Jump to content

[Resolvido]Konqueror - Linux. Ajuda P.f.


hristosax

Recommended Posts

Boas a todos. Eu ainda nao vou instalar Linux, vou só fazer isso mais tarde num computador personalizado só pra mim.

Oh yeah.

Mas, eu tive oportunidade de usar backtrack, porque foi a primeira distro de Linux que eu vi que podia ser usada em Live CD, portanto usei em Live CD(Nao, nao trabalho para empresa de seguraça, nem sou hackz00r).

E lá, como tínhamos já tudo instalado, tinhamos o Konqueror, um programa que nos permite ter facilidade na gestão dos ficheiros.

Eu queria saber se numa versão normal do Ubuntu, já vem com isso instalado.

E queria também confirmar se posso abrir com o konqueror, ficheiros da parte do Windows, mas abrir no linux.(CONFIRMAR, porque eu nao sei se sonhei que fiz isto, ou se fiz mesmo.LOL)

Muito obrigado a todos, e boa continuação das férias, vamos mas é aproveitar isto :/

Link to comment
Share on other sites

Primeiro pormenor, o konqueror é um gestor de ficheiros para o KDE. O Ubuntu usa o Gnome. Logo não tem o Konqueror, por definição.

No entanto, possui um ótimo gestor de ficheiros, o Nautilus, por isso não tens nada com que te preocupar.

(O ubuntu segue a filosofia de um ser um sistema para todos, logo tens muitas conveniências desse tipo)

Adicionalmente, penso que podes instalar o Konqueror no Ubuntu se assim o desejares (no entanto não vejo a necessidade)

Quanto à tua segunda questão, TODAS as distribuições Linux que eu conheço conseguem ler ficheiros Windows, e escrever ficheiros que são lidos por ele. O único racista aqui é o Windows que rejeita espaços formatados em ext3 (o sistema de ficheiros do ubuntu). Se a pen, ou disco, estiverem formatados em FAT32 ou NTFS, tanto um como o outro conseguem utilizá-lo, sem dificuldades.

Programei: VB6, VB.NET, ANSI C, C++, HTML, XHTML, CSS, PHP, ASP, HASKELL, JAVAI'm so good that I quit because the compiler is slower than me.

Link to comment
Share on other sites

Primeiro pormenor, o konqueror é um gestor de ficheiros para o KDE. O Ubuntu usa o Gnome. Logo não tem o Konqueror, por definição.

No entanto, possui um ótimo gestor de ficheiros, o Nautilus, por isso não tens nada com que te preocupar.

(O ubuntu segue a filosofia de um ser um sistema para todos, logo tens muitas conveniências desse tipo)

Adicionalmente, penso que podes instalar o Konqueror no Ubuntu se assim o desejares (no entanto não vejo a necessidade)

Quanto à tua segunda questão, TODAS as distribuições Linux que eu conheço conseguem ler ficheiros Windows, e escrever ficheiros que são lidos por ele. O único racista aqui é o Windows que rejeita espaços formatados em ext3 (o sistema de ficheiros do ubuntu). Se a pen, ou disco, estiverem formatados em FAT32 ou NTFS, tanto um como o outro conseguem utilizá-lo, sem dificuldades.

Eu estava a falar de abrir ficheiros que estão na partição de windows, nao abrir ficheiros originalmente para windows. 😉

Link to comment
Share on other sites

Primeiro pormenor, o konqueror é um gestor de ficheiros para o KDE. O Ubuntu usa o Gnome. Logo não tem o Konqueror, por definição.

O Konqueror é muito mais que isso. O Konqueror é, para além do gestor de ficheiros, um browser (que suporta http(s), (s)ftp, smb, you name it), um visualizador de ficheiros, etc.

Adicionalmente, penso que podes instalar o Konqueror no Ubuntu se assim o desejares (no entanto não vejo a necessidade)

Está disponível nos repositórios base do Ubuntu (http://packages.ubuntu.com/jaunty/konqueror😉

Quanto à tua segunda questão, TODAS as distribuições Linux que eu conheço conseguem ler ficheiros Windows, e escrever ficheiros que são lidos por ele.

O que é ler "ficheiros Windows"? ;-)

O único racista aqui é o Windows que rejeita espaços formatados em ext3 (o sistema de ficheiros do ubuntu). Se a pen, ou disco, estiverem formatados em FAT32 ou NTFS, tanto um como o outro conseguem utilizá-lo, sem dificuldades.

O facto de o suporte não ser out-of-the-box não quer dizer que rejeita. Para leres ext2/3/4 basta instalar um driver que suporte a leitura de tal FS. E depois, também consegues ler tudo sem dificuldades de maior - fora eventuais bugs que a programação do driver.

Link to comment
Share on other sites

O Konqueror é muito mais que isso. O Konqueror é, para além do gestor de ficheiros, um browser (que suporta http(s), (s)ftp, smb, you name it), um visualizador de ficheiros, etc.

Nisso admito que o nautilus é inferior mas eu também só o uso para trabalhar com ficheiros, para o resto prefiro Firefox.

O que é ler "ficheiros Windows"? ;-)

Referia-me a ficheiros presentes em partições ou volumes formatados em NTFS (que é o mais típico do Windows tanto quanto sei) e criados no sistema Windows. Peço desculpa se não uso o termo devido.

EDIT:

Eu estava a falar de abrir ficheiros que estão na partição de windows, nao abrir ficheiros originalmente para windows. 😉

Parece que não me fiz entender. A única barreira que te é imposta entre sistemas operativos é o sistema de ficheiros da partição/volume a utilizar. O Ubuntu é capaz de trabalhar com ficheiros em partições/volumes NTFS e FAT32, usados pelo Windows. Logo podes abrir uma partição do Windows a partir do Ubuntu e trabalhar nela com toda a facilidade.

Programei: VB6, VB.NET, ANSI C, C++, HTML, XHTML, CSS, PHP, ASP, HASKELL, JAVAI'm so good that I quit because the compiler is slower than me.

Link to comment
Share on other sites

O tempo em que aceder a sistemas de ficheiros do windows era uma funcionalidade limitada ou complicada começa a ficar para trás. Hoje em dia qualquer distribuição lê e escreve em sistemas de ficheiros dos que o windows usa sem problemas, tal como se se estivesse a usar o wxplorador do windows.

Aclarando um pouco as coisas, não é propriamente o nautilus que acede aos sistemas de ficheiros, o nautilus é o interface, depois há outras peças de software que permitem ao nautilus funcionar com vários filesystems. Quem diz o nautilus diz o Konkeror. Ambos vêm normalmente instaldos e integrados de forma a que se pode até abrir sistemas de ficheiros remotos, seja FTP, SFTP, e até FUSE,OBEX (Bluetooth) e outras coisas mais exóticas. É uma das coisas em que o windows ainda se fica atrás. São precisos programas específicos para cada uma destes no caso do windows, cada um com os seus tiques, é pouco elegante.

O gnome já esteve muito atrás do KDE em termos de funcionalidade, o gestor de ficheiros então era a diferença mais berrante, muito tempo que os utilizadores do gnome estiveram privados de uma coisa tão básica como uma árvore de ficheiros nas janelas. Isso tambem é passado, neste momento já nao quero outra coisa que nao o nautilus.

Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.