Jump to content
  1. Re: AT - questões legais

    CrominhO
    By CrominhO,
    3 horas atrás, americob disse:

    (...)No caso da AT, por causa do IVA pago em prestações estar a gerar dívidas em atraso de 1 cêntimo, é uma aberração. Por exemplo se o valor a pagar era 1000 EUR a pagar em 6 prestações, o próprio Portal das Finanças definiu o valor a pagar por cada prestação de 166,66 EUR, ficando os últimos cêntimos para pagar na última, e agora vem dizer que ficou 1 cêntimo por pagar? Anula o plano de prestações por incumprimento e aplica as respetivas coimas no valor de 30% do imposto em falta?  e as empresas precisam de obter uma Certidão de Não Dívida para aceder a apoios e não conseguem.(...)

    Uiiiii, dessas não apanhei nenhuma nem sonhava que pudesse estar a acontecer. Isso é de uma gravidade ímpar... Depois vêm dizer que a Economia recupera em U, V, Nike, etc... vai mas é ser um brutal L de mais 10 anos como o anterior... Daqui a 10 anos, quando o pessoal começar a meter a cabeça "fora de água" está na altura de mais uma queda... É a nossa infeliz Rotina. 

    Sabes porque é que os empresários não fecham, porque temos de meter comida na mesa todos os dias, então vamos aguentando tudo o que nos fazem, o pior é que a cada "crise", eles esticam mais e mais, e como dizes, algum dia rebenta mesmo... O que estou a ver que esta crise que está agora a começar tem de diferente das outras, é que pela primeira vez, dentro das muitas empresas que fecham, estão escritórios de Contabilidade, não por falta de dinheiro acredito, mas simplesmente porque não aguentam mais toda a responsabilidade que o estado lhes mete em cima além da que já tinham. É surreal, e se alguém pensar, ao contrário dos softwares, que isto é bom para a concorrência, está bem enganado, a menos que se comece a cobrar 2.000€ de avença a micro-empresas que já estão em dificuldades, para arranjar pessoal para fazer aquilo que devia ser o estado a fazer... 

    E já agora como dizes e bem, sem querer entrar em Politicas, continua tudo igual e não aprendemos com o passado. O pessoal do Publico, continua a pensar que o Estado, mesmo sem imprimir moeda, é uma fonte inesgotável de dinheiro... Se acontecer 15% do que falas em cima, dos empresários fecharem as empresas e mandar tudo para o fundo de desemprego e se começar a ouvir que não vai haver dinheiro para pagar ordenados no Público, aí tocam os Sinos, até lá, tudo igual, nada aprendido do passado.  

    • 4,757 replies
  2. Re: Criar tabela/consulta para identificar novos valores entre 2 tabelas

    António Canhôto
    By António Canhôto,

    Boa noite,

    Após várias tentativas consegui que funcionasse o código apresentado pelo antseq.

    Saúde e obrigado pelo apoio prestado neste forum, especialmente ao antseq.

     

    • 6 replies
  3. Re: AT - questões legais

    americob
    By americob,
    3 horas atrás, CrominhO disse:

    BTW: reparei q falaste lá em cima do processamento de salários e ninguém falou... Eu só me pergunto como é que é possível num País destes estarmos a 14 de Agosto numa situação destas, e desculpa mas a OCC vai de mal a pior... Acho (minha opinião) que se fosse com o antigo bastonário já tinha dado um "chega para lá" em alguém 😐

    Se em meados de Março se iniciou o Layoff simplificado, fez-se o processamento de Março em cima do joelho, Abril mais ou menos, ficando apenas no inicio de Maio definido regras de calculo, felizmente a tempo de retificar o Abril, então agora, com tempo, não era de definir ao pormenor todas as regras de calculo?

    A Lei até não parece estar mal feita, mas os "funcionários" insistem em fazer as interpretações que lhes apetece. Se a Lei diz claramente que os cálculos são feitos em horas, de acordo com o Código do Trabalho, porque é que a DGERT insiste em apresentar exemplos de cálculos em percentagens?

    Parece que ninguém aprende nada com o passado. Na minha opinião a Bastonária dos CC's bem tenta pressionar, mas parece que fala para as paredes.

    No caso da AT, por causa do IVA pago em prestações estar a gerar dívidas em atraso de 1 cêntimo, é uma aberração. Por exemplo se o valor a pagar era 1000 EUR a pagar em 6 prestações, o próprio Portal das Finanças definiu o valor a pagar por cada prestação de 166,66 EUR, ficando os últimos cêntimos para pagar na última, e agora vem dizer que ficou 1 cêntimo por pagar? Anula o plano de prestações por incumprimento e aplica as respetivas coimas no valor de 30% do imposto em falta?  e as empresas precisam de obter uma Certidão de Não Dívida para aceder a apoios e não conseguem.

