3Dfx ??? Aquilo tinha um suporte para OpenGL maravilha 😁

Cumprimentos

"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Link to comment
Share on other sites

Um "festival de velharias", gosto disso.

Alguém se lembra do TK82 da linha Sinclair?

Se não me engano o clock não chegava a 10 Mhz, tinha apenas 8KB de RAM com expansão externa para, acreditem... 64KB -- devidamente turbinado. 

O teclado? Ah! o teclado de membrana compunha o corpo (gabinete) do computador. No calor a goma que prendia o elastômero derretia e o contato movia-se com o uso. Programar dessa forma era um desafio.

Tudo era feito linha a linha em Basic, se não quisesse perder todo trabalho, deveria gravá-lo em fitas mini cassete.

Copiar o programa para a memória do micro era um verdadeiro desafio, pois implicava no ajuste correto do nível de reprodução do toca fitas.

Faturei fazendo adaptações em televisores para que funcionacem como monitores de vídeo, na época o vídeo era modulado em amplitude e transmitido na freqüência dos canais 3 ou 4 em VHS. Um festival de chuviscos e ruídos com perda de sincronismo.

Depois adquiri um TK2000 da mesma linha e que prometia que "Jamais se tornaria obsoleto" no entanto teve que se render ao avanço da tecnologia.

Abraços.

Link to comment
Share on other sites

Lembro-me de alguns modelos dessa epoca. O que mais gostei para alem do ZX Spectrum 48k foi o Timex TC2048. Na altura aquilo era um "ferrari" dos computadores, suportava cartuchos, alias um dos cartuxos era o de uma rom identica à do ZX Spectrum para correr aplicações feitas em Spectrum Basic pois o Timex usava uma variante diferente da Rom de BASIC. Bons tempos. Aquilo prometer prometia.... Cumprir.... Faziam coisas que os de agora não fazem 😁

Cumprimentos

"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Link to comment
Share on other sites

Pois também me lembro desses discos. No meu caso o disco de 1GB que tive ficou cheio com alguma facilidade, porque armazenava toneladas de tralha lá, exercicios feitos, o que tinha do tempo do ZX para correr no emulador, e mais uma serie de tralhas. Agora não consigo encher os discos do computador pessoal que tenho. E a cada passo um disco fica obsoleto. Comigo acabam por ser substituidos apenas por avaria, mas não consigo encher todo o espaço de um disco actual.

Ainda me lembro de achar 20Megas muito... Pois sim... e 4MB de Ram era um luxo! Hoje em dia 4GB é normal.... Como os tempos passaram.

Alguém se lembra das placas de som AWE32 com expansão ISA? E já agora das EISA ?? Ainda cheguei a ter um Compaq que tinha uma espanção EISA.

Cumprimentos

"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Link to comment
Share on other sites

O meu primeiro computador também foi um ZX Spectrum, que durou uns bons 4 anos de uso intensivo. E não durou mais porque o teclado acabou por ceder e já eram teclas a mais a não funcionarem... 😞 Foi no ZXSpectrum que dei os meus primeiros passos na programação.

O meu primeiro PC foi-me oferecido em 1991 pelos meus pais, quando entrei para a faculdade. Era um "Universitas" (marca da OportoBBS, quem se lembra? 😉) com processador Cirix SX 33MHz (os DX eram da Intel), 4 MB de RAM (que depois aumentei para 8, por 24 contos - 120€ 😲, a RAM era caríssima nessa altura) e ujm disco de 130Mb. Foi neste computador que fiz os meus primeiros trabalhos pagos, na área de desenvolvimento.

Este computador durou até 1996 quando comprei o meu primeiro computador com o meu dinheiro: Um pentium a 100MHz, com 16Mb de RAM. Este computador foi alvo de vários upgrades desde maiores discos a uma placa Voodoo para aceleração gráfica. Durou até a MB entregar a alma ao criador em 2002.

Depois comprei um AMD que ainda dura. É um AMD Athlon 2600+ com 512Mb RAM (eram 1Gb, mas uma das placas deu o berro). Foi a minha máquina de jogos durante muito anos e onde me iniciei no Sim Racing, que é o meu maior Hobbie. Tal como o anterior foi tendo vários "melhoramentos" durante os anos, como a placa gráfica (ATI 9600). Actualmente pouco é usada, servindo apenas para testes (está a correr o windows 7) e para aceder por VPN + RDC aos computadores de trabalho.

Em 2006 comprei a minha actual máquina do Cockpit de SimRacing. Um AMD 64 2.4GHz (sim sei, é muito fraco actualmente), com 2Gb RAM dois discos de 80Gb em RAID 0 e uma gráfica EVGA 8800GTX. Ainda se aguenta na maior parte dos simuladores, mas o processador já mostra a antiguidade, nos sims que exigem mais no cálculo de modelos de física mais elaborados.

O meu computador para tudo o resto é um iMac late 2007 (dos primeiros de alumínio) com processador Intel Core 2 Duo 2.4GHz, com 2Gb RAM e disco de 320Gb a correr Snow Leopard. Foi graças a ter comprado este computador que começei a programar para o iPhone, e isso valeu-me um trabalho no sapo na equipa de "Mobile Devices" a desenvolver para o iPhone. 😉

Mas, passados estes anos todos, ainda converso muitas vezes com um primo meu, dos bons tempos que passámos com o ZX Spectrum e o impacto que teve nas nossas vidas. Só tenho pena de nunca ter experimentado um Apple II ou um dos primeiros Macintosh na altura em que estes eram actuais.

Link to comment
Share on other sites

Tenho um Apple II a funcionar, na colecção de "maquinas antigas". Infelizmente não o usei na altura deles.... Lembro-me perfeitamente dos Universitas da OportoBBS foram as primeiras maquinas OEM com Boar de Formato AT.... Grandes maquinões.... Os processadores da Ciryx ainda deram cartas até 1999 ano em que se não estou em erro a marca deixou de fabricar processadores. A Maior diferença entre os SX e DX era o facto dos DX terem co-processador Matemático, algo que os SX não tinham. (daí a diferença de preços de uns para os outros). Joguei muito Quake num Pentium 166MMX, todo "kitado" que depois do seu ultimo upgrade (ultimo com board AT) ainda resiste com um grande penguim pintado numa caixa Big-Tower. (Born to Frag) 😞 ainda funciona!

As memórias eram de facto um roubo... Então as memórias para os IBM PS/1 aquilo é que era caro.... 2MB de RAM 60 contos == 300€ +/- .... E eu paguei-os que me lixei.....

Sinceramente ainda sinto fascinio pelos MAC, e apesar de estar inscrito no Apple Developers Connection, tenho pouco acesso a maquinas Mac. Ainda estou à espera que o "Pai Natal" me traga um Mac, porque eu não vejo jeitos de comprar um.... Acho-os demasiado caros face aos PC's...

Cumprimentos

"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Link to comment
Share on other sites

O SX da Cirix tinha co-processador Matemático, mas no entanto a performance era pouco superior ao SX (s/ co-processador matemático) da Intel.  😞

Quanto aos Apple serem caros, é verdade. Mas se vires bem o que um iMac oferece, não está tão caro assim. O problema da Apple é que os computadores mais baratos (mac mini) esses sim, estão caros para o que oferecem. Mas depois de mais de 2 anos a usar Mac OS, nem me passa pela cabeça voltar atrás!  😉

Link to comment
Share on other sites

    Eu no trabalho tenho de vez em quando acesso a Mac's e gosto imenso daquelas maquinas. A maior asneira que me pediram foi para instalar o windows num Mac. Apareceu um "nabo" com uma caixa do windows XP Home a pedir para lho instalar num Mac Book novo em folha. Deu vontade de lhe "partir a tromba", mas pronto, apareceu com as licenças ainda em caixa, a pedir se instalava... Lá se deu um jeito. (Contra a vontade)

    Os portateis Mac ainda estão carotes face aos "homologos" da Dell que em termos de hardware são bastante semelhantes. É pena! Mas é vida! Os Mac Mini são proibitivos.... Tanto dinheiro por tão pouca maquina! 😞

Cumprimentos

"A paciência é uma das coisas que se aprendeu na era do 48k" O respeito é como a escrita de código, uma vez perdido, dificilmente se retoma o habito"

Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.