• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

FabioM

Universidade

19 mensagens neste tópico

Frequento o curso de Cinema,Video e Com. Multimédia a seguir a especialização multimedia,  na universidade Lusofona mas sinto-me algo desapontado com o curso.

È uma área que quero seguir mas que sinto não tou a progredir como queria.

Queria principalmente seguir animação 3D nas áreas dos videojogos,cinema de animação ou mesmo publicidade e arquitectura mas como já disse não acho que vá aprender grande coisa e que devo aprender por mim.

Ainda me vou decidir se deva continuar no 2º ano ou não mas gostava que me tirassem esta duvida: as universidades não costumam ensinar a fundo e é normal que assim seja ou devo para o meu bem cotinuar a estudar ou devo dedicar-me a mexer nos softwares e construir um portfólio que se veja?

Ou os empregadores ligam muito ao canudo?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Primeiro ainda se liga mtoa curso...

E ainda andas no 1ºano, o primeiro custuma ser de um modo geral, = para mtos cursos e onde se apanha as bases dps disso, la para o 3º ano e que deves poder seguir uma expecializaçoa

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

E ainda andas no 1ºano, o primeiro custuma ser de um modo geral, = para mtos cursos e onde se apanha as bases dps disso, la para o 3º ano e que deves poder seguir uma expecializaçoa

Exactamente, no meu curso por exemplo (Engª Informática) , no 1º ano tenho tantas cadeiras de informática e fisica juntas como de informática. A partir do 2º ou 3º ano é que damos mais sobre a nossa área.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Opinião de não-universitario: Acho que devias ir mexendo nas ferramentes até porque mesmo que aprendas alguma, já vais ter a vantagem de ter tido experiencias com elas, até porque quantas mais conheceres, mais facilmente descobres a que se adpata melhor para ti. Portanto vai trabalhar pa!

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Opinião de não-universitario: Acho que devias ir mexendo nas ferramentes até porque mesmo que aprendas alguma, já vais ter a vantagem de ter tido experiencias com elas, até porque quantas mais conheceres, mais facilmente descobres a que se adpata melhor para ti. Portanto vai trabalhar pa!

Isso tb e importante, mas falo que de quem vive os dois lados, aproveita e estuda... nao partas ja para o mundo do trabalho

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Ops, expressei-me mal eu queria dizer "Portanto vai trabalhar com as ferramentas pa!"

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Opinião de não-universitario: Acho que devias ir mexendo nas ferramentes até porque mesmo que aprendas alguma, já vais ter a vantagem de ter tido experiencias com elas, até porque quantas mais conheceres, mais facilmente descobres a que se adpata melhor para ti. Portanto vai trabalhar pa!

Isso tb e importante, mas falo que de quem vive os dois lados, aproveita e estuda... nao partas ja para o mundo do trabalho

Trabalhar já eu trabalho,só que estudo tb á noite embore trabalhe numa área completamente diferente daquela que estudo.

Tenho vontade de ir já para o mercado de trabalho porque tenho 24 anos e só acabo o curso com 26 anos...embora ainda seja uma idade boa sinto que ainda vou ter de progredir mais depois do curso porque não acredito que só com o que faço na universidade seja suficiente.

Por isso é que tenho mais vontade em tirar mais tempo para mim e aprender as ferramentas multimédia que o curso me vai ensinar.

Já me disseram que nesta área o que interessa é ser bom mas tenho sempre aquela duvida que um empregador prefere sempre que a pessoa tenha licenciatura, principalmente as maiores empresas.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Sim, sim odeio essa parte. As pessoas deviam empregar quem é bom e não quem tem mais canudo, vê bem eu tenho 19 anos e já estou atrabalhar apesar de não ser na area que eu mais gosto (programacao) já dá para ir ganhando experiencia e além disso tenho bastante tempo para programar aqui (e de ir ao p@p :). Mas faz isso pa, trabalha com as ferramentes porque dá te muito jeito, e se não vais ser empregado por saber usa-la, também não ficas muito tempo se não as souberes usar. Ninguém quer um modelador 3D que a única experiencia que teve foi ouvir falar disso nas aulas...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Epa... eu gostava de dar uma opiniao mais segura mas eu proprio ainda nao me desenrasquei na minha vida profissional.

