Jump to content

Quanto cobrar pelo desenvolvimento de um pequeno site?


Knitter

Recommended Posts

Boas!

Não costumo desenvolver sites a nível comercial mas recebi recentemente uma proposta para desenvolver um pequeno site que permite criar a presença de uma empresa na internet.

O site não involverá o uso de qualquer tecnologia server-side, será feito em html sem qualquer necessidade de recorrer a outro tipo de linguagem, nada de php, páginas dinâmicas, flash, enfim um site simples composto por 1/2 dúzia de páginas html que permitam mostrar os onjectivos da empresa e os produtos que são vendidos. Não sofrerá muitas actualizações, talvez uma ou outra noticia de tempos a tempos ou a introdução de um produto novo. A empresa não vende produtos on-line.

O meu problema é: qual o valor médio a cobrar por um desenvolvimento deste tipo e se esse valor apenas inclui o desenvolvimento ou se também inclui as actualizações, isto é, sendo eu responsável pelas actualizações estas são oferecidas ao cliente ou são cobradas?

Queria apenas ter uma ideia de como anda o mercado deste tipo de desenvolvimento.

Obrigado.

Link to comment
Share on other sites

Em portugal o pessoal pensa que um site não é umportante num negócio, mas na verdade é super importante. Depois não estão dispostos  pagar nada de jeito e os webdesigners para conseguirem arranjar algum têm que se sujeitar a preços huilhantes.

epa... um site que não seja dinâmico não faz muito sentido hoje em dia... mas independentemente disso acho que não deves fazer um site sem ofereçer actualizações e manutenção. Se queres um conselho não faças nada por menos de 200 euros. Isto para um ano... depois o preço de mais um ano já tinhas que negociar.

Link to comment
Share on other sites

Penso que tens de ver a coisa no conceito de qualidade, isto permitirá valorizar o teu trabalho.

O desenho de uma presença que não sofre actualizações é muito mais importante que um site que é constantemente actualizado.

Pontos que te valorizaram o trabalho no momemento da venda:

  Meta Tags para o Google

  Design dentro dos padrões

  Quadro de Noticias actualizadas pelo cliente

Ponto que podem melhorar o teu retorno:

  Colocação do site no Google AdWords (podes fazer a revenda de publicidade)

  Mensalidade com o envio das estatísticas do site e enventualmente com algumas actualizações

Tem a atenção a utilização de dominio pago que esteja no minimo 95% up, e configura emails associados ao dominio.

Tendo em conta um site com 7 páginas fixas, formulário de contacto em php - 250€ (com um design conceito e duas revisões)

Com secção de notícias dinâmica actualizada pelo cliente + 100€

Envio mensal de estatísticas do site  5€/mês

Mensalidade com actualização e estatísticas 15€/mês

Mensalidade com publicidade no google 50€/mês

Com os melhores cumprimentos,

Sérgio Matias

ser.gifsartim.gif

Link to comment
Share on other sites

Não fazia a ideia que eram tão caros os serviços !

Não me pareçe que uma PME esteja disposta a pagar esses montantes, ainda por cima não me pareçe que o Knitter esteja colectado para passar a factura para a empresa justificar as despesas !

Eu em principio irei fazer um para uma IPSS mas não irei cobrar dinheiro nenhum, tambem não vai ser grande coisa, vai ser só em html, e vai ser actualizado por eles, só vou fazer o design, os textos são da responsabilidade deles, tenho é que comprar um dominio .pt num host que passe factura !

Link to comment
Share on other sites

True... O problema é que não há quem queira pagar por um site...

Acho que a mentalidade tem vindo a mudar (ainda bem) mas mesmo assim ainda é chato...

Eu os que faço são de "amigo" ou seja não cobro nada mas claro se começar nisto a sério ia cobrar bem... vejamos: Trabalho que nem um cão, ocupo tempo do meu dia e ainda tenho que aturar o chato do cliente...

