Jump to content

Falso conceito - Web 2.0


magal
 Share

Recommended Posts

Ol√° pessoal!¬† ūüĎć

De certeza que todos j√° devem ter ouvido falar no design web 2.0.

Sticks, cantos redondos, barras com gradientes, linhas diagonais, icones brilhantes, etc.

O que tem a dizer sobre este tipo de layouts? Consideram apelativo?

Ou acham que √© tudo uma m√° interpreta√ß√£o, um clich√© utilizado na web para os webdesigner se auto-promoverem? A web 2.0 √© suposto ser um novo conceito de partilha de informa√ß√£o e n√£o um conceito de design? O design web 2.0 √© tudo uma m√° interpreta√ß√£o? Gostava de ouvir a vossa opini√£o!¬† ūüėõ

Link to comment
Share on other sites

√Č apenas um nome que algu√©m resolveu dar a um conjunto de caracteristicas que at√© j√° existiam e que pegou.

Ora aqui est√°¬† ūüĎć

Mas a chamada Web 2.0 é uma revolução na forma como são desenvolvidas as páginas, quer a nível de desenho quer a nível de ideia.

√Č chamada p√°gina Web 2.0 a uma p√°gina que est√° centrada no utilizador e n√£o em quem a fez, ou mandou fazer, na web 2.0 o que interessa √© o utilizador, os seus gostos, a sua participa√ß√£o, por exemplo as Wikis, as social networks, etc.

Our lives begin to end the day we become silent about things that matter - Martin Luther King

Link to comment
Share on other sites

O que me leva a pensar, quem é que raio fazia essas páginas.

Sistemas a pensar no utilizador são conhecidos, pelo menos, desde os anos 70, alguns dos primeiros  livros que li sobre o assunto são dessa data. Se foi preciso alguém dar um nome bonito a isso para que os programadores começassem a pensar nisso então, acho eu, estamos muito mal. Pior é que nem os que se assumem como Web 2.0 sabem como cumprir os supostos requisitos desse termo.

Link to comment
Share on other sites

ha alqui várias duvidas, a logica do "web2.0" como algume disse e bem, é a partilha de informação, e quando falam em "gostos de utilizador" é o utilizador ter a liberdade total de moldar o website a seu gosto.

"Quando eu for grande quero ser como o Celso"

Link to comment
Share on other sites

Penso que acima de tudo a web 2.0 é a web em que todas as pessoas podem participar. Para mim não tem nada a ver com o design.

Acho que o termo começou é a ser usado para tudo e mais alguma coisa, e quando se vê alguém dizer que o site não é web 2.0, normalmente querem apenas dizer que o aspecto é mau.

Link to comment
Share on other sites

Eu sou muito céptico no que respeita a buzzwords.

O conceito de web 2.0 foi introduzido pouco tempo depois de rebentar a bolha da 'economia digital'. Era (e √©!) preciso vender tecnologias web e isso n√£o pode ser feito com base em argumentos que falharam, √© preciso reinventar continuamente novos jarg√Ķes para vender mais e muito. Os marketeers encarregam-se disso diariamente.

No plano tecnol√≥gico, nada foi inventado: o design centrado no utilizador, a personaliza√ß√£o da forma e do conte√ļdo da mensagem de acordo com as prefer√™ncias e perfis de utiliza√ß√£o, as wikis, os blogs... tudo isso j√° existia; as tecnologias que suportam o AJAX tamb√©m. O que h√° de novo √© o nome que se deu para classificar um conjunto de pr√°ticas e t√©cnicas para relan√ßar o neg√≥cio Net. Eu agrade√ßo, porque esse √© precisamente o meu neg√≥cio, mas √© uma 'charlatanice', √© puro marketing.

:q :q! :wq :w :w! :wq! :quit :quit! :help help helpquit quit quithelp :quitplease :quitnow :leave ^X^C ^C ^D ^Z ^Q QUITDAMMIT

Link to comment
Share on other sites

Nada de novo foi inventado, mas o que aconteceu foi uma mudança na relação das pessoas com a tecnologia que se traduziu em social networks, as compras online (amazon, e-bay, etc), instant messagers, etc. Tudo isso já existia mas não com a força que passou a ter. Penso que basta ver a relação dos média tradicionais com a internet há alguns anos atrás para perceber o que mudou com a chamada "web 2.0". Claro que como o falco referiu o design acompanhou o fenómeno que tem mais a ver com o social do que de carácter técnico.

Link to comment
Share on other sites

inicialmente isso referia-se mais 'a explosao de popularida de coisas como feeds xml e interfaces web com pedidos assincronos (AJAX, xampa, sonasol ou o que lhe quiserem chamar).

So ai era um conceito com pouco significado e bastante fusco, depois quando se comceou a associar "web2.0" a logotipos com reflexos e letras estilo plastico em panos de fundo com gradiantes... bem ai foi o triunfo da estupidez, mas nada de admirar, hoje em dia a nossa sociedade esta bastante receptiva 'a estupidez hoje em dia.

curtam a tecnologia, caguem para os hypes, curtirao muito mais dessa forma.

Link to comment
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.