Uma licenciatura é muito importante assim com é experiencia. Acho que tas numa situaçao bicuda por nao haver assim muito mercado aberto expecificamente para essa função. Se tiveres experiencia na area que eles querem é um enorme mais, mas tambem se nao tiveres licenciatura fecha-te tantas outras portas.

Basicamente ter as duas coisas é a chave, é uma bosta, não acreditam nos talentos :)

Em relação aos cursos superiores aí posso partilhar a minha experiencia. Não esperes que o teu curso te ensine o que queres aprender, pois os cursos ensinam a aprender. Acabado o teu curso podes nao fazer ideia da area na qual te vais especializar, aprende para a frente mesmo fora da universidade.

Não posso ajudar mais do que isto :S

EDIT:

Sim, sim odeio essa parte. As pessoas deviam empregar quem é bom e não quem tem mais canudo, vê bem eu tenho 19 anos e já estou atrabalhar apesar de não ser na area que eu mais gosto (programacao) já dá para ir ganhando experiencia e além disso tenho bastante tempo para programar aqui (e de ir ao p@p :D. Mas faz isso pa, trabalha com as ferramentes porque dá te muito jeito, e se não vais ser empregado por saber usa-la, também não ficas muito tempo se não as souberes usar. Ninguém quer um modelador 3D que a única experiencia que teve foi ouvir falar disso nas aulas...

Lol, escrevemos mais ou menos a mesma coisa ao mesmo tempo :)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Lol, escrevemos mais ou menos a mesma coisa ao mesmo tempo

Bem que eu estava a reparar que havia resposta rapido demais :)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Epa... eu gostava de dar uma opiniao mais segura mas eu proprio ainda nao me desenrasquei na minha vida profissional.

Uma licenciatura é muito importante assim com é experiencia. Acho que tas numa situaçao bicuda por nao haver assim muito mercado aberto expecificamente para essa função. Se tiveres experiencia na area que eles querem é um enorme mais, mas tambem se nao tiveres licenciatura fecha-te tantas outras portas.

Basicamente ter as duas coisas é a chave, é uma bosta, não acreditam nos talentos :)

Em relação aos cursos superiores aí posso partilhar a minha experiencia. Não esperes que o teu curso te ensine o que queres aprender, pois os cursos ensinam a aprender. Acabado o teu curso podes nao fazer ideia da area na qual te vais especializar, aprende para a frente mesmo fora da universidade.

Não posso ajudar mais do que isto :S

EDIT:

Sim, sim odeio essa parte. As pessoas deviam empregar quem é bom e não quem tem mais canudo, vê bem eu tenho 19 anos e já estou atrabalhar apesar de não ser na area que eu mais gosto (programacao) já dá para ir ganhando experiencia e além disso tenho bastante tempo para programar aqui (e de ir ao p@p :D. Mas faz isso pa, trabalha com as ferramentes porque dá te muito jeito, e se não vais ser empregado por saber usa-la, também não ficas muito tempo se não as souberes usar. Ninguém quer um modelador 3D que a única experiencia que teve foi ouvir falar disso nas aulas...

Lol, escrevemos mais ou menos a mesma coisa ao mesmo tempo :)

Não acreditam nos talentos aonde?

Aqui em Portugal?

Eu se não arranjar trabalho aqui não ponho de parte emigra, porque animação 3D encontra-se é lá fora.

De qualquer das maneiras não ponho tb de parte voltar ao curso mesmo que desista este ano...posso sempre regressar ao 2º ano posteriormente.

Mas que quero começar já a aprender a sério, lá isso quero.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

O pedrotuga deve ter um curso de eng. informatica nada que tenha a ver com 3d...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Tirei engenharia electrotecnica - telecomunicações na universidade de coimbra.

