Ir para o conteúdo
  1. Calibração de Temperatura do Equipamento.

    Tulio
    Por Tulio,

    Olá amigos! Bom dia a todos! 

    Eu preciso fazer um programa no qual estou com bastante dificuldade para fazê-lo. É o seguinte:

    Preciso elaborar um algoritmo em C++ par fazer a calibração da temperatura do equipamento conforme a espessura da chapa (aço carbono)  que será cortada. O algoritmo precisa solicitar a temperatura desejada pelo operador da máquina e aplicar essa configuração pro equipamento. A temperatura dependerá da espessura da chapa de aço carbono que vai ser cortada.

    Eu necessito utilizar estruturas IF e CASE pra fazer esse programa. Também necessito colocar configuração da temperatura em looping para que o operador não tenha a necessidade de reiniciar o programa a cada nova temperatura fornecida. 

    Alguém pode me ajudar? Desde já, agradeço-lhes! 

     

    • 0 respostas
  2. Passar Paramtros $_SESSION para a outra pagina

    informaster
    Por informaster,

    Boas

    Espero que esteja tudo bem convosco.

    Tenho aqui um problema que me esta a partir a cabeça:

    No ficheiro a.php

    tenho isto como final:

     

    	    $_SESSION['nomedelojas']=$NOMELOJAS[$i];
    	    print_r((Array)$_SESSION['nomedelojas']);	

    entao ele mete por ordem loja1 loja2 e loja3 no ecran

     

    quando vou buscar no ficheiro b.php

    faço assim:

    	$nomedelojasbox		= $_SESSION['nomedelojas'];
    	//($_SESSION['nomedelojas'],$NOMELOJAS[$i]);
    
    
    	$pdf->SetFont('Arial', 'B', 9);
    	$pdf->Cell(20,5,$nomedelojasbox  ,0,0,"L");

     supostamente era para ir buscar a loja1 e desenhar uma linha num pdf  ia buscar a loja2 e desenhava outra linha(cell) até ao 3 

    mas o que faz é meter 3 vezes loja 3 ou seja o ultimo valor ....

    Isto é para usar com o FPDF para exportar PDF´s

     

    O que estou a fazer mal????? peço ajuda  obrigado.

    Nuno Revez

    • 0 respostas
  3. Re: AT - questões legais

    chesser
    Por chesser,
    9 horas atrás, americob disse:

     A aplicação que existe, dos "recibos-verdes", é pouco mais que uma maquina de escrever, que permite passar faturas e recibos.

    Não me parece que os nossos softwares tenham esse publico alvo. Os nossos clientes querem controlo de Contas Correntes, gestão de Stocks, gestão de produção, controlo de POS complexos com gavetas, impressoras, balanças, códigos de barras, etc. que a AT nunca irá fazer. Alem disso, estão sempre disponíveis, não precisam de internet para trabalhar e não bloqueiam nos últimos dias de prazos fiscais.

    Só espero é que eles atualizem o programa deles para fazer o que obrigam os outros, para os clientes não virem dizer que se o da AT dá para fazer, o vosso também tem de dar.

     

    Exactamente!

    • 4517 respostas
  4. Re: SAFT-PT: debate de dúvidas e ideias

    pjmvc
    Por pjmvc,
    7 horas atrás, americob disse:

     

    Não me devo ter feito entender.

    O modelo de submissão que referi é o modelo oficial, já publicado em Diário da Republica que a AT vai usar para fazer o programa de submissão do ficheiro SAFT da contabilidade:

    https://dre.pt/application/conteudo/118406929

    http://info.portaldasfinancas.gov.pt/pt/apoio_contribuinte/modelos_formularios/decl_anual_inf_contabilistica_fiscal/Documents/Submissao_SAF_T_PT_2019_e_seguintes.pdf

    Lá está previsto entregar ficheiros tipo C e tipo I.

    Se o sistema vai permitir colocar tipo I e só ter as tabelas da contabilidade, dificilmente acredito.

    Se, te permite entregar com tipo C, de certeza, mas um dia podem aperceber-se que prestaste falsas declarações.

     

    Muito obrigado.

    Sendo assim e até informação em contrario, mais vale exportar tudo.

    • 6291 respostas
  5. Re: Problema com recepção de email de um formulário

    mcosta78
    Por mcosta78,

    Obrigado Cerzedelo já consegui!!!

    cumprimentos.

    • 13 respostas
  6. Re: Problema com recepção de email de um formulário

    Cerzedelo
    Por Cerzedelo,

    Tente o seguinte:

    $mail = new PHPMailer(true);

     

    • 13 respostas
  7. Re: SNS, MCDT, Exames Sem Papel

    Syms238
    Por Syms238,

    Bom dia,

    Eu também estou com problemas, mas o meu é em relação ao programa

    Já consegui estabelecer comunicação com os servidores (através do SOAP) mas eles tem erros lá.

     

    Alguém me pode dar umas luzes do que é necessário fazer no programa?

    • 2 respostas
  8. Re: Problema com recepção de email de um formulário

    mcosta78
    Por mcosta78,

    os erros que dá no log do apache:

     

    [Wed Feb 20 09:05:02.228594 2019] [:error] [pid 1892:tid 1672] [client 127.0.0.1:61401] PHP Notice:  Undefined property: PHPMailer::$True in C:\\xampp\\htdocs\\envio.php on line 21, referer: http://127.0.0.1/contato.php
    [Wed Feb 20 09:05:03.066510 2019] [:error] [pid 1892:tid 1672] [client 127.0.0.1:61401] PHP Notice:  Undefined property: PHPMailer::$True in C:\\xampp\\htdocs\\envio.php on line 21, referer: http://127.0.0.1/contato.php
     

    aguardo ajuda e obrigado.

