Ir para o conteúdo
  1. Re: Eliminar Números Possíveis em Sudoku

    Chamuanza
    Por Chamuanza,

    Olá pessoal do forum então não há ninguém que me dê umas dicas sobre o assunto?

    • 1 resposta
  2. Re: Erros na declaração de main

    HappyHippyHippo
    Por HappyHippyHippo,

    muito sucintamente : sem função main, não existe aplicação

    por isso, sim, sem main não podes correr o teu código

    • 4 respostas
  3. Re: Programa na linguagem C

    HappyHippyHippo
    Por HappyHippyHippo,

    se alguem consegue fazer ?

    sim

    • 1 resposta
  4. Dúvidas em exercícios

    Gustavo Martins
    Por Gustavo Martins,

    Olá a todos, sou meio iniciante em haskell e estou em dúvida nesse exercicio.

    1) A função min no Haskell retorna o menor entre dois números, por exemplo, min 4 5 = 4

    . Crie um tipo min com um campo inteiro, que seja instância de Ord, Eq e Show (deriving)

    .Crie uma instancia de Monoid para min (maxBound representa o maior inteiro existente no Haskell)

    .Quanto vale a expressão Min(-32) <> Min(-34) <> Min(-33)?

    . Explique sua escolha para o mempty

     

    Quem puder me ajudar ficarei agradecido.

    • 0 respostas
  5. Re: Quantos 1 em binário

    HappyHippyHippo
    Por HappyHippyHippo,
    On 3/4/2019 at 2:16 PM, Luís Paiva said:

    @HappyHippyHippo não seria suficiente isto:

    
    int bitsUm(unsigned x)
    {
        int r=0;
        while (x != 0){
            if (x%2 == 1)
                r++;
            x = x/2;
        }
        return r;
    }

    eu fiz este programa mas retorna-me valor 1.

    e o que achas que o código que apresentei faz (de uma forma mais simples) ?

    • 6 respostas
  6. Assembly

    marioverdini
    Por marioverdini,

    Boa noite a todos 
    baixeu um projeto na internet e percebi q essse codigo contem dois assemblys no mesmo projeto 

    pq isso?

    e se pode colocar tudo em um assembly só?

    queria colocar a imagem mas nao consigo add a imagem para voces verem melhor 

    • 0 respostas
  7. Assembly

    marioverdini
    Por marioverdini,

    Boa noite a todos 
    baixeu um projeto na internet e percebi q essse codigo contem dois assemblys no mesmo projeto 

    pq isso?

    e se pode colocar tudo em um assembly só?

    • 0 respostas
  8. Re: Código para fatura

    vitorbscosta
    Por vitorbscosta,

    Havera alguma maneira de eu mostrar o documento em privado para voce me conseguir ajudar com o codigo especifico? 

     

    Muito obrigado

    • 4 respostas
  9. Re: Preenchimento ao escrever um nome

    antseq
    Por antseq,
    Em 22/03/2019 às 12:26, Gabriel Darin verga disse:

    Na verdade, é pra melhorar minha planilha no trabalho. Eu ja tentei usar o VLOOKUP, mas eu não consigo copiar uma informação da mesma coluna que a formula se encontra. Por isso queria uma rotiina que toda vez que eu colocasse um nome ela faria uma varredura por alguma repetição e copiaria os valores pra linha atual.

    Para usar o VLOOKUP (PROCV):

    - supondo que em "D100" digitas "João"
    - em "I100" colocas a fórmula "=PROCV($D100;$D$1:$P$99;6;VERDADEIRO)"
    - em "P100" colocas a fórmula "=PROCV($D100;$D$1:$P$99;13;VERDADEIRO)"

    * a matiz de procura e obtenção de resultados é $D$1 até $P$99
    * para o resultado encontrado em "D?" queres no primeiro caso/fórmula a 6ª coluna => DEFGH(I)
    * para o resultado encontrado em "D?" queres no segundo caso/fórmula a 13* coluna => DEFGHIJKLMNO(P)

    * não estou certo, mas penso que a matriz deverá estar ordenada por "D"

    cps,

    • 4 respostas
  10. Re: Preenchimento ao escrever um nome

    Gnrtuga
    Por Gnrtuga,

    Ora boas,

    Eu penso que percebi o que queres, queres preencher a célula com o nome do cliente e que automaticamente sejam preenchidas outras células, que vou supor que correspondem por exemplo à morada e ao código postal.

    Ora aqui vão as minhas observações, primeiro no teu código dá-me a impressão que se não houver nenhum cliente com o nome pretendido que ele não vai sair do loop, depois 

    a procura por nome pode ser um bocado inglória, porque pode haver um espaço entre nomes e já não te vai encontrar.


    Em relação a possíveis soluções:

    - Ligar o excel ao acess e procurar na base de dados os clientes (sei que não será o ideal, mas já usei e foi útil)

    - Talvez o antseq tenha razão e o VLookup seja uma boa opção, já usei num formulário e vou colar o código e explicar.

    nomeautuantef = Application.WorksheetFunction.VLookup(CDbl(cbautuante), Folha12.Range("I1:J100"), 2, 0)

    em que nomeautuantef era o nome do campo no formulário onde iria aparecer o resultado da pesquisa, depois vem a função VLookup (essa parte percebe-se bem) onde estou a converter para double o texto do campo do formulário (cbautuante) que é o valor que estou a pesquisar, folha12 é o local onde tinha a lista a ser pesquisada, com o range I a J, neste range tinha o número do autuante na coluna I e o nome na coluna J, o 2 serve para dizer que quero o valor que está na coluna 2 do meu range (neste caso o nome) e o 0 serve para dizer que procuro o valor exacto.

    Deixo-te aqui o link para esta função em VBA

    https://docs.microsoft.com/en-us/office/vba/api/excel.worksheetfunction.vlookup

    Boas sorte

    • 4 respostas
  11. Re: AT - questões legais

    CFreitas
    Por CFreitas,
    2 hours ago, americob said:

    Não me parece. Aliás, a maior parte dos softwares que conheço não imprime a hora de emissão.
    Se fores ler o nº 1 do artigo 9º da portaria 363/2010 verificas que não se aplicava a programas certificados. Aplicava-se a programas não certificados e a maquinas registadoras.
    Não havia nenhuma norma que obrigasse a imprimir a hora de emissão (não confundir com hora de criação, que sendo obrigatória guardar não era impressa) nos documentos, nomeadamente, faturas, documentos de transporte, e documentos de conferência.
    Agora essa impressão passa a ser obrigatória. Falta confirmar exatamente em quais, faturas, guias de remessa, encomendas, consultas de mesa, etc.

    Isso só se aplicava (e só se vai aplicar, na minha opinião) a documentos de conferência e afins. Não a faturas de certeza, nem, penso eu, a documentos de transporte (estes já têm a hora de início de transporte).

    Se reparares nas consultas de mesa dos restaurantes verificas que têm a hora impressa.

    Quanto ao facto do artigo 9.º ser só para programas não certificados, foi um lapso de quem escreveu a coisa na altura. A redação que estava em vigor até ao novo DL dizia:

    "1. Os equipamentos ou programas de faturação certificados ou não que, para além das faturas, emitam para os clientes quaisquer documentos de conferência da entrega de mercadorias ou da prestação de serviços, nomeadamente as designadas consultas de mesa, devem:".

    Repara ainda que a redação do artigo 7.º do novo DL é idêntica, com a ressalva da utilização de uma linguagem mais abrangente, à da portaria 363/2010.

    Na última alínea diz "A indicação expressa de que não constituem fatura.", logo é possível garantir que pelo menos a faturas não se aplica de certeza.

     

     

    • 4556 respostas
  12. Re: AT - questões legais

    americob
    Por americob,
    Em 21/03/2019 às 14:54, CFreitas disse:

    A norma está em vigor.

    Já existia antes, foi apenas revista e movida do n.º 1 do artigo 9.º da portaria 363/2010 (a da certificação) para este novo DL.

    A alteração foi a utilização de uma linguagem mais abrangente. Onde antes se lia "documentos de conferência de mercadorias ou da prestação de serviços, nomeadamente as designadas consultas de mesa" passou a "documentos que possibilitem a conferência de mercadorias ou de prestação de serviços processados através de programas informáticos ou de outros meios eletrónicos, independentemente do suporte em que sejam apresentados ao cliente".

    Ou seja, tudo o que, não sendo fatura, tenha cara de fatura e possa (mesmo que não seja) ser entregue ao cliente: consultas de mesa, pró-formas, lista de consumos, etc, etc

    Não me parece. Aliás, a maior parte dos softwares que conheço não imprime a hora de emissão.
    Se fores ler o nº 1 do artigo 9º da portaria 363/2010 verificas que não se aplicava a programas certificados. Aplicava-se a programas não certificados e a maquinas registadoras.
    Não havia nenhuma norma que obrigasse a imprimir a hora de emissão (não confundir com hora de criação, que sendo obrigatória guardar não era impressa) nos documentos, nomeadamente, faturas, documentos de transporte, e documentos de conferência.
    Agora essa impressão passa a ser obrigatória. Falta confirmar exatamente em quais, faturas, guias de remessa, encomendas, consultas de mesa, etc.

    • 4556 respostas
  1. Ver Mais Actividade
×

Aviso Sobre Cookies

Ao usar este site você aceita os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Este site usa cookies para disponibilizar funcionalidades personalizadas. Para mais informações visite esta página.