Ir para o conteúdo
Ridelight

SAPO comemora 13 anos com 3,6 milhões de visitantes mensais

Mensagens Recomendadas

Ridelight    8
Ridelight

A entrar na adolescência, o SAPO comemora este mês treze anos de existência. Com 900 mil visitas por dia, o portal que acolhe o TeK recebe por mês mais de 3,6 milhões de visitantes por mês a navegar entre notícias, canais temáticos, vídeos e um conjunto de outras áreas de conteúdos que ao longo dos anos têm engordado na diversidade.

Também ao nível da imagem várias alterações têm acompanhado a vida do SAPO. A mais recente foi a renovação da homepage, "uma das mais profundas que fizemos desde sempre", como classifica Celso Martinho, CTO do portal.

"A mudança é sempre difícil num portal tão genérico como o SAPO, é difícil agradar a todos. Por isso mesmo o desenho da homepage actual foi acompanhado de processos rigorosos de recolha de especificações, estudos de usabilidade, focus groups, inquéritos e versões "beta" antes de ser colocada em produção", acrescenta.

As alterações terão agradado aos utilizadores e tido reflexos nas audiências do portal, que tem dedicado esforços à convergência com o telemóvel e ao lançamento de novas funcionalidades que procuram seguir as tendências internacionais, numa lógica que Celso Martinho garante ser cada vez mais a de conseguir personalizar os serviços ao cliente. Um cliente que tem por isso de se conhecer bem e que os "fabricantes" do SAPO querem de todas as idades, como admite o responsável numa entrevista que o TeK publica amanhã e onde pode saber mais sobre os planos de expansão internacional do SAPO e os momentos que mais marcaram a vida do portal, na perspectiva de um dos fundadores.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
yoda    139
yoda

Se eu cria-se um ISP que fizesse a malta levar com a página dele à primeira vez que abre o browser, e contando que mais de 50% nunca altera essa definição, também teria um numero grande de visitas  :D

Até Web Developers usam esse método para os clientes ficarem satisfeitos com as visitas aos sites deles! lol

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
djthyrax    11
djthyrax

O SAPO não obriga ninguém a entrar directamente no seu portal, nem nada parecido. Na verdade, em todos os PCs que tive, dei mais hits à MSN do que ao SAPO ao abrir o browser.

O SAPO é, inegavelmente, algo muito bom, e tem todo o mérito de estar onde está.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
pedrotuga    31
pedrotuga

O SAPO não obriga ninguém a entrar directamente no seu portal, nem nada parecido. Na verdade, em todos os PCs que tive, dei mais hits à MSN do que ao SAPO ao abrir o browser.

O SAPO é, inegavelmente, algo muito bom, e tem todo o mérito de estar onde está.

Não é bem assim, na altura do dial up, os cds da telepac instalavam-te o internet explorer e punham-te a página do sapo como página inicial. Isso deu-lhes um grande avanço. Eu dou mérito é à universidade de aveiro por se ter aventurado pela web cedo. Depois que a PT comprou o sapo foi uma questão de o utilizarem como ponto de partida para irem ganhando um espaço.

Mas sim, actualmente, pelo que tenho conhecimento não usam nenhuma estratégia dessas tipo a microsoft de mandar os utilizadores todos para lá.

Já em relação a ser "algo de muito bom"... estás, tirácio, a referir-te a quê em particular? É que pessoalmente não uso um único serviço daquilo, e não estou assim de repente a ver um serviço que os gajos tenham que me possa ser útil.

Mas eu acho isto um pouco ridículo, o meu site, que foi feito por um autodidacta ( eu :D ) chegou a estar no top 1000 do alexa (o sapo está no top 500) e a ter mais de uma milhão de visitantes mensais ( um terço do sapo ). Convem referir que o meu investimento monetário foi inferior a 100 euros. Sinceramente não acho os número dos sapo nada de especial tendo em conta que a PT concentra todos os seus esforços, no que toca a web, no sapo.

tenho visto aqui na suecia, na dinamarca, noruega, alemanha, sites muito mais inovadores e com serviços cuja qualidade, peço desculpa aos amantes do sapo, mas arruma o sapo a um canto.

Curiosamente, uma empresa sueca que partiu recentemente para o mercado internacional de tecnologias de internet tem um gerente português :D

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Ridelight    8
Ridelight

Em relação aos portais portugueses o sapo está de facto a frente, mas como tudo na web, limita-se a oferecer o que muitos outros oferecem (messenger, blogs, videos,...)

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Triton    12
Triton

Mas eu acho isto um pouco ridículo, o meu site, que foi feito por um autodidacta ( eu :D ) chegou a estar no top 1000 do alexa (o sapo está no top 500) e a ter mais de uma milhão de visitantes mensais ( um terço do sapo ). Convem referir que o meu investimento monetário foi inferior a 100 euros. Sinceramente não acho os número dos sapo nada de especial tendo em conta que a PT concentra todos os seus esforços, no que toca a web, no sapo.

Queres comparar um portal português com um site para todo o mundo? Ainda por cima relacionado com pirataria (assumindo que te estás a referir ao ShareMiner) ?

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
yoda    139
yoda

Queres comparar um portal português com um site para todo o mundo?

Noto algum espírito derrotista nessas palavras  :D

Portugal tem tudo para ser tão bom quanto os outros países nesta área, o que falta é pessoas que acreditem e que invistam nisso. Mais, pegando no exemplo do pedrotuga, acredito que muitos portugueses façam malas e partam para o estrangeiro quando medem as consequências e viabilidade das suas ideias. Em portugal é díficil fazer pegar as ideias nascidas cá, a não ser que seja "implícito" às pessoas que é algo de fora, porque estupidamente dá mais credibilidade aos productos.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Triton    12
Triton

Noto algum espírito derrotista nessas palavras  :D

Não é espírito derrotista, é a realidade.

Como é que se compara um site em português (para os cibernautas nacionais) com um site em inglês e direccionado a todos os cibernautas?

A comparação em termos de ranking não faz qualquer sentido.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Marfig    0
Marfig
Portugal tem tudo para ser tão bom quanto os outros países nesta área, o que falta é pessoas que acreditem e que invistam nisso.

Boa!

E também é preciso deixarmos desta coisa de "Portugal é o Maior!" e "Vamos divulgar a Língua Portuguesa!" ou de criar material apenas para o mercado doméstico. Portugal não é o maior, a língua Portuguesa tem outras áreas onde se pode fazer (e se faz) mais e melhor para ser divulgada, e o mercado português é pequenino e sem lá muita piada. Há que abrir as portas ao mundo e fazer conteúdos também na língua franca da web. Isto claro está se queremos mostrar que também estamos aqui.

Sem dúvida que a Sapo não tem esse objectivo... mas comparar pode-se. Então não, Triton? :D As empreas americanas não pensam duas vezes em vender produtos e serviços ao mundo inteiro. Se calhar é por causa disso que os seus níveis de facturação são do tamanho de orçamentos de pequenos países e os impostos conseguem pagar o maior aparelho de estado do mundo.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Triton    12
Triton

Sem dúvida que a Sapo não tem esse objectivo... mas comparar pode-se. Então não, Triton? :D

Claro que podes comparar. Mas fará sentido?

Só estava a chamar a atenção ao pedrotuga, que comparar o Sapo, um portal em português, com notícias em português, com serviços em Portugal, direccionado para utilizadores portugueses, em termos de ranking na web, com outros sites que estão em inglês, e consequentemente acessíveis a maior parte do mundo, não faz qualquer sentido.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Marfig    0
Marfig

Bom, mas aí não te tiro a razão. Referia-me ao facto que gostaria de ver o Sapo a realmente inovar e não imitar. Mas no mínimo gostaria de ver o Sapo a olhar para o mercado internacional. Eu até acho piada ao logo. A minha mais nova tem pins do Sapo na mochila. Adora o bicho.