    Parece que estão a esticar a corda, mas qualquer dia os empresários não estão para os aturar, fecham as empresas e mandam todos para o Fundo de Desemprego. Pode ser que assim eles abram os olhos.

    • 4,757 replies
  4. Re: AT - questões legais

    CrominhO
    By CrominhO,
    3 horas atrás, americob disse:

    Isso é controlável se quando fores imprimir uma fatura válida só deixares imprimir se a assinatura for válida. Com assinatura inválida, só deixas Anular e imprimir anuladas.

    Quanto às impressoras "elegíveis", só vejo forma se fizeres o teste no momento em que escolhes a impressora e assinar num sitio qualquer para o utilizador não conseguir ir lá mudar manualmente. Mas ainda assim, além de esse teste não ser nada fácil, a impressora pode ter capacidade mas não estar nas melhores condições (agulhas tortas) e não há forma de o software controlar isso.

    Honestamente nem tinha pensado nessa opção Américo, apesar de ter falado de cabeça, mas por isso é que é bom falarmos todos 🙂 ... Sim, podes fazer a validação da impressora aquando do momento de escolha dentro do software, em vez validar antes da impressão de documento a documento. Em principio, depois de escolhida dentro do software eles não vão alterar as configurações da mesma. Embora o Windows 10, tenha aquelas belas opções de "Deixar o Windows Gerir a minha Impressora" e "Deixar o Windows actualizar os drivers do seu equipamento" :D ... Mas como o pessoal da AT, gosta de testar as nossas capacidades, manda decretos e a gente resolve lol :D 

    BTW: reparei q falaste lá em cima do processamento de salários e ninguém falou... Eu só me pergunto como é que é possível num País destes estarmos a 14 de Agosto numa situação destas, e desculpa mas a OCC vai de mal a pior... Acho (minha opinião) que se fosse com o antigo bastonário já tinha dado um "chega para lá" em alguém 😐 

    EDIT: Apesar de 99% dos Portugueses não terem percebido, gostei quando ela disse que os CCs também estiveram na Linha da Frente, foi a única coisa 🙂 ... Sai uma noticia na SIC a dizer que o estado vai dar um apoio ou alterar uma lei, e ligam milhares para o contabilista a reclamar o dito apoio, sem que haja um unico documento sobre isso... Tem sido a norma nestes ultimos meses...

    • 4,757 replies
  5. Re: SAFT-PT: debate de dúvidas e ideias

    iznougudpt
    By iznougudpt,
    12 minutos atrás, Red_Beret disse:

    Como? Tentei com o XMX do java, e ele não respeita.

    Algo como:

    java.exe -Xms8184m -Xmx8184m -classpath "validador_v1_04.exe;xml-apis-1.4.01.jar;commons-csv-1.3.jar;commons-cli-1.3.1.jar;xercesImpl-xsd11-2.12-beta-r1667115.jar;org.eclipse.wst.xml.xpath2.processor-1.1.5-738bb7b85d.jar;java-cup-10k.jar;java-cup-0.11a.jar" com.saft.execution.Saft104ValidatorMinimum

     

    Meti isto num .bat na pasta onde tenho o executável validador_v1_04.exe.

    Testei aqui com 30MB e funcionou, com outro de 396MB funcionou mas não chegou ao fim, esteve 10 minutos a mastigar mas depois tive de o parar.

    • 6,546 replies
  6. Re: AT - questões legais

    americob
    By americob,
    4 horas atrás, CrominhO disse:

    Quando certificamos o 1º em SaaS há uns valentes anos, levantaram a questão "legitima" de se ocorrer algum problema no momento da Assinatura, o Documento ser automático Anulado e dada a informação ao utilizador. Mas isto é fácil de validar. Já na impressão como falas, é um terror 😐 

    Isso é controlável se quando fores imprimir uma fatura válida só deixares imprimir se a assinatura for válida. Com assinatura inválida, só deixas Anular e imprimir anuladas.

    Quanto às impressoras "elegíveis", só vejo forma se fizeres o teste no momento em que escolhes a impressora e assinar num sitio qualquer para o utilizador não conseguir ir lá mudar manualmente. Mas ainda assim, além de esse teste não ser nada fácil, a impressora pode ter capacidade mas não estar nas melhores condições (agulhas tortas) e não há forma de o software controlar isso.

    • 4,757 replies
  7. Re: SAFT-PT: debate de dúvidas e ideias

    Red_Beret
    By Red_Beret,
    1 hora atrás, iznougudpt disse:

    O novo também é possível alterar a memória por linha de comandos mas deves ter o mesmo problema do tempo que demora

    Como? Tentei com o XMX do java, e ele não respeita.

    • 6,546 replies
  8. Re: AT - questões legais

    CrominhO
    By CrominhO,
    2 minutos atrás, americob disse:

    Nº 2 do artigo 6º da Portaria 195/2020 de 13 de Agosto:

    Será que vamos ter de validar qual é a impressora em que vai ser impressa? Se o modelo de impressora usado não tiver capacidade de imprimir o QRcode de forma legível o programa não deve deixar imprimir?

    Pois Américo, não acreditas que pensei exactamente o mesmo quando comecei a ler a Portaria e o que vocês têm debatido aqui, porque estive ausente nestes últimos dias...

    Quando certificamos o 1º em SaaS há uns valentes anos, levantaram a questão "legitima" de se ocorrer algum problema no momento da Assinatura, o Documento ser automático Anulado e dada a informação ao utilizador. Mas isto é fácil de validar. Já na impressão como falas, é um terror 😐 

    Assim de cabeça, dá para "questionar" a impressora  quantos DPIs está predefinida, se suporta determinada tabela de caracteres e afins, mas é um verdadeiro terror, porque além de ser super falível, não vamos num take away por exemplo, andar a fazer isso Documento a Documento 😐 ... Nunca mais saíam dali, com touch eles chegam a terminar uma conta e em modo texto aquilo ainda está a imprimir a anterior... Assim era um terror... 

    No inicio de isto tudo, houve um País, não me recordo qual, que anularam tudo o que nós fizemos cá estes anos todos, e meteram os POS tudo com impressoras fornecidas ou certificadas pelo estado, onde eles chegam, metem PEN na impressora e sacam os dados todos, ignorando praticamente tudo o que nós fizemos nos Softwares, e agora se calhar, prova-se que foi uma melhor opção 😐  

    • 4,757 replies
  9. Re: AT - questões legais

    americob
    By americob,
    33 minutos atrás, CrominhO disse:

    E cafés, bares, take-away, etc... com impressoras de talões em modo Texto... Resmas e Resmas, vai acontecer o mesmo que em 2012, vão esgotar todas e vir barcos da China carregadas com elas lol .. bom para quem vende Hardware lol :D ... Aliás, mesmo em modo "gráfico" como diz o @marcolopes, muitas dessas se não tiverem o minimo de resolução, o Qr Code não se percebe nada lol :D 

    Nº 2 do artigo 6º da Portaria 195/2020 de 13 de Agosto:

    Citação

    2 - Os produtores e os utilizadores de programas informáticos de faturação certificados pela AT devem garantir a perfeita legibilidade do código de barras bidimensional (código QR), dentro do corpo do documento, independentemente do suporte em que seja apresentado ao cliente.

    Será que vamos ter de validar qual é a impressora em que vai ser impressa? Se o modelo de impressora usado não tiver capacidade de imprimir o QRcode de forma legível o programa não deve deixar imprimir?

    • 4,757 replies
  10. Re: SAFT-PT: debate de dúvidas e ideias

    americob
    By americob,

    A APECA tem um validador razoável que permite configurar memória para ler ficheiros maiores, embora também seja feito em JAVA com as respetiva limitações.

    Também tive problemas com um muito grande, a solução foi dividi-lo em pedaços e testa-los todos.

    Se tiveres um Contabilista que seja sócio deles, podes lhe pedir.

     

    • 6,546 replies
  11. Re: AT - questões legais

    CrominhO
    By CrominhO,
    34 minutos atrás, spires disse:

    Gostaria de saber como é que as empresas pequenas que têm impressoras matriciais nas lojas irão imprimir QRCode? O País está falido e a AT ainda obriga a compras e desenvolvimentos desnecessários para os dias de hoje, falo noQRCode ...

    E cafés, bares, take-away, etc... com impressoras de talões em modo Texto... Resmas e Resmas, vai acontecer o mesmo que em 2012, vão esgotar todas e vir barcos da China carregadas com elas lol .. bom para quem vende Hardware lol :D ... Aliás, mesmo em modo "gráfico" como diz o @marcolopes, muitas dessas se não tiverem o minimo de resolução, o Qr Code não se percebe nada lol :D 

    • 4,757 replies
  12. Re: SAFT-PT: debate de dúvidas e ideias

    iznougudpt
    By iznougudpt,
    4 horas atrás, Red_Beret disse:

    Olá Pessoal,

    Que software utilizam para validar o SAF/T, quando tem ficheiros grandes? (Um SAFT Integrado anual com 500mb)

    O validador da AT (exe) rebenta com falta de memória... (está limitado a 1GB e não consegui descobrir como alterar)

    O antigo validador da AT (jar), consigo que não rebente se lhe alocar 64GB de memória no arranque.... mas num Core i7 esteve mais de 24h a correr até que desisti...

    O validador do site da AT (como se fossemos submeter em nosso nome) aparentemente ainda não suporta as novas tags do bloco da contabilidade..

    O novo também é possível alterar a memória por linha de comandos mas deves ter o mesmo problema do tempo que demora

    • 6,546 replies
  1. Load more activity
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site you accept our Terms of Use and Privacy Policy. We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.