Jump to content
  • Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #60 da revista programar. Faz já o download aqui!

rafinha69

Porque PHP?

Recommended Posts

rafinha69

Eu quero aprender PHP e estou a pedir a opinião, e quero saber porque e que aprender a programas em PHP e bom, e não em ASP, ou assim????

Share this post


Link to post
Share on other sites
pedrotuga

Bem, em comparação com ASP não sei porque nunca usei. De PHP gosto particularmente por vários motivos:

-Bem documentado

-Deployment ridiculamente simples

-ciclo de desenvolvimento tão simples quando editar um ficheiro

-Sintaxe baseada em C que para mim continua a ser o mais natural

-a biblioteca principal de funções tem uma carrada de funções mortalmente práticas

-Os arrays do PHP por si só fazem o que noutras linguagens necessita de dezenas de bibliotecas e páginas e páginas de código

A syntaxe acaba por ser a coisa que menos influencia tem, apesar de ser o mais referido frequentemente.

Se me perguntares porque gosto do PHP enquanto linguagem de programação, para alem dos arrays não vejo nada de especial em relação a qualquer outra que conheça. Agora, se olharmos para o PHP como uma ferramente a ser usada com uma finalidade prática, é das coisas mais paradigmáticas que conheço.

Share this post


Link to post
Share on other sites
elcsat

asp microsoft servidores mais caros devido as licenças

php gnu, software livre, e muito bem documentado www.php.net, cada vez mais utilizado

Share this post


Link to post
Share on other sites
Acs

O custo dos servidores não conta.

Vai ao ptisp e vê como um servidor que esteja a correr M$ Windows Server te custa 70€ por ano enquanto um server com linux te custa 60€ por ano. Essa pequena diferença não me iria fazer com que fosse de imediato para o php.


http://www.antoniocs.org - C/C++/C#/JS/PHP/DOM/CSS newbie

Share this post


Link to post
Share on other sites
Triton

Para não falar que também podes correr sites ASP.NET em Linux com o Mono.


<3 life

Share this post


Link to post
Share on other sites
Acs

Essa da portabilidade é outra... Sinceramente todos dizem isso mas alguém muda de sitio sem mais nem menos ou pensa em redesenhar o site do nada?

Eu acho que não.

Eu gosto do php e uso, mas também não tenho nada contra asp.net c#.

Ate gostava de conhecer mais um pouco porque sempre me abria mais portas


http://www.antoniocs.org - C/C++/C#/JS/PHP/DOM/CSS newbie

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rui Carlos

Essa da portabilidade é outra... Sinceramente todos dizem isso mas alguém muda de sitio sem mais nem menos ou pensa em redesenhar o site do nada?

Eu acho que não.

Para quem faz software por encomenda (i.e., para um cliente pré-definido) a portabilidade até pode nem ser importante, agora se estás a fazer um produto para vender, a falta de portabilidade, limita o número de potenciais clientes.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Acs

Tu ainda não viste bem a quantidade de programadores .Net e afins, tudo só para windows, que há por ai fora.

Não estou a dizer que não tens razão, simplesmente acho que não é razão para isto. A imensos programadores que só trabalham em windows e não morreram por isso.


http://www.antoniocs.org - C/C++/C#/JS/PHP/DOM/CSS newbie

Share this post


Link to post
Share on other sites
Nazgulled

Tu ainda não viste bem a quantidade de programadores .Net e afins, tudo só para windows, que há por ai fora.

Não estou a dizer que não tens razão, simplesmente acho que não é razão para isto. A imensos programadores que só trabalham em windows e não morreram por isso.

São coisas bem diferentes, não podes fazer uma comparação desse género...

Share this post


Link to post
Share on other sites
estrucida

Desculpa a pergunta, mas até agora tens programado em que linguagem?


Há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana... embora não haja certezas quanto ao primeiro.

Share this post


Link to post
Share on other sites
d@rk

Pessoalmente prefiro php de longe...... mas é a minha opinião....

Pk php?

Principais caracteristicas:

-> porque é open source

-> como linguagem open source está bem documentada

-> facilidade de programação tambem ajudada pela sua boa documentação

-> entre outros mas estes são os mais importantes.

Claro isto é a minha opinião

Share this post


Link to post
Share on other sites
Acs

Desculpa a pergunta, mas até agora tens programado em que linguagem?

Tenho programado em PHP. Embora tenha também trabalhado num programa em C# mas era para o desktop


http://www.antoniocs.org - C/C++/C#/JS/PHP/DOM/CSS newbie

Share this post


Link to post
Share on other sites
estrucida

Pronto, aqui vai a minha opinião.

Acho que deves continuar com o PHP porque acabas por não estar agarrado a uma linguagem Microsoft, tipo C#. Agora, o truque para programar em php não está propriamente no php, mas sim nos algoritmos que usas para implementar as tuas funcionalidades.

Primeiro certifica-te que conheces a sintaxe as variáveis, estruturas, ciclos e condições. A seguir lê um pouco sobre algoritmia: algoritmos de ordenação, procura,... Um bom livro é o da O'Reilly: Algorithms in a Nutshell

Para consultares quais as funções existentes em php e como utiliza-las podes ir à página: http://www.php.net/quickref.php

Vais ver que depois é tudo mais intuitivo.


Há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana... embora não haja certezas quanto ao primeiro.

Share this post


Link to post
Share on other sites
djthyrax

estrucida, em PHP não precisas de saber algoritmos de procura/ordenação, isso é overkill: as funções que vêm com o interpretador fazem o trabalho de forma mais eficaz e mais rápida do que consegues implementar.


Não peças ajuda por PM! A tua dúvida vai ter menos atenção do que se for postada na secção correcta do fórum!

Share this post


Link to post
Share on other sites
estrucida

estrucida, em PHP não precisas de saber algoritmos de procura/ordenação, isso é overkill: as funções que vêm com o interpretador fazem o trabalho de forma mais eficaz e mais rápida do que consegues implementar.

A questão de saber os algorítmos nada tem a haver com as funcionalidades que o PHP te oferece. A algoritmia ajuda-te e estimula-te o raciocínio, para além de te dar uma compreensão de como é possível realizar determinadas tarefas. Esse conhecimento adquirido podes transpor-lo em problemas que te surjam para os resolveres com mais facilidade.

Por exemplo, no meu primeiro ano de universidade estudei listas ligadas (em C). Na prática, não voltei mais implementar listas, mas a nível mental, saber como posso estruturar e modificar informação ajudou-me em inúmeras situações. Não é por acaso que algoritmia é das primeiras coisas que aprendes num curso de programação, e os algoritmos de procura e ordenação são os clássicos.

Agora, para utilizares PHP sem dúvida que não precisas de sabe-los. No entanto, como programador, independentemente da linguagem, só tens vantagem em saber como a informação é processada.


Há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana... embora não haja certezas quanto ao primeiro.

Share this post


Link to post
Share on other sites
54Bytes

Antes de mais, está a pensar em fazer programação da tua vida ou é apenas um hobby?


Twitter | 54 Bytes - Jogos | Software | Serviços | Tipografia

Share this post


Link to post
Share on other sites
djthyrax

Agora, para utilizares PHP sem dúvida que não precisas de sabe-los. No entanto, como programador, independentemente da linguagem, só tens vantagem em saber como a informação é processada.

Exactamente o que penso. :)

Não peças ajuda por PM! A tua dúvida vai ter menos atenção do que se for postada na secção correcta do fórum!

Share this post


Link to post
Share on other sites
infopc

A cima de tudo é uma questão de necessidades, eu trabalho em programação ha +/- 5 anos, (eu seu n é muito tempo mas é o que se pode arranjar lol) trabalhei numa empresa (janela digital) onde têm uma aplicação para gestão imobiliária, sendo que esta é toda desenvolvida em c++ visual studio, fax sentido que toda a integração com o casa.sapo.pt, q tb é deles, seja feita em asp.net. neste momento trabalho numa outra empresa mais virada para o opensource usamos compiladores linux e o compilador gratuito da borlan para windows ( a nossa aplicação funciona em linux e windows) toda a interacção com os portais é feita com webservices a plataforma é apache php.

A questão do que é melhor e pior é muito relativa, por um lado tens toda a documentação do bem amado php, por outro lado a solução muito completa da microsoft é unicamente uma questão de necessidades. eu pessoalmente ando numa de rails, tem uma comunidade muito activa é super documentado e tem imensas bibliotecas aconselho qualquer um a dar uma vista de olhos nem que seja por curiosidade.

Fiquem bem


O que não tem solução, solucionado esta...

Share this post


Link to post
Share on other sites
nata79

No entanto, como programador, independentemente da linguagem, só tens vantagem em saber como a informação é processada.

só para reforçar a importância que isto tem.

é verdade que na maior parte das liguagens mais modernas já está praticamente tudo implementado a nivel de algoritmia e estruturas de dados, não só no php (que não conheço muito bem) mas també em java  e c# que são das linguagens mais usadas actualmente, mas para ser um bom programador é bem preciso conhecer o que se está a passar lá por baixo, torna tudo muito mais claro visto de cima e facilita a escolha de um algoritmo ou uma estrutura de dados em deterimento de outras para cada situação.

Share this post


Link to post
Share on other sites
pedrotuga

Sem ser tendencioso.

Eu até trabalho com java diáriamente e gosto.

Mas não queiram comparar a acessibilidade de uma estrutura de dados como uma pilha ou árvore no PHP ou em C++ ou Java.

Em PHP está implementado na linguagem, não numa api de classes ou em templates ou o que quer que seja. Mas isso verdade seja dita nem é o que interessa até porque pode ser considerada uma arquitectura má.

A grande diferença é mesmo facilidade de acesso a essas funcionalidades.

Um simples array em PHP e um pouco de habilidade fazem o que dezenas de packages/bibliotecas de java ou c++ fazem.

De novo, pode ser menos elegante, um mau design e tudo mais, mas que é mais simples é.

Já agora outra observação:

Em perl, esse tipo de coisas nunca são chamadas de deselegâncias ou maus designs, são 'o poder da linguagem', e efectivamente é verdade.

Eu gosto das duas linguagens, perl e php ( gosto de tudo ao menos :) ) não entendo é porque é que só uma é que é respeitada. Mas, ok. Os cães ladram e a caravana passa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Triton

Mas quais dezenas de packages ou bibliotecas?

Em C++ tens a STL, que é a biblioteca standard de C++, que também tem estruturas de dados. E também estão "integradas na linguagem", utlizando por exemplo operator overloading, para aceder a um mapa como acedes a um array.


<3 life

Share this post


Link to post
Share on other sites
pedrotuga

Mas quais dezenas de packages ou bibliotecas?

Em C++ tens a STL, que é a biblioteca standard de C++, que também tem estruturas de dados. E também estão "integradas na linguagem", utlizando por exemplo operator overloading, para aceder a um mapa como acedes a um array.

É capaz de ser uma questão de preferencia. Não sei. Isso que estás a dizer acaba sempre por resultar em 5/10 imports ou includes no cabeçalho porque depois são sempre precisas mais estruturas de dados e mais tipos de objectos.

Repara, o caso que estás a dizer tem logo uma limitação desde início.Para usares um array como um mapa (hash whatever) não o vais poder usar de outra forma.

Estou a lembrar-me de outra: um mapa de quê... precisas de especificar. Em PHP (perl, python, ruby, etc) os arrays suportam tipos de dados indiscriminados nos seus elementos.

Acabamos por ficar aqui a discutir as diferenças entre as linguages ditas de scripting, ou de tipagem fraca, ou dinâmica (o que quer que seja que isso significa) e as mais antigas e/ou mais clássicas. Já sabemos que são diferentes. Não adianta muito estarmos a discutir qual é melhor. Nem eu quero dizer que o PHP é superior ao que quer que seja.

Voltando a desviar o tema, tambem acho que é dada demasiada importância às estruturas de dados na medida em que se perde muito tempo nas universidades a estudar implementações de duas ou três delas.

Já o caso dos padrões, pelo software que conheço por dentro, o que tenho visto é que são implementados a torto e a direito em pequenas partes do código, de forma tão insistente que chega a ser irritante. Mas depois, na arquitectura geral de uma aplicação, que é o mais immportante, são completamente esquecidos.

Pessoalmente, o software que gosto tem em regra padrões bem definidos na sua arquitectura. Prefiro isso ao bloat de features, este último vende incomparavelmente mais.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.