Jump to content
Ridelight

«Esquire» lança edição com tinta electrónica

Recommended Posts

Ridelight

A «Esquire» lança uma edição comemorativa dos seus 75 anos com uma das mais recentes tecnologias deste século, a tinta electrónica. A proprietária da publicação, a Hearst, garante que esta é a primeira experiência do género na indústria das revistas. «Passámos 16 meses a trabalhar nesta tecnologia», declarou o editor da Esquire, David Granger.

A famosa revista para homens, nesta edição limitada, assegura na capa, que utiliza esta tecnologia, que «O século XXI começa agora».

Segundo o El País, o dispositivo digital mostra o texto com algumas imagens e a Ford aproveitou o sistema para iluminar o seu anúncio, na contra-capa. A experiência teve aliás o patrocínio da marca de automóveis.

A tecnologia de tinta electrónica, que se usa já em dispositvos como o Kindle da Amazon ou o Reader da Sony, permite uma leitura similar ao do papel pois reduz os brilhos e os contrastes dos monitores de computadores ou dos portáteis e reproduz a experiência de leitura de um livro ou de um jornal.

A «Esquire» limitou a publicação a 100 mil exemplares com esta tinta electrónica, e as publicações só podem ser encontradas em alguns pontos de venda dos Estados Unidos a um preço de 5,99 dólares, mais dois dólares do que o custo habitual.

Os componentes electrónicos, o dispositivo digital de leitura e as baterias são provenientes de sete fábricas de Xangai e foram posteriormente enviados para Dallas; dali seguiram para o México, onde foram montadas de forma manual, regressando, conservadas em frio, aos Estados Unidos para a sua distribuição final.

A «Esquire» desafia os informáticos a tentar piratear a capa da revista, cuja bateria deverá ter a duração de dois meses. Depois será necessário trocar as baterias. A revista lembra ainda que o número de Outubro - e o respectivo ecrã flexível - deve ser reciclado no local apropriado para dispositivos electrónicos.

Esta é uma das tecnologias deste século e quer substituir a forma tradicional de impressão.

Esquisito, mas gostava de vêr...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.