Jump to content
nokPT

Controlar o caudal de uma bomba actuando na pressão

Recommended Posts

nokPT

Tenho uma aplicação onde há uma bomba centrifuga de velocidade constante e estamos a planear controlar o caudal através de uma válvula à saída da bomba.

Já pensamos montar um variador na bomba, mas como é centrifuga, não há garantias de bombar (injectar) a baixas rotações. Por isso optou-se por montar uma válvula modulante há saída da bomba.

Do ponto de vista mecânico, ele dizem que é possível, uma vez que temos a curva da bomba (em papel), tiramos a formula da curva e há medida que vamos fechando a válvula vamos aumentando a pressão e assim controlamos o cauda.

Já alguém fez uma coisa destas?


Ricardo Timóteo

Share this post


Link to post
Share on other sites
djthyrax

Não fiz, mas sim, isso deve funcionar. Tens que ter em atenção é a canalização à saída da bomba, se estrangulares muito, podes aumentar a pressão a ponto de rebentar com a canalização. É uma questão de experimentares, mete um manómetro e a pressão para essa estrangulação.


Não peças ajuda por PM! A tua dúvida vai ter menos atenção do que se for postada na secção correcta do fórum!

Share this post


Link to post
Share on other sites
nokPT

Vai ser montado um pressostato com saída analógica 4..20mA entre a bomba e a válvula modulante.

Rebentar a canalização é que não pode ser, tubos de ferro de 2" com betumes (ou asfalto) a 180ºC, seria bonito... E vamos montar válvulas de bypass à bomba que abrem em excesso de pressão.


Ricardo Timóteo

Share this post


Link to post
Share on other sites
djthyrax

E vamos montar válvulas de bypass à bomba que abrem em excesso de pressão.

Problema resolvido. B)

Não peças ajuda por PM! A tua dúvida vai ter menos atenção do que se for postada na secção correcta do fórum!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dotinho

Boas, sei que este tópico já está resolvido, mas visto que o meu tema é o mesmo, vou continuar neste tópico.

É assim, tenho um projecto simples, que se dispõe em duas partes: A primeira conta com três bombas centrifugas que levam água para três torres de evaporação, para baixar a temperatura, neste caso devo ler a temperatura da agua, e consoante a temperatura, vou ligando ou desligando bombas.

A segunda parte é idêntica á que começou este tópico, tenho quatro bombas que me enviam a agua para uma tubagem que vai distribuir a água por várias máquinas, e tenho que controlar a pressão da tubagem, e isto porque? Porque as máquinas paradas não consomem agua, então a pressão sobe bastante. em que uma das bombas tem variador de velocidade para aumentar a precisão.

No meu ponto de vista, um CPU 224 chega?

cmps


Luis Lourenço

Share this post


Link to post
Share on other sites
nokPT

Ou seja, na 1ª parte tens (no mínimo) 1AI+3DO e na 2ª parte tens 1AI+1AO+4DO (no mínimo)

O CPU224 em questões de processamento, memória e expansibilidade, chega perfeitamente:

1 CPU224 = 14DI+10DO

1 EM235 = 4AI+1AO

(6 Expansões de reserva)

Alternativamente podes usar o 224XP que tem 14DI+10DI+2AI(0..10V)+1AO(0..10V ou 0..20mA), mais memória e 2ª porta RS485 e 7 expansões (de reserva)


Ricardo Timóteo

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dotinho

Sim, realmente era nesse que tinha pensado. E para HMI um OP177 que me parece que é bom, embora nunca o tenha usado... Mas como já iniciei o projecto no WinCC, dá para ter uma ideia..

cmps


Luis Lourenço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.