Jump to content

Revista PROGRAMAR

  • entries
    201
  • comments
    0
  • views
    135,479

Contributors to this blog

  • staff 153
  • jpaulino 17
  • anolsi 16
  • apocsantos 6
  • Rui Carlos 4
  • Hipnoted 2
  • HecKel 1
  • pedrotuga 1
  • _JR_ 1

About this blog

Entries in this blog

 

Revista PROGRAMAR nº 56 — Maio de 2017

A Revista PROGRAMAR está de volta com mais uma edição. Desta vez temos como tema de capa o artigo Os segredos do lado negro da BIOS, da autoria de António C. Santos. Adicionalmente, nesta edição poderá encontrar mais 13 artigos, que listamos de seguida: Otimizando os sistemas embebidos (Nuno Cancelo) Tipos em Python  (Nilo Menezes) Gerir a Qualidade do Código  (Nuno Cancelo) Cifra Feistel (Rita Peres) NODEMCU E TELEGRAM BOTS  (António C. Santos) C# – C# – Introdução aos testes Unitários e

staff

staff

 

/* A todos os bravos que chegaram tão longe! */

Poderia começar o editorial por escrever o resto do comentário em código, mas seria quase um “abuso” ao qual não me vou dar! Como um dia disse, um incontornável personagem da história da tecnologia, não se conectam os pontos olhando para a frente, mas sim para traz. A tecnologia é isso mesmo, um movimento “perpétuo”, em frente, sem parar, sem esperar, sem pausas, a uma velocidade cada vez mais estonteante. Cheio de surpresas e segredos, cheio de revezes e avanços, cheio de tudo um pou

staff

staff

 

Docker: Overview

Sou muito apologista da metodologia “set it and forget it”, configurar as coisas uma vez e reutilizar vezes sem conta a mesma configuração, infraestrutura. Abstrairmos de tal forma, que o foi configurado sirva para o uso geral da nossa aplicação ou projeto. Isto é muito giro, mas pouco realista se tivermos em mente a montanha de projetos e aplicações que estão montadas por Portugal (e não só) a fora. Tipicamente, a forma como eu fazia, seria criar uma máquina virtual (principalme

staff

staff

 

API REST com Spring Boot (parte 2)

Nesta segunda parte, vamos então adicionar ao nos- so projecto um sistema que nos permita criar logs personalizados sobre o acesso à nossa API. Sempre que desenvolvemos uma aplicação, devemos logo de inicio tratar de providenciar um bom sistema de logs já que ele é uma parte fundamental, seja durante o desenvolvimento, seja durante a operação da aplicação. É através das mensagens de log (em ficheiro ou no ecrã) que podemos determinar o que realmente está a acontecer na nossa a

staff

staff

 

JavaFX: Passos Seguintes

No artigo anterior dei uma breve introdução sobre como programar com JavaFX, conceitos simples que permite começar a desenvolver aplicações gráficas. Neste artigo vou explorar outros temas interessantes do ponto de vista de desenvolvimento e de manutenção de projetos de software com interfaces gráficas de desktop. Ao longo da minha carreira já desenvolvi e participei em projetos de software de raiz, mas grande parte dela foi a manter e a melhorar aplicações legacy, e deixem-me q

staff

staff

 

Um bot para Telegram com o jogo da velha (Jogo do Galo)

Num mundo com tantas aplicações de chat instantâneo, o Telegram destaca-se pela rica API que disponibiliza para criação de bots. Os bots são pequenos programas que podem interagir com os utilizadores e prestar serviços, como executar comandos, gerir arquivos ou imagens e até mesmo propor jogos! Há já algum tempo que a comunidade Python explora bibliotecas como a Telebot e mais recentemente, a Telepot. Embora a diferença no nome das duas seja apenas uma letra, o desenho da Telepot par

staff

staff

 

Um bot para Telegram com o jogo da velha (Jogo do Galo)

Num mundo com tantas aplicações de chat instantâneo, o Telegram destaca-se pela rica API que disponibiliza para criação de bots. Os bots são pequenos programas que podem interagir com os utilizadores e prestar serviços, como executar comandos, gerir arquivos ou imagens e até mesmo propor jogos! Há já algum tempo que a comunidade Python explora bibliotecas como a Telebot e mais recentemente, a Telepot. Embora a diferença no nome das duas seja apenas uma letra, o desenho da Telepot par

staff

staff

 

Automação do Azure com Windows PowerShell Desired State Configuration

Hoje em dia a automação ajuda muito e é extremamente importante para alguns processos de gestão e administrativos. Um dos principais problemas da automação é não ser aceite por todos. A tecnologia não deve ser usada para substituir ninguém mas sim para ajudar. Vou mostrar como podem fazer automação com o Windows PowerShell. O Windows PowerShell é uma linguagem scripting da Microsoft que estava reservada aos seus produtos mas isso mudou o PowerShell agora é OpenSource e o código está disponível

staff

staff

 

O problema do casamento estável utilizando o algoritmo Gale-Shapley

Introdução O problema do emparelhamento estável (stable marriage problem), é de forma resumida o problema de encontrar um emparelhamento estável entre dois elementos de dois conjuntos de elementos, dada a ordem de preferências de cada elemento do conjunto. Este problema é normalmente apresentado da seguinte forma: Dados n Reis e n Damas de um conjunto de cartas, cada Rei e cada Dama estabelece uma ordem de preferência para cada um dos elementos “opostos” (reis ou damas), com quem gosta

staff

staff

 

O problema da falta de GPIO pins

Introdução Numa esmagadora maioria dos circuitos usados em IoT e em automação de uma forma geral, como o caso do Arduino/Genuino, existem algumas limitações em termos de pinos analógicos, que nos podem complicar a tarefa de ligar sensores. Por exemplo, no Arduino/Genuino Uno, apenas são disponibilizados 6 pinos analógicos que vão de A0 a A5, respetivamente. Ler mais…    

staff

staff

 

Padrão de arquitetura SOLID

Introdução Existem diversas orientações para programação orientada por objectos, no entanto, neste artigo apenas iremos focar SOLID com exemplos em C#. SOLID é um acrónimo dos cinco primeiros princípios da programação orientada a objetos e design de código identificados por Robert C. Martin Este mesmo acrónimo foi introduzido por Michael Feathers, após observar que os cinco princípios poderiam se encaixar nesta palavra. O que significa S.O.L.I.D. ? S – Princípio de Responsabi

staff

staff

 

SQL Curtas #2: Dúvidas Comuns

Como mostrar registos por ordem aleatória? Não existe uma forma “standard” de resolver este problema. Cada SGBD (Sistema de Gestão de Bases de Dados) tem uma forma diferente: Ler mais…    

staff

staff

 

A arte, o engenho e muita diversão!

A Arte Programar pode ser uma arte, apesar de ser uma acção e não necessariamente uma “expressão” no sentido mais conservador. Nesse caso um programa seria “uma forma de arte” e consequentemente os developers seriam artistas. Ainda assim, isto nem sempre é observado desta forma! Numa atitude quase que “patológica” ou “desenquadrada” pro- gramar é muitas vezes visto como um ofício, uma tarefa, um trabalho e não propriamente uma forma de arte! Por exemplo e sem divagar muito, ensinam-se

staff

staff

 

A arte, o engenho e muita diversão!

A Arte Programar pode ser uma arte, apesar de ser uma acção e não necessariamente uma “expressão” no sentido mais conservador. Nesse caso um programa seria “uma forma de arte” e consequentemente os developers seriam artistas. Ainda assim, isto nem sempre é observado desta forma! Numa atitude quase que “patológica” ou “desenquadrada” pro- gramar é muitas vezes visto como um ofício, uma tarefa, um trabalho e não propriamente uma forma de arte! Por exemplo e sem divagar muito, ensinam-se

staff

staff

 

C# 6: Programação com produtividade

Introdução Com o passar dos anos, cada vez mais os programadores consideram o C# como sendo a linguagem da plataforma .Net. A sua evolução tem sido constante e tem contribuído para a simplificação e redução do trabalho com a escrita de código em .Net. As novidades desta nova versão não são tão impressionantes como a do aparecimento do Linq, por exemplo, mas não deixam de ser úteis para aumentar a eficiência do programador. Este livro que revemos nesta edição é constituído

staff

staff

 

Introdução à programação com Python, Algoritmos e lógica de programação para iniciantes

Para a review desta edição, foi-me oferecido pelo autor, o livro Introdução à Programação com Python: Algoritmos e lógica de programação para iniciantes, 2ª edição. Dividido em 12 capítulos, o livro apresenta uma estrutura bem organizada e de leitura suave, até para os maus adversos leitores de livros técnicos. Começa por apresentar a motivação para a aprendizagem, capaz de cativar tanto iniciantes como estudantes que recorram ao livro para consolidar conhecimentos. Ler mais…

staff

staff

 

Segredos de Numeração

Neste mundo moderno, tudo é um número (ou vários). Neste artigo veremos alguns exemplos de numerações utilizadas em aplicações de negócio, o seu significado, como construí-los e como validá-los. Uma explicação mais detalhada da matemática dos dígitos de controlo deixa-se para o leitor. Um dígito de controlo (check digit), que pode ser numérico ou alfanumérico, é um valor que pode integrar ou ser separado do número original e que valida possíveis erros de introdução. O erro

staff

staff

 

SHIFT APPens 2017

A meio do passado mês de Fevereiro, nos dias 17, 18 e 19, deu lugar no pavilhão Mário Mesquita mais uma edição do SHIFT APPens, mais propriamente a 4ª edição do Evento. Como atividade principal era pedido aos participantes que durante os três dias do evento pudessem desenvolver uma aplicação à sua escolha, formando também equipas dinâmicas onde várias personalidades de programação e design se poderiam misturar. No fim dos três dias, e sendo prometido muito código e café por pa

staff

staff

 

Raspberry Pi Zero W

Com o intuito de comemorar o quinto aniversário da família Raspberry Pi, o fim de Fevereiro de 2017 trouxe mais uma novidade a esta conhecida família. Como não podia deixar de ser, aqui na Programar continuamos a ser fãs desta temática, motivo pelo qual não hesitamos em dedicar-lhe algumas linhas nesta edição. Ler mais…

staff

staff

 

Interface Humano – Computador, Nanotecnologia e a dependência tecnológica

Introdução O presente release tem por finalidade abordar como a criação de interfaces avançadas propiciam novos avanços em diferentes áreas do conhecimento. Neste contexto, o foco discutido permeia questões sobre a criação e o desenvolvimento da nanotecnologia que pode estar direta ou indiretamente alterando a interação do homem com o computador. Um ponto evidente é que o imaginário proposto nas produções cinematográficas, principalmente no que tange a ficção científica apr

staff

staff

 

Revista PROGRAMAR nº 55 — Março de 2017

A Revista PROGRAMAR está de volta com mais uma edição. Desta vez temos como tema de capa o artigo Docker: Overview, da autoria de Nuno Cancelo. Adicionalmente, nesta edição poderá encontrar mais 15 artigos, que listamos de seguida: API Rest com Spring Boot (parte 2) (José Martins) JavaFX: Passos Seguintes (Nuno Cancelo) Um bot para Telegram com o Jogo da velha (Jogo do Galo) (Nilo Menezes) Automação do Azure com Windows PowerShell Desired State Configuration (Ricardo Cabral) O Problema

staff

staff

 

long long ago; /* in a galaxy far far away */

O título até parece brincadeira, mas é sério! E compila em C99! E foi assim, há muito, muito tempo, que a primeira edição da revista, foi publicada, fazia o ano de 2006, não numa “galáxia muito, muito distante”, mas num URL perto de todos nós! E assim o tempo passa! Tal qual história de ficção engraçada ou de mitologia clássica, a revista volta até aos seus leitores, como uma “fénix renascida” do famoso Albus Dumbledore, retirada de um livro conhecido de todos, ou de quase! Não

staff

staff

 

Programação Genética

Resumo Neste artigo descrevemos uma forma de resolver problemas com algoritmos que se baseiam na teoria da seleção natural. Iremos resolver o problema do caixeiro viajante, ilustrando-o com um programa em Haskell (https:// www.haskell.org/). Ler mais…

staff

staff

 

API Rest com Spring Boot (parte 1)

No mundo Java, o framework open source Spring, não sendo o único, é quase um standard para quem pretende adotar um padrão de injeção de dependências / MVC, que nos facilita bastante a vida pois permite que nos concentremos essencialmente nas business rules evitando ter de desenvolver as partes mais trabalhosas as quais são geridas pelo framework. De uma forma simplificada, podemos então dizer que o Spring é um framework de injeção de dependências, capaz de gerir o ciclo de vida dos

staff

staff

 

Programação de aplicações cliente/servidor assentes no protocolo de transporte UDP

A pilha protocolar TCP/IP A pilha protocolar TCP/IP é considerada o standard de facto na área das comunicações informáticas, sendo praticamente obrigatório o seu uso em aplicações distribuídas. A referida pilha tem mecanismos próprios que possibilitam o envio, encaminhamento e receção de dados entre duas ou mais entidades comunicantes. Um dos elementos chaves da pilha TCP/ IP é o endereço IP que identifica um sistema computacional. Atualmente, existem dois tipos de endereços IP:

staff

staff

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.