• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Dukco

[Dúvida] A Idade

14 mensagens neste tópico

Hey !

isto pode parecer (e secalhar é) um bocado offtopic, mas vou tentar!

eu estou de momento no 11º ano, quase 17 anos!

Nunca fui um aluno excepcional a matematica (13 no 10º e 15 no corrente ano), com muita pena minha, mas nao é por nao compreender a materia, é por falta de pratica de exercicios. Chego aos testes e espalho-me. lol

Nao tenho muita "pachora" pra fazer exercícios.

Mas ha umas semanas atras senti qualquer coisa que me fez querer melhorar a matematica!

Gostava que me dessem a vossa opiniao! Penso que ja vou um bocado tarde pra começar a aprender bem matematica (para a vida) por causa da minha falta de metodo nesta disciplina!

Queria que me falassem sobre a vossa experiencia, se ja tiveram na mesma situaçao, enfim, tudo o que me possa ajudar.

Desde ja obrigado e peço dscp se isto e muito offtopic, mas acho que pode ajudar muito boa gente!

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Olá Dukco, bem-vindo ao p@p!

Caso queiras podes fazer a tua apresentação a esta comunidade no quadro "Apresentações".

Aprender Matemática, não é fácil, exige trabalho. No entanto, dizes que sentes vontade de melhorar a Matemática e isso é um ponto muito importante, porque quando sentimos algo assim começamos a desenvolver gosto por aquilo que estamos a fazer e o trabalho que esta disciplina exige deixa de ser sentido como um trabalho, torna-se algo que gostamos de fazer.. e quando gostamos de algo tudo parece mais fácil, e podemos envolver-nos totalmente.

Isto acontece não só na Matemática, como em muitas outras coisas, por exemplo, na programação... quando se gosta passam-se noites inteiras a programar, a testar, a errar e aprender com os erros; na música, quando se aprende um novo instrumento e a vontade e gosto são enormes então o desenvolvimento é bastante rápido. Conheço pessoas que sempre tiveram notas muito baixas a Matemática e de um momento para o outro conseguiram recuperar tudo o que precisavam para avançar nesta disciplina sem problemas, não só no ensino secundário como no superior. É claro que por vezes auxilia ter alguém que apoie, que oriente...

Sentir a utilidade da Matemática é também essencial e nesse sentido há livros da Gradiva muito bons que ajudam a perceber para que servem certos conceitos. Quanto à Matemática para a Vida deve ser algo do quotidiano. E por vezes aqui os proramas curriculares falham ao fazer ligações forçadas ao dia-a-dia, ou deixar até de as fazer.

Tudo isto para dizer que a idade não interessa. O que interessa é sentir gosto, vontade ...

Continua a visitar-nos e se achares útil a colocar aqui as tuas evoluções e falhas. Tentaremos ajudar sempre que possível!

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Com essa vontade, mesmo que já estivesses num ano avançado do teu percurso escolar, conseguirias dar a volta. Pois é isso mesmo que é preciso, tanto nessa como em muitas outras disciplinas.

Matemática e todas as outras ciências que usam bastante a matemática, como a física, são bonitas, principalmente porque não são há base de decoranço, são apenas um problema de prática. Quanto mais exercícios resolveres melhor te tornarás à disciplina, e mais apto a resolver correctamente qualquer novo exercício com que te depares.

Compra um livro de exercícios caso dele precises e resolve o máximo que puderes para os testes, ou vai resolvendo à medida que dás a matéria. Desta última maneira nem precisarás praticamente de estudar para os testes, pois terás sempre a matéria em dia.

Fica bem e boa sorte. ;)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Hey !

isto pode parecer (e secalhar é) um bocado offtopic, mas vou tentar!

eu estou de momento no 11º ano, quase 17 anos!

Nunca fui um aluno excepcional a matematica (13 no 10º e 15 no corrente ano), com muita pena minha, mas nao é por nao compreender a materia, é por falta de pratica de exercicios. Chego aos testes e espalho-me. lol

Nao tenho muita "pachora" pra fazer exercícios.

Mas ha umas semanas atras senti qualquer coisa que me fez querer melhorar a matematica!

Gostava que me dessem a vossa opiniao! Penso que ja vou um bocado tarde pra começar a aprender bem matematica (para a vida) por causa da minha falta de metodo nesta disciplina!

Queria que me falassem sobre a vossa experiencia, se ja tiveram na mesma situaçao, enfim, tudo o que me possa ajudar.

Desde ja obrigado e peço dscp se isto e muito offtopic, mas acho que pode ajudar muito boa gente!

Sinceramente não acho que estejas mal a matemática, pessoalmente tenho 18 anos quase 19 e também estou no 11º chumbei a mat no 10º e não tnho horário para a fazer este ano nem provavelmente no próximo, vou tentar optar por ir tirar em modulos quando acabar o 12º ou durante o 12º para depois se me aptecer seguir para a universidade e ter alguma noção matemática.

Pah se queres que te diga não desistas dos teus sonhos, e se não der como querias tenta adaptar-te e criar opções a parte, mas sinceramente com 15 a mat até acho que estás bastante bem, mas é só a minha opinião, eu não acho que as notas digam quem nós somos, prefiro ser um bom trabalhador no futuro do que sentir-me bem com um 18 ou um 20 agora, mas isso sou eu que sou estranho ;).

Cumps. Overrun

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Antes de mais obrigado pelas respostas B)

Mas por exemplo se formos a ver na escola nao nos ensinam ou pelo menos nao da maneira e intensidade mais correcta a resolver problemas praticos e de raciocinio como este: Aqui

(Penso que da pra ver)

E sao exercicios deste genero que eu gostava de aprender a resolver e desenvolver a velocidade e capacidade de raciocinio. (aceitam-se sugestoes ;))

Quanto à programaçao ja li que muitas das linguagens mais importantes utilizam a matematica, mas tambem sobre programaçao nao percebo nada.

[]

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Bem vindo Dukco

Concordo com o que te disseram, o que conta é a vontade de aprender, e idade é irrelevante.

Eu no secundário chumbei a matemática no 10º, 11º e 12º à uns anos atrás, agora entrei na universidade, com 28 anos, e a trabalhar, logo aulas nocturnas e estou a tirar das melhores notas da escola.

É só mais um exemplo para veres que o que conta é mesmo a motivação.

Espero que não a percas, mesmo quando tiveres que aprender a parte chata e repetitiva da matemática, porque mesmo essa dá jeito, as vezes.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu por exemplo nunca tive grandes notas a matemática no secundário. Por várias razões, por falta de motivação (detestava mesmo algumas matérias como trigonometria), falta de estudo (aliada à razão anterior ;)), etc...

Andava sempre nos 10, 12, 13, 9, etc..

Na faculdade comecei a dar a matemática de que gosto, ou seja, álgebra, integrais, .... matemática que estimulasse o raciocínio lógico. E tenho-me safado bem, melhor que muitos que fizeram matemática com muito melhor nota no secundário.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Falo-te de uma disciplina completamente diferente, mas acho que o conteúdo motivacional é o mesmo ;)

Tenho 20/21 e tou a acabar o penúltimo ano do meu curso: Bioquimica.

No básico sempre tive 3/4 a fisico-quimica e cheguei mesmo a chumbar à grande na prova global. No 10o nunca passei do 15, nem no 11o. Tudo isso se deveu não à matéria ser secante ou inútil, mas porque era dada de maneira a parecê-lo. No 12o já foi dada de maneira diferente e consequentemente as minhas notas melhoraram para 18/19. Agora vim parar a um curso que puxa muito das ciências básicas, entre as quais a tua matemática, e digo-te sinceramente que tenho tido muito gosto em achar piada a aprender.

Um aviso à navegação no entanto. Como alguém disse aí em cima, as notas do secundário não significam que saibas mais ou menos que outro. No meu ponto de vista, o ensino, e o da matemática é o melhor exemplo, está mal organizado. Dou-te um exemplo de um colega meu que saiu do secundário com média de 15 e manteve-a na universidade (acredita que é algo complicado B) ). Conheço outros que saíram com médias de 18 e 19 e que andam a lutar para ter 10 aqui e ali.

Tal como tu demonstraste e como muita gente o disse, o que interessa é a motivação. As ciências básicas resumem-se à matemática. Se algum dia te enfiares num curso tipo Física, Química ou Bioquímica, vais-te deparar com matemática até te fartares! Mas, se tiveres vontade de aprender, torna-se tudo muito simples.

Estuda muito em casa, faz exercícios. A base da matemática não é a mecanização como muita gente diz. A meu ver é a compreensão da maneira de resolver o exercício. Por isso faz vários tipos de exercícios e não passes horas a fazer só derivadas ou só a achar raízes de funções. Vai variando.

Boa sorte para essa tua matemática e olha que 15 não é assim tão má nota B)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Bem... o que eu tinha para dizer já o disseram outras pessoas, na sua maioria o Zé Oliveira.

De qualquer das formas mando tambem a minha posta para ser mais uma voz a juntar ao coro.

Tens aqui nestes fóruns um exemplo de pessoal empenhado em acabar com estigma que paira em portugal de que o que se aprende na escola é chato, pouco útil, etc.

Como já disseram, arranja uma forma de curtires o que aprendes. Tipo, um projecto em que apliques o que aprendeste, pode ser um programa de computador, um projecto de electronica, um robot, uma antena, um brinquedo cientifico, etc etc

A idade não é de todo limite. Recentemente tornei-me engenheiro ( mais engenhocas ) e no dia em que completei o curso pensei: "Agora sim, estou pronto para aprender nao sei quantas coisas novas". E vou aprende-las! Isto aos 24 anos.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Olá Dukco!

Bom, antes de mais bem vindo ao fórum! ;)

Quanto à Matemática: posso até ser um pouco suspeito para falar, sempre fui bom aluno a matemática e continuo a sê-lo no 12º, no entanto não sei o que se passará na universidade. Bem, isto para dizer que o gostar ou não de matemática sofre forte influência dos primeiros professores que se têm.

Desde a 1ª classe, sempre tive a sorte de ter bons professores de matemática, e isso é uma grande ajuda.

A matemática não é saber como resolver um exercício é mais saber porque é que o exercício se resolve daquela forma, e para mim essa é a parte cativante.

Por vezes, a Matemática é estranha tudo bate certo e tem que bater certo! Um bom exemplo disso é a trignometria, digo eu.

A Matemática é daqueles disciplinas que precisa de treino, mas considero-o um treino leve. Estudar Matemática, para mim, é apenas uma sucessão de vários desafios. O desafio de conseguir arranjar uma forma de resolver um problema, até porque tens sempre várias formas de resolver o mesmo problema.

Para finalizar: as tuas notas não são más. Mas ainda bem que queres melhorar, e podes sempre melhorar, mesmo que tivesses 20. B)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Estás bastante a tempo de começar a estudar a sério...

Eu por exemplo, só comecei a sério no 12º, em que comecei a sentir um pouco a falta de bases, por não me lembrar de coisas que já tinha dado em anos anteriores, então fiz uma coisa:

Sozinho e sem o incentivo de ninguém, fui pegar em livros de anos anteriores e fui fazer um resumo completo de tudo! Sem dúvida que isto veio alterar a minha performance na matemática, acabando depois com 19 no exame final (com azar, que se tivesse mais concentrado, poderia ter sido 20).

E mesmo agora na universidade, continuo a valorizar o trabalho que fiz e que continuo a levar, pois só assim tem sido possível manter as notas que tenho tido em cadeiras de matemática.

Só para fazeres uma ideia: no 10º tive 15, talvez um pouco "puxado"... Agora na universidade, em que é bastante mais complicado, ainda só tive um 18, o resto foram 19's e 20 - o segredo está no trabalho, o qual nunca é tarde de começar, no entanto, amanhã é mais tarde que hoje, portanto começa hoje! (Não sejas diletante...)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Antes de mais, bem vindo. :P

Subscrevo totalmente a opinião do José Oliveira.

Quero apenas acrescentar duas coisas:

1. a matemática é essencial para muitas áreas (na qual a informática está incluída), basta ver que não há (virtualmente) nenhum assunto em informática onde a matemática não esteja presente;

2. nunca é tarde para aprender, eu próprio tenho pena de só me ter apercebido do que perdi em não compreender melhor a matemática após sair do secundário.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Antes de mais, bem vindo. :P

Subscrevo totalmente a opinião do José Oliveira.

Quero apenas acrescentar duas coisas:

1. a matemática é essencial para muitas áreas (na qual a informática está incluída), basta ver que não há (virtualmente) nenhum assunto em informática onde a matemática não esteja presente;

2. nunca é tarde para aprender, eu próprio tenho pena de só me ter apercebido do que perdi em não compreender melhor a matemática após sair do secundário.

Eu generalizaria a informática, para engenharias... Qualquer engenharia exige matemática. Se fores bom a matemática, terás muito mais facilidades, tanto em cadeiras de matemática, como de física, e outras...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu só acrescento:

Quimica não passa de Física aplicada a átomos e moléculas e às suas interacções

Física não passa de Matemática aplicada à realidade.

It's everywhere :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora