Ir para o conteúdo
  • Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #57 da revista programar. Faz já o download aqui!

Rui Carlos

iTunes Store goes DRM Free, offers over-the-air downloads

Mensagens Recomendadas

Rui Carlos    309
Rui Carlos
While bowing to studio pressure to offer variable pricing on iTunes tracks, Apple has also finally convinced all the big labels to release their music as DRM-free 'iTunes Plus' tracks at the same 99 cents.

Currently, 8 million tracks are available as DRM-free iTunes Plus songs, with 2 million more DRM-free songs slated to become available by the end of the quarter. That will make all of iTunes' 10 million tracks DRM-free, the largest music store library on Earth. Apple will also offer an easy upgrade for users to the new iTunes Plus tracks.

[...]

http://www.appleinsider.com/articles/09/01/06/itunes_store_goes_drm_free.html

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
anolsi    16
anolsi
A grande maioria das músicas vendidas actualmente na loja do iTunes já não tem DRM, mas, em contrapartida, os ficheiros áudio contêm dados do utilizador.

Se já está a esfregar as mãos de contente porque agora poderá partilhar as suas músicas adquiridas no iTunes, pense duas vezes.

Recentemente, a Apple começou a remover o DRM das músicas vendidas na sua loja online, processo que deverá ficar totalmente concluído até à Primavera. Os utilizadores até podem fazer o upgrade da biblioteca antiga para o iTunes Plus, modo em os que os ficheiros não incluem DRM e oferecem maior qualidade de áudio.

A ausência de DRM também significa que as músicas podem ser facilmente copiadas e até reproduzidas em leitores de música não Apple – em todos os dispositivos compatíveis com o formato AAC (extensão .m4a).

No entanto, qualquer utilizador pode facilmente verificar que o endereço de e-mail associado à conta iTunes está contido em cada um dos ficheiros de música comprados na loja iTunes. Para o efeito, basta abrir os ficheiros num editor de texto, como o Bloco de notas do Windows, e pesquisar pelo endereço de e-mail.

Ou seja, qualquer música iTunes que seja partilhada, por exemplo, através da Internet, inclui informação que pode ser utilizada para identificar a origem do ficheiro, o que abre caminho para processos judiciais.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Knitter    101
Knitter

Acho isso óptimo, acabasse com a porcaria dos DRMs e até se protegem, se é que isso realmente protege alguma coisa, os direitos de autor. Para mim é um bom compromisso, sem DRMs posso ouvir a música que comprei como eu quiser, onde eu quiser e com quem bem me apetecer. Como ou sem esse sistema de manter os e-mails de registo, distribuir as músicas sem termos direitos para isso é ilegal, não é por ter DRMs ou outro sistema qualquer que deixa de ser ilegal.

Mas agora não há DRM e isso, pelo menos para mim, é um passo positivo.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
djthyrax    11
djthyrax

Acho isso óptimo, acabasse com a porcaria dos DRMs e até se protegem, se é que isso realmente protege alguma coisa, os direitos de autor. Para mim é um bom compromisso, sem DRMs posso ouvir a música que comprei como eu quiser, onde eu quiser e com quem bem me apetecer. Como ou sem esse sistema de manter os e-mails de registo, distribuir as músicas sem termos direitos para isso é ilegal, não é por ter DRMs ou outro sistema qualquer que deixa de ser ilegal.

Mas agora não há DRM e isso, pelo menos para mim, é um passo positivo.

E está tudo dito. :confused:

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!

Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.

Entrar Agora


×

Aviso Sobre Cookies

Ao usar este site você aceita os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade