Jump to content
cristpate

PORQUE JSP

Recommended Posts

IceBrain

O Drag'n'Drop de ficheiros não é um caso particular do que se faz em JS. O drag que se pode fazer em JS é de elementos da DOM, elementos HTML, e é completamente independente da linguagem de servidor, até dá para fazer com páginas estáticas.

Já o Drag'n'Drop de ficheiros é um sistema completamente diferente, que envolve o gestor gráfico do SO, e que a implementação do Firefox faz é apenas abrir um ficheiro que seja largado em cima dele. Quando se corre uma applet Java ou Flash, a zona onde ela é renderizada é uma espécie de janela embutida, que pode receber esses eventos do SO e portanto tratá-los de outra forma.


❝The idea that I can be presented with a problem, set out to logically solve it with the tools at hand, and wind up with a program that could not be legally used because someone else followed the same logical steps some years ago and filed for a patent on it is horrifying.❞- John Carmack on software patents

A list  of command line apps

Share this post


Link to post
Share on other sites
magician

Ou muito me engano ou não podes carregar o tomcat com EJBs que é basicamente o que o J2EE é. Suportará beans, mas ficaria muito surpreendido se tivesse suporte para EJBs, pelo menos no site da SUN não aparece listado dentro dos outros anteriormente referidos que são oficialmente suportados.

EDIT:

Aqui estão os servidores aplicacionais certificados:

http://java.sun.com/javaee/overview/compatibility.jsp

EDIT2:Fui ver ao manual do jboss, não vem com um container para servlets nem para jsps, usa mesmo o tomcat para esse fim. Calculo que os outros farão o mesmo.

http://docs.jboss.org/jbossas/admindevel326/html/ch9.chapt.html

Sim tomcat não suporta EJB isso é um dado adquirido! Quanto ao jboss não suportar JSP por acaso não sabia também derivado a nunca o ter usado em relação ao glassfish ele suporta tanto EJB como JSP, sei porque já usei e até tem uma versão embedded para embutir dentro da aplicação.

JavaEE não é apenas EJB é muitos mais que isso, JSP, JDBC, JPA, Servlets e muitas outras coisas fazem parte do JavaEE embora por exemplo muitos pensem que JDBC seja parte do JavaSE. Aqui está a lista dos que está englobado dentro do JavaEE http://java.sun.com/javaee/technologies/javaee6.jsp


I haven’t lost my mind; it’s backed up on DVD somewhere!

Share this post


Link to post
Share on other sites
jguilherme

Parece-me a mim que o .jsp permite uma melhor arquitectura, o que implica menos problemas no futuro. Com jsp facilmente dividimos o nosso projecto em camadas fracamente ligadas (logica, apresentação, etc), alem de que podemos seguir uma abordagem orientada aos serviços, muito mais poderosa. Nunca fiz nada de especial com php, mas parece-me que em termos conceptuais pode nao ser a melhor escolha (isto se o programador quiser ir um pouco mais alem do mero ponto de vista funcional).

cumps

Share this post


Link to post
Share on other sites
falco
Parece-me a mim que o .jsp permite uma melhor arquitectura, o que implica menos problemas no futuro. Com jsp facilmente dividimos o nosso projecto em camadas fracamente ligadas (logica, apresentação, etc), alem de que podemos seguir uma abordagem orientada aos serviços, muito mais poderosa.

Não é nada que não seja possível com quase qualquer outra solução.

Existem frameworks que permitem isso para quase qualquer outra linguagem... Por exemplo Ruby on Rails, cria essa separação, o Catalyst faz o mesmo para o Perl, Zen framework faz para PHP, Django para Python.  E estes são apenas algumas das frameworks para algumas dessas linguagens...

Nunca fiz nada de especial com php, mas parece-me que em termos conceptuais pode nao ser a melhor escolha (isto se o programador quiser ir um pouco mais alem do mero ponto de vista funcional).

Não entendi onde querias ir com isso. Podes explicar?

Share this post


Link to post
Share on other sites
jguilherme

Citar

    Nunca fiz nada de especial com php, mas parece-me que em termos conceptuais pode nao ser a melhor escolha (isto se o programador quiser ir um pouco mais alem do mero ponto de vista funcional).

Não entendi onde querias ir com isso. Podes explicar?

Era um corolario do que disse em cima. Desconhecendo o poder do PHP parecia-me que com JSP podiamos seguir uma arquitectura mais bem definida, com maior abstracção, com maior capacidade de reutilização... Em oposição à abordagem funcional, mais centrada na funcionalidade, e nao no desenvolvimento. Para ter resultados imediatos, se o projecto é pequeno PHP  :D

Mas realmente nunca fiz grande coisa em PHP. Tenho definitivamente que o explorar mais. Oiço maravilhas em todo o lado, mas tenho dificuldades em acreditar que php seja o mais indicado para grandes projectos. Podiamos fazer um amazon.com ou um sapo.pt em PHP?

Share this post


Link to post
Share on other sites
falco

Era um corolario do que disse em cima. Desconhecendo o poder do PHP parecia-me que com JSP podiamos seguir uma arquitectura mais bem definida, com maior abstracção, com maior capacidade de reutilização... Em oposição à abordagem funcional, mais centrada na funcionalidade, e nao no desenvolvimento. Para ter resultados imediatos, se o projecto é pequeno PHP

Isso é mais uma questão de se conhecerem design patterns e de ter disciplina. Embora como já tenha dito em outros posts, é algo que falha na generalidade dos programadores de PHP.

Mas realmente nunca fiz grande coisa em PHP. Tenho definitivamente que o explorar mais. Oiço maravilhas em todo o lado, mas tenho dificuldades em acreditar que php seja o mais indicado para grandes projectos. Podiamos fazer um amazon.com ou um sapo.pt em PHP?

Possível era... Mas eram preciso mais recursos e não seria a ferramenta mais adequada.

Porções do SAPO são feitas com PHP e com outras linguagens, apesar de utilizar bastante Perl (penso ainda ser a linguagem mais usada por lá).

O Amazon é feito em Perl.

Por isso como vez é perfeitamente possível utilizar estas tecnologias para fazer coisas grandes.

Share this post


Link to post
Share on other sites
jguilherme
Isso é mais uma questão de se conhecerem design patterns e de ter disciplina. Embora como já tenha dito em outros posts, é algo que falha na generalidade dos programadores de PHP.

É uma linguagem de fácil iniciação. Muitos amadores usam-na. Realmente é o código PHP que vejo que me dá esta má ideia do PHP.

Se eu quiser então desenvolver um Website com um potencial de evolução muito grande, graficamente simples, altamente baseado em serviços, o que tu aconselharias seria Perl?

PHP seriam precisos "mais recursos".

JSP bem... defendes os restantes, mas não vi ainda indicares uma clara desvantagem

ASP terá o problema de ser uma tecnologia registada (necessita programas pagos? servidores mais caros?), usar tecnologia M$, nem sempre muito apoiada pela comunidade.

Existe ainda a framework Ruby on Rails que referiste, sobre a qual já ouvi dizer ser muito poderosa, e de grande abstracção.

Share this post


Link to post
Share on other sites
falco

Se eu quiser então desenvolver um Website com um potencial de evolução muito grande, graficamente simples, altamente baseado em serviços, o que tu aconselharias seria Perl?

O ser graficamente simples não tem nada a ver com isto.

Posso recomendar Perl pelo menos para um site que precise de escalar muito e/ou se quiseres ter controlo do servidor Apache a um nível que PHP e algumas outras alternativas não permitem. Claro que não digo que é a solução ideal para todos os casos, mas pelo menos para este tipo de casos era muito provável que eu o pusesse em cima da mesa para analisar se era a solução para a situação em particular.

JSP bem... defendes os restantes, mas não vi ainda indicares uma clara desvantagem

Desvantagem de quê?

Dos outros em relação ao JSP?

Não conheço muito o JSP, por isso não digo muito sobre ele. Também não sou contra a utilização de JSP, acho que é uma solução válida para muita coisa.

ASP terá o problema de ser uma tecnologia registada

Há pelo menos uma implementação livre de asp.net, que também pode ser obtida gratuitamente. Mas não sei o quanto é tecnicamente fiável, para além de como não fazer parte dos standards relacionados com o .net, tem questões relacionadas com patentes que podem vir a tornar-se problemas graves. E sim a implementação de que falo é a do mono, que corre nativamente em vários OS incluindo GNU/Linux. Tem ainda o problema de teres que dominar outras tecnologias, etc...

Existe ainda a framework Ruby on Rails que referiste, sobre a qual já ouvi dizer ser muito poderosa, e de grande abstracção.

Tal como as outras que mencionei. O RoR (Ruby on Rails) segue o padrão de design MVC, e o Catalyst, o Django, também e até mesmo a Zen Framework pode ser utilizada para MVC.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.