Acho que vale bem uns >500€ 😄

Mas também é por um site feito em PHP e essas mariquisses todas... se fosse em html não cobrava mais de 250€

Link to comment
Share on other sites

Aqui fica uma dica para  a malta que faz um site por ano. Não é preciso estar colectado para passar um recibo verde.

Se se trata de um trabalho isolado e o valor do trabalho é inferior a 2.500€ ou a 50% dos rendimentos pode-se usar o ACTO ISOLADO.

Não se passa um recibo verde, mas sim uma declaração em triplicado: um exemplar fica para o contribuinte, outro fica para quem paga o serviço e o outro vai para o serviço de finanças da área de residência. Se o valor do acto isolado for superior a 9.959,17 € tem de se fazer 10% de retenção na fonte. Isto ainda implica o pagamento de IVA, mas o melhor é ires às finanças pedires informações. Atenção que as contas bancárias andam vigiadas, movimentos estranhos são comunicados ao banco de portugal que por sua vez encaminha para as finanças.

®idelight

Os serviços são caros devido ao custo astronómico de manutenção de uma empresa. O problema na área do web design é a desvalorização dos programadores e designers (algo que já foi focado noutro tópico) devido à entrada no mercado de algumas pessoas que nem sabem fazer um site decente, além disso fazem-no à margem da lei trabalhos de ***** e não fornecem manutenção.

Se uma empresa pretende fazer um site para aumentar a carteira de clientes e um diz faço isso por 30€ e outro diz faço isso por 300€, quem escolhes??

Ma se calhar o que faz a 300€ está lá para resolver os problemas, tem melhores conhecimentos, sabe como atrair clientes, faz as coisas de maneira decente e justa. Além disso paga impostos! (Pois porque se todos pagassem os seus impostos o nosso pais estava melhor!)

Acredito que o web design em portugal tem algum futuro, mas se continuarmos a formar webdesigners com conceitos ultrapassados à anos, não sei não sei, mas uma página em vez de ser lucrativa torna-se uma imagem de uma empresa em processo de falência.

Pensem nisso. Atenção que isto é uma opinião pessoal.

Com os melhores cumprimentos,

Sérgio Matias

ser.gifsartim.gif

Link to comment
Share on other sites

Aqui está um exemplo de um website empresarial que eu considero muito pouco atractivo e mal concebido !

http://www.novotil.com/

:puking:

Pode-se classificar isso como site?

Eu considero-me ofendido se o disserem.

E olha que como esses são aos milhões por toda a internet.

O clip arte não se usa na internet à mais de 5 anos.

ser.gifsartim.gif

Link to comment
Share on other sites

A empresa é de um tio meu, até lhe vou perguntar quem lhe fez aquilo ?

E se não quer que lhe faça um novo, fazer melhor não é difiçil, o pior é a parte do php que não pesco nada.  ?

não é muito dificil...tentas pensar primeiro o que pretendes fazer...e depois vais procurando resolver as cenas...o David também não percebi de php e fez o site dele das sign em php...  😄

Não tinha consciencia dos preços...e claro algumas empresas ainda não ligam nada a web  :wallbash:.. enfim...

Link to comment
Share on other sites

bem... ridelight... esse site realmente... deus meu.... para que é a porra do flash?

isto é que eu n gramo... qq chouriço quer aprender flash e fazer animações que parecem as marchas populares de lisboa, mas depois o site é uma verdadeira m****... enfim... se se apostasse na simplicidade e eficiência só...

em relação aos preços... caros amigos, até acho barato, um site dá trabalho a fazer e manter, só por ser uma coisa que está ali parada não quer dizer que não dê trabalho.

Manter o site, ter preocupações, receber uma chamada p fazer isto ou aquilo.

Tem que se pagar isso tudo. Não inventem, façam um exercicio de an´lise de projectos, contabilizem as horas de trabalho, etc etc e vão ver que os preços que o perdido_e_sozinho disse até são baratos.