Não acreditam em talentos basicamente em lado nenhum, as empresas com capacidade de oferecer boas condições protegem-se com a cena da experiencia.

Estou mais ou menos na mesma situação que tu... tirei um curso de telecomunicações mas gostava de ser programador informatico, acho que é a area para a qual tenho mais vocação.

Não me arrependi nada do curso que tirei e se fosse hoje escolhia na mesma "electro" em vez de informatica. Mas confesso que me irrita profundamente as empresas partirem do principio que um engenheiro informatico sabe programar melhor do que eu.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Sim, concordo. Entretanto o que fazemos de melhor é ir progrmando....

Pedrotuga se uma empresa vi-se as prestações que tens cá no p@p achavam que vinhas de informatica (como eu também tinha pensado nisso) pelos teus dotes em programação.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Mas isso e em todo o lado, nao tenho menhum canudo, e em testes que empresas fazem, passo a frente de mtos eng. mas dps eles querem smp um gajo com uma eng. nao sei pk ainda nao precebi... mas pronto... isso do mundo do trabalho e lixado...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Os empregadores querem credenciais e não têm tempo de verificar para ver se cada pessoa é um talento ou um "estorva". O facto de ser licenciado é uma segurança quanto aos conhecimento mínimos que a pessoa tem.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

CR_ exactamente...

Olha, kt a isso do 1o ano.. tenho-te a dizer que em Bioquimica em Coimbra no 1o ano tens, toma atenção: 2 Fisicas, 2 Matematicas, 2 Quimicas teóricas, 2 Quimicas Prácticas, 2 Biologias e 1 coisa que nem é peixe nem carne... E perguntas, Bioquimica? Ya, só no 2o ano...

Quanto ao resto, acho que ter um canudo é uma segurança... mas conta e muito experiência. Falo por xp própria. Pá... tenta fazer mini-estágios onde puderes, aproveita Erasmus, etc etc.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Posso falar pela minha opinião pessoal e profissional.

As universidades lançam (boas) bases para que possamos evoluir em várias frentes distintas. Por exemplo, uma licenciatura em informática permite que se opte mais pela área de administração de sistemas, programação ou sistemas de informação.

Só no meu 3º ano é que realmente comecei a ligar o que havia aprendido até à data. E no 4º ano foi a "loucura total" :P onde a maioria dos projectos eram puxados e já exigiam uma grande ligação à matéria adquirida nos anos anteriores.

Tudo isto permitiu-me ter boas bases quando ingressei no mercado de trabalho e deu-me flexibilidade para abraçar projectos distintos, passando por áreas tão distintas como desenvolvimento desktop ou migrações de sistemas de informação.

Basicamente é isto que a universidade tem para oferecer: boas bases para que uma pessoa se torne um bom profissional. Nem todos vêm a universidade assim, acham que é só um canudo e que no final isso lhes dá (ou deve dar) direito a um bom ordenado no final do mês... Isso é visível quando olhamos para os nosso colegas durante o curso: há quem se esforce e há quem passe o tempo a jogar à espadinha (o jogo "oficial" no meu tempo ;)) na explanada...

A universidade é uma oportunidade "única" de absolver imensa informação de forma "mastigada", sem a universidade qualquer pessoa (comum) demoraria muito mais tempo para adquirir o nível de conhecimento que é ali dado de "mão beijada".

Agora a parte cruel, dura, fria e politicamente incorrecta: dependendo das áreas e da exigência das empresas, há candidatos que são incluídos/excluídos só pelo nome da universidade onde andaram...

Estive envolvido em vários processos de selecção e a coisa é mesmo assim: uma primeira triagem feita com base na universidade onde se passou é bastante comum em empresas onde o grau de exigência é médio ou acima disso. Isto vai sendo menos válido para pessoas com mais experiência, ou seja, para quem acaba de sair da universidade esta é a única credencial que têm para apresentar, por isso é um dos primeiros filtros aplicados.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora