Jump to content

All Activity

This stream auto-updates     

  1. Today
  2. Kamila

    Projeto em C

    Olá , tenho um projeto de programação em C da universidade e tenho muita dificuldade na cadeira , ainda não consegui começar o projeto e não faço ideia de como devo fazê-lo , procuro alguém que esteja disposto a ajudar ou que queira fazer o projeto por mim . Preferia que alguém me ajudasse , afinal quero aprender a programar , e estou disposta a pagar pela ajuda . Obrigada , para quem estiver interessado , mandarei o enunciados do projeto .
  3. Yesterday
  4. Boas, https://www.portugal-a-programar.pt/forums/topic/57734-utilizar-webservices-da-at/?do=findComment&comment=503212 Para informar que o link do Dropbox não funciona.......
  5. Tens de lá ir ter uma "reunião"!!!!!! 😕
  6. Por acaso alguém sabe de algum documento ou FAQ da AT em que seja dito que se deve (ou pode) usar a NC nestes casos? A generalidade dos programas que eu conheço funcionam com NC. Conheço alguns que quando se vai buscar, na factura final, a factura de adiantamento, automaticamente emitem a NC. Para mim todo este processo era pacífico e funcionou perfeitamente durante anos. Ultimamente tenho tido TOC/ROC que dizem que isto está mal e que não é legal. Que se sugira que o entendimento da AT agora é diferente tudo bem (as coisas/opiniões mudam), agora dar ideia que estamos (nós e todos os outros produtores de software de facturação) a trabalhar mal e de forma ilegal há vários anos é que já me parece incorrecto.
  7. Mas e a eSPap já tem esses webservices a funcionar? Onde? Como? Foi com esse que tu desenvolveste a comunicação? Já enviei para a eSPap vários emails aos quais eles fizeram o favor de não responder até hoje. Como é que se consegue obter informação sobre esses werbservices? Ou isso é só para algumas pessoas e não é para todos?
  8. Parece que não me expliquei bem. Esqueçam a Saphety, assim é mais facil. A saphety é apenas um servidor para guardar os XML durante 20 anos. Todo o envio, recepção, consulta, eetc etc etc das chamadas ao endpoint,é feito entre as vossas APP's e a eSPap! Já existem várias plataformas para submissão do XML.
  9. Bom dia a todos, Surgiu-me agora uma duvida... Relativamente aos recibos, faço um recibo de 123€ relativamente a uma fatura de 123€ (100€ de mercadoria e 23€ de IVA). O que deve ir no CreditAmount do recibo? 100€ ou 123€? A minha duvida prende-se com a interpretação do que está escrito que é: "Valor do recibo da fatura ou documento retificativo, sem impostos e eventuais descontos". Aquilo que estou a enviar é o valor liquidado no recibo, que são os 123€. Imaginando que a empresa faz um desconto de 3€ no recebimento daquele documento, entao o valor a enviar deve ser à mesma 123€. É isto ou não?
  10. Last week
  11. ivo

    Questão de linguagem em C

    Boa noite, Gostaria de saber se o código está correto ... Considere o programa em C ilustrado na Figura a seguir. Esse programa implementa um relógio via software e escreva a hora, minuto e segundo na tela a partir do instante 00:00:00. Modifique esse programa de modo que o usuário digite via linha de comando a hora (em argv[1]), o minuto (em argv[2]) e o segundo (em argv[3]) em que o programa deve parar. Caso seja necessário, use a função atoi() para converter os elementos argv[] em inteiros. O programa deve ser finalizado e imprimir uma mensagem de advertência caso a hora e/ou minuto e/ou segundo estejam fora da faixa 00:00:00 a 23:59:59. Obs.: o programa deve ser feito exatamente conforme o enunciado. O aluno obterá nota zero na questão se o programa não executar. O programa deve ser salvo como um arquivo .c e não .cpp. #include <stdio.h> #include <stdlib.h> int main() { int horas,min,seg; long int result_em_segundos; printf("\nDiga que horas, quantos minutos e quantos segundos respectivamente: "); scanf("%d%d%d",&horas,&min,&seg); horas=60*60*horas; min=60*min; printf("O resultado em segundos e de %d \n",horas+min+seg); system("PAUSE"); }
  12. Sofia_c

    Comunicação C++

    Ola, preciso de ajuda, Gostaria de saber como posso fazer em linux, o servidor e o client comunicarem. Obrigada
  13. Se isso acontecer, nem parece que temos uma governo "socialista". Esta prática a acontecer é nitidamente uma medida capitalista de extrema direita.
  14. Ralado

    alguem me ajuda

    como faço para habilitar e desabilitar um botao que esta em outro form dentro de um panel?
  15. Sim a AT mandava fazer NC, mas agora saiu uma Informação Vinculativa a dizer que não pode ser por NC porque se lembraram que um dia as Taxas do IVA vão mudar e vai dar barraca. Do que se lê desta IV, a fazer-se NC nunca será sobre a 1ª Fatura (do adiantamento), mas sobre a Fatura final em que se faturou tudo indevidamente. Assim, a NC terá de ser feita sobre a Fatura final e seguir o tramites normais de ser assinada pelo cliente ou outro meio de prova de que ele teve conhecimento dela.
  16. Fantástico! A AT no seu melhor. Conclusão, alguém manda nisto? Faz-se como? Eu também tenho ideia de ter lido num oficio circulado ou coisa do género que a forma correcta era através da emissão de uma Nota de crédito mas me consigo lembrar onde li isso.
  17. Não posso concordar que o cliente só deva 1190. Vê o PDF que o desconfiado postou. De acordo com o código do IVA, o cliente já pagou 1230, 1000 de mercadoria, e 230 de IVA que foram entregues ao Estado á taxa em vigor na data que ele pagou. Contabilisticamente, na conta dele fica a crédito 1000 de mercadoria. Na fatura final ele tem de pagar o IVA sobre a mercadoria que ainda deve. Se a taxa do IVA mudou, não é problema dele, até pode ter subido e ser agora 25%, os primeiros 1000 estão pagos, só tem de pagar IVA á taxa atual pelo que falta pagar, no caso de 25%, 1250. Não tem nada que ser obrigado a pagar mais IVA na parte que já está paga só porque a taxa subiu. Assim como não pode ser beneficiado se a taxa descer.
  18. Essa questão não se coloca porque ao creditar uma factura com IVA à taxa de 23%, o crédito tem que ser feito à mesma taxa da factura independentemente se a taxa actual de IVA é igual ou não.
  19. No caso dos adiantamentos, pelo menos que eu saiba, a AT tem aceite linhas negativas. No entanto, na minha opinião, no exemplo que apresentas, seria obrigatório emitir nota de crédito (porque o IVA liquidado tem de ser corrigido), estornando na totalidade a fatura do adiantamento, e emitir uma nova fatura pela valor total. O valor em dívida seria os ditos 1190, mas isso é uma mera questão de conta corrente. O despacho não atrapalha nada neste caso.
  20. Também estive nessa formação. Deu para ver a divisão da AT em "quintinhas" e a aplicação da maxima "na minha quinta mando deu". Ou seja, o formador da AT disse algo do género: O código do IVA manda assim, se os programas não deixam fazer, deviam deixar. Quando o questionaram sobre os programas para serem certificados não podem deixar faturar a negativo, ele respondeu algo do género: Isso é com a secção de certificação de programas e eu sou da secção do IVA.
  21. O problema é que o Despacho interpretado á letra não permite cumprir o código do IVA. Senão vejamos: momento 1 - No dia 1 de Dezembro do ano N, o cliente encomenda um produto que custava 2000 + IVA, adianta 1000 + IVA 23% = 1230 em que a taxa de IVA em vigor era 23%. momento 2 - No dia 31 de Janeiro do ano N+1, o produto é entregue ao cliente, mas a nova taxa de IVA é agora de 21%. De acordo com o código do IVA, o cliente só pode ficar a dever 1000 + 210 = 1210 em que a taxa de IVA é 21%. Não podemos faturar 2000 + 420 = 2420 e fazer Nota de crédito de 1230 porque assim só ia ficar a dever 1190. Não podemos faturar o produto por 1000 + 210 porque o nosso controlo de gestão fica todo baralhado em termos de margens de lucro, etc. A única solução é mesmo, faturar o produto por 2000, subtrair os 1000 do adiantamento e liquidar IVA só sobre os 1000, desrespeitando o Despacho. A questão é se estamos mesmo a desrespeitar o Despacho. Como se aprende em Direito, se tentarmos interpretar o espirito do legislador, de facto, os 1000 do adiantamento a negativo é uma anulação de parte dos 2000 do produto que já consta da própria fatura. Depois coloca-se outra questão: Como é que a Software-House vai garantir que o Utilizador só vai utilizar a faculdade de faturar a negativo nesta situação?
  22. Os documentos só podem conter linhas negativas nas situações previstas no ponto 2.2.6. do despacho 8632/2014 da AT: A situação dos adiantamentos, embora não prevista no despacho, está prevista algures num ofício circulado antigo sobre o tema dos adiantamentos.
  23. Não é permitido por lei ( mas tecnicamente é ) fazer lançamentos de linha com Quantidades negativas referentes a Produtos ou Serviços ( para isso existem as Nªs de Credito, pois tem de ser assinadas confirmando a sua receção ) Mas se o ARTIGO na linha estiver configurado como: Outros, Impostos/Taxas ou Impostos Especiais, sim já podem lançar as linhas negativas alterando a quantidade para positiva assim como os valores, e apenas trocando o CreditAmout por DebitAmout e Vice versa ( conforme seja um Documento a Crédito ou a Débito ).
  24. A questão é que a própria AT fez uma sessão de esclarecimento e uma das questões que eles alertaram foi a dos adiantamentos e a forma como se deve proceder. E aparentemente quem faz NC está a fazer de forma errada. Como podem verificar no link abaixo. PDF Auditoria Tributaria
  25. Sempre que lá fui certificar softwares nunca aceitaram faturas com valores negativos, seja na quantidade ou no preço. O máximo que aceitavam era descontos de 100%. Ao validar não vai dar problemas estar o valor a positivo no DebitAmount, agora se se pode/deve fazer isso já não sei.
  26. brunoais

    Calcular frequencia de palavra em string em C

    Precisas não só de verificar aonde estão a palávras mas também que palávras são para contares a frequência que cada palávra é usada.
  27. Mas então a eSPap não vai disponibilizar nenhum serviço de recepção de facturas electrónicas? É através da Saphety ou outro "broker" que serão obrigatoriamente comunicados os documentos? É esta parte que eu ainda não entendi, se realmente o envio será efectuado obrigatoriamente através de brokers tipo Saphety ou se irá existir uma plataforma publica de recepção das facturas em formato XML. É que se for obrigatório a utilização de brokers o serviço não será gratuito. Será para nós SH mas não para os fornecedores da AP. Se for esse o caso, pessoalmente, acho uma exploração. Era o mesmo que um cliente meu obrigar-me a pagar para eu lhe vender algo. Mas pronto, estamos em portugal...
  28. Ralado

    [Resolvido] Alterar controls de outro form

    e quando o botoao esta em uma panel como faço como uso este mesmo codigo so que meu botao esta em um panel
  1. Load more activity
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.