Porque não o faz, o maior portal Português de conteúdos não consegue chegar aos calcanhares do um qualquer websitezito feito por um tuga solitário (sem ofensa Pedro. Apenas a procurar dar relevo ao meu ponto). É nesse ponto que defendo que faz todo o sentido comparar. Epá até as Social Networks que eu tanto detesto... inchava todo se o Sapo desenvolve-se uma que era usada também lá fora.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
mpeixoto    0
mpeixoto
As empreas americanas não pensam duas vezes em vender produtos e serviços ao mundo inteiro. Se calhar é por causa disso que os seus níveis de facturação são do tamanho de orçamentos de pequenos países e os impostos conseguem pagar o maior aparelho de estado do mundo.

Vai a um banco e pede dinheiro para avançar com um negócio à escala global. Podes correr os bancos todos neste país, nenhum te passará crédito. Depois, vai aos USA a um banco fazer o mesmo, os bancos até correm atrás de ti. Um empresário aqui em Braga foi a todos os bancos para pedir financiamento de 50,000€ para iniciar um projecto que dava emprego a 7 pessoas, nenhum banco aceitou. Na semana seguinte foi novamente a um banco mas desta vez para pedir um financiamento de 60,000€ para comprar um carro de luxo, e adivinha só? Aprovado na hora!

"Por cada 100€ que cada português gasta, 10€ vem de fora do país." isto foi dito por uma das pessoas que mais percebem de banca neste país. Não queiras comparar Portugal com os USA economicamente.

O que o SAPO conseguiu nestes 13 anos foi um feito! É o único portal português que consegue competir com os portais internacionais, no nosso país é líder, existem centenas de países que os portais dominantes são os estrangeiros e vocês bem sabem disso. E o SAPO é a das poucas entidades que mais tem apostados e arriscado em projectos inovadores que dão oportunidades aos jovens neste mundo das tecnologias, e que investe em Software Open-Source. Só não vê quem não quer, mas isto já se sabe, o típico português sai logo a criticar e a deitar abaixo, se não é do cú é das calças. Parem de criticar e dizer mal, façam alguma coisa de jeito para mudar! 

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
pedrotuga    31
pedrotuga

Eu não vou estar aqui a argumentar porque já o fiz neste tópico. Vou apenas deixar aqui uns factos que convem clarificar:

1.O meu antigo site shareminer.com não era um site de forma alguma relacionado com pirataria. Isto é válido para todos os efeitos e sempre foi um principio sagrado do site. Qualquer associação entre o shareminer e pirataria terá sido feita por terceiros e nem eu nem o shareminer site temos o que quer que seja a ver com isso. Eu tambem posso dizer que o sapo é um site que está relacionado com pirataria pelos motivos que eu bem entender, no entanto isso não o faz um site relacionado com pirataria para todos os efeitos, é apenas uma associação feita por mim, tem o valor que tem.

2.Já vamos com uma página de discussão e eu ainda não vi um único exemplo de uma inovação trazida à luz do dia pelo sapo nem tão pouco um exemplo de apoio a tecnologias open-source que já por aqui foi aclamado.

Quando derem um desses continuarei a discussão, por agora não tenho mais nada a dizer do que o que já disse :D

3.O ranking do alexa tem como único critério uma amostra estatística de visitas a um site, não é baseado em nenhum factor sujeito a qualquer tipo de subjectividade.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Triton    12
Triton

1.O meu antigo site shareminer.com não era um site de forma alguma relacionado com pirataria.

pedrotuga, foi uma má formulação de palavras. Não queria dizer que o site estava directamente relacionado com a pirataria. Mas sabes que 99% do pessoal que visita o site vai procurar links para conteúdos ilegais. É a mesma coisa que dizeres que os sites de torrents não estão relacionados com a pirataria, embora 99% do conteúdo que lá esteja seja ilegal.

Quanto ao resto não percebes-te o que eu quis dizer... Não vou tentar explicar outra vez.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
mpeixoto    0
mpeixoto
2.Já vamos com uma página de discussão e eu ainda não vi um único exemplo de uma inovação trazida à luz do dia pelo sapo nem tão pouco um exemplo de apoio a tecnologias open-source que já por aqui foi aclamado.

http://softwarelivre.sapo.pt/geral/wiki/SummerBits

Mostra-me uma iniciativa do género em Portugal, financiar 2500€ a cada projecto, num total de 10 projectos.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
djthyrax    11
djthyrax

Não é bem assim, na altura do dial up, os cds da telepac instalavam-te o internet explorer e punham-te a página do sapo como página inicial. Isso deu-lhes um grande avanço. Eu dou mérito é à universidade de aveiro por se ter aventurado pela web cedo. Depois que a PT comprou o sapo foi uma questão de o utilizarem como ponto de partida para irem ganhando um espaço.