    • 13 respostas
  9. Re: AT - questões legais

    americob
    Por americob,
    15 horas atrás, CFreitas disse:

    Não será por aí.

    O momento relevante da utilização da autorização legislativa é a sua aprovação em concelho de ministros e não a publicação.

    Acórdão n.º 206/94, de 2 de março do Tribunal Constitucional que a dado passo diz textualmente o seguinte: “O momento relevante para saber se foi utilizada uma autorização legislativa durante o prazo de vigência da mesma é o da aprovação em Conselho de Ministros do diploma autorizado".

    “III - O Tribunal Constitucional firmou já jurisprudência, em ambas as suas secções de forma unânime, sobre o momento relevante a que há-de atender-se para saber se o diploma autorizado foi elaborado durante o prazo de vigência da autorização legislativa correspondente. Sendo em abstracto sustentável que o momento relevante pudesse ser o de aprovação em Conselho de Ministros, o de envio ao Presidente da Republica para promulgação, o da promulgação, o de referenda ou o da publicação, o Tribunal considerou que o momento atendível havia de ser o de aprovação em Conselho de Ministros do diploma autorizado.”

    “O Tribunal Constitucional tem entendido, em jurisprudência constante, que o momento relevante é o da aprovação do diploma autorizado em Conselho de Ministros, sendo irrelevante a circunstância de a promulgação, referenda e subsequente publicação do diploma ocorrerem após a caducidade da autorização legislativa”.

    Tens razão, não conhecia esse acórdão.
    Obrigado pela partilha.

    • 4517 respostas
  10. Re: AT - questões legais

    americob
    Por americob,

     A aplicação que existe, dos "recibos-verdes", é pouco mais que uma maquina de escrever, que permite passar faturas e recibos.

    Não me parece que os nossos softwares tenham esse publico alvo. Os nossos clientes querem controlo de Contas Correntes, gestão de Stocks, gestão de produção, controlo de POS complexos com gavetas, impressoras, balanças, códigos de barras, etc. que a AT nunca irá fazer. Alem disso, estão sempre disponíveis, não precisam de internet para trabalhar e não bloqueiam nos últimos dias de prazos fiscais.

    Só espero é que eles atualizem o programa deles para fazer o que obrigam os outros, para os clientes não virem dizer que se o da AT dá para fazer, o vosso também tem de dar.

     

    • 4517 respostas
  11. Re: SAFT-PT: debate de dúvidas e ideias

    americob
    Por americob,
    Em 18/02/2019 às 18:35, americob disse:

    Tenho ideia que nos casos em que o software é integrado tem que ir com as secções todas.

    As instruções do modelo de submissão dizem claramente que o ficheiro deve ter como sistema contabilístico «TaxAccountingBasis» a codificação «C - contabilidade» ou «I - contabilidade integrada com a faturação»

     

     

    14 horas atrás, pjmvc disse:

    Sim, isso é verdade para o ficheiro SAF-T de auditoria (só exportado quando pedido pelo fiscal da AT) em que os dados a exportar dependem dos dados registados na base de dados da empresa mas penso que não faz sentido o SAF a enviar para a AT no principio do próximo ano para o pré-preenchimento do IES voltar a comunicar todas as facturas, guias e afins.

    Lendo o Decreto-Lei n.º 87/2018 não consigo perceber se o ficheiro SAF-T a exportar para o pré-preenchimento do IES deve conter só a parte da contabilidade ou
    deve ser igual ao SAF-T de auditoria com todas as secções (contabilidade, facturação, guias, etc.)
    Em várias situações é referido "SAF -T (PT) (Standard Audit File for Tax Purposes), relativo à contabilidade" mas não são claros quanto ao conteúdo do ficheiro.
    Parece-me fazer sentido que seja só a parte relativa à contabilidade e não me parece fazer sentido voltar a comunicar todos os documentos de facturação à AT mas a duvida mantem-se.

    Não me devo ter feito entender.

    O modelo de submissão que referi é o modelo oficial, já publicado em Diário da Republica que a AT vai usar para fazer o programa de submissão do ficheiro SAFT da contabilidade:

    https://dre.pt/application/conteudo/118406929

    http://info.portaldasfinancas.gov.pt/pt/apoio_contribuinte/modelos_formularios/decl_anual_inf_contabilistica_fiscal/Documents/Submissao_SAF_T_PT_2019_e_seguintes.pdf

    Lá está previsto entregar ficheiros tipo C e tipo I.

    Se o sistema vai permitir colocar tipo I e só ter as tabelas da contabilidade, dificilmente acredito.

    Se, te permite entregar com tipo C, de certeza, mas um dia podem aperceber-se que prestaste falsas declarações.

     

    • 6291 respostas
  12. Re: AT - questões legais

    marcolopes
    Por marcolopes,
    2 hours ago, CFreitas said:

    Também concordo. Até porque a norma transitória refere que enquanto a situação do tal programa de faturação gratuito não for regulamentada se mantém em vigor a portaria 338/2015, que é a portaria dos "recibos-verdes" (que agora são faturas, faturas-recibo e recibos - ainda falta pelo menos as NC). Os "recibos-verdes" são apenas para pessoas singulares. Creio que o que será feito é o alargamento da utilização dessa plataforma às pessoas coletivas.

    Penso exactamente o mesmo. Ainda assim, é o que precisam milhares de empresas. De qualquer forma isto seria inevitável a médio prazo. Era expectável...

    • 4517 respostas
  1. Ver Mais Actividade
×

Aviso Sobre Cookies

Ao usar este site você aceita os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Este site usa cookies para disponibilizar funcionalidades personalizadas. Para mais informações visite esta página.