Um site de phpnuke pode na verdade ser uma solução boa, por exmplo, os sites dos jornais nacionais são tão maus que se tivessem um phpnuke estavam bem melhores. Agora o ppl pensa que pôr um nuke é po-lo lá e já está. n é assim, há que adapta-lo e modifica-lo de acordo com as necessidades do cliente e isso pode dar muito trabalho e pode ser bem feito ou mal feito.

Um cms não é um site pré-feito, é antes uma ferramenta que permite actualizar o centeudo de um site de forma facil DEPOIS DE ESTE ESTAR FEITO.

Link to comment
Share on other sites

Aqui está um exemplo de um website empresarial que eu considero muito pouco atractivo e mal concebido !

http://www.novotil.com/

Isso parece os meus sites, LOL

Agora o ppl pensa que pôr um nuke é po-lo lá e já está. n é assim, há que adapta-lo e modifica-lo de acordo com as necessidades do cliente e isso pode dar muito trabalho e pode ser bem feito ou mal feito.

Yá! podes crer.  Dizem que o jamoola é muita simples e tal,.... mas não tou a ver jeitos de me entender com aquilo.

cool stuffs to check.

http://blog.zxcoders.com//

Link to comment
Share on other sites

[move]

Quanto cobrar por um site

[/move]

Você pode utilizar vários recursos: número de páginas, horas trabalhadas, tamanho da empresa, linhas de código e várias outras.

Considerações:

Um site estático em HTML será mais barato e mais rápido de se fazer do que um contendo JavaScript, que será mais barato e mais rápido de se fazer do que um em Flash.

"Por não serem profissões regularmentadas, e haver bastante discrepância na concorrência por todo Brasil, não há uma tabela fixa de preços para se desenvolver um site"

Você também pode ter um preço fixo para todos os seus trabalhos.

Pode usar seguintes os fatores:

        - quantidade de trabalho

        - visibilidade do projeto e tecnologia empregada

        - número de fotos digitalizadas

        - quantidade de informação

        - introdução animada

        - entre outros, ou seja, cada um estabelece sua tabela de preços para recursos utilizados.

Calcular o preço:

    1. Calcule os custos de trabalho somando os salários das pessoas envolvidas, isso se houver.

    2. Para saber qual custo que deve cobrar por hora, pegue o custo total do trabalho e divida pelo número de horas trabalhadas por mês. Depois some as despesas necessárias, como aluguel de equipamentos e outras coisas mais.

    3. Depois some o número de horas trabalhadas.

    4. Multiplique o valor ideal pela quantidade de horas trabalhadas. Depois faça algumas adaptações ao valor concluído.

Na prática:

    1. Some o salário mensal das pessoas envolvidas, supondo que tem um webmaster e um webdesigner envolvidos, um webmaster médio ganha mais ou menos R$ 1.136 e um webdesigner R$ 879 reais, daria R$ 2.015, acrescentando a carga tributária( 40% ) que totaliza R$ 2.821.

    2. Para saber o custo da hora trabalhada, divida o custo total pelo número de horas trabalhadas no projeto no mês. Os envolvidos no projeto trabalham em média oito horas por dia, durante vinte dias no mês, pegue o custo de R$ 2.821 e divida por 160 que é o número de horas, totaliza R$ 17,63.

    3. Depois pegue os custos das despesas e inclua, com R$ 2.000 de contas e 20% de lucro, pega-se R$ 2.000 divide-se pelas horas, soma-se com R$ 17,63 e depois aplica-se 20%, dando R$ 36,14.

    4. Agora multiplique esse valor pelo número de horas trabalhadas, supondo que deu 40 horas o total, pega-se os R$ 36,14 multiplica-se por 40, deve-se cobrar R$ 1,445 pelo projeto.

Sendo que você pode usar outros métodos, e outros recursos no lugar destes acima, como ao invés de número de horas, número de linhas de programação, ou tecnologias utilizadas, no caso do Flash seria mais R$ 200, ou mais 10 horas de trabalho e assim vai.

penso que isto deve ajudar o unico probelma e que esta em reais porque foi tirado de um site brazileiro.

?

Our lives begin to end the day we become silent about things that matter - Martin Luther King

Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.