O tempo dos dialups foi há bem mais de 5 anos atrás. :P

Já em relação a ser "algo de muito bom"... estás, tirácio, a referir-te a quê em particular? É que pessoalmente não uso um único serviço daquilo, e não estou assim de repente a ver um serviço que os gajos tenham que me possa ser útil.

Como plataforma, é bastante bom. Tu olhas para os blogs e até podes dizer "bleh, o blogger faz o mesmo", podes olhar para o messenger e dizer "bleh, o googletalk faz o mesmo", podes olhar para o sapo videos e dizer "o youtube/google videos até é melhorito", e a história continua. A nível técnico, o SAPO cada vez é melhor, expõem (parte de) a sua tecnologia, ajudam o movimento opensource... Podes até chamar-lhe o Google português, porque cada vez mais o é.

Mas eu acho isto um pouco ridículo, o meu site, que foi feito por um autodidacta ( eu :D ) chegou a estar no top 1000 do alexa (o sapo está no top 500) e a ter mais de uma milhão de visitantes mensais ( um terço do sapo ). Convem referir que o meu investimento monetário foi inferior a 100 euros. Sinceramente não acho os número dos sapo nada de especial tendo em conta que a PT concentra todos os seus esforços, no que toca a web, no sapo.

Desse milhão de visitantes, quantos eram portugueses? :D

tenho visto aqui na suecia, na dinamarca, noruega, alemanha, sites muito mais inovadores e com serviços cuja qualidade, peço desculpa aos amantes do sapo, mas arruma o sapo a um canto.

Curiosamente, uma empresa sueca que partiu recentemente para o mercado internacional de tecnologias de internet tem um gerente português :P

Acredito em ti. :) A SAPO actualmente não pretende fazer um serviço universal, limita-se ao mercado português. Se o SAPO tentar entrar no mercado universal, é metida num canto em menos de nada por empresas como o Google. Para se expandirem, o melhor que podem fazer a curto prazo é ir para os PALOPs.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
pedrotuga    31
pedrotuga

Bem, o mpeixoto apresentou um argumento válido. Confesso que já nem me lembrava que o sapo tinha lá aquela página sobre projectos open-source.

Apoiaram 10 projectos com 2500 euros cada, esse esforço tem que lhes ser reconhecido. 50000 euros já é uma quantia que se veja.

Mas tambem, convenhamos, muito pouco mais fizeram. Basta olhar para a página de opensource do sapo para ver a pobreza que aquilo é, está completamente abandonada, com muitos links para instalações de software que há muito deixaram de funcionar.

Como plataforma, é bastante bom. Tu olhas para os blogs e até podes dizer "bleh, o blogger faz o mesmo", podes olhar para o messenger e dizer "bleh, o googletalk faz o mesmo", podes olhar para o sapo videos e dizer "o youtube/google videos até é melhorito", e a história continua. A nível técnico, o SAPO cada vez é melhor, expõem (parte de) a sua tecnologia, ajudam o movimento opensource... Podes até chamar-lhe o Google português, porque cada vez mais o é.

Como plataforma é inexistente, nunca desenvolveram nenhuma plataforma, limitam-se a usar software desenvolvido por outros e a integrá-lo.

Mas aqui estás a tocar precisamente no ponto. Não fazem mais nada que não seja mais do mesmo, e na minha opinião pior, e com uns anitos de atraso.

Desse milhão de visitantes, quantos eram portugueses? Wink

Já é praí a terceira vez que vejo argumentos deste tipo. Alguem se importa de me explicar em que é que os visitantes portugueses têm mais valor que os restantes? Em termos de receitas publicitárias que gera, o tráfego português até está bem abaixo da américa do norte e do sul e do resto da europa.

Eu colocaria mais as coisas neste prisma: o sapo ter apenas visitantes portugueses é algum feito? Ou será que é a prova que são pequeninos e que não conseguem ir a lado nenhum para alem da sua insignificante aldeia?

