Ir para o conteúdo
Ridelight

Microsoft acredita que os seus produtos têm menos falhas que os concorrentes

Mensagens Recomendadas

Ridelight    8
Ridelight

Dados recolhidos por Jeff Jones, analista de segurança da Microsoft, indicam que ao longo deste ano a empresa de Bill Gates teve de reparar menos vulnerabilidades no software que produz do que os seus concorrentes no mercado.

O relatório elaborado por Jones indica que, enquanto os sistemas operativos Windows XP, Vista e Server necessitaram patches para 20 a 45 vulnerabilidades cada, o software de fabricantes como Red Hat, Apple e Novell precisaram de corrigir centenas de falhas.

De acordo com as contas de Jeff Jones, o Red Hat Enterprise Linux 4 Workstation e o Ubuntu Linux encabeçaram a lista de sistemas com maior número de rectificações, com 170 e 150 vulnerabilidades corrigidas. Por sua vez, o Enterprise Linux Desktop 5 recebeu cerca 130 correcções.

Na análise não são considerados os erros detectados nas aplicações que não são instaladas por defeito nos sistemas operativos, tais como o Office. Por outro lado, também não são tidos em conta na pesquisa as falhas zero-day ou as vulnerabilidades activamente exploradas, um dos maiores pontos fracos dos produtos Microsoft.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
pedrotuga    31
pedrotuga

Tipo.. não faz muito sentido comparar código aberto que toda a gente pode vasculhar com programas de código fechado. Sabe deus as barbaridades que os binários ocultam. Quando uma lá vê a luz do dia... cabum! é o que já sabemos.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Warrior    68
Warrior

qual é a novidade? ;) é que para ele a M$ é sempre a melhor, idependentemente de o ser, ou não :)

Totalmente errado. Para ele a M$ pode ser a pior coisa que existe, mas o seu salário fala mais alto e tem que lhe dizer o que a empresa quer..

Ouvi falar, na altura em que o source do windows foi parcialmente revelado (julgo que por uma falhar qualquer, não me lembro bem) de funções que por cima tinham comentários do género "//Ocorre bug em "X" situação, corrigir no futuro"

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
djthyrax    11
djthyrax

Ouvi falar, na altura em que o source do windows foi parcialmente revelado (julgo que por uma falhar qualquer, não me lembro bem) de funções que por cima tinham comentários do género "//Ocorre bug em "X" situação, corrigir no futuro"

Documentação rula, e a deles deve ser maior a documentação de bugs do que de funcionalidade.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Betovsky    2
Betovsky

Se as estatísticas estão certas ou não é irrelevante. Ficaram surpreendidos com os números?

Acho perfeitamente natural os números acima mencionados, se termos em conta que existe uma maior comunidade de developers por trás dos outros SOs referidos do que no Windows, logo é normal que mais bugs sejam corrijidos, o que não indica que o SO tenha mais bugs.

Aliás o próprio artigo refere isso.

Por outro lado, também não são tidos em conta na pesquisa as falhas zero-day ou as vulnerabilidades activamente exploradas, um dos maiores pontos fracos dos produtos Microsoft.

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Sven    1
Sven
ao longo deste ano a empresa de Bill Gates teve de reparar menos vulnerabilidades no software que produz do que os seus concorrentes no mercado

Para esta estatística reparar vulnerabilidades é o mesmo que vulnerabilidades detectadas ?

E tá-se mesmo a ver que o windows por defeito vem instalado com o mesmo tipo de software que vem o RHEL por exemplo!!

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!

Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.

Entrar Agora


×

Aviso Sobre Cookies

Ao usar este site você aceita os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade