Jump to content
bin

como se cria uma nova linguagem de pogramaçao

Recommended Posts

bin

bem, como se cria uma coisa nova e partir do zero? pois não há nada definido, nem o compilador /interpretador, apenas se sabe que tem ser escrito ou gráfico (programador gráfico como labview)

a minha duvida são as etapas e os conhecimentos para construir uma

EDIT: Português melhorado. Ass.: o corrector ortográfico/gramatical vivo.


Citação

A ironia é o primeiro indício de que a consciência se tornou consciente.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Warrior

Não percebi nada do texto, tenta adicionar pontuação.

Olhando só para o tópico, para fazeres uma linguagem de programação tens que primeiro decidir se vai ser compilada ou interpretada.

O caminho é bastante diferente conforme a opção tomada no passo anterior.

Fazer uma linguagem interpretada parece-me mais simples, até porque podes fazer um interpretador em qualquer linguagem.

Para fazer uma linguagem compilada, tens que fazer um compilador que transforme o código em linguagem máquina.

Movido de secção.

Share this post


Link to post
Share on other sites
MX+

Warrior sou da opinião (e tenho factos sólidos a apoiar-me) que não é de todo necessário escolher se a linguagem é interpretada ou compilada. Isso faz parte da fase final da linguagem. Baseado na cadeira de Compiladores que tive este ano, tens três fases:

Detecção Lexical, Validação da Gramática e Geração de Código (onde se inclui o interpretador)

Para o bin, tens de começar por perceber autómatos e gramáticas/analisadores lexicais.

Pega aí :Phttps://fenix.ist.utl.pt/disciplinas/com-2/2007-2008/2-semestre

Tens um livro do IST em português e tens a "bíblia" dos compiladores: Livro do Dragão se quiseres aprofundar o assunto.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Triton

Fazer uma linguagem interpretada parece-me mais simples, até porque podes fazer um interpretador em qualquer linguagem.

Também podes fazer uma linguagem compilada em qualquer linguagem... :P

http://llvm.org/

http://www.parrotcode.org/

Se leres toda a informação e tutoriais nesses links podes comer a fazer linguagens simples. O LLVM é para linguagens compiladas enquanto o Parrot é para linguagens interpretadas.


<3 life

Share this post


Link to post
Share on other sites
Warrior

Claro que podes fazer uma linguagem compilada em qualquer linguagem (desde que não seja interpretada..), mas tem que ter em atenção que o que irás fazer é transformar o código numa linguagem de baixo nível, enquanto que se for interpretada podes simplesmente chamar os comandos de alto nível da linguagem que estás a usar.

De qualquer modo, não sei se o bin ainda está interessado nisto..

Share this post


Link to post
Share on other sites
bin

sim, ainda estou a pensar em desenvolver uma linguagem completamente nova, en termos de sintaxe e de lógica.

bem e muito mais fácil faser interpetada pois , o programa so tem que seguir a sua lógica, se for compilada, torna se mais complicado pois nao vai ser muito portável.

a lógica desta linguagem é baseada em objectos acções e nomes

por exemplo

"define o nome 'mover' a uma acção defendida no código 236"

mover#[236]

"define o nome 'caixa' a uma objecto defendia no código 134"

caixa #[134]

caixa@mover/(34;54)

ou

%include (cubo.txt)

%begin

@ler_1_

{

_IMPUT##[a:int/b:int]

_type#(“REd”)

_FRAW_window#(234,567) //pode escrever numa linha}

$_DISPLAY(valor_1+valpor_2)

%end

algoratitimo

ler valor 1

ler valor 2

valor 3 ::valor 1 +valor 2

mostrar valor 3


Citação

A ironia é o primeiro indício de que a consciência se tornou consciente.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
bin

Claro que podes fazer uma linguagem compilada em qualquer linguagem (desde que não seja interpretada..), mas tem que ter em atenção que o que irás fazer é transformar o código numa linguagem de baixo nível, enquanto que se for interpretada podes simplesmente chamar os comandos de alto nível da linguagem que estás a usar.

De qualquer modo, não sei se o bin ainda está interessado nisto..

e mais fácil criar uma linguagem que só vai ser o terto do pograma fonte

do que criar uma linguagem que tem que compilar para um ficheiro binário e que esse código binário tem que funcionar como o programa fonte

eu não sei se em termos de rapidez de execução do código e igual

bem talves começo em criar um compilador de código, isto e a partir de um código gerar outro


Citação

A ironia é o primeiro indício de que a consciência se tornou consciente.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.