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
djthyrax    11
djthyrax

Como plataforma é inexistente, nunca desenvolveram nenhuma plataforma, limitam-se a usar software desenvolvido por outros e a integrá-lo.

Mas aqui estás a tocar precisamente no ponto. Não fazem mais nada que não seja mais do mesmo, e na minha opinião pior, e com uns anitos de atraso.

Antes tarde que nunca.

Já é praí a terceira vez que vejo argumentos deste tipo. Alguem se importa de me explicar em que é que os visitantes portugueses têm mais valor que os restantes? Em termos de receitas publicitárias que gera, o tráfego português até está bem abaixo da américa do norte e do sul e do resto da europa.

Não, simplesmente estamos a tentar fazer uma comparação de igual para igual.

Eu colocaria mais as coisas neste prisma: o sapo ter apenas visitantes portugueses é algum feito? Ou será que é a prova que são pequeninos e que não conseguem ir a lado nenhum para alem da sua insignificante aldeia?

São pequenos sim, mas isso significa que não devem ser apoiados ou mesmo levados a sério?

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
yoda    139
yoda

Boas,

Bem, acho que todos concordam que a SAPO atingiu um patamar em portugal exclusivo, mesmo não tendo nenhuma tecnologia proprietária ( penso eu! ). Isso já é de louvar, e se não louvarmos o pouco que temos é mais difícil nascerem em portugal projectos novos :D

O SummerBits por exemplo é algo importante em portugal, pois tanto quanto me parece o maior desenvolvimento tecnológico nasce a nivel académico, cá fora é mais difícil. Ao implementarem isso, pode ser que se comecem a ver cada vez mais "projectos de garagem" :D

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
mpeixoto    0
mpeixoto

Boas,

Bem, acho que todos concordam que a SAPO atingiu um patamar em portugal exclusivo, mesmo não tendo nenhuma tecnologia proprietária ( penso eu! ).

E qual é a vantagem de ter uma tecnologia proprietária?!!

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
yoda    139
yoda

E qual é a vantagem de ter uma tecnologia proprietária?!!

Quando aliada a inovação, é um grande factor de sucesso. Tens o exemplo do Google.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Marfig    0
Marfig

Não é possível fazer uma comparação de igual para igual tirácio. Porque até mesmo em Portugal não tens mais nenhum portal com as características do Sapo. O Sapo encarregou-se disso. Portanto onde é que se vai comparar?

Na capacidade de inovar, de formular e apresentar novas tecnologias ou soluções, e na sua capacidade em angariar novos mercados. A Sapo não fez nunca nem faz nada disto. Copia modelos existentes e aplica-os apenas no mercado português que é reduzido e onde a concorrência é fácil de ser extinta. Uma empresa com as dimensões da Sapo no nosso mercado e com o suporte por detrás da casa mãe PT, tinha a obrigação de investir em inovação  tinha a obrigação de ambicionar outros mercados.

O portal Sapo é mediocre sobre qualquer standard que lhe queiras aplicar. Não é nada de novo e não é nada de extraordinário.

Até mesmo apostar em projectos Open Source... o que é preciso é apostar em projectos. Ponto. O OpenSource não precisa de recompensas monetárias para se implantar em Portugal. Na realidade estaremos a criar um problema se o fizermos. Deixemo-nos dessas coisas. O Open Source está bem obrigado. Agora, se pegas nesse dinheiro e apostas em quem tem projectos que criarão novas empresas e postos de trabalho, que ajudarão a dinamizar a economia e que se pautam por verdadeira inovação...

São pequenos sim, mas isso significa que não devem ser apoiados ou mesmo levados a sério?

Se queres que te diga, na minha opinião, sim e sim; Não devem ser apoiados e não devem ser levados a sério.

Exigir o melhor de quem nos fornece serviços é a tua garantia de qualidade. Enquanto acharmos que um Portal como o do Sapo é um bom trabalho, merecemos o pouco que nos oferecem.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!

Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.

Entrar Agora


×

Aviso Sobre Cookies

Ao usar este site você